Segunda-feira, 13.11.17

e envolve uma empresa com uma grande fábrica em Abrantes


tags:

publicado por porabrantes às 21:29 | link do post | comentar

Domingo, 12.11.17

lar notariado.png

à venda por 4,5€

 

anacleto


tags:

publicado por porabrantes às 13:50 | link do post | comentar

Sábado, 11.11.17

mini hídrica.png

Ao longo destes anos a cacique andou a espalhar que iam construir uma mini-hídrica em cima do açude, como forma de iludir a responsabilidade da CMA na construção duma escada passa-peixe.

Já se dito aqui, citando a Esquerda-Net ,que a Soares da Costa, que tinha as licenças para 2 mini-hidrícas, as tinha tentado trocado por alvarás para energia solar noutros sítios (Algarve).

Agora rebentou a escandaleira sobre estes projectos depois dum parecer arrasador do Conselho Consultivo do MP.

 

Responsável: o governo do Passos.

Sobre o assunto. C.Manhã, Público 

Já todos sabiam que a Soares da Costa queria ir para o Algarve, excepto a cacique e os amigalhaços, que não devem ler jornais.

 mn



publicado por porabrantes às 13:21 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.11.17

PAN pediu

 

ao Ministério do Ambiente

suspensão da atividade de empresas

poluidoras do Tejo

O PAN pediu ao Ministério do Ambiente para suspender, com a máxima urgência, a atividade das empresas poluidoras do Tejo nas zonas de Ródão, Abrantes e Alhandra, até que consigam funcionar sem provocarem danos ambientais, anunciou hoje o partido. (TSF)

 

ler na TSF



publicado por porabrantes às 20:12 | link do post | comentar

Segunda-feira, 06.11.17

dinheiro cadc.png

 O CADC foi a escola de quadros da ditadura apostólica e romana, chamada salazarismo.

ma

 


tags: ,

publicado por porabrantes às 20:11 | link do post | comentar

Quinta-feira, 02.11.17

Foi actualizado o colega Coisas de Abrantes

 

Para quem gosta de história local recomenda-se uma visita

 

mn



publicado por porabrantes às 15:18 | link do post | comentar

Quarta-feira, 01.11.17
Como se aproxima o dia de Finados....republica-se este post
 
 

 

 

Em 2008 a CCDRLVT,  com massa europeia do FEDER, fez este estudo

 

 

decadência 4.png

Nele evidenciava-se já a decadência do centro urbano de Abrantes e dizia-se que já vinha de 2001.....

decadência.png

 

decadência 2.png

Ou seja, o nosso centro histórico e o parque urbano já estava  a desertificar-se e a esvaziar-se e ainda os imóveis estavam degradados desde 2001

 

Hoje está muito mais vazio e muito mais degradado...

 

As receitas dadas no estudo são medíocres e algumas conclusões soam àquilo que os políticos bradavam nos seus discursos de auto-elogio....

 

Mas os factos são factos, o centro histórico estava a morrer e agora quase  já faleceu...

 

No entanto em que apostaram em 2008?

 

Revitalizar o centro? Fazer voltar as pessoas?

 

Não, apostaram por meter uma torre no Convento, fazer o MIAA e meter ma$$as na RPP....

arquivo.jpg

Ou meter equipamentos centrais na periferia

 

O resultado está à vista, o centro morto.

 

E será muito difícil ressuscitá-lo.

 

Terão ao menos lido o estudo? E já agora o estudo de viabilidade do MIAA, que tenho aqui à mão, algures depaixo de uma papelada farta?

 

MN 



publicado por porabrantes às 11:08 | link do post | comentar

Domingo, 29.10.17
 

Era em São Domingos em que estavam aquartelados 

 

Quem era a oficialidade no ano crucial de 1911? Que sabemos deles?

infantaria 22.png

Assim de repente só localizo o tenente Godinho, morto pelo fascismo e o fascista Matos Raimundo.

 

Sabemos mais coisas?

joao gordo.png

O João Gordo que era alentejano, conseguira uma cunha republicana e emigrava prá Guarda Fiscal. Fica para outro dia  

 

Não tenho agora  à mão o livro do Prof António Ventura sobre os maçons no Alto Alentejo, que dava jeito para isto 

 

mais

craveiro lopes.png

 

Como é dia do Senhor não resisto a mencionar o Reverendo Capelão

padre saul.png

O Rev tem uma rua em Cantanhede e foi lá Provedor da Santa Casa. Mau republicano seria, ao contrário do Rev.Padre João Soares, também capelão militar abrantino.

 

'' Falecido em 1948, o padre Saúl da Cruz foi capelão do Exército, com o posto de Capitão; foi provedor da Santa Casa da Misericórdia entre 1936 e 1948; fundou, em 1931, a “Comarca de Cantanhede” (que viria a acabar em 1936) e dirigiu o jornal “Boa Nova” entre 1939 e 1947.''

 

 

 

Diz o '' Independente'' de Cantanhede. A ele a devida vénia.

 

Já sei o que diria o tenente Godinho do Padre Cruz: Coitadinho a República é uma cruz para ele.

 

Crucificaram o padre Cruz.

 

 

padre saul crus.jpg

 

Padre Saul da Cruz
Capelão do Exército com o Posto de Capitão. Provedor da Santa Casa da Misericórdia (1936-1948). Fundou em 1931 a "Comarca de Cantanhede" que acabou em 1936, e dirigiu o Jornal "A Boa Nova" desde 1939 a 1947.

 

devida vénia a Jornal a Boa Nova

 

mais tropa de S.Domingos

 


Regimento de infantaria de reserva n.s 5
Ajudante, o tenente do regimento de infantaria n.o 22,
Carlos Quintino Travassos Lopes.

 

Alferes, o alferes do extinto batalhão de caçadores
n:o 1, Manuel da Silva Freire em regimento de infantaria 28

 

falta-me o famoso capitão Baptista, dito republicano histórico, que estava a dormir na noite de 5 de Outubro de 1910, segundo Martins Júnior, 

Era major em Infantaria nº 34, embora ainda pertencesse ao Quadro de Infantaria 22

 

Só para terminar sabiam que o Padre  Cruz regeu uma República de meninas em Coimbra?

 

Era um apóstolo de educação. As meninas eram estudantes, nada de confusões.

 

ma

só li a Ordem do Exército nº 16 de 1911,, haveria que ler as outras para saber mais coisas

 

 

 



publicado por porabrantes às 16:10 | link do post | comentar

Sábado, 28.10.17

hospital 

 

 

tempos de espera no 3º mundo

 

hab.png

 



publicado por porabrantes às 14:02 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.10.17

''O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda recebeu denúncias de que uma fábrica de cortiça que labora em Vale de Cortiças, São Miguel do Rio Torto, no concelho de Abrantes tem vindo a laborar causando poluição difusa e danos à saúde e qualidade de vida dos moradores que habitam nas redondezas.

Esta fábrica, pertencente ao Grupo Amorim - mais concretamente à Amorim Florestal, S.A –, situa-se na proximidade de um bairro construído há mais de 50 anos junto a esta mesma fábrica. Nessa altura, a fábrica era mais distante do bairro e tinha uma atividade que se baseava numa oficina e numa fábrica de cortiça em prancha. Trabalhava-se, à época, com um tipo de cortiça que não fazia pó e que não afetava os moradores nem prejudicava a sua qualidade de vida.

Há sensivelmente 15 anos, o Grupo Amorim comprou a fábrica e há cerca de 5 anos começaram a desenvolver uma atividade de crivagem de cortiça ao ar livre, causando densas nuvens de pó que atingem diretamente o referido bairro. O simples movimento da cortiça dentro da fábrica através de máquinas também causa muito pó e, para agravar a situação, o tipo de cortiça trabalhado é composto por muita terra e lixos.

Há relatos de pessoas que desenvolveram problemas de saúde, nomeadamente problemas respiratórios e oftalmológicos, desde então, devido ao pó. A maioria das pessoas do bairro são idosas e reformadas e viram a sua reforma ser assombrada por este problema. Grande parte das pessoas têm rendimentos muito baixos e dependem do que conseguem cultivar para ter uma vida digna, mas o pó da cortiça tem destruído ano após ano muitas das colheitas.

Os moradores têm recorrido a diversas entidades na tentativa de resolução deste problema, mas os resultados foram nulos. As entidades ambientais e a GNR foram chamadas ao local diversas vezes, a intervenção da Câmara Municipal também foi solicitada, não se tendo verificado qualquer resposta..

Atendendo ao exposto, e ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda vem por este meio dirigir à Câmara Municipal de Abrantes a seguinte pergunta:

Que diligências têm sido encetadas pela Câmara Municipal de Abrantes para repor a correta laboração da empresa sem danos para o ambiente e população local?''

 

requerimento dos deputados Carlos Matias e Maria Manuel Rola

mn

devida vénia Esquerda NET



publicado por porabrantes às 13:57 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Damos voz à comunidade ci...

Quando começou São Macári...

Dia do Senhor: Salvando p...

La Vanguardia destaca euc...

Compra de estátua de Sant...

Apenas porque se trata da...

Sócrates ausente do Festi...

Os Professores e os socrá...

Nove anos depois

Quem plagiou quem?

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds