Quarta-feira, 9 de Agosto de 2017

PS-Marrazes-e-Barosa.jpg

 O dr. Raul Castro, natural de S.João, Abrantes, é recandidato à CM. de Leiria

 

mn

 

gamado ao Ephemera



publicado por porabrantes às 21:23 | link do post | comentar

Em 1974 e 1975 um grupo de salafrários  e amigos do alheio dedicou-se a saquear e a roubar as herdades dos abrantinos no Concelho de Avis, designadamente da família Duarte Ferreira, Moura Neves, Fernandes, Godinho, etc

 

Se fossem só ladrões já era demais, mas também queriam privar-nos da Liberdade! 

 

Só a título de exemplo, os roubos cometidos contra a viúva do Dr.Manuel Fernandes, Senhora D.Maria Virgínia Moura Neves Fernandes

virgínia moura neves.png

 

maria virgínia 2.png

 Todos os dados citados são extraídos com a devida vénia da extraordinária tese de doutoramento de ALMEIDA, Maria Antónia de Figueiredo Pires de - A reforma agrária em Avis: elites em mudança num concelho alentejano (1974-1977). [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2004.

 

Comentarei que os que aparicam agora a memória do

manuel fernandes 2.png

 Dr.Manuel Fernandes, confraternizaram alegremente com a tropa fandanga que roubou a sua viúva. E já agora com tipos como o Barata Gil, ocupante de imóveis alheios e recordista do desafino musical eclesiástico. 

Há gente que gosta de confraternizar com tipos desta laia

Nós não gostamos

 

mn



publicado por porabrantes às 17:23 | link do post | comentar

A digníssima maioria PS, de que é obediente faz-tudo o Luís Alves, que apesar de ser tratado a pontapé pelos do cabeço,

luís alves 2.png

 não desanima nos aplausos ao caciquismo...

luis alves.jpg

decidiu chumbar a proposta apresentada pela Comissão de Melhoramentos do Rocio ao Orçamento Participativo

melhoramentos.png

Que dizia a proposta?

''

Objectivos colectivos:
Combater a degradação do centro histórico da localidade Rossio ao Sul do Tejo
Devolver a dignidade e preservar o património local
Utilizar o instrumento (Estudo de Reabilitação do Tecido Urbano) para candidatura aos Fundos Comunitários, na medida de adquirir a curto médio prazo financiamento para a requalificação da àrea de intervenção do estudo.
O estudo vai abranger toda a reabilitação e regeneração da área urbana de Rossio ao Sul do Tejo.''

 

E ainda:

Área intervenção delimitação de uma ARU para a margem Sul do Rio Tejo, a considerar os limites máximos: a norte, o Rio Tejo; a sul, a variante à antiga EN118 prevista no atual Plano de Urbanização de Abrantes; a nascente, a linha ferroviária e a poente a variante à EN2 prevista pelo mesmo PUA.''

 

Tudo objectivos louváveis, que ademais podem ser lidos com mais detalhe aqui, no Médio Tejo, onde há extensa galeria dos edifícios em ruínas no Rossio, extensa mas que peca por não ser exaustiva, porque há muito mais casas a cair.

 

Porque está assim o Rossio? Porque o PUA o condena à desertificação e porque sucessivas Juntas PS foram incapazes de pressionar a CMA para inverter esta política e forçar os proprietários de imóveis degradados a recuperá-los.

Isso são atribuições e obrigações da autarquia e nunca se viu que as pusessem em prática no Rossio.

19142218_SjYjK.png

 Os esforços financeiros da autarquia abrantina concentram-se no cabeço e o Rossio e as outras freguesias que se lixem.

Isto é uma questão política e deve ser resolvida politicamente.

E resolve-se mudando de política...por exemplo mandando o Luís Alves para a Oposição.

Deixo aqui uma homenagem ao Álvaro Lino que recuperou este imóvel histórico

19225975_10203192045158494_3981866609549172331_n.j

Se ao menos o Luís Álves pintasse a sede da Junta já fazia alguma coisa. Para pintá-la também será preciso andar a pedinchar dinheiro a mecenas?

mn

foto: Cidadão Abt,Google, Álvaro Lino



publicado por porabrantes às 16:55 | link do post | comentar

jorge m.neves.jpg

Faleceu ontem em Lisboa, com 89 anos, o grande abrantino Dr.Jorge Manuel Moura Neves Fernandes, casado com a Senhora D. Maria Fernanda Fernandes, e irmão do Sr. Dr. Luís Moura Neves Fernandes.

O falecido era filho do Dr.Manuel Fernandes e da Senhora D.Maria Vírgínia Moura Neves, pertencendo às grandes famílias cujos serviços à Comunidade, marcaram um período histórico em que Abrantes era uma cidade marcante no Ribatejo e mesmo a nível nacional.

Advogado de profissão, jurista de reconhecido mérito, exerceu a sua carreira profissional em Lisboa, onde era muito conhecido na sua vida social e desempenhou diversos cargos de intervenção cívica designadamente nos corpos sociais do Grémio Nacional da Imprensa Não Diária e da Associação patronal da Imprensa (por exemplo ao lado de Francisco Pinto Balsemão) e era actualmente Vice-Presidente da Fundação Portuguesa da Cardiologia.

Na nossa cidade foi, ao longo de muitas décadas, Director do Jornal de Abrantes e

seu proprietário, colocando esta folha ao serviço da Comunidade e numa posição crítica face à desastrada gestão socialista, que conduziu Abrantes ao marasmo e ao declínio.

Reuniu parte dos artigos escritos nesse semanário, sob o pseudónimo Manuel Viterbo, no livro ''Tribuna da Semana'', em edição fora do mercado, que ofereceu aos seus amigos.

tribuna da semana.jpg

A sua verve e o seu talento literário combinam-se aí para recordar episódios saborosos da vida abrantina e para desancar incapazes relapsos e contumazes em actuações ímpias e indefensáveis.

Foi ainda Jorge Fernandes, um cidadão interveniente na cidade estando ligado à administração da Casa de Saúde, da Assembleia de Abrantes, do Hotel Turismo, do Colégio La Salle, do Teatro S.Pedro e duma vasta casa agrícola, vítima das ocupações selvagens do gonçalvismo.

Na política, foi dirigente local do CDS e deputado à Assembleia da República, eleito pela Aliança Democrática.

Como homem de cultura, foi um profundo conhecedor da pintura naturalista portuguesa e um coleccionador esclarecido  e apaixonado.

O enterro deste nosso amigo

jorge.jpg

celebra-se hoje para jazigo familiar em Abrantes.

Recordar o percurso do Dr.Jorge Fernandes é lembrar um espírito insubmisso, pouco adepto do politicamente correcto, capaz de meter no seu lugar grande parte dos borra-botas que fizeram da vida pública forma de enriquecer-se, em vez de servir, e ainda evocar um homem que foi toda a vida um Senhor.

As nossas condolências à família.

a redacção

ps- em sua homenagem recordaremos alguns trechos duma prosa implacável....mesmo com aqueles que cantavam o conto do Vigário        



publicado por porabrantes às 16:19 | link do post | comentar | ver comentários (1)

hertz 2.png

No Jantar de lançamento da recandidatura caciquista....a Ana Catarina Mendes disse que Abrantes tinha sido governada sempre por socialistas ( afirmando que o Zé Bioucas era PS), esqueceu-se que Humberto Lopes ganhou ao PS.

Nenhum dos presentes se levantou para corrigir a asneira,

hertz 3.png

mn



publicado por porabrantes às 15:26 | link do post | comentar

limpeza étnica.png

ler aqui

 

A CM de Beja é do PC

 

Além disso há o caso da recusa do enterro dum cigano na Cabeça Gorda.

 

Será muita crueldade, dizer que o PC do Alentejo não tem políticas para a comunidade cigana?

 

O de Abrantes também não, nunca falou nisso.

 

ma 


tags: ,

publicado por porabrantes às 14:26 | link do post | comentar

enterros em agosto.png

Por descargo de consciência fui ver se  na acta seguinte pediram desculpa à família do falecido

Não pediram

Mas a cacique meteu os pés pelas mãos porque havia uma bronca no cemitério do Souto

povo 2.png

acta referida

Ora se Santa Catarina não era gerida pela CMA, porque é que a família teve de lá ir levantar a guia?

 

Portanto o nosso conselho, caro leitor, não morra em Agosto, para evitar cenas destas.

ma

 



publicado por porabrantes às 08:30 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A cacique e a incubação

Ataques Pessoais (2)

MP acusa Barroca Rodrigue...

Uma bofetada na cara da c...

Eleições

Ana Chambel Dias fustiga ...

Os ataques pessoais

Capitão de Abril denuncia...

Mouriscas contesta Orçame...

Como os caciques despreza...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds