Terça-feira, 29 de Agosto de 2017

Jornal italiano destaca o sr.Manuel Marques e a filha que deram a Volta à Europa de bicicleta para ajudar uma iniciativa dos Focolorares



publicado por porabrantes às 10:59 | link do post | comentar

O Sr.Nobre, abrantino, abre novo restaurante. No Mesa Marcada



publicado por porabrantes às 10:53 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28 de Agosto de 2017

 

 

luis_oosterbeek.gif

O Luiz Oosterbeek na sequência dos fogos catastróficos de 2003 escreveu ao Ministério da Cultura pedindo um subsidiozinho de parcos 23.500,00 €..

 

O que ó homem queria fazer????

 

Entre outras coisas alugar um helicóptero:

O documento a que tivemos acesso discrimina:

 

(....)'' aluguer de 1 helicóptero por um período de 8 horas. Foram consultadas diversas empresas, sendo o melhor preço apresentado pela OMNI (helicóptero Bell Jetranger, por 675,00 €/hora + IVA, ou seja, um total de 6.426,00 €);''(...)

Helicoptero-Www_actualidadcanarias_com_.jpg

 

Na história estava também metida a Filomena Gaspar

 

filomena gaspar miaa.jpg

Pretendiam andar a verificar lá do espaço aéreo o impacto dos fogos nos calhaus arqueológicos.

 

O documento a pedir a ma$$a ía dirigido ao Ministério da Cultura e era assinado pelo tipo, com o pomposo título de ''

parque.png

Entre os colaboradores estava ainda a Sara Cura (tinha de estar), etc e um tal Prof José Gomes.

 

gomes.png

Acontece que o Gomes (já falecido) não tinha nenhuma formação académica para ser tratado por Professor.

 

O documento dizia que havia neste concelho inúmeros sítios afectados pelo fogo e que precisavam duma intervenção rápida.

 

Face a isto pergunta-se

 

Onde é que foi parar o famoso Parque Arqueológico e Ambiental do Médio Tejo?

 

Que acções foram feitas neste concelho para preservar esses sítios?

 

Que eram:

 

Alqueidão

Atalaia

Berteal

Bicas

Caldeirão

Casa Branca

Casal do Bacharel, Oeste

Cemitério Velho

Crucifixo, Abrigo

Crucifixo, corte da estrada

Crucifixo, depósito de água I

Crucifixo, depósito de água II

Crucifixo, Olival

Crucifixo, Planalto

Relvinha Verde 1

Relvinha Verde 2

Relvinha Verde 3

Relvinha Verde 4

Rio de Moinhos

Tapada ou Buraco da Moura

 

Nada e andou a CMA a gastar uma fortuna na torre do MIAA e os sítios arqueológicos ao abandono... 

E ainda: têm sido sistematicamente plantados eucaliptos no Concelho. Onde estão os estudos de impacto arqueológico sobre esses locais, que já andam pelo 2.000 hectares em 2017?

 

E a pergunta: face ao impacto dos fogos de 2017, será preciso outra vez alugar um helicóptero prá  dr ª Filomena ter uma vista panorâmica?????

 

mn 

PS- Era Vereadora da Cultura a Dona Isilda Jana

agradecemos do Doutor .....X a cedência do documento

 



publicado por porabrantes às 19:50 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Comentário no post Linha do Leste: CDU repõe a verdade dos factos

O cacique de Bemposta terá troca de correspondência assinada pela CP ? Claro que não. Há quem tenha. Para além da CDU e VERDES existe um grupo de cidadãos que ao longo de 2 anos têm" lutado" arduamente. E, finalmente quando tudo chega a "bom porto" lá vem o exibicionismo e aliciamento fácil.Pedido de resposta ao jornalista e ao seu canal de comunicação social? Seria um caso a considerar. Confrontar o cacique com os envolventes na luta, porque não? Adorava. Afinal, não vivemos no 3º Mundo e a freguesia de Bemposta e os utilizadores dos comboios sabem que o justo é o "seu a seu dono", não é verdade?

 

Agradecemos o seu comentário, caro leitor. E mais que os partidos é aos cidadãos organizados que lhes compete defender a sua terra.

Bem-Hajam por defenderem a Bemposta!

Assim defendem Abrantes!

ma

 

mn



publicado por porabrantes às 17:56 | link do post | comentar

O Dr.Anacleto Fernandes Agudo, de Mógão Cimeiro (Sardoal), é um ilustre esquecido das letras regionais.

Entre outras coisas foi amigo de Teófilo Braga, grande erudito e 1º Presidente da República.

Muita gente precisava de ter à mão este livro dele.

agudo.png

 E convinha reeditar o livro, difícil de arranjar e que durante gerações esclareceu dúvidas a muita gente.

 

O livro inclusive serviu para tirar dúvidas aos Conselheiros do Supremo.

 

O Dr. Anacleto escreveu vários livros e foi Professor de Liceu, esforçado e dedicado.

 

Mas a sua obra maior é este livro, tão actual. Utilissimo em tempos que há juízes que servem da Wikipedia para compor sentenças.

 

Se alguém tiver uma foto do Dr.Anacleto, agradece-se.

mn

 

PS- Isto dava para outro post '' A casa do Dr.Anacleto'' era a mal-chamada ''Casa dos Almeidas'' diz o Sardoal com Memória. Era um dos donos.  

 

 



publicado por porabrantes às 16:39 | link do post | comentar

Casa Memória de Camões - Projecto de Vitor Consi

 

 

 

 

Roteiro de Camões para Constância

e o turismo de proximidade por discutir

 

O turismo cultural é um dos potenciais eixos do desenvolvimento económico da vila de Constância. Camões (e a sua obra) é, por conseguinte, um nome incontornável!

Nos anos 90 afluíam a Constância participantes nos fóruns camonianos promovidos pelo Centro internacional de Estudos Camonianos, presidido então pelo saudoso amigo Prof Doutor Justino Mendes de Almeida. As iniciativas eram da presidente da Associação da Casa Memória de Camões, a saudosa jornalista e escritora Manuela de Azevedo. À vila ocorriam ciclicamente dezenas de formandos por uma semana.

Não é de hoje que defendo a institucionalização formal do Centro internacional de Estudos Camonianos . O segundo passo deverá ser a criação do roteiro internacional de Camões. Em todas as áreas que requeiram uma organização devem estar presentes os conceitos. O mundo actual já não funciona só com «boas vontades» nem anda ao sabor de iniciativas filantrópicas dispersas que só funcionam porque existe um amigo influente numa determinada área do Estado. Herdámos essa cultura do salazarismo e mantêmo-la, não raro. É o telefonema para o «amigo» ou «amiga» é a cunha. O português funciona com «cunhas».

O turismo tem sido classificado pela organização mundial do trabalho como uma actividade em que existe um deslocamento superior a 24 horas, não motivado por questões laborais. Para o caso de Constância a visão que proponho deve abarcar o turismo de proximidade não restrito: questões económicas e comerciais, mas também as questões motivacionais, culturais e das inter-relações humanas.

É impossível e inviável ser compreendido se expusermos muitas ideias e conceitos de uma só vez. Daí ter seleccionado o roteiro de Camões. Nesta fase inicial de debate de ideias não posso ir mais além. Vou passar aos objectivos gerais que preconizei como essenciais para a criação do roteiro:

- criação de equipas de investigação, a partir de instituições existentes, repartidas por linhas de acção, da responsabilidade de académicos qualificados. Uma dessas linhas deverá passar pela edição crítica de textos camonianos em particular da lírica de Camões que os camonistas reputam para a nossa região. Continuando-se desta feita o trabalho do anterior CIEC.

- A constituição do centro internacional de estudos camonianos em «meeting place», forum permanente, para todos os académicos, formandos que tenham como objectivo o estudo da obra camoniana e da presença contínua do poeta na cultura lusófona. Nem toda a gente passa as férias de barriga para o ar a apanhar sol e a comer e a beber.

- A difusão/divulgação das iniciativas do trabalho do futuro CIEC juntos dos mercados de público-alvo.

A CRIAÇÃO E LANÇAMENTO DO FILME «CAMÕES NO RIBATEJO» ENVOLVENDO OS CONCELHOS DE CONSTÂNCIA E VILA NOVA DA BARQUINHA QUE FORAM OS CENÁRIOS DA OBRA «LUSITÂNIA TRANSFORMADA» EDITADA EM 1608 QUE TEM COMO PERSONAGEM «URBANO» O QUAL ESTÁ IDENTIFICADO COMO CAMÕES PELOS ERUDITOS.

- O apoio protocolado da missão da Associação da Casa Memória de Camões de zelar pelo aprofundamento da relação de Camões com Constância e a região em particular. Uma parceria com o município de Constância, a Associação da Casa Memória de Camões em Constância, os municípios de Vila Nova da Barquinha e de Pedrogão Grande (atenta a relação do poeta com esta última localidade) e com a Universidade de Macau por forma à criaçáo de um «cluster» organizativo. Vivemos numa aldeia global. Investimos hoje para colher frutos amanhã. Não podemos adiar mais o futuro. Temos de nos organizar em rede.

Quem pretende gerir os destinos de um concelho só pode projectar de forma organizada e mediante conceitos. Mas tem de ter ideias e opções que respeitem o património material e imaterial. Ter projectos válidos não é ter um monte de listas e uns textos com generalidades que se podem copiar da internet ou do programa anterior feito pelas comissões políticas. Também defendo que não podemos, de quatro em quatro anos, andar a saltar de lista em lista. E nada discutir profundamente. Só se vive uma vez. Não há muitas oportunidades para recuperar atrasos de monta.

Há um obstáculo sério à realização de qualquer projecto que vise o desenvolvimento do turismo de proximidade. As questões ideológicas. São fatais quando têm na génese a ortodoxia. Posições moderadas, mais democráticas terão de partir sempre da sociedade organizada e de maior abertura.

Post scriptum – Em vez de investir no provimento de dois juristas o município de Constância deveria apostar no provimento de técnicos superiores de turismo, continuando a apostar na figura da avença com um advogado de prestígio e carreira firmada. Sendo uma polémica que está a agitar o debate não político local não quero pronunciar-me sobre a inserção de um jurista recentemente provido em lista camarária elegível. Uma coisa eu sei: o desenvolvimento de Constância não passa pela criação de um pelotão de novéis juristas. A não ser que haja insegurança em tudo o que se faz. Não vou por aí. Não discuto pessoas mas sim ideias e acções.

 

José Luz (Constância)



publicado por porabrantes às 15:47 | link do post | comentar

Na sequência dos fogos que atacaram Rio de Moinhos e outras localidades, várias povoacões continuam sem comunicações.

Como é o caso da Amoreira, como denuncia a Senhora Dona Madalena Moura Neves.

O Paul estava na mesma há dias. A cacique disse que se ia ocupar deste assunto. 

paul.png

Pois bem a Amoreira continua sem telefone

amoreira.png

ma



publicado por porabrantes às 15:12 | link do post | comentar

Assunção Cristas acusa o Costa de ser um mal-educado ou seja um carroceiro.

Diz que várias decisões tomadas no terreno tornaram pequenos fogos em incêndios de grande dimensão.

Referia-se aos fogos de Abrantes e Mação.

ma 



publicado por porabrantes às 15:03 | link do post | comentar

O recandidato à União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede deu uma longa entrevista ao Médio Tejo.

A Filipa  Ricardo, em Fevereiro de 2016, publicou estas fotos que mostram o miolo dos antigos terrenos da CUF, na abandonada Alferrarede.

piscina bairro cuf  3 filipa ricardo.jpg

piscina bairro cuf  2 filipa ricardo.jpg

piscina bairro cuf 2016 filipa ricardo.jpg

piscina bairro cuf 5.jpg

matagal cuf.png

 Vimos perguntar:

 

a) O matagal da empresa do arguido Joaquim Barrocas Rodrigues continua viçoso no centro urbano da freguesia?

b) A piscina transformada em pântano infecto e viveiro de mosquitos continua assim?

c) Comunicou o Bruno Tomás ao Delegado de Saúde a existência do viveiro de mosquitos?

d) Ou ao menos meteu uma cunha ao seu camarada Júlio ????

 

ma

devida vénia à Filipa



publicado por porabrantes às 13:08 | link do post | comentar

Enquanto o cacique da Bemposta anda pelas gazetas a armar em grande herói por ter conseguido que o comboio volte a parar na Bemposta, temos a foto do dirigente da CDU e candidato à CMA  na votação na Assembleia da República, onde por iniciativa dos ''Verdes'' foi aprovada uma moção exigindo ao governo a reabertura da Linha do Leste

lourenço.png

Luis Lourenço representou com outros cidadãos as forças vivas abrantinas.

''

Os Verdes destacam a presença, na Assembleia da República, para assistir a esta discussão suscitada pelo PEV, de um conjunto de cidadãos e forças vivas de diversos concelhos do Distrito de Portalegre e do Concelho de Abrantes, nomeadamente, autarcas, sindicalistas de diversos sindicatos da USP, o presidente do Instituto Politécnico de Portalegre e, ainda, representantes dos sindicatos dos trabalhadores do setor ferroviário, associações de defesa da ferrovia e ecologistas, presenças que demonstram a importância da matéria em debate - a reposição do serviço público de passageiros na Linha do Leste. ''

 

Sobre isto diz a CDU:

cdu leste.png

 mn



publicado por porabrantes às 12:55 | link do post | comentar | ver comentários (1)

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A cacique e a incubação

Ataques Pessoais (2)

MP acusa Barroca Rodrigue...

Uma bofetada na cara da c...

Eleições

Ana Chambel Dias fustiga ...

Os ataques pessoais

Capitão de Abril denuncia...

Mouriscas contesta Orçame...

Como os caciques despreza...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds