Domingo, 30 de Junho de 2013

 

 

Bruma está cada vez a jogar melhor. Há quem jogue pior.

 

 

M.N. do SCP 


tags:

publicado por porabrantes às 13:09 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Sábado, 29 de Junho de 2013

O meu tio Diogo de Noronha era um idiota idoso que foi seduzido por uma gaja aldrabona.

 

A gaja chamava-se Europa e deu-lhe uns tostões para ele arrancar as oliveiras ancestrais, que a minha trisavó Felicidade Perpétua de Morais importara da Terra Santa e plantara lá na quinta. A trisavó Felicidade pagara duzentos contos de réis pelas oliveiras e especialmente pelo certificado que garantia que elas eram originárias do Gólgota.

 

 

Herdei eu os duzentos hectares que o celerado Diogo limpou de olival em troca do vil metal que a gaja de Bruxelas esportulou para criar um descampado.

http://www.satelitemaranata.com.br/wp-content/uploads/2012/03/Jerusal%C3%A9m-vista-do-monte-das-oliveiras.jpg

Resolvi repovoar o sonho bíblico da trisavó Felicidade, replantando o deserto alentejano de oliveiras. Disseram-me que em Portalegre há um senhor que vende rosários compostos por caroços de azeitonas, vindas do Gólgota, mas não vende oliveiras bíblicas.

 

O meu ilustre Advogado disse-me que violaria o direito de propriedade dos palestinianos se negociasse com o ocupante sionista que confiscou o olival árabe. Como não quero roubar felás, não fiz o negócio.

 

Resolvi comprar produto nacional e fui à internet. Procurei oliveiras centenárias e encontrei estas a 50 €/unidade

 

 

 

Vou fazer o negócio. Não é certificada pelo Patriarca de Jerusalém mas tem musgo. Como um presépio.

 

Há oliveiras mais caras, mas são para novos-ricos.

 

 

Marcello de Noronha, jovem olivicultor


   


tags:

publicado por porabrantes às 23:41 | link do post | comentar

Sexta-feira, 28 de Junho de 2013


O Cidadão abt, deixou um comentário ao post Não gastes velas com ruim defundo..... às 16:53, 2013-06-23


Comentário:
E assim mais uma vez fica o pessoal segurando nas velas que traz por casa... A sabedoria popular é substancialmente mais consistente que as aluanices de certos doutores que metem a carroça à frente dos bois... Falhas de somenos importância porque os munícipes e os patrocinadores vão pagando as despesas com a organização e os suportes de divulgação do evento... Quanto às navegabilidades do mercado diário, passou uma notícia bastante breve na rádio institucionalizada, em que a nova empresa a ser contratualizada para a conclusão da obra deu à costa, discordando com o diferencial de 80% no valor inicialmente firmado com a anterior... mas tudo foi subitamente abafado ao publico, não se tendo percebido se a proposta seria correspondente a 20% da anterior ou se os 80% seriam o correspondente ao valor inicialmente contratado. Presume-se que a notícia tivesse escapado momentaneamente à supervisão institucionalizada... Ora digam lá que não há bruxas!



Caro amigo:


Dizem que não há bruxas, mas há. Assim houve bruxedo e este teu comentário ficou perdido. Sai agora para desfazer o bruxedo. Se há bruxas também haverá fadas. 

Que nos mandem uma boa fada madrinha para que haja informação livre.

É das fadas que mais urgentemente precisamos.

MA 


tags:

publicado por porabrantes às 23:15 | link do post | comentar

 

 

 

Mouriscas oliveira do mouchão

 

 

Solicitamos aos senhores  Vereadores  da Oposição que peçam para se avaliar esta árvore classificada das Mouriscas.

 

 

Muito mais fotos da Oliveira do Mouchão do senhor JOCA aqui

 

 

Pode ser que o dono da Oliveira a queira vender à CMA para fazer sombra aqui

 

 

 

  Cidadão Abt

 

Aos tentadores preços que a CMA paga por elas e quando diz que vai fazer uma operação estratégica todos os jardins ultimamente decepados ficarão transformados em olivais ancestrais.

 

A D.Lucília Moita pintou muitas oliveiras mas nenhuma tão cara.

 

Finalmente agradece-se as palavras amáveis dedicadas aos blogues nas actas municipais.

 

Oliveira da Figueira

 

Sobre um primo meu ver aqui


tags:

publicado por porabrantes às 19:25 | link do post | comentar | ver comentários (4)

Segunda-feira, 24 de Junho de 2013

Uma instituição pública, caso da CMA, deve celebrar protocolos e acordos com entidades sérias e credíveis e não com entidades duvidosas.

 

 

Já sabemos que não o faz e nos arruína, exemplifico só com a RPP Solar, com a Coutinho pró mercado diário sem ir agora em busca de analisar cada um dos protocolos e acordos de per si!!!!.

 

Cidadão Abt

 

 

Uma das apostas ''estruturais'' do senhor Valamatos e Companhia era o Baseball.

 

Todos sabemos que era uma aposta irrealista e destinada ao naufrágio.

 

 

Mas assinaram acordos com instituições sem prestígio e sem credibilidade e agora aí está o resultado.

 

 

Neste link podem ver que iam criar uma ''academia de baseball :

 

''Haverá um constante intercâmbio com outras academias bem como com o desporto escolar, visando um constante desenvolvimento de treinadores e jogadores; monitorização da aplicação dos regulamentos; regras do jogo; fundamentos técnicos e estratégias de desenvolvimento do jogo. Apenas serão admitidos jogadores federados e técnicos cuja carteira profissional esteja de acordo com os pressupostos do IPDJ.
A constante monitorização de jovens atletas Portugueses, tenderá à chamada dos mesmos para a participação em ações de formação e treino com vista a integrarem a Seleção Nacional. Será a este grupo de jovens que será dada a missão de representarem esta organização e por conseguinte o país em torneios internacionais por todo o mundo, permitindo interagir não só desportivamente como culturalmente com praticantes de outros países.

A academia de basebol trabalhará em estreita colaboração com todos os treinadores portugueses, sob a alçada da FPBS. O plano de desenvolvimento da academia visa o desenvolvimento do basebol em Portugal tendo por meta atingir um nível igual às suas congéneres europeias.

Publico alvo:
Atletas portugueses ou de outras nacionalidades com idades entre os 10 e os 18 anos.
Programas em desenvolvimento:
Preparação da equipa Nacional de basebol; Programa de desenvolvimento de atletas de alto rendimento; Divulgação de Basebol e Softbol entre as camadas mais jovens; Colaboração com as escolas na divulgação e prática de Softbol e Basebol.''

 

 

A entidade ''credível'' parceira era a '' Federação Portuguesa de Basebol e Softbol (FPBS),''

 

 

Pois bem esses credíveis parceiros foram considerados de pouca credibilidade pelo Estado:

 

 

''Gabinete do Secretário de Estado do Desporto e Juventude

Despacho n.º 7843/2013

A Federação Portuguesa de Basebol e Softbol, pessoa coletiva de  direito privado n.º 503871680, com sede na Rua Álvaro Barreirinhas Cunhal, Edif. Cent. Coord. de Transp., Piso 1, em Santarém, requereu a renovação do estatuto de utilidade pública desportiva, nos termos e para os efeitos previstos nos artigos 16.º e 24.º do Decreto -Lei n.º 248 -B/2008, de 31 de dezembro.

O requerimento apresentado pela Federação Portuguesa de Basebol e Softbol foi divulgado através do Aviso n.º 2833/2013, de 8 de fevereiro, publicado no Diário da República, 2.ª Série, n.º 41, de 27 de fevereiro de 2013, ao abrigo do n.º 2 do artigo 16.º do Decreto -Lei n.º 248 -B/2008, de 31 de dezembro.

O processo de renovação do estatuto de utilidade pública desportiva foi instruído nos termos previstos na Portaria n.º 345/2012, de 29 de outubro.

Foram ouvidos o Comité Olímpico de Portugal e a Confederação do Desporto de Portugal e solicitada a emissão de parecer do Conselho Nacional do Desporto, sob proposta do Secretário de Estado do Desporto e Juventude, nos termos e para os efeitos previstos nos artigos 17.º e 18.º do Decreto -Lei n.º 248 -B/2008, de 31 de dezembro.

Da análise do processo instruído, concluiu -se que o requerimento da Federação Portuguesa de Basebol e Softbol para renovação do estatuto de utilidade pública desportiva foi extemporâneo. Adicionalmente, a Federação Portuguesa de Basebol e Softbol não apresentou documentação considerada essencial para a instrução do processo, a saber:

 

 


Cópia do Regulamento Eleitoral;

Cópia da ata que aprovou o Regulamento Eleitoral;

Cópia da ata que aprovo o Regulamento de Disciplina;

Prova de que é titular do estatuto de utilidade pública;

Endereço do sítio da internet.

Nos termos do disposto no Decreto do Presidente da República n.º 53 -D/2013, de 13 de Abril, S. Exa. o Senhor Presidente da República nomeou, sob proposta de S. Exa. o Senhor Primeiro -Ministro, o Secretário de Estado do Desporto e Juventude.

Assim, com os fundamentos invocados e atento o disposto nos artigos 15.º, n.º 1, e 24.º, n.º 1, do Decreto -Lei n.º 248 -B/2008, de 31 de Dezembro, bem como no artigo 3.º, n.º 1, alíneas b), c), e) e f), da Portaria n.º 345/2012, de 29 de Outubro, é indeferido o pedido de renovação do estatuto de utilidade pública desportiva apresentado pela Federação Portuguesa de Basebol e Softbol.

        

 

 Pois bem caro Dr.Bento Pedro conseguiram eles apresentar a V:EXA ao menos a  

 

 

Certidão do registo de pessoa coletiva?????


Haverá cópia disso???


Também me podem responder que nunca houve nenhum acordo com a CMA, nesse caso terei de concluir que a publicidade inserida num link municipal não correspondia à verdade .....


Para não concluir coisas mais graves .....



Finalmente essa Federação já tinha tido aparentemente sede em Abrantes, no Edifício Carneiro, e agora tinha sede na R.Barreirinhas Cunhal em Santarém. Raio de gente promover um desporto ianque numa rua que leva o nome dum implacável inimigo do imperialismo americano ....



é fogo!!!!!



Miguel Abrantes,



publicado por porabrantes às 16:56 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Domingo, 23 de Junho de 2013
Hoje não se fala português... linguareja-se!
Helena Sacadura Cabral

Desde que os americanos se lembraram de começar a chamar aos pretos "afro-americanos", com vista a acabar com as raças por via gramatical, isto tem sido um fartote pegado! As criadas dos anos 70 passaram a "empregadas domésticas" e preparam-se agora para receber a menção de "auxiliares de apoio doméstico".

De igual modo, extinguiram-se nas escolas os "contínuos" que passaram todos a "auxiliares da acção educativa" e agora são "assistentes operacionais".

Os vendedores de medicamentos, com alguma prosápia, tratam-se por "delegados de informação médica".

E pelo mesmo processo transmudaram-se os caixeiros-viajantes em "técnicos de vendas".

O aborto eufemizou-se em "interrupção voluntária da gravidez";

Os gangs étnicos são "grupos de jovens";

Os operários fizeram-se de repente "colaboradores";

As fábricas, essas, vistas de dentro são "unidades produtivas" e vistas da estranja são "centros de decisão nacionais".

O analfabetismo desapareceu da crosta portuguesa, cedendo o passo à "iliteracia" galopante. Desapareceram dos comboios as 1.ª e 2.ª classes, para não ferir a susceptibilidade social das massas hierarquizadas, mas por imperscrutáveis necessidades de tesouraria continuam a cobrar-se preços distintos nas classes "Conforto" e "Turística".

A Ágata, rainha do pimba, cantava chorosa: "Sou mãe solteira..." ; agora, se quiser acompanhar os novos tempos, deve alterar a letra da pungente melodia: "Tenho uma família monoparental..." - eis o novo verso da cançoneta, se quiser fazer jus à modernidade implante.

Aquietadas pela televisão, já se não vêem por aí aos pinotes crianças irrequietas e "terroristas"; diz-se modernamente que têm um "comportamento disfuncional hiperactivo". Do mesmo modo, e para felicidade dos "encarregados de educação", os brilhantes programas escolares extinguiram os alunos cábulas; tais estudantes serão, quando muito, "crianças de desenvolvimento instável".

Ainda há cegos, infelizmente. Mas como a palavra fosse considerada desagradável e até aviltante, quem não vê é considerado "invisual". (O termo é gramaticalmente impróprio, como impróprio seria chamar inauditivos aos surdos - mas o "politicamente correcto" marimba-se para as regras gramaticais...)

As pu*** passaram a ser "senhoras de alterne".

Para compor o ramalhete e se darem ares, as gentes cultas da praça desbocam-se em "implementações", "posturas pró-activas", "políticas fracturantes" e outros barbarismos da linguagem. E assim linguajamos o Português, vagueando perdidos entre a "correcção política" e o novo-riquismo linguístico.

Estamos "tramados" com este 'novo português'; não admira que o pessoal tenha cada vez mais esgotamentos e stress. Já não se diz o que se pensa, tem de se pensar o que se diz de forma 'politicamente correcta'.

 

 

Para completar a verve da ilustre Mãe do Miguel e do Paulo Portas:

 

 

será que para se se dizer lacaios da cacique (como diria o José Barroso, depois José Manuel Durão Barroso) teremos de dizer

 

 

 

SOCIEDADE CIVIL ??????



publicado por porabrantes às 22:19 | link do post | comentar

Correio da Manhã

 

 

Luís Garito apanhado pela PJ comeu um papel. Foi dentro.

 

É um gourmet autárquico.

 

Espero que na cela lhe tenham tirado o papel higiénico, não vá o tipo dedicar-se a devorá-lo.

 

Bem nesse caso peço ao Sr.Presidente da Renova que lhe mande um camião carregado de rolos pretos que são mais caros.

 

Rogo ainda que seja afixado na Câmara Municipal

 

Proibido comer papéis

 

sob pena de prisão!!!!!!!

 

 

É melhor prevenir, que remediar.....

 

 

MA



publicado por porabrantes às 19:23 | link do post | comentar | ver comentários (2)

 

 

Sobre velas costuma dizer o povo

 

Enquanto há vento, molha-se a vela.


Pelo vistos não havia vento.


E não se molhou ou não se molhará.



Diz ainda o povo, que é a multidão donde emanam os caciques e as caciques que só servem para enganar o povo e acumular privilégios:



Não gastes velas com ruim defundo.......


Vale a pena gastá-las????


Melhor acender uma vela no escuro do que praguejar contra a escuridão.


Acendamos pois a vela!


O Ferro malha-se enquanto está quente


Vão arranjar qualquer pretexto para disfarçar este enorme flop, produto da pura incompetência.....


Uma incompetência épica e endémica que é a marca da casa....


O dos barcos é o menos........




 


Leia o post do Cidadão Abt que saiu ontem, saravá colega e descubra o que incompetentes e arrivistas têm legado a esta Cidade e Concelho!!!


Saravá amigo!!!!! Porque estou numa dos brasis, terra da indignação, pátria lusíada do levantamento contra caras como o  da IURD, versão local do Graça das heranças, chefas como a Dilma que herdou a corrupção made in esse anacleto estrutural, discípulo de Frei Beto, o ''doutor'' Lula da  Silva e o coronel do sertão José Sarney



Lutemos pois, porque como diz a sabedoria popular da Bahía :



Onça que dorme vira tapete......



e ainda porque o povo não pode confiar em amigos da onça



 




Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 12:04 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 22 de Junho de 2013

É fogo no boné do guarda

 

 

 

 

 

A expressão do título é de Osmar Santos, o locutor que marcou a história do rádio esportivo brasileiro, antes e depois dele, a.OS e d.OS.

A seleção treinou no excelente gramado do quartel do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.

A expressão não precisa de explicação e, se precisar, não será aqui que você, rara leitora, raro leitor, irá encontrá-la.

Já a seleção se explica cada dia mais.

Treina fechado, treina aberto, como sempre, tudo como dantes no quartel de Abrantes, isto é, dos Bombeiros.

Felipão começa a treinar David Luiz para ser, eventualmente, o Edmílson na Copa de 2002, ideia que provavelmente lhe ocorreu ao ver o zagueiro desempenhando, bem, a função no Chelsea.

O último treino que vi de uma seleção brasileira foi a de Dunga, antes do jogo contra a Holanda, na África.

O clima, então, era tenso na relação com a imprensa, um bode expiatório muitas vezes criado artificialmente pelos que, como o ex-técnico da CBF, precisam sempre achar um inimigo externo.

O clima de agora é incomparavelmente menos beligerante, apesar dos treinamentos seguidos em dependências militares tanto no Rio, na Escola de Educação Física do Exército, quanto em Brasília.

Depois de levar FHC e Aécio Neves ao seu camarote no Maracanã, José Maria Marin foi ao Instituto Lula convidar o ex-presidente para o jogo de abertura da Copa das Confederações.

Entre uma articulação e outra nos meios civis antagônicos, não custa cassandrear pelos quartéis, prática que conhece bem.

Porque é de corar a nenhuma questão de nossos políticos com suas biografias, esquecidos que até hoje o líder comunista Luís Carlos Prestes paga o preço de ter subido no palanque com Getúlio Vargas, que havia extraditado sua mulher Olga e a entregue para os nazistas na Alemanha, onde foi executada.

O que junta Marin, agora condecorado também pelo governador do DF, Agnelo, cordeiro em italiano, Queiroz, aos tucanos e petistas, não envolve os interesses da nação, mas só os da simples e abjeta bajulação de uns e os sonhos de eleição de outros.

Todos, enfim, como consagrou o linguajar petista, farinhas do mesmo saco, quatro letrinhas com as quais também se escreve asco.

Hoje a seleção treinará no belíssimo Mané Garrincha. Impossível olhar para ele e não perceber seus lindos dentes de marfim, suas enormes orelhas, sua tromba imponente.

Que lindo elefante branco!

É fogo, torcida brasileira.

 

Juca Kfouri

 

 

Juca Kfouri é formado em ciências sociais pela USP. Com mais de 40 anos de profissão, dirigiu as revistas "Placar" e "Playboy". Escreve às segundas, quintas e domingos na versão impressa de "Esporte"




na



Versão Impressa - Capa


às vezes apetece ver como os brasucas reiventam a língua, o futebol e a política. É um bom colunista




SEU JUCA !!11


a redacção



publicado por porabrantes às 23:31 | link do post | comentar

Segundo parece os plátanos fazem proliferar, assassinos alergias, especialmente se estão localizados, no largo do  Pego, e segundo me confidenciou um observador clínico de ideias gerais até podem produzir queda do cabelo de modo que o mais conhecido político pegacho está careca porque vivia ao lado dos plátanos.

 

 

Vai daí e arrasaram-nos para prevenir que mais pegachos ficassem asmáticos e carecas como os cheques.

 

 

Não discutindo esta verdade científica que é tão evidente como que Maria de Nazaré aterrou numa azinheira para fomentar o turismo religioso na terra do Sr.Fonseca, venho pedir respeitosamente que arrasem os plátanos de Alferrarede para evitar epidemias e ainda que os políticos locais fiquem carecas.

 

 

Assim sendo solicito à CMA que mande cortar todas estas árvores daninhas  

 

 

         Jardim dos Plátanos no Continente de Abrantes

 

Jardim dos Plátanos -Alferrarede - Lena Imobiliária

 

E já agora quem foram os arquitectos/as que deixaram ficar estas árvores homicidas entre os humanos?????.

 

E mais solicito à CMA que a Urbanização se passe a chamar Urbanização dos Eucaliptos e que o Jardim fique a cuidado da Caima. Recordo que o aroma das folhas de eucalipto é muito bom para os problemas respiratórios e se calhar faz crescer o cabelo.

 

 

Miguel Abrantes 



publicado por porabrantes às 16:30 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Pedrógão no New York Time...

Quando a cacique queria p...

Câmara despreza antigo co...

Fogos reais para animar t...

Pego perde investimento d...

Tropa eucaliptiza Bempost...

Julgar os homicidas de Pe...

Folha de S.Paulo destaca ...

A dama e o varino.

Combater catástrofes sem ...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diogo oleiro

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

museu iberico

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds