Quinta-feira, 30 de Abril de 2015

(...)No Concelho de Abrantes, o executivo municipal quando deveria assumir as suas responsabilidades, manipula e esconde-se, talvez, imaginando que as entidades superiores também não cumprem com os seus deveres que a Constituição estipula. Quero agora falar da ETAR dos Carochos e dos efluentes cobrados, aos munícipes, sem serem tratados; da manipulação sobre a origem da mortandade de peixes no açude e das avarias do mesmo; do misterioso abatimento na zona industrial norte; da relação privilegiada com grupos empresariais externos muito em voga em detrimento de outros do concelho que acabaram por falir; do desordenamento florestal que permitiu a proliferação da monocultura do eucalipto; da precariedade laboral promovida pela CMA. Falo da inercia perante a retirada de serviços essenciais às populações mais afastadas; do continuo decréscimo demográfico em todas as freguesias, exceptuando a da cidade, e, consequente desertificação; da descriminação negativa dos comerciantes que não estão instalados no Centro Histórico; do futuro sombrio deste concelho, por causa do gravíssimo problema da redução da natalidade implicando redução substancial dos jovens e da população activa até aos 65 anos, em contraste com um aumento substancial dos idosos; falo dos idosos que vivem sós, pois Abrantes é o concelho do Médio Tejo onde se registam mais casos e onde a mortalidade infantil é mais elevada, dados que constam do Diagnóstico Social do Concelho de Abrantes de 2012, último registo a que tivemos acesso. Falo ainda da recente reorientação da política cultural assente numa lógica despesista por via da massificação da compra de espectáculos de entretenimento caindo por terra as patéticas justificações de decisões recentes; das obras suspeitas mesmo em frente ao gabinete +Rua; das ruas do Centro Histórica pejadas de cabos, fios, antenas e aparelhos de ar condicionado; do asfaltamento da estrada de S. Facundo-Vale das Mós prometida há décadas e da reparação das pontes da Esteveira-Vale da Galinha; dos erros inacreditáveis na construção do saneamento básico em S. Facundo e Vale das Mós; da mudança por superior decisão da Sra Presidente e do seu vice, da Galeria de Arte Moderna da antiga galeria de arte para o Edifício Carneiro; da condução do processo de Municipalização da Educação; das obras que não terminam nos novíssimos Centros Escolares, enfim… da incompleta informação disponibilizada para os Membros da Assembleia. Onde está a transparência, a responsabilização política ou, como é tema do discurso, a genuína observância da constituição e dos seus princípios e valores?

(....)

Intervenção do deputado municipal do Bloco de Esquerda na Sessão do 25 de Abril na Assembleia Municipal

 

Leia aqui a intervenção completa

 

sublinhados nossos

 

a redacção



publicado por porabrantes às 19:39 | link do post | comentar

Guerra na Bolanha.jpeg

 

O Embaixador Francisco Henriques da Silva lança as suas memórias, na Sociedade Histórica de Independência de Portugal,  no dia 5 de Maio. As memórias incluem confidências do seu sogro, o abrantino inspector Rosa Casaco, muito conhecido pelas suas actividades de repressão a subversivos na polícia política PIDE-DGS .

Um livro portanto de temática abrantina.

Assina o prólogo o conhecido colaborador do Ribatejo Mário Beja Santos, que decerto fará uma recensão ao livro nas páginas dirigidas pelo Duarte.

Ficamos ansiosos por saber as confidências do Senhor Inspector

untitled.png

ma

 

nota

o Embaixador serviu designadamente na Guiné-Bissau, sendo um especialista do tema. Também serviu às ordens do destacado laranja João de Deus Pinheiro, na União Europeia.



publicado por porabrantes às 19:10 | link do post | comentar

Grande entrevista a Raul Lino a propósito da morte de Jota Pimenta, no Porta da Loja

 

a redacção



publicado por porabrantes às 18:48 | link do post | comentar

hipólito cabaço.jpg''Hipólito de Almeida da Costa Cabaço nasceu em 1885 no lugar do Paiol, freguesia de Aldeia Galega da Merceana, concelho de Alenquer, e veio a falecer em 1970.
Filho de um lavrador e comerciante, fixa-se em França, em 1901, com o objectivo de se especializar no tratamento e fabrico de vinhos. É nos museus franceses que desperta para a arqueologia e, sobretudo, para o material do período paleolítico.
Regressado a Portugal em 1903, desde logo inicia, com os primeiros achados, «a mais extensa e coerente obra de prospecção e exploração dentro dos domínios da Pré-história, realizada na primeira metade do século XX, sobretudo nesse sector ingrato, difícil e controverso que é o Paleolítico». Palavras de Maria Amélia Horta Pereira, que define Hipólito Cabaço como «pioneiro heróico e gigantesco» da arqueologia portuguesa.
Para além do Paleolítico, Cabaço localizou estações dos períodos Mesolítico, Eneolítico, Bronze, Ferro, Romano, Medieval, e ainda de Paleontologia e Antropologia, nos concelhos de Alenquer, Salvaterra de Magos, Azambuja, Peniche, Caldas da Rainha, Santarém, Abrantes, Elvas, Cadaval, e outros.
Sócio n.º 96 da Associação dos Arqueólogos Portugueses, relacionou-se e trabalhou em conjunto com arqueólogos portugueses do seu tempo como Rui de Serpa Pinto, Eugénio Jalhay, Mendes Correia, Afonso do Paço, e estrangeiros como Henri Breuil e Georges Zbyszewski.'' in 

 
 
Sobre este importantíssimo arqueólogo, que escavou muito na região, colaborando com Maria Amélia Horta Pereira e que fez uma grande doação ao Museu D.Lopo recomendamos ler este post da Drª Raquel Raposo
 
Também recomendamos visitar o Museu Hipólito Cabaço em Alenquer
 
 
Tantas exposições de arqueologia e nem uma homenagem a Hipólito Cabaço ou a Diogo Oleiro.
 
Querem-nos convencer que a arqueologia cá no burgo começou com o MIAA ????
 
mn


publicado por porabrantes às 17:56 | link do post | comentar

la lassa 70 2a.jpg

O Agrupamento de Escolas Nº 2 de Abrantes recebe hoje o Prémio  Escola 2013-2014  atribuído pelo  Ministério da Educação e Ciência (MEC).

 

''O “Prémio de Escola”, de atribuição anual, é atribuído a três escolas no máximo

distingue um máximo de três escolas ou agrupamentos em cada uma das cinco áreas geográficas do mapa educativo (Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve).

As instituições, para além de uma placa de distinção e um louvor em Diário da República, recebem ainda apoio ao nível de recursos humanos e materiais destinados a projetos culturais e científicos dos alunos.''

alcino

Escola Dr.Manuel Fernandes

 

Trata-se duma justa distinção que premia o grande trabalho de professores e alunos, sob direcção do dr. Alcino Hermínio, ex-deputado municipal do Bloco de Esquerda e grande pedagogo, que vem implementando neste Agrupamento um ensino que procura não apenas transmitir conhecimentos, mas fazer dos alunos cidadãos capazes de pensar, ou seja, como dizia Marx,  pessoas armadas com a ''arma da crítica.''

 

Recordamos o escândalo que houve naquele Agrupamento com a frustrada candidatura da Susana Pires, cujo estranho caso esperamos que seja rapidamente apurado pela Inspecção .

 

Recordamos ainda a resistência numantina deste Agrupamento à tentativa caciquista de ''municipalizar'' o ensino. Tentativa essa que terminou mal e deu um glorioso estoiro.

 

Mas hoje é dia de festa daquela Escola e de todos os abrantinos. Festa duma modelo de pensar a Escola que é uma espinha cravada na garganta do caciquismo.

 

 

a redacção

 

mais informação José Lagiosa no Diário As Beiras

 

 

 



publicado por porabrantes às 13:22 | link do post | comentar

saraiva cmt.png

Rui Serrano.jpg

O Serrano é o Vice-Presidente da edilidade que corta comentários no facebook, segundo o PSD.

 

Tendo em conta a sua experiência abrantina onde o Boletim Municipal era feudo apenas do PS não nos admiramos nada.

 

a redacção 



publicado por porabrantes às 13:08 | link do post | comentar

Para quem estiver interessado vai alguma bibliografia sobre o membro do Conselho de Administração da Jota Pimenta e militante  do PCP, que era em simultâneo informador da Pide-DGS.

 

lázaro.png

d. agostinho.jpg

D.Agostinho entra em Abrantes, na sua excursão triunfal para tomar posse da Sé de  Portalegre (documentário da SIC) 

 

Os dois primeiros livros encontram-se com facilidade em qualquer biblioteca. No primeiro há informação também sobre a ligação de administradores da MDF com a polícia política e o comentário desta, que dado o paternalismo vigente na MDF não havia grandes problemas com subversivos, prova de que estava mal informada.

Interessante a notícia dada na revista para intelectuais ''Vértice'', publicada em Coimbra, mais ou menos conotada com o PCP, como a ''Seara Nova'', do casamento dum membro da família Pimenta.

Será que o Lázaro meteu uma cunha ou a Jota Pimenta era grande anunciante na ''Vértice''?

vértice.jpg

 

Também o era na revista ''Continuidade'', órgão oficial da DGS.

 

conty.jpg

(retirado do Porta da oja)

 

Sobre o Lázaro: entrevista da Irene Flunser Pimentel ao Público: '' As pessoas ofereciam-se?
O Ministério do Interior recebia esse tipo de cartas, depois a PIDE é que dizia: esse homem não interessa nada, nem sequer tem relações com a oposição, ou é um analfabeto ou é um padre. Havia muitos padres, por exemplo, a oferecerem-se. É dessa cultura que eu acho que não se fez ainda o luto em Portugal.

Descobri determinados elementos depois da tese, que coloquei no livro, e confrontei-me com a dúvida de os colocar no livro, mas do ponto de vista da história eu tinha de divulgar. O Verdial toda a gente sabe, o Nuno Álvares Pereira toda a gente sabe, mas por exemplo, nas prisões de 61, do Octávio Pato, Pires Jorge, praticamente fica decepada a direcção do PCP em Portugal e foi através de um informador que se chamava Lázaro Carmo Viegas, que era do aparelho logístico do PCP. Era ele que transportava no seu automóvel os funcionários para as reuniões.''

 

Do Blogue Mancha Negra com a devida vénia

 

mn

 



publicado por porabrantes às 10:19 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29 de Abril de 2015

paulo sabóia.jpg

Foi um êxito a conferência proferida pelo Presidente da Tubucci-Associação de Defesa do Património da Região de Abrantes, Dr. Paulo Falcão Tavares, que versou sobre os Fundos Arquivísticos portugueses relacionados com a Ordem Militar de São Maurício e São Lázaro da Casa de Sabóia.

 

A Conferência decorreu no Palácio Nacional da Ajuda, onde viveu D.Maria Pia de Sabóia, que de aqui partiu para o exílio e cujo marido, D.Carlos e o filho, o Príncipe D.Luís Filipe foram assassinados pelo famigerado Buíça e por outro terrorista e marginal a soldo de interesses estrangeiros.

Várias personalidades presentes: Senhor Cônsul de Itália, jornalista Mário Crespo, Barões de Nossa Senhora da Oliveira, Director do Palácio Nacional da Ajuda, Marquês de Ponces de Carvalho, Engº Francisco Telles da Gama (em representação da Real Associação de Lisboa), Dr. Paulo Dias da Silva, Coronel Soares da Costa, Arqº Jorge Brito e Abreu, Comendador Tiago Henriques, Arqº Peres Bastos, Engº Paulo Betencourt, Dr. António Aargraves de Macedo, Drª Maria da Cunha Countinho e mais de uma centena de pessoas..

 

a redacção

  



publicado por porabrantes às 21:18 | link do post | comentar

be.png

 Ontem na Antena Livre o deputado do BE Armindo Silveira desmentiu a tese camarária de que a a ''matança'' de peixes se devesse ao baixo caudal do Tejo e referiu que foi uma avaria nas comportas do açude mata-peixe que provocou a criminosa matança.

No mesmo programa o dr. Velez, do CDS-PP, não deixou de referir a detenção de Joaquim Barroca, um dos bosses do grupo económico (a Lena) envolvido alegadamente no caso ''Sócrates''.

O entrevistador, José Eduardo Alves Jana, ex-director geral da Rádio, ficou muito incomodado, coitadinho, e mais triste que João Pico depois da morte do benemérito.

Referiu ainda o dr. Velez a partidarização da imprensa local e não sabemos se a Hália Costa Santos, professora de pós-graduação bombeiral vai fazer um editorial a dizer que é independente ma non tropo......  

 

ma

 



publicado por porabrantes às 19:38 | link do post | comentar | ver comentários (2)

pego.png

O Real Clube de Vale de Ferreiros (Pego) junta-se ao Centro Equestre e Pónei Clube de Badajoz numa importante prova, que vai decorrer de 1 a 3 de Maio

 

a redacção



publicado por porabrantes às 19:22 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A cacique e a incubação

Ataques Pessoais (2)

MP acusa Barroca Rodrigue...

Uma bofetada na cara da c...

Eleições

Ana Chambel Dias fustiga ...

Os ataques pessoais

Capitão de Abril denuncia...

Mouriscas contesta Orçame...

Como os caciques despreza...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds