Quinta-feira, 30 de Junho de 2011

Deco encontrou 12 fontes com água imprópria para consumo
30.06.2011
PÚBLICO

A Deco estudou 35 fontanários espalhados pelo país e concluiu que 12 deles estão a jorrar água imprópria para consumo e deviam estar fechados, com níveis demasiado elevados de chumbo, alumínio e contaminação bacteriológica.

Os fontanários na “lista negra” da associação de defesa do consumidor estão em Loulé (Faro), Vale de Cambra (Aveiro), Baião (Porto), Viseu, Abrantes e Santa Iria da Ribeira de Santarém (Santarém), Almeida (Guarda), Caneças (Lisboa), Santa Clara do Louredo (Beja), Quinta da Ortiga (Setúbal), Elvas e Nisa (Portalegre). 

De acordo com o estudo da Deco - que será publicado na revista “PROTESTE” Julho/Agosto - em Caneças, Odivelas, a água excede o limite máximo de chumbo e alumínio. 

Em Abrantes, os valores de manganês, metal pesado perigoso por acumular-se no organismo, são elevados. Nas restantes 10 (Almeida, Baião, Beja, Elvas, Loulé, Nisa, Santarém, Santiago do Cacém, Vale de Cambra e Santa Maria de Viseu), há contaminação bacteriológica por E. ColiEnterococusClostridium Perfringens ou coliformes fecais.

“Febre, diarreia e vómitos são sintomas comuns, típicos de gastroenterite e intoxicação alimentar. Infecções urinárias e, mais raramente, endocardite bacteriana, são também efeitos dessa contaminação. Crianças, idosos e indivíduos debilitados podem ser os mais afectados”, salienta a Deco.

Na sua opinião, “nenhum fontanário deveria estar disponível sem garantir requisitos mínimos de potabilidade da água”. As autoridades regionais (câmaras municipais, juntas de freguesia e delegações de saúde) já estão a par dos resultados. A Deco sugere que a situação poderia ser melhorada com a ligação dos fontanários à rede pública de abastecimento e a instalação de torneiras com temporizador.

“É necessário mudar a actual legislação para evitar situações dúbias sobre a responsabilidade na gestão das fontes e a qualidade da água que fornecem. O fecho é a solução limite. Pode ser impopular, mas é mais seguro do que o aviso de “’água não controlada”.

 

in Público

 

Faça como eu, nada de água, cria peixes na barriga.....

 

tome um drink, como eu vou fazer com o arquitecto Tomás, que se lixe o alentejano mas não saio com carecas nem com arquitectos vestidos de preto que parecem agentes funerários.....

 

Suzy de Noronha, admiradora do pós-modernismo 

 



publicado por porabrantes às 20:19 | link do post | comentar

"No âmbito do Conselho Local de Acção Social, e até ao momento, 
ainda não foram apontadas nem diagnosticadas, carências 
alimentares das famílias, por parte de nenhum dos parceiros.
 
Maria do Céu Albuquerque, 2 de Maio de 2011
Felicito sinceramente a autarca por nos informar que
 ao contrário do que sustenta  a caluniosa oposição 
santanista ( não digo social-democrata para a 
 Manelinha não me processar, como fez o D.Gonçalo da Câmara 
ao Duque de Bragança por uma reles questão de 
marcas comerciais, disputa indigna de 2 fidalgos, 
alegando que a marca PSD abrantina é dela 
e não do Dr. Santana-Maia. )
 
 
 
Sendo assim  que havendo uma dramática falta de fome no concelho, 
imune à crise devido à sábia gestão da D.Céu a paisagem abrantina 
deve  ser semelhante à que consta no quadro de Bosh.
 
Só não percebo uma coisa se as autoridades me garantem a falta 
de fome para que tenho de sustentar com os meus impostos
a monomania do Graça e amigos que montaram um Banco
contra a fome?
 

  

 

Que funciona em instalações municipais!

 

Podem-me dizer que se não há fome em Abrantes, há noutros concelhos.

 

Que tenho eu a ver com isso?

 

Os outros concelhos que cedam uma garagem para depositar

 

as batatas e os garrafões (não se deve comer sem uma

 

 

boa pinga) e tratem dos seus problemas.

 

Já vai longo o post, tenho imensa pena da Suzy que

 

 

é judia e que no sábado tem de almoçar em casa da Avó,

 

uma beata, a D.Rute Levi. Ou seja sábado  a

 

judiaria reune-se a jejuar e chama a isso almoço.

 

Pobre Suzy!!!!

 

Miguel Abrantes, petisqueiro 

 
 


publicado por porabrantes às 18:30 | link do post | comentar

Agora que o Sr. Marcello de Noronha me trespassou a pasta de continuar ler as enfadonhas papeladas municipais, e enquanto a Edite Fernandes e a Suzy acabadas de chegar preparam uns post à maneira, dizendo a primeira como é que eu podia ser tão ''mau'' como se verificará no post seguinte, atrasado de ontem, lembrei-me que tinha o grato dever de fazer um post amável.... 

 

 

Felicitar o patrão da ânimo, o nosso amigo

 

 foto do avô Colaço

 

António Colaço por ter sido promovido à categoria de avôzinho!!!!!!

 

Pelo que lemos na ânimo, está radiante!!!!

 

Um abraço blogosférico

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 16:45 | link do post | comentar

Continuo a ler as actas camarárias, para fundamentar o processo do MIAA, que são um conjunto de documentos reveladores do pandemónio que caracteriza a administração da Srª Albuquerque sob a liderança carismática da Chefa.

 

Numa sessão devem falar os Vereadores e o Presidente que têm mandato popular e nas sessões públicas os cidadãos que querem expressar as suas preocupações.

 

As críticas dos Vereadores oposicionistas devem ser rebatidas pelos eleitos e não pelos funcionários camarários.

 

Por absurdo se um Vereador tivesse uma intervenção do género das que caracterizavam Pedro Marques, dizer que havia uma rua mal limpa, não passaria pela cabeça de Nelson Carvalho, juntar à acta uma cartinha do varredor pondo em causa o crítico de limpeza.

 

Agora, passam-se coisas do género. Um funcionário resolveu responder na acta aos Vereadores do PSD. Transcreve-se a coisa, perguntando-se: nas actas do Conselho de Ministros também figuram anexas os manifestos dos contínuos de São Bento contra alguma crítica dum governante????

 

Senhora Presidente da Câmara Municipal de Abrantes 

É com alguma emoção, que não deveria acontecer, 
mas também com alguma dúvida sobre o próprio 
posicionamento de actuação que nos é devido, que 
manifesto descontentamento, em face do tratamento sobre 
qualificação acerca de trabalhadora/dirigente concreta, no
departamento de administração e finanças, que comigo presta
 o seu trabalho à Autarquia.

A matéria de tanto embaraço e mal estar é a inserida 
na declaração de voto sobre o ponto nº 8, transcrita na 
acta da Câmara Municipal de 29 de Novembro de 2010, que refere: (...)
 
(...)
Abrantes, 5 de Dezembro de 2010
José Bento Pedro, director de departamento de administração 
e finanças da CMA

 

( transcrito da acta de 6-12-2010)

 (ler o texto integral aqui)

 

 O Sr.José Bento Pedro porque que partido foi eleito, pergunto eu?????

 

 

Marcello de Noronha 



publicado por porabrantes às 12:56 | link do post | comentar

Um dos senhores padres mais antigos da nossa Diocese é oriundo do Distrito de Portalegre, onde são raras as vocações, por diversos motivos sociológicos e eclesiais.

 

Este sacerdote que nos pede o anonimato queria assinar a petição, mas diz que só o fará quando o Sr.Bispo desautorizar a atitude do Cónego Graça e do clero do seu arciprestado que pelo silêncio ou pela conivência activa (caso do Graça enquanto administrador da Fundação Estrada ou do Rev.Valente que participou activamente na campanha socialista cedendo um recinto religioso para celebrar lá o Santo Sacrifício do Subsídio Socialista) participam enquanto cúmplices, uns por acção, outros por omissão, na miserável destruição de São Domingos.

 

Não quero colocar-me contra o meu Bispo.-disse o sacerdote.

 

 

O piedoso Prelado de Portalegre que nos confiaram já estar arrependido de ter aceite a Mitra de Portalege e Castelo Branco nas condições em que a deixou um tal Sanches Alves hoje apascentando os latifúndios da Fundação Eugénio de Almeida.

 

Espera o velhinho sacerdote o milagre: que D.Antonino Pio ponha a casa em ordem, consiga endireitar as finanças da Diocese sem fechar mais jornais, travar as obras megalómanas do Graça, e fulminar do alto do púlpito quem como Maria do Céu Albuquerque  tenta destruir património religioso!!!!

 

Eu como católico, também acredito em milagres, acredito que algum dia, a D.Ana Soares Mendes fulminará num editorial o Júlio Bento dizendo que está em pecado mortal por fugir aos impostos ou que explique ao povo católico que há mais pecado em destruir um convento com 500 anos que, cito o dr. Abrantes, em ''dar uma queca com preservativo''.

 

O senhor padre que cito, com quase 90, tem como eu um santo a quem se encomenda. No caso dele uma Santa. Maria Goretti uma italiana que resistiu a uma violação e por isso foi assassinada e cujo violador depois de cumprir a pena de cadeia se fez frade terciário até ao final dos seus dias.

 

Naturalmente gozou da sorte de não ter cometido o crime no Estado do Texas sob o mandato do Governador George W. Bush onde teria terminado na morgue sem demasiadas contemplações.    

 

Também gozou da sorte de não ter cometido a violação na Sicília onde os capos de Corleone mandam abater a tiro de lupara quem faz tropelias destas. Por isso a taxa de arrependimento dos violadores sicilianos é neste momento igual a zero.

 

  lupara

 

 

Diz-me ainda o padre que há poucas santas alentejanas. Respondi que havia Beatriz da Silva que é de Campo Maior. Essa é espanhola- berrou o padre quase possesso. Eu defendo que esta senhora pode ser a Maria Goretti luso-alentejana

 

 

 

Reza pela sua canonização e vais ver que o Convento não é demolido!

Assim farei, mas como sou um bocadinho como São Tomé ou seja desconfiado, envio o processo para tribunal e um dossier para a tutela por causa dos atrasos da Divina Providência.

 

Marcello de Noronha, da Obra



publicado por porabrantes às 10:40 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29 de Junho de 2011

A minha cultura teológica foi abalada pela Srª Maria do Céu Albuquerque e por todos os Vereadores da Câmara.

 

Aprendi na Obra ( e suponho que a minha querida Irmã em Cristo Ana Soares Mendes também) que era competência do Ordinário Diocesano elevar um sacerdote à categoria de Cónego.

 O nosso Santo Prelado

Suponho que o respeito pelas atribuições episcopais faz parte do Direito Interno Português em virtude da Concordata em vigor, assinada entre Portugal e a Santa Sé.

 

Pois bem a acta de 25-10-2010, que estou a ler para arranjar argumentos para fornicar (1) nos tribunais o maldito projecto de Carrilho da Graça que é ilegal, revela-me que há um Cónego no Souto  e que o dito dignitário religioso enquanto representante da Fábrica da Igreja local iria assinar uma escritura com a CMA.

 

Ora consultada a página da Diocese verifico com surpresa que não há nenhum Cónego no Souto. Ainda pensei que o Xerife Jota Pico fosse suficientemente influente na Cúria para levar o nosso Preladoa a elevar  o Rev.Pároco do Souto, depois duma esmola pingue de João Pimenta, ao Cabido da Sé. Mas não.

 

Cheguei a pensar que as minhas orações feitas todos os  dias a Monsenhor pedindo a Graça da transferência do Graça para uma paróquia rural tinham sido atendidas. Mas também não. O Graça continua de pedra e cal em São Vicente assessorado pelo conhecido jurisconsulto .

 

Portanto, tenho de assumir a realidade e verificar que nas competências camarárias abrantinas consta a nomeação de Cónegos e quem sabe de Bispos ou Cardeais.....

 

Quem leu Alexandre Herculano sabe que D.Afonso Henriques achava que era sua competência nomear Bispos especialmente se fossem pretos. ( Lendas e Narrativas, o Bispo Negro). Será que este direito feudal afonsino foi transferido para a CMA pelo foral outorgado por El-Rei D.Afonso I a Abrantes em 1179?

 

Será que o historiador Gaspar (que é do Souto) descobriu qualquer outra disposição foralenga ou consuetudinária que faz com que o Pároco do Souto seja de jure Cónego???

    o Rev.Cónego Tropa

É um mistério que me atormenta.

 

Agradeço esclarecimentos dos visados ou da autoridade religiosa para o e-mail : porabrantes@hotmail.com.

 

Finalmente para informação de qualquer autarca que não seja tão assíduo como eu à Santa Missa, esclareço que quando falo em Ordinário Diocesano não estou a insultar ninguém mas a aplicar o termo correcto em Direito Canónico.

 

(1) fornicar-palavra que Monsenhor usava quando dizia que necessário usar o direito contra um prevaricador relapso e contumaz. Monsenhor era muito bem educado.

 

Marcello de Noronha, da Obra



publicado por porabrantes às 20:15 | link do post | comentar

ainda hoje o primeiro-esposo

do concelho

e o Príncipe 




publicado por porabrantes às 19:18 | link do post | comentar

A violação é um crime punido pelo C.Penal que gera tal repulsão social que o próprio violador é muitas vezes alvo de sevícias violentas por parte dos reclusos do estabelecimento prisional onde o alojam.....

 

Viola a Câmara de Abrantes?

 

Não pessoas, mas os seus direitos de cidadãos garantidos pela Constituição e pelas leis?

 

A resposta é positiva e no caso do MIIA parece-nos que tal violação é feita por vários lados. Ou como gostam de dizer os pedantes por várias vertentes.

 

Vem esta conversa a propósito da : Declaração dos vereadores eleitos pelo PSD ( note-se bem eleitos pelo PSD e não trânsfugas do PSD como é o caso do Sr.Vereador Arês) sobre o programa dito de regeneração do centro histórico apresentado pela primeira-dama dos Rotários

 

 

 

Apresentou a dita o programa na sede duma Sociedade Comercial, assunto que terá aqui e noutras instâncias, o devido tratamento.

 

Resta saber, coisa que pensamos apurar, se alguém dos corpos gerentes da dita sociedade tem interesses materiais no programa de regeneração urbana, nesse caso também haverá diligências a fazer.

 

Estamos de acordo com as considerações tecidas pelos Vereadores laranja (esperemos que a D.Manuela Ruivo não tenha um ataque quando as ler, nesse caso recomenda-se que mande ao  Armando Fernandes fazer-lhe um chá de tília ) mas resolvemos fazer uma resalva que já enviámos num comentário já publicado no Rexistir por Abrantes que passamos a transcrever: 

No absurdo projecto de Carrilho da Graça há entre outros um pormenor que os Snrs Vereadores não viram. A Lei 83/95 de 31 de Agosto estabelece a obrigatoriedade de discussão pública para projectos públicos de valor superior a 1 milhão de contos. (art 4º nº3). A CMA tem alegremente violado esta disposição e agora com o projecto do MIAA volta a violá-la.
Agradecíamos aos srs Vereadores que colocassem esta questão em sede própria. Aproveito para lhes expressar a minha admiração pelo trabalho feito até agora. Miguel Abrantes
28 de Junho de 2011 às 22:15


 

Ou seja na minha modesta opinião a CMA está a violar os direitos de 45.000 abrantinos ao não submeter o projecto do licenciado alentejano a:

 

DISCUSSÃO PÚBLICA!!!! 

 m.a.



publicado por porabrantes às 18:15 | link do post | comentar

  

 

(texto de Miguel Abrantes, especialista pré-Bolonha em bares de alterne)

Para os nossos leitores com falta de memória recordamos o trágico crime do Souto:

 

 

   

 

Bar de alterne atacado

 

 

 

   O Contraste Bar, em Souto, reabriu na sexta-feira. Ontem, ficou destruído 
A Polícia Judiciária está a investigar um incêndio que ontem de madrugada destruiu um bar de alterne, em Souto, no concelho de Abrantes. Os proprietários suspeitam de um cliente que terá sido visto, pelas 03h30, a atirar uma garrafa cheia de gasolina contra a porta de serviço. Este homem, horas antes, tinha sido expulso do estabelecimento.

   O incêndio destruiu mobiliário, mesas e cadeiras, a instalação eléctrica, o aparelho de ar condicionado, uma televisão, a aparelhagem de som e um leitor de DVD. Os prejuízos elevados. “Pelo menos uns três ou quatro mil euros”, segundo um dos sócios do Contraste Bar, que tinha reaberto na última sexta-feira, remodelado e com nova de gerência.

   O empresário não acredita que o ataque tivesse sido motivado por vingança – como aconteceu no bar Mea Culpa, em Amarante, em 1997, crime que fez 13 mortos. O empresário, que pede para não ser identificado, suspeita que o incêndio foi provocado por um cliente, com cerca de 40 anos, que tinha sido expulso. “Pusemo-lo na rua porque estava a fazer desacatos cá dentro. Nem pagou uma conta de 80 euros. Ele ameaçou-nos e depois atirou uma garrafa com gasolina contra a porta de serviço. Há testemunhas que viram”, afirmou, ontem, ao CM.

À hora do incêndio, 03h30, restavam 10 pessoas no bar, incluindo clientes, mas ninguém sofreu ferimentos. As chamas que consumiam a porta de serviço foram rapidamente apagadas, o estabelecimento encerrou e toda a gente abandonou o local. No entanto, uma hora depois, um dos sócios voltou atrás e encontrou o interior do Contraste Bar a arder.

“Não pode haver aqui vinganças porque nunca houve problemas nenhuns com ninguém”, afirmam os empresários, que tinham gasto dois mil euros na remodelação do espaço quando passaram a geri-lo. Têm seguro, mas nas próximas semanas o bar não vai abrir.

Os bombeiros foram alertados, mas seria a ajuda de alguns moradores do Souto a permitir apagar as chamas. “Quando nós chegámos já o fogo estava extinto. O trabalho foi assegurar um rescaldo bem feito”, explicou o adjunto de comando dos Bombeiros Municipais de Abrantes, Álvaro Beirão, afirmando desconhecer as causas do sinistro. A corporação enviou três viaturas e nove bombeiros.

O caso está a ser investigado por inspectores da Polícia Judiciária de Leiria.

   

Data: 2005-10-18

in Correio da Manhã



publicado por porabrantes às 13:52 | link do post | comentar

O nº2 do Sr.Cónego Graça é o Sr. Anacleto Baptista.

 

Publicamos uma foto  do album de Manuela Ruivo (que hoje terá um merecido destaque neste blogue) em que  vimos matar saudades da época em que Anacleto Baptista era um vigoroso tribuno laranja em Abrantes, antes de o marçalismo o ter levado a transferir a sua vida política para o Sardoal onde hoje é uma personalidade de destaque. O Nº 2 da Vila depois do Sr.Moleirinho.

 

 

 

 

   

 

A foto é tirada num encontro gastronómico de  militantes do PSD de Abrantes e como  está na foto o logotipo da CP local,onde o assunto quente é a retirada da confiança política a Santana-Maia, interrogamo-nos sobre o conteúdo das palavras do tribuno.....

 

Estaria a dizer que Manuela Ruivo cometeu um erro político imperdoável (mas ainda sanável) quando retirou a confiança política a Santana-Maia, que até hoje foi o melhor edil opocionista que teve o PSD abrantino?

 

Não sabemos. Se nos quiserem esclarecer, enviem os esclarecimentos para porabrantes@hotmail.com.

 

Mas agora a grande novidade Anacleto Baptista se licenciou-se em Direito. Parabéns, doutor!!!! 

É ele que nos informa na sua página do facebook:

 

Formación y empleo

Empresas

Instituto

Filosofía

Creencias religiosas

Ideología política

Agora não conseguimos perceber como é que para ser licenciado só menciona a EICA como  escola onde andou. Deve ser um lapso e não referiu a Faculdade de Direito.

 

Jurista significa segundo o Dicionário da Porto Editora:

1-

DIREITO pessoa versada em leis e que, no exercício da sua profissão, dá pareceres sobre questões jurídicasjurisprudente
(Do lat. jure-, «direito» +-ista)
2-
1. pessoa que empresta dinheiro a juros
2. pessoa que possui títulos de dívida pública e recebe os juros correspondentes
(De juro+-ista)

Tendo em  conta alta formação moral do Dr. Anacleto é óbvio que não se dedica a emprestar dinheiro a juros, sendo jurista na primeira acepção da palavra, coisa que implica uma licenciatura em Direito e que faz pareceres jurídicos.

Como Marcelo Rebelo de Souza ou Freitas do Amaral.

 

Até há pouco o Sr.Anacleto era solicitador, vimos dar-lhe os parabéns por continuar a aperfeiçoar os seus conhecimentos, agora através duma licenciatura.

 

Miguel Abrantes 

 

 



publicado por porabrantes às 08:13 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Imprensa Internacional de...

A pesada herança da bombe...

A cacique e a incubação

Ataques Pessoais (2)

MP acusa Barroca Rodrigue...

Uma bofetada na cara da c...

Eleições

Ana Chambel Dias fustiga ...

Os ataques pessoais

Capitão de Abril denuncia...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds