Quarta-feira, 8 de Outubro de 2014

Houve um cigano condenado por corrupção activa em Abrantes. É uma prova insofismável que a estratégia municipal de integração cigana é um êxito. Os ciganos já praticam actos que fazem parte da paisagem habitual dos negócios públicos portugueses. Era um cigano muito religioso. Tendo em conta que conheço vários religiosos e algum sacerdote corrupto, é mais uma prova insofismável que o cigano se integrou na civilização sedentária.

 

 

'' Por sentença datada de 06.04.2000 e transitada em julgado em 02.05.2000, proferida no processo comum singular n.º 87/99, do Tribunal Judicial de Abrantes, o arguido foi condenado pela prática em 20.06.1999 de um crime de corrupção activa, previsto pelo art. 374.º do Código Penal, na pena de 12 meses de prisão suspensa por dois anos, a qual foi declarada extinta pelo cumprimento em 23.09.2002''

 

Para fazer corrupção activa, tem de haver um corrupto passivo. Isto é o mânfio que se deixa comprar.

 

Era um cigano com meios de fortuna, nem todos os ciganos têm de ser pobres.

 

''

o)Os pais eram proprietários de cafés e lojas em Lisboa, o que garantia à família uma situação económica estável.

p)O arguido, embora educado com os valores da etnia cigana, onde o pai foi a figura preponderante, manteve vivências diferenciadas em relação a ouros elementos da comunidade cigana.''

 

(..)

Com cerca de 16 anos, o arguido passou a residir na zona de Abrantes, sendo que aos 17 começou a viver em união de facto, sendo que dessa relação teve quatro filhas, tendo uma falecido num acidente de viação.

t)Na comunidade de residência, o arguido não se limita a conviver com elementos de etnia cigana, pois desenvolve interacções com outras pessoas, conseguindo revelar capacidades de integração social.

u)O arguido frequenta a Igreja Evangélica de Filadélfia, com a companheira.

v)O arguido reside com a companheira, uma filha de 19 anos, o genro e uma neta de 4/5 meses, no apartamento de uma outra filha, sendo que apenas o arguido trabalha.

w)A habitação tem condições de habitabilidade. (..)

Há uma coisa que não percebo na douta sentença, se um cigano só se dá com ciganos, coisa que está no seu direito, significa que não tem ''capacidades de integração social''?

Pode ter, e não querer exercitá-las, um homem é livre.

Ora o curriculum do cigano revela que tem algumas dificuldades de integração:

'(...)'i)Por acórdão datado de 11.04.2002 e transitada em julgado em 29.04.2002, proferida no processo comum colectivo n.º 458/01.0TBABT, do 2.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, o arguido foi condenado pela prática em 28.06.1996 de um crime de roubo, previsto pelo art. 210.º, n.º 1 e 2, al. b) do Código Penal, na pena de 4 anos de prisão, tendo sido declarado perdoado um ano de prisão da pena fixada, sob as condições resolutivas do beneficiário não praticar infracção dolosa nos três anos subsequentes à entrada em vigor da referida Lei 29/99 e ainda de proceder à reparação do lesado, nos termos do arts. 4.º e 5.º da Lei 29/99.''

Bem, essas dificuldades agravaram-se e o Tribunal do Entroncamento aplicou-lhe uma sanção. Mas o nosso homem recorreu até à Relação eborense e a 13 de Maio de 2014 esta voltou a confirmar a sentença recorrida.

Porquê?

'' Comete um crime de falsidade de testemunho a testemunha que primeiro diz que um veículo foi roubado por um determinado indivíduo e que depois já diz que afinal vendeu esse veículo ao tal individuo''

 

Já me esquecia que o nosso cigano era comerciante de automóveis, à revelia das Finanças.

A veneranda Relação confirmou a pena dada no Entroncamento. Branda pena. (..) pena de um ano e três meses de prisão, suspensa na sua execução pelo mesmo período de tempo, na condição de o arguido entregar EUR.750,00 ao CERE (Centro de Ensino e Recuperação do Entroncamento), e ainda sujeito ao regime de prova, assente em plano individual de readaptação social, executado com apoio e vigilância dos serviços de reinserção social. Foi também condenado no mais legal..(..)

Cá pra mim, o cigano aldrabão devia rapidamente ser escolhido para candidato às eleições.

É um homem de grande talento e promete.

 

MA

Palavras entre aspas da douta sentença da Relação

 



publicado por porabrantes às 00:23 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Centroliva parcialmente e...

Os guerreiros ibéricos

A obscenidade aérea choca...

A generosa doação à Assoc...

Mistérios das Mouriscas :...

Extorsão passional à abra...

D. Augusto César e o padr...

O carvão do Pego na Impre...

Damos voz à comunidade ci...

Quando começou São Macári...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds