Segunda-feira, 30 de Abril de 2012

com o melhor gosto dou a palavra ao meu amigo Dionísio Mendes, distinto aficionado, ex-moço de forcados, ribatejano de Coruche, e por acidente Presidente da Câmara de Coruche

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ribeiro Telles com Pablo Hermozo de Mendonza (gamado ao António)
Dr. Dionísio Mendes, Presidente da Câmara Municipal de Coruche


No ano em que se completam 25 anos de alternativa do cavaleiro tauromáquico António Ribeiro Telles, vai ser dada à estampa uma fotobiografia que pretende ser o repositório dos momentos mais sublimes e marcantes da sua arte toureira.
A seu tempo (Agosto 2008), promoveu o Museu Municipal de Coruche, no espaço que albergará futuramente o Núcleo Tauromáquico, uma exposição que assinalou o início deste ano de bodas de prata taurinas. Mais tarde, em Novembro, realizou-se um colóquio evocativo da sua carreira.
Estas iniciativas foram coroadas de êxito, apreciadas e acompanhadas por muito público, aficionados distintos, colegas de profissão, familiares e amigos.
Este livro, com o apoio do Município de Coruche, vem fechar o ciclo de comemorações mas felizmente não significa uma homenagem de despedida nem um rematar de carreira.
O António, que conheço “desde sempre” aí está pronto para iniciar mais uma época de êxitos, à qual se seguirão muitas outras, como todos os seus muitos amigos e os aficionados desejam.
Será um lugar comum dizer que tem sido “um embaixador de Coruche” por todo o mundo taurino. Mas esse reconhecimento é-lhe devido. Herdeiro e continuador da tradição taurina sorraina e da dinastia Ribeiro Telles, atingiu enorme êxito nos duos com o seu irmão João e passa hoje o seu “testemunho” toureiro aos sobrinhos Manuel e João.
Clássico lhe chamaram alguns talvez por eufemismo ou, porque amantes de outra “escola”, lhes custa a reconhecer o triunfo continuado em mais de 25 anos de actividade taurina.
António, como toureiro e como homem, é sério e íntegro como poucos, talvez um tanto reservado, ou mesmo tímido, parco em palavras e em gestos de auto-elogio e promoção. É hoje um toureiro de grande maturidade, um toureiro de verdade, um “maestro” entre as grandes figuras do toureio a cavalo mundial.
Para ti António vai o meu olé de respeito e admiração que é também de todos os Coruchenses, que em ti vêem como eu uma grande figura da tradição coruchense.

Um abraço amigo.

Dionísio Simão Mendes
 
Pub por Miguel Abrantes
tamos pró PS hoje.....Ò Dioníso, é pá tem paciência com os comunas do Couço, abraço.....


publicado por porabrantes às 21:16 | link do post | comentar

   jornal de Alferrarede

 

 

Enquanto esperamos que a CMA cumpra a Lei e nos entregue a documentação solicitada pela Tubucci-Associação de Defesa do Património da Região de Abrantes acerca do Prémio Eduardo Campos (2ª edição), já podemos identificar um dos componentes do júri que se atreveu a só conceder uma menção honrosa por unanimidade ao extraordinário trabalho de investigação do Sr.Dr. Graça Pereira.

 

Conseguimo-lo por informação particular.

 

 

Chama-se Joaquim Candeias Silva.

 

 

A decisão tomada por este júri foi recorrida nos termos legais pelo Sr.Dr.Graça Pereira e a sua reclamação foi aceite (como divulgaremos ''ipsis verbis'') por deliberação camarária de 19 de Março tomada por unanimidade.

 

A decisão de corrigir o Candeias foi tomada no Dia do Pai.

 

Ou seja a CMA paternalmente corrigiu o Candeias e os outros 2  elementos, puxando-lhes as orelhas.

 

Apesar de em termos formais (de Direito, os nossos juristas se terem fartado de rir com as falácias jurídicas esgrimidas na resolução camarária)

foi um valente e paternal puxão de orelhas aos rapazes do júri.

 

 

 

A Direcção aplaude o puxão de orelhas dado pela CMA.

 

E dizem que não aplaudimos a autarquia?????

 

 

A Direcção da Tubucci

 

 



publicado por porabrantes às 18:12 | link do post | comentar

Pelo facebook o  nosso amigo peticionário sr. dr. Rui André, martelo da oposição social-democrata, onde coadjuva o dr. Santana-Maia na caça ao bentos responsáveis do caso RPP, divulgou estas ( e outras) fotos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

a aristocrata Bé de Sousa Macedo  (Mesquitella) arenga aos fogosos manifestantes

 

 

 

 

as amplas massas (como diria o velho amigo Barroso, actual Presidente da Comissão de Insolvência da UE ) arrancam disciplinados

 

 

 

 

 

 portugal é porreiro, pá

 

o camarada José Manuel está pouco fogoso. Certamente está a pensar na camarada proletária Sousa Uva

 

 

 

as fotos do movimento operário não são do sr.dr. Rui André, ele é eleito nas listas dum partido de centro-direita

 

 

 

 

alguns manifestantes burgueses estão mais apressados

 

 

e nisto o facebook trabalha, oh prodígios da técnica ! como diria o civilizado Jacinto, comodamente instalado no 202 dos Campos Elíseos

 

 

 

 

 

A partilha é um valor cristão. Eu na minha qualidade de sócio da Obra de Monsenhor, também vou divulgar isto....

 

 

M. de Noronha



publicado por porabrantes às 16:02 | link do post | comentar

 


Alfredo Moreira Santos é segundo o site municipal Presidente de S.João (freguesia a extinguir, dizem, e foi candidato a esse cargo pelo PS na últimas eleições)

 

 

Segundo o Portal das Freguesias o Presidente é  este

 

Francisco José Nunes Ferreira Bragança  

 

Aparentemente os 2 são carrilhistas, portanto estão na linha de fogo da petição como cúmplices activos do ataque ao património da nossa cidade.

 

Aparentemente a freguesia a extinguir para contentar o umbigo do Aníbal Melo é como a canção do Marco Paulo, tem 2 amores.

 

Mas nenhum dos autarcas a ama porque estão coniventes no ataque a São Domingos e porque a freguesia vai extinta e nenhum se mexe para a defender.

 

Mas há quem se mexa.

 

O Alfredo Moreira Santos é um gajo que gosta de se mexer. Mexeu-se em tempos para em Sociedade com o Albano Santos fazer um Bar Kultural no São Pedro que terminou em circunstâncias divertidas e que pensamos apurar.

 

Mexeu-se para se safar da freguesia a extinguir e arranjar um lugar mais protegido, tendo sido nomeado pela Céu :

 

Aviso n.º 11540/2011
Em conformidade com o disposto na alínea c) do n.º 1 do Artigo 73.º,
conjugado com o Artigo 74.º da Lei n.º 169/99, de 18/09, alterado e
republicado pela Lei n.º 5 -A/2002, de 11/01, nomeei por meu despacho
de 14 de Março de 2011, Secretário do meu Gabinete de Apoio, Alfredo
Moreira Santos, com a remuneração de 60 % da que legalmente cabe
aos Vereadores em regime de permanência da Câmara Municipal de
Abrantes, com o direito aos abonos genericamente atribuídos para a
Função Pública.
A nomeação produz efeitos a partir de 14 de Março de 2011.
18 de Março de 2011. — A Presidente da Câmara, Maria do Céu
Albuquerque.
304685327
 
Deixou a sucessão ao Bragança.
 
Mas faltou, coisa que me não admira, ao compromisso 
que tinha como povo que o elegera em troca dum ......

 

Quanto ao Bragança......

 

gosta muito de petições....

 

 

Mas em vez de fazer o seu dever e assinar a nossa e liderar a luta pela defesa de São Domingos é o subscritor nº 4578 da petição do C.Manhã contra o enriquecimento ilícito....

 

 

O Bragança é membro por inerência da CP local PS não seria mais eficaz propor que o Partido tomasse medidas para apurar como ex-colega autárquico Bento se tornou rico?????

Ou a Chefa não deixa e o Bragança verga a cerviz, porque é um tipo obediente???? 

 

 

Devo dizer mais coisas da estimada dupla Santos & Bragança, Lda ?????

 

Por agora não, 

 

Miguel Abrantes

 

PS-Agradeço a um autarca do ICA da Assembleia de Freguesia de São João os elementos disponibilizados. Isto era para sair no blogue do Sr.Dr. Arês, mas o homem fechou-o depois de se ter dado aqui notícia duma penhora.

 

 



publicado por porabrantes às 12:38 | link do post | comentar

Porque carga de água é que Alferrarede há-de ser Freguesia??? 

 

 

 

Alferrarede quer continuar a ser freguesia jornal da esta (escola para extinguir) 

 

A Pergunta é retórica, mas pode ser repetida, doutras formas e feitios.

 

Também se pode perguntar porque é que São Vicente há-de ser freguesia?

 

Porque não se faz o lógico que é fundir as 4 freguesias de Abrantes  numa, que seria a super-freguesia de Tubucci e concentraria recursos, serviços, pessoal e podia ter uma delegação em Alferrarede e outra o Rossio.

 

A esta freguesia anexar-se-ia o Cabrito e a Arrifana.

 

As partes rurais de São Vicente podiam ser cedidas a freguesias vizinhas.

No Entroncamento só há uma freguesia.

 

A lógica podia passar pela extinção da ''instituição'' freguesia nas áreas urbanas e que as suas competências sejam assumidas pelos municípios.

 

 

O lógico impunha que os partidos e as instituições se estivessem a preocupar com este assunto, a fazer estudos, a ouvir as populações e não a mandar foguetes em festas inúteis tipo 25 de Abril e a preocupar-se com coisas fúteis.

 

Vão ao site do PS abrantino, partido de que o Sr.Moreira é membro da CP local e vejam o que há lá sobre este assunto ou sobre outra coisa.

 

Nada, perdão há um comunicado alucinante sobre o ''protocolo de estado'' acusando Manuela Ruivo de inculta por não ter lido este importante decreto, a que voltarei se houver tempo.

 

Portanto o Sr.Moreira devia deixar de andar armado em choramingas com bocas deste estilo lamecha: ''O principal objectivo desta iniciativa é transmitir a nossa preocupação pelas falhas, pelas mentiras, pela má fé, pelas falácias que este processo teve; pela campanha de desinformação que tem corrido pela população do concelho de Abrantes e que pretende afastar as pessoas de eventuais mobilizações no sentido de promover as legítimas e legais aspirações da população da freguesia, além de dar a conhecer algumas acções que a Junta se propõe a fazer nesta matéria”.

 

 

Pode-me  dizer o Moreira quem foram os conspiradores que montaram a cabala????

 

Já agora o Moreira, que trabalha nas Indústrias Graça, nessa obra inútil do Projecto de um homem chamado Graça, pode-me explicar  porque é que não organiza uma campanha de missas e novenas para pedir ao Altíssimo a sua pia intervenção?

 

 

Porque o Moreira do Cónego apareceu numa Nova Aliança em que davam conta ao povo que tinham desintoxicado uns ''drogados'' e que os mandavam à missa em acção de graças a Jeová ou a outro componente do Olimpo católico.....

 

Se o tal Jeová é eficaz contra a heroína é capaz de ser eficaz contra a extinção de freguesias.

 

 

  Que tal uma missa campal presidida pelo Arciprestre para implorar a salvação da autarquia de Alferrarede????

 

 

MA



publicado por porabrantes às 11:17 | link do post | comentar | ver comentários (4)

Domingo, 29 de Abril de 2012

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como se esbanja o dinheiro de um povo: Tramagal, 16h, sábado, dia com sol, nenhuma pessoa naquele local... Seria útil aquela obra? Para quem? Impostos mal empregues.

 

A Tubucci no facebook



publicado por porabrantes às 22:32 | link do post | comentar

Ontem na nossa pesquisa arqueológica sobre os veneráveis antepassados do anti-carrilhismo encontrámos o Silva, aliás para ser formal o Senhor Doutor Candeias da Silva.

 

Hoje encontramos uma senhora, que como todas as senhoras quer parecer mais nova e louçã. Nova para disfarçar as rugas, louçã para se recordar dos velhos tempos em que irresponsavelmente alinhava com o esquerdismo mais parolo do país, esquecendo que Lenine dissera que o esquerdismo é a doença infantil do comunismo.

 

 

Aqui está a escrevedora:

 hpqscan0001.jpg

 

 

 

A criatura queria demolir esta torre:

 

 

  smartbox 

 

 

diz que é muito feia e com um palavreado islamofobo digno de Marine Le Pen

 

 

 

ou do seu imitador da 2ª Volta, o Sarcozy faz considerações nacionais-galegas contra os pobres muçulmanos.

 

Mas afinal como toda a gente sabe a Autora é afinal um provecto ancião de Lagarelhos....  

 

 Mensageiro de Bragança

 

que foi forçado pelas circunstâncias de não ter filha, ao contrário, de Monsieur Le Pen, a inventar-se como jeune fille para espalhar uma mensagem de ultra-direita com curiosas coicidências programáticas com o discurso do fascista francês.

 

 

Hoje a criatura é um carrilhista primário, ou tendo em conta a sua ambivalência sexual em letra de forma, uma anti-carrilhista primária.

 

 

Cada ideologia tem os defensores que merece, o carrilhismo está bem servido com o Armando Fernandes aliás Edite.

 

 

Só temos uma dúvida a Edite reside na Amoreira ou no Bairro da Ufa em Alferrarede?????

 

 

Edite Fernandes, consultora de assuntos galegos e rurais

 



publicado por porabrantes às 19:05 | link do post | comentar

Formou-se recentemente o Grupos Amigos de Constância, animado pelo José Luz, que já tem uma grande actividade  em prol da paisagem, história, cultura e património duma das mais bonitas Vilas de Portugal.

 

Damos-lhe as boas vindas e notamos que entre os seus membros há muitos amigos da defesa de São Domingos.

 

 

Não resistimos a transcrever este diálogo no facebook, tudo devido a esta foto

 

 

 Amigos de Constância

 

Hace 16 horas 

O impacto ambiental do edifício à esquerda deixa-nos sem palavras. Qual é o limite deste tipo de construções?

    • Suzana Gomes e as doenças k andam a gerar???
      Hace 16 horas ·  ·  1
    • José Silvares Luz Houve ou não houve, num passado, poluição alegadamente nociva para a saúde humana? Eu tenho as minhas convicções.
      Hace 16 horas ·  ·  2
    • Suzana Gomes No meu tempo havia poluição e mta. No rio morriam peixes derivado á porcaria k deitavam para a água k provinha da Caima.
      Hace 16 horas ·  ·  2
      • Suzana Gomes E ainda desconfio k mtas doenças k existem na nossa zona sejam provinientes da mesma. Minha familia, uma grande parte está a morrer de cancro e o cancro não é hereditário....
        Hace 16 horas ·  ·  2
      • José Silvares Luz Publiquei reportagens sobre esse assunto no Jornal de Abrantes, no início da década de 90.
        Hace 16 horas ·  ·  2
      • Henrique Da Costa Pedro Na altura em que foi construído o mestre e pintor José Campas e o meu avô tentaram que não fosse construído em frente à Vila....não imaginas as vozes que se levantaram contra eles...a época era outra e os problemas de sempre..a falta de emprego como hoje...os anos passaram e era bom que se vigiassem as emissões,,,
        Hace 16 horas ·  ·  3
      • José Silvares Luz Mas se houve danos para a saúde.... tal já não se poderá provar?
        Hace 16 horas ·  ·  3
      • Henrique Da Costa Pedro Isso já terá a haver com a administração Regional de Saúde e com um inquérito à população, através da Junta de freguesia por ex. Realmente existem muitos casos de Cancro e problemas nas vias respiratórias...o povo de Constância não pode sempre esperar que os outros resolvam os seus problemas. O povo de Constância e o País.
        Hace 16 horas ·  ·  2
      • José Silvares Luz O povo é representado pelos eleitos!!!!!!
        Hace 16 horas ·  ·  2
      • Vasco Botelho de Sousa Realmente a Câmara e a Junta nada fazem para resolver este problema. Estarei a ser injusto? Acho que não. O dinheiro fala sempre mais alto e a saúde humana passa para segundo plano. Dirão que não há provas disso? Então porque é que numa população tão diminuta há tantos casos de cancro, especialmente do pâncreas?
        Hace 14 horas ·  ·  2
      • José Luz Há demasiados casos de câncro em Constância. Isto é um caso de estudo. Quem n gostar do tema... Só se vive uma vez. Hoje na nossa casa amanhä na casa alheia.
      pub e texto (nosso) Miguel Abrantes


publicado por porabrantes às 16:43 | link do post | comentar

 

 

 leya

 

 

 

DOMINGO, 29 DE ABRIL DE 2012

«1 DE DEZEMBRO - DIA DE PORTUGAL» de JOSÉ RIBEIRO E CASTRO. APRESENTAÇÃO por MANUEL ALEGRE [LIVRARIA MINERVA, 8 DE MAIO, 18H00] COIMBRA



CONVITE

O Autor, a Principia Editora e a Livraria Minerva
têm o prazer de convidar para o lançamento, 
em Coimbra, do livro

1 DE DEZEMBRO - DIA DE PORTUGAL

de José Ribeiro e Castro.

A apresentação será feita por Manuel Alegre.

A sessão realiza-se no próximo dia 8 de Maio, pelas 18H00,
na Livraria Minerva, Rua de Macau, 52
 (Bº Norton de Matos), em Coimbra.

Pelas 20H30 haverá um jantar-debate no Hotel D. Inês 
com a presença do Autor.
***
As reservas para o jantar poderão ser efectuadas até ao dia 7 de Maio 
através do mail: reservas.ass@gmail.com 
Telfs: 239701117, 239855800,962703834 ou 919158471
Jantar: 20€

As receitas deste jantar reverterão para apoio
 à Liga dos Amigos dos Hospitais  da Universidade de Coimbra.

***

«Acabar com o feriado do 1.º de Dezembro seria atacar da pior forma a independência nacional de Portugal: seria feri-la no seu próprio espírito. 
O dia em que assinalamos a nossa independência nacional, a data em que festejamos a nossa liberdade como povo liberto do jugo estrangeiro é o dia mais importante da nossa vida colectiva.
Aqui, não somos de esquerda, nem de direita – somos portuguesesNão somos da República, nem da Monarquia – somos por Portugal. O 1.º de Dezembro a todos une e reúne. O 1.º de Dezembro convoca-nos.»
(in «Manifesto do 1.º de Dezembro, Dia da Independência Nacional»)


O livro
Em defesa da manutenção do 1.º de Dezembro, o feriado que verdadeiramente celebra a independência de Portugal, José Ribeiro e Castro tem vindo a empreender uma luta sem tréguas a que se juntaram nos últimos meses inúmeras individualidades da vida política e da sociedade portuguesas. Na verdade, ao seu «Manifesto do 1.º de Dezembro, Dia da Independência Nacional», escrito na linha do histórico manifesto de 1860 encabeçado por Alexandre Herculano,que aqui também se publica, são já associáveis muitos outros textos, entre os quais artigos, depoimentos e posts da autoria de figuras destacadas da sociedade portuguesa defensoras da mesma causa (entre as quais se contam António Pinto da França, Diogo Freitas do Amaral, João Luís Mota de Campos, Jorge Miranda, José Alarcão Troni, José Lamego, José Loureiro dos Santos, Matilde Sousa Franco ou Ricardo Sá Fernandes). 
É desses textos que dá conta este livro, cujo principal propósito é alertar consciências e congregar vontades no sentido de impedir que seja eliminado o feriado em que se celebra a própria essência da Nação Portuguesa. 
Um livro com a chancela da Principia Editora.

O Autor
José RIBEIRO E CASTRO
Natural de Lisboa, casado e pai de 4 filhos.
Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa (1975). 
Jurista, jurisconsulto e advogado. Ocasionalmente, jornalista.
Deputado à Assembleia da República - Presidente da Comissão de Educação, Ciência e Cultura.
Secretário-Geral do IDL (1979/80) e do IFPM (1983/85). 
Assessor/adjunto do ministro da Educação (1987-1991); vogal e presidente da Comissão de Fiscalização da RTP (1988-1991); vogal do Conselho Superior da Acção Social (1991-1992); director (1991), coordenador dos Serviços Jurídicos (1992-1993) e director de Informação (1994-1995) e administrador (1997/8) da TVI - Televisão Independente; assessor principal do Ministério do Trabalho e da Solidariedade (desde 1991-1999). 
Presidente do CDS-PP em 2005/07. 
Vogal da Comissão Política (Secretariado) do CDS (1975/83) e do CDS-PP (1998/05); porta-voz do CDS (1976/83); vogal da Comissão Directiva do CDS-PP (1998/05). Fundador da JC – Juventude Centrista e da FTDC – Federação dos Trabalhadores Democratas-cristãos.
Director do órgão oficial (“Democracia 76”) e do Departamento de Opinião Pública do CDS (1976/80). 
Director Executivo da campanha de Diogo Freitas do Amaral às eleições presidenciais de 1986 – P’rá Frente Portugal (1985/86).
Secretário de Estado adjunto do Vice-primeiro ministro nos VI e VIII Governos Constitucionais (1980 e 1981-1983). 
Deputado à Assembleia da República (1976/83, 1999 e desde 2009). Vice-presidente do Grupo Parlamentar do CDS (1981). Presidente da Comissão Parlamentar de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas (2009/11) e Presidente da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura (desde 2011).
Deputado ao Parlamento Europeu (1999/09). Vice-presidente da Comissão de Emprego e Assuntos Sociais do Parlamento Europeu (1999/02). Membro da Comissão das Liberdades e dos Direitos dos Cidadãos, da Justiça e dos Assuntos Internos. Membro da Comissão dos Assuntos Constitucionais. Membro da Comissão de Assuntos Externos. Membro e porta-voz do PPE na Subcomissão de Direitos Humanos. Membro da Assembleia Parlamentar Paritária ACP-UE. 
Observador-chefe da União Europeia em actos eleitorais o Equador (2007, 2008 e 2009).
Vogal da Assembleia Municipal de Odemira (1982/85). Presidente da Assembleia Municipal de Sintra (2001/05).
Membro do Comité de Formação Política da União Europeia das Democracias Cristãs (1978/82). 
Colaboração em diversos jornais (desde 1974). 
Vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica (1997/98).
Condecorações do Chile e do Luxemburgo.


publicado por porabrantes às 14:02 | link do post | comentar

Olho a manchete da capa do Correio

 

 

Correio da Manhã

 

 

E pergunto porque é que eu tenho de pagar a dívida do miserável cavaquista Oliveira e Costa que andou metido com Cavaco em negociatas de acções do BPN ??????

 

  o polvo da notícia

 

 dn

Porque é que eu tenho de pagar as dívidas do alegado assassino da amante do Tomé Féteira?????

 

 

 

 

que é transmontano...... e que certo gajo, também cavaquista, defendeu com unhas e dentes por estranhas razões,

 

 gazeta do betão entre elas, a mais notável, a lógica da comunicação entre transmontanos

 

 

 

 

 

 

Porque é que não nos livramos desta tropa a pontapé?????  (1)

 

 

 

 

 

 

 

MA

 

(1) Na tropa incluo o Cavaco, o Duarte Lima, o Loureiro e gente da mesma cultura política.



publicado por porabrantes às 12:16 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Centroliva parcialmente e...

Os guerreiros ibéricos

A obscenidade aérea choca...

A generosa doação à Assoc...

Mistérios das Mouriscas :...

Extorsão passional à abra...

D. Augusto César e o padr...

O carvão do Pego na Impre...

Damos voz à comunidade ci...

Quando começou São Macári...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds