Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

 

O Snr. Traquina teve a ajuda de um nutrido grupo de ex-combatentes para editar o seu livro de memórias sobre a guerra na Guiné.

 

 

No blogue LUIS GRAÇA & CAMARADAS DA GUINÉ ESTÁ A LISTA DOS MECENAS E UMA INTERESSANTE NOTA DE LEITURA SOBRE O LIVRO.

 

Eis a lista dos que ajudaram a publicar o livro:  

 

i'') Ex-Sol João Bento Cosme, sócio gerente da empres Construções e Habitações Lda, com 'sede em Vimeiro, Lourinhã (Telemóvel: 962 715 464);

(ii) Ex-Alf Mil At Inf Luís M. Simão Almeida, hoje advogado, em Lisboa (Telefone: 213 555 996);

(iii) Ex-Fur Mil At Inf Cipriano Augusto S. Monteiro, hoje gerente da Contassis – Contabilidade e Assistência Fiscal, Lda, com sede em Lisboa (Telefone: 213 511 510);

(iv) Ex-1º Cabo Trnms José Manuel de Oliveira Madeiras, sócio-gerente da Estrela da Beira – Sociedade de Comércio e Transformação de Carnes Lda, com sede em Milreu, Vila de Rei. (Telemóvel: 919 980 325);

(v) Ex-1º Cabo Radiotelegrafista António Joaquim Coelho, gerente da AJC – Serrelharia Civil, de Fernão Ferro, Seixal (Telefone: 21 124 047);

(vi) Ex-1º Cabo Mec Auto Rodas Manuel Fernando O. Magalhães., gerente da Auto Magalhães, de Jovim, Gondomar;

Teve ainda o patrocínio da Pensão Primavera, de Vidago (965 479 816); da Quinta do Lago, Alferrarede, Abrantes; e da firma Eusébio Catarino e Filho, Lda, Vale de Vacas, Amêndoa (Tel. 274 877 177).

Na prática, foi uma edição de autor, com o apoio financeiro de vários camaradas da Guiné. Trata-se de uma iniciativa que é digna de registo e merece o nosso aplauso.''

( O Texto é catrapiscado do dito blogue).

 

E nós também dizemos: OBRIGADO

 

por abrantes

 



publicado por porabrantes às 22:12 | link do post | comentar

 

A simples transcrição dum inócuo artigo do Jornal de Abrantes (publicação onde o Pico explanou longamente o seu ideário caceteiro-ruralista) onde se noticiava a homenagem justa a uma grande Mestra do ensino primário abrantino, mereceu a João Pico entrar em paranóia.

 

Resolveu acusar os promotores da celebração de serem perigosos fascistas, falidos, legionários e pides.

 

Já sabemos que o Souto é um reduto da Direita  que em 1930 quando a D. Alice ensinava (enquanto a maior parte das mulheres da burguesia estavam em casa a coser meias como recomendava a ideologia ruralista do Dr.Salazar) o analfabetismo devia andar pelos 50% no Souto.

 

E se formos aos números do analfabetismo feminino chegaremos com facilidade aos 60%.

 

Lemos por aí um texto em que o Pico confessa que a sua Avó era a analfabeta.

 

Foi graças a mulheres como a D. Alice, que inclusive desafiaram a política economicista da Ditadura e que levaram longe o trabalho da escolarização feminina que a chaga do analfabetismo desapareceu.

 

Pois bem homenagear a Mestra foi coisa de pides e de legionários.

 

Conversa que em vez de sair da boca dum cacique trauliteiro da Direita, parece provir dum energúmeno otelista.

 

Naturalmente como é hábito no discurso do Pico não há factos nem nomes, há insinuações torpes que é incapaz de provar.

 

Quer o Pico falar dos amigos dos Pides no Souto, falar-se-á.

 

Mas não com bocas, mas sim com nomes, datas e factos.

 

Quanto aos legionários entre eles havia de tudo, como na botica, desde gente como Otelo Saraiva de Carvalho ao capitão Melo Antunes, contabilista da Legião, preso a 28 de Setembro de 1974, sem culpa formada, por ordens de Vasco Gonçalves.

 

Teve de ser o filho, o Major Melo Antunes, que seria o líder da resistência democrática nas Forças Armadas, a montar um escândalo para libertar o Pai, que para arredondar o magro salário de capitão reformado fazia as contas da Legião.

 

A D.Alice já morreu. Mas se estivesse viva estaria deste lado, do lado da Petição que é o lado da Cultura.

 

O Pico está no outro. O lado que gostaria que Portugal fosse uma grande Reboleira à moda e imagem de João Pimenta.

 

POR ABRANTES

 

PS- Ilustra o texto uma foto da capa do Livro do Snr.Inspector Rosa Casaco, estrela abrantina da PIDE. E desde já se declara que era um homem muito mais culto (e inteligente que o Pico).

     



publicado por porabrantes às 21:38 | link do post | comentar

Domingo, 29 de Novembro de 2009

 

 

 

A D.Alice Brito com as suas alunas nos anos 30. Foto inserida no livro do Sr.Traquina sobre a História do Souto.

 

Agradecemos naturalmente ao Snr.Traquina ter resgatado para nós as fotos duma escola rural abrantina nos anos 30.

 

Só quem não sabe o trabalho que dá fazer um trabalho destes, é que critica de forma boçal e invejosa.

 

POR ABRANTES

 



publicado por porabrantes às 21:24 | link do post | comentar

 Transcrevemos com a devida vénia uma página do livro do Sr. Traquina onde se relata a homenagem espontânea do Povo do Souto à grande missionária da alfabetização dos rurais da zona do Pinhal.

 

O Livro do Sr.Traquina é a Bíblia da História do Souto, quer o Pico, ou o patrão dele, queiram ou não.

 

Se todas as freguesias de Abrantes tivessem um livro destes, o património estaria muito mais rico.

 

E agora o prometido  

 

Moral da História: Se a D. Alice perseguia as meninas do Souto e as não deixava fazer a 3ª classe porque é que foi homenageada?

 

Ou será que só se recusava a levar a exame as meninas burrinhas?



publicado por porabrantes às 21:10 | link do post | comentar

 

A credibilidade do Pico mede-se em actos.

 

Já apresentou queixa à PSP por terem roubado o altar do Convento da Esperança?

 

Se não foi à PSP, terá ido ao Bispo?

 

E terá contado ao Bispo que candidatou a Vereador um sacerdote velhinho quando o pobre presbítero se arrisca à excomunhão?

 

Tudo serve para ganhar eleições?

 

Quando é que lê um livro pelo menos e descobre que o Convento da Esperança foi profanado no século XIX e transformado no Teatro Taborda?

 

Nos Teatros, onde  o Dr. Solano de Abreu cortejava as coristas, haveria altares?

 

A crebilidade do Pico também se mede em votos e são poucos.

 

O Pico é o Presidente da Comissão Liquidatária do CDS abrantino.

 

 E um político.

 

Todos sabemos o que os portugueses pensam dos políticos.

 

Resolveu enxovalhar o António Colaço porque não tem votos.

 

O povo é sensato!!!

 

Segundo a teoria do Pico ter um amigo socalista dá direito a ser agente do KGB.

 

E ser nomeado para um alto cargo pelo eng Sócrates a que dá direito?

 

Irá o Pico, já traumatizado por ter sido expulso do PSD, pedir a expulsão de Basílio Horta do CDS por ter sido nomeado por Sócrates para um posto importante?

 

Estamos à espera. 



publicado por porabrantes às 20:58 | link do post | comentar

Em 2001 o Arquitecto António Castel-Branco candidatou-se à CMA. pelo CDS  e teve 1.493 votos ( 6,7%). A lista do CDS à Assembleia Municipal encabeçada pelo Dr.Matafome alcançou 1505  votos (6,76%) elegendo um representante.  

 

 

Em 2009, o ex-empreiteiro João Pico candidatou-se à CMA. pelo CDS  e teve 752 votos (3,36%). A candidata do CDS à Assembleia Municipal bateu João Pico e conseguiu 886 votos (3,395). O PP  teve um 1 representante.

 

< 

Em 2005, João Pico que se apresentava pelo CDS ( depois de ter sido Vereador efémero no PSD) teve  652 votos  ( 2, 86 %) . A. lista do CDS à A.M. obteve 676 votos (2,97%), não obtendo nenhum mandato.

 

Em 2009, nas legislativas o CDS-PP obteve no concelho de Abrantes 2.189 votos (9,69%), um resultado excelente.

 

 Somando as  duas votações de João Pico chegamos à conclusão que conseguiu ter menos votos que António Castelo Branco que só se apresentou uma vez .

 

1493 duma assentada contra 1404 em 2 votações.

 

E Pico enfrentava-se a um PS dividido e a um Presidente que se retirava e arguido em processo penal pelo M.P.

 

Isto é Pico para vencer Castel-Branco tem de se apresentar outra vez.....

 

Isto é só numa eleição Castel-Branco teve mais votos que Pico em duas... 

 

Isto é Pico perdeu (2.189-752) 1437 votos para o CDS-PP no Concelho em relação às legislativas !!!!

 

Razão tinha o Dr. Ribeiro, Vice-Presidente da C.P.C. do CDS e o Cabeça de lista à Assembleia Municipal Sr. Margarido que era preciso fazer uma A.D. e enviar o Pico a picar para outro sítio...

 

    

A Direita rústica e a Direita Civilizada, eis o dilema  -Foto retirada do blogue Pico do Zêzere....

 

Porque, embora tarde, o Dr. Ribeiro, homem civilizado e culto, compreendeu que a política trauliteira à Pico só levava ao descalabro eleitoral.....

 

Porque, embora tarde, o Dr. Ribeiro compreendeu que que a votação do CDS nas legislativas a nível local e nacional significavam que o Povo queria uma Direita moderna e urbana, e não um populismo rústico próprio dum regedor sertanejo.

 

Porque, embora tarde, o Dr. Ribeiro compreendeu que a única forma de conseguir uma vitória sobre o PS em Abrantes é unindo e integrando e não separando.

 

Porque, embora tarde, o Dr.Ribeiro compreendeu que o caminho civilizado e moderno que António Castel-Branco deu ao CDS é  o único possível.... 

 

Porque da mesma forma que Nelson Carvalho teve de abandonar o cenário abrantino, é necessário que o Pico faça o mesmo.

 

É a lógica e o bom-senso que o pedem......

 

 POR ABRANTES


tags:

publicado por porabrantes às 15:57 | link do post | comentar

Já revelámos aqui que graças aos esforços do benemérito Sr. Traquina há a séria possibilidade da Escola Primária do Souto ser transformada num Museu que seja um pólo cultural que defenda a identidade da Freguesia e a memória das populações.

 

 

É um objectivo comum às candidaturas do PSD (vencedora)  e do PS ( segunda classificada no prélio eleitoral).

 

Este objectivo tem o apoio da equipa vencedora do PS à C.M.A.

 

É um objectivo consensual (excepto para o Pico e para a candidatura de Adelino Branco esmagada nas eleições locais). 

 

Esta candidatura teve 42 votos e um pouco mais de 10% dos votos.

 

Esta candidatura nem sequer conseguiu eleger um representante para a Assembleia de Freguesia.

 

Esta candidatura demonstrou que não se identifica de forma nenhuma com o sentir do Povo do Souto.!!!!

 

O que significa que as pessoas que querem o Museu representam cerca de 90% dos habitantes que votaram no Souto. !!!

 

É um objectivo que devia existir em cada freguesia (construir um Museu local) e que existiria se lá houvesse um carola e empenhado divulgador da cultura e memória local como o Snr. Traquina.

 

  

 

É pois um objectivo que apoiamos inteiramente e que deve merecer todo o apoio das autoridades municipais e da Junta de Freguesia, bem como dos mecenas locais e do Ministério da Cultura.

 

Escrever insultos contra o Snr. Traquina por defender a cultura no Souto, em termos que não reproduzimos por pudor  só caracteriza quem não saber perder umas eleições.

 

E que naturalmente é inculto e incivilizado.

 

POR ABRANTES 



publicado por porabrantes às 12:53 | link do post | comentar

Sábado, 28 de Novembro de 2009

O EXCELENTE BLOGUE CIDADÃO ABT  DESTACA A VISITA MAJESTÁTICA DA INFANTA  DRª LURIAN (DE LULA+ MIRIAN) AO MAÇÃO.

 

LER AQUI  

 

O CIDADÃO NÃO PUBLICOU FOTO DA INFANTA, QUE É ESTA , MAS PUBLICOU DOUTRAS GAROTAS E PARA EVITAR CONFUSÕES AOS MAÇANICOS VOLTÁMOS A DIVULGAR A VISITA DA MENINA.

 

(FOTO ohermenauta.files.wordpress)

 

LURIAN, COM UM DECOTE GENEROSO AO CENTRO.

 

 

 TAMBÉM O EXCELENTE BLOGUE VOZES LIVRES DO MAÇÃO, PRÓXIMO DO PS LOCAL E QUE APOIOU A PETIÇÃO, DIVULGOU UM MAGNÍFICO DIÁLOGO COM A SENHORA :

A filha de Lula da Silva esteve em Mação. Em Mação existe um Instituto  chamado  "Terrra e ....Memória", que ela quer implantar, também, lá no Brasil.

 

- Mesmo nas barbas da Câmara, Lurian, conte prá nóis, vuocê viu máis esti atentádo à nossa "memóriá?!Contji, Lurian, que à gentji não acredita que vuocê tenhá vistô e naáda tenha dito, sinhorá!!!!!à gentji por cá é assim, ou déstroi "mémória´" ou mal trauta memória, né?!

Olhe áqui em baixô, nesta outra foto mesmimho ná cára da Cãmara, tá vendo Lurian?! Olhi só o mau exemplo que os nuossos autárcas estão dando. E vuocê veio cá e náda djisse como vêm fazendo os académicôs desse taul "Instituto de Térra e ...Mémóriá"?! Santo Deus,mi djiga, comeu, ao ménos, algum enchido dos nuossos, alguma fôfa dás nuossas, sinhuorá?!

 

A PROSA É DO NOSSO AMIGO ANTÓNIO COLAÇO E CONDENA UM ATENTADO RUPESTRE CONTRA A VILA DO ROCHA  (pode ver aqui)



publicado por porabrantes às 23:00 | link do post | comentar

Este blogue vem hoje homenagear o que foi um dos grandes Professores primários de Abrantes, o falecido Mestre Marques Heitor.

 

Professor em Abrantes e noutras localidades do Concelho, marcou gerações de jovens que com ele aprenderam as primeiras letras.

 

Entre eles destacamos o  Sr. Eng. José Luís Albuquerque Carreiras, primeiro subscritor da petição on-line contra a barbaridade que Carrilho da Graça quer fazer em São Domingos.

 

Marques Heitor foi também Presidente da Junta de Freguesia do Rossio ao Sul do Tejo, acertada escolha do Presidente local da União Nacional, Dr. Lizardo Chambel e depois do 25 de Abril eleito Presidente da Junta de Freguesia de São João, nas listas do PSD.

 

Desde já pedimos às autoridades locais que a Universidade dos Quinchosos, mandada acertadamente requalificar pela D.Isilda ( que neste post tem direito a um elogio) seja baptizada Escola Marques Heitor.

 

  

 

 Recordamos que a D.Isilda resistiu com valentia à campanha para demolir os Quinchosos liderada por João Pico que motivou uma vasta de onda de indignação na cidade.

 

POR ABRANTES 



publicado por porabrantes às 22:45 | link do post | comentar

Um grupo de populares do Souto informa-nos da sua inabalável decisão de pedir ao Departamento de Toponímia da CMA que mude o nome da Rua João Pimenta para D.Alice de Brito que ensinou durante 29 anos as criancinhas do Souto.

 

 

O movimento surgiu depois da leitura aturada do livro do Snr.Traquina, que recordou o papel da D.Alice na escolarização das crianças e na promoção das mulheres na vida daquela  localidade.

 

  

 

O movimento popular alega que João Pimenta devia ter uma Rua na Damaia de Baixo ou noutro sítio que recorde a sua contribuição histórica para que os arrabaldes de Lisboa se tornassem tão característicos.

 

Estamos certos que a Presidente da Câmara saberá fazer justiça à grande professora que foi D. Alice de Brito.

 

(correspondente no Souto)   



publicado por porabrantes às 22:27 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Frei António prega aos ab...

A Guerra dos Comendadores...

Caridade Natalícia

Rurais saqueiam lojas em ...

Presos políticos abrantin...

Mensagem de Fátima chega ...

Os corredores são sítios ...

Visconde de Juromenha vis...

Inauguração do Museu Ibér...

Foi torturado o General M...

arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds