Sexta-feira, 19.05.17

oeesterbeck maio 2017.jpg

Ontem perorou o especialista em arte rupestre, Doutor Luiz Oeesterbeck nas celebérrimas jornadas do MIAA....

Acontece que o Carvalho do CRIA (havemos de falar das aventuras deles no reino das IPSS....) quando era cacique bolsou isto, era 17-6-2009 .....e eram vésperas de eleições..... e era preciso deitar areia para os olhos do povo...

tartéssicos.png

Portanto vimos perguntar ao Carvalho, à cacique, ao Vereador da Cultura:

 

onde é que está o centro de investigação?

 

Onde é que estão nas colecções do MIAA as peças tartéssicas?

 

Onde é que decifraram a língua e a escritura tartéssica?????

 

E já agora porque fizeram a uma empresa  deste homem

Carrilho espantado.jpg

 um ajuste directo ilegal proibido taxativamente por Lei????

 

e já agora ....

 

mARY LUCY.jpg

porque andaram a dizer que a estimada Tia Mary doara uns quadros, quando só fizera mera promessa de doação????

 

Regressando ao especialista rupestre, que foi pago a preço de ouro, ò homem, você ia mesmo decifrar a escrita tartéssica????

 

Ou o Carvalho

 

não sabia o que

 

 

dizia?????

 

 

nelson facebook.jpg

ma 



publicado por porabrantes às 15:48 | link do post | comentar

Terça-feira, 03.01.17

O Senhor Deputado Municipal Armindo Silveira perguntou à CMA o seguinte, na página caciquista, no facebook....

pergunta 2.png

Era 26 de Dezembro

 

Era dever do Vereador da Cultura dr.Luís Dias responder à pergunta

 

luis_dias_2.png

Certamente não repondeu, porque não sabe. Dizem-nos que vai telefonar a este gajo à procura dum esclarecimento

carrilho 2016.png

ma



publicado por porabrantes às 12:19 | link do post | comentar

Terça-feira, 13.12.16

Vai haver eleições na Ordem dos Arquitectos. Há duas listas, na B está o licenciado Carrilho da Graça que é mandatário da coisa.

Na lista A estão simplesmente os melhores arquitectos deste país.

A lista A é a única que se candidata a todos os órgãos da Ordem, em todo o país.

Ou seja tem uma visão abrangente de Portugal, enquanto a B tem uma visão reducionista deste país.

Concorrem pela B a funcionária municipal Sara Morgado e o ex-candidato dum partido fundamentalista e ultramontano a Deputado, Pedro Costa.

pedro costa jpg.png

pedro costa 2.png

A Lista B, onde está uma funcionária municipal, viu-lhe ser cedido pela autarquia o Bunker. Não sabemos, nem temos de saber, se foram exigidas contrapartidas monetárias por esta cedência. Tudo o exigiria, porque a CMA não pode, nem deve, tomar partido numa pugna entre arquitectos.

Mas há que ser compreensivo, como o Bunker está sempre às moscas, por mais amigas das Barbies que lá metam, há que dar utilidade àquilo.

Que perore pois a Lista B, no meio dos nabos.! (1)

A ver se está lá o Albano Santos, que foi testemunha contra a cacique no caso Dias.

Esta edilidade é tão compreensiva com o Carrilho da Graça, que lhe fez uma adjudicação milionária a dedo e comprou 6 mil euros de livros, sobre o mandatário da lista B.

 

mn

(1) Dos nabos, das nabiças, das couves-flor, das barbies, das batatas e dos grelos...tetc.

 



publicado por porabrantes às 19:28 | link do post | comentar

Terça-feira, 29.11.16

dívida 2.png

 é o saldo das aventuras económicas e despesistas do município abrantino,a que se juntam mais cem mil euros a pagar à Fundação de Serralves

serralves.png

Rede Regional leia aqui

 

Como se chegou a isto? Um terreno que vale quase 1 milhão para o Cónego a preço da chuva, mais as piscinas do Hotel, outro milhão a preço da chuva, e ainda  outro milhão na RPP Solar.

Esquecia-me outro milhão para e empresa deste tipo

carrilho 2016.png

para uma torre medíocre que nunca será construida (agradeçam-nos a nós)

 

 

4 milhões que representam 28% da dívida

 

temos de sustentar incompetentes????

 

Devida Vénia ao Anuário dos Municípios Portugueses 2014

 

ma



publicado por porabrantes às 17:20 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24.11.16

A Tomar-TV divulga carta aberta do Pai do Arq. Rui Serrano à Presidente tomarense:

 

'' Dirijo-me a V. Ex.cia pelo direito que me assiste como munícipe do concelho de Tomar e cidadão livre deste País, de lhe manifestar o meu vivo repúdio pela maneira como tem conduzido o seu mandato à frente da nossa Edilidade.

A minha idade madura e probidade pessoal reforçam esse meu direito por constatar factos e acontecimentos que desde o início das suas funções se vieram desenrolando através das suas decisões irresponsáveis e contrárias ao seu manifesto eleitoral. Os cidadãos que a elegeram sentem-se maioritariamente desiludidos por terem acreditado que desta vez a Câmara iria ter alguém capaz de a recolocar no lugar a que tem direito no âmbito nacional, como já teve no seu passado de há algumas décadas.

Sendo mais concreto, refiro-me, principalmente, ao facto de desde o início do seu mandato ter optado por retirar competências a certos funcionários da Câmara que mereciam mais respeito. Ao invés, deveriam esses colaboradores ter sido mentalizados a colaborarem numa outra maneira de exercerem as suas funções, enquadrados na nova política camarária. Assim, verifica-se que a sua preocupação foi despromover os colaboradores qualificados e promover outros colaboradores que embora de qualificação duvidosa, não reuniam condições e unanimidade para os lugares que vieram a ocupar. Esta sua política protecionista, culminou recentemente com a demissão do cargo de vereador do arquitecto Rui Serrano. É conveniente recordar que este técnico de reconhecida competência foi convidado por V. Excia. a fazer parte da sua lista eleitoral para reforçar a sua proposta e que muito contribuiu para que o seu partido ganhasse as respectivas eleições. Eu próprio, como muitos outros munícipes que nunca havia votado no P. S., votei no seu partido porque lá estava o Rui Serrano. Não se trata apenas de sensibilidade paternal, mas também de confiar nos seus méritos e competência na sua área de arquitectura como deixou demonstrado pelos quatro anos que esteve como vice-presidente da Câmara de Abrantes. Tendo o Rui Serrano, como é lógico, renunciado oportunamente aos respectivos pelouros dessa Câmara (que geria com dificuldade e contrafeito, pela oposição sistemática de V. Ex.cia às suas propostas válidas), pergunto quem irá substituí-lo na árdua tarefa a que abnegadamente ele se entregou, para restituir ao concelho, principalmente à cidade de Tomar a dignidade que merece?

Para além do muito que ainda conseguiu fazer e o que fica por fazer, o seu nome ficará ligado a esta Câmara, como personalidade isenta e bem intencionada que desempenhou o seu cargo discretamente, afastado da ribalta e dos flashes e manchetes políticos. Impõe-se agora V. Excia. esclarecer os motivos que a levaram a despromover o seu vice-presidente e usou de todo o seu poder para bloquear as iniciativas do Rui Serrano, fazendo o ponto da situação do que ficou feito e do que estava em suas mãos para fazer. Isto é o mínimo a que os munícipes têm direito de saber.

Embora, pessoalmente eu deseje um fim feliz do seu mandato, prevejo com muito pessimismo que V. Excia. não conseguirá a sua revalidação, o que irá afectar profundamente a imagem do seu partido neste concelho e até ao nível Nacional.

Quero deixar bem claro que o sentido desta minha carta teve origem principalmente, na obrigação que senti de ser porta-voz dos munícipes descontentes que se retraem a manifestar a sua opinião livre e democrática. Tenho dito.”

fotografia: Facebook

 
O Senhor Ruy Moreira Henriques Serrano está no seu soberano direito de vir defender o filho. Mas deve dizer-se que a decisão de meter certos funcionários da edilidade de Tomar naquela coisa tristemente chamada ''Unidade de Queimados'' foi tomada pela equipa socialista de Tomar, da qual era Vice-Presidente o Serrano filho, que não se demarcou desta medida persecutória.
Quanto à opinião de que o Rui Serrano foi um bom Vice abrantino, já aqui se tratou e se tratou em sessão camarária, pela pena ilustre do Professor Duarte de Ataíde Castel-Branco.
Resta acrescentar que quando António Castel-Branco foi alvo dum processo disciplinar na Ordem dos Arquitectos, por queixa do licenciado Carrilho da Graça, o Prof. Duarte Castel-Branco

Duarte castel-Branco.jpg

não escreveu nenhuma carta aberta a nenhuma cacique para defender D.António.
Este defendeu-se sozinho (contando naturalmente com a nossa solidariedade), sem ajuda paterna. O Carrilho da Graça perdeu o processo, que foi arquivado e o Arq.Serrano e a secção abrantina da Ordem dos Arquitectos, que o genial Serrano presidira antes de se meter na política, não tugiram nem mugiram, enquanto um colega era perseguido, por defender o património e a paisagem de Abrantes.  
Ficamos a saber que o Rui Serrano conta com o apoio do papá na luta contra a Anabela.
Aguardamos com o maior interesse mais cartas de familiares a defender a pobre vítima.
ma   


publicado por porabrantes às 07:35 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.11.16

 

Paulo Pires, deixou um comentário ao post Festas de Casais de Revelhos às 22:31, 2016-11-21.

''Comentário:
é com imensa tristeza que vejo um comentário como este a denegrir a Cultura Tradicional da Aldeia de Casais de Revelhos... Ainda se intitula cidadãos por Abrantes? è vergonhoso e não dignifica a Cidade nem quem trabalha pelo património Material e Imaterial da nossa Cultura... Se pretendem atacar o Município ou se eventualmente querem ocupar lugares de tacho como chamam pelo menos sejam inteligentes e respeitem os outros... Os Cobardes é que se escondem e não fazem oposição como deveriam... Cumprimentos, Paulo Pires (Presidente do Rancho Folclórico e Etnográfico de Casais de Revelhos - Abrantes -Grupo Filiado na Federação do Folclore Português e tido como um dos mais representativos da região e até a nível nacional)''

 Caro Senhor Paulo Pires.

Leu V.Exa mal. Se ler com atenção verá que no post em causa não há nada  a denegrir ninguém, excepto o fascista Alberto João Jardim.

Já agora deixe-me exprimir a minha admiração por Casais de Revelhos, o que não obsta a condenar o caciquismo bastardo e reaccionário que desgraça Abrantes. .

Tem de ser este Concelho desgraçado por uma catequista de Casais de Revelhos,

que não sabe duma minuta que fez perder ao Concelho um milhão de euros e que

enriqueceu  um tal Alexandre Alves e uma impoluta Senhora que responde pelo

nome de D.Irene de Brito?

A cobardia reside no caciquismo em não realizar um inquérito que permita apurar em quem permitiu fazer uma escritura em que um conhecido ''empresário de confiança'' ( do caciquismo de Casais de Revelhos e do PS de Abrantes)   compra uma herdade por cem mil euros,  que a edilidade comprou por um milhão de euros à nobre família Burguete.

A cacique, intimada pela Oposição, que teve em Santana-Maia Leonardo e em Belém Coelho, nomes que ficarão com letras de ouro, na história da dignidade abrantina, não ousou responder, nem mandou fazer o inquérito, e a cobardia é nossa?

Compre V.Exa. uns óculos!

Os nomes honrados dos colaboradores deste blogue, em que quero destacar, porque Justiça deve ser feita, o falecido resistente anti-fascista Mário Semedo....

mário semedo.jpg

respondem por si.

Onde é que estava Maria do Céu Albuquerque ou o Lacão, enquanto o Mário divulgava aqui o súbito enriquecimento do Vereador socialista Júlio Bento, ou enquanto o Mário organizava, com o Pai dele e com Orlando Pereira as actividades da CDE em 73?

Estavam a ensaiar viras folclóricos?   

Onde é que estava a sociedade civil enquanto o Mário escrevia isto e a PJ o ia incomodar num domingo às 8.30 da manhã?

Debaixo da cama?

Onde é que estava a sociedade civil, enquanto D.António Castel-Branco

acb mandatário.jpg

era processado infundadamente por um tal Carrilho da Graça?''

Estavam a ensaiar o vira????

Como é que se qualifica um tipo que apresenta uma queixa infundada????

Não há pachorra para aturar a base social de apoio do caciquismo.

É capaz o Carrilho da Graça e o rancho folclórico que lhe bate palmas, de justificar um ajuste directo injustificável???

Que processe outra vez o Mário e o António!!!!

Quer a sociedade civil discutir seriamente??? 

Que nos digam quem fez a minuta do Casal Curtido!!!!

Que nos digam quem plagiou Eduardo Campos!!!!!

Que nos digam como se justifica isto?

bento.jpg

 

bento 1.jpg

Escreve o Procurador Orlando Machado, sobre um processo movido a um ex-Vereador abrantino, estas palavras acusadoras e que ficaram sem réplica, e sem um inquérito...

E temos de aturar acusações, enquanto uma cacique assobiava pró lado!!!!

Francamente, não há pachorra!!!

Se tenho de me ocupar de uma natural de Casais de Revelhos, deixem-me falar da cozinheira da Senhora Marquesa do Faial!!!

apolinária dos santos.jpg

 

É a terceira à direita!

Também foi cozinheira do dr. José Guedes de Campos (querido amigo, já falecido) e de António Farinha Pereira. A cozinhar defendeu como ninguém a cultura material e imaterial dos Casais! A sua vida foi um percurso de honradez e de classe que honra os Casais!

Mas nunca dançou o vira ao sabor de qualquer cacique!

A Dona Apolinária era muita senhora do seu nariz, como ficou a saber a Marquesa e o Farinha Pereira e o sobrinho !

Vai longa a resposta, mas valia a pena lembrar quem nos defendeu, como o Mário, como o Santana-Maia Leonardo.

E resta-me lembrar o Pedro Moreira, acossado pela reacção clerical, quem como Presidente de Alferrarede, deu o melhor de si.

O bairrismo dos Casais não tem uma palavra para quem o acossa???'

Cumprimentos

ma

imagem da Senhora Dona Apolinária dos Santos, que em Paz descanse, felizmente num cemitério sem múmias, como o de Santa Catarina, retirada da Zahara, nº 27, numa entrevista onde a sua sobrinha, Senhora Dona Teresa Pombo, diz o seguinte, sobre o Cónego Graça '' Não quero nada com o Padre Graça''   

  

 

     

..

 



publicado por porabrantes às 15:58 | link do post | comentar

Domingo, 26.06.16

O miserável cubo, à Carrilho da Graça,

carrilho-da-graca-150x150.jpg

que prostituía a Alcáçova de Badajoz começou a ser demolido por ordem do Tribunal

 

badajoz.jpg

Foto e notícia Hoy com a devida vénia

 

badajoz 2.jpg

 O candidato laranja D.António Castel-Branco está a consultar o cunhado, Dr.Júdice, para saber se o licenciado violou os direitos de autor do Senhor Seu Pai

museu sem torre.jpg

 ma



publicado por porabrantes às 20:32 | link do post | comentar

Quarta-feira, 10.02.16

 

suspenso concurso miaa.png

miaa lançamento 1.png

O lançamento das obras do MIAA feito outro dia já deu a barraca atrás trancrita

 

lançamento miaa.png

O tipo que abraça Carrilho da Graça não será certamente o Arq. Doutor Dom António Castel-Branco, a quem o licenciado meteu uma queixa na Ordem dos Arquitectos, que aquela Ordem arquivou, por não ter fundamento..... 

lançamento miaa 2.png

 

 

lançamento miaa 3.png

Suponho que os arquitectos abrantinos deviam ter sido solidários com António Castel-Branco. Também suponho que deviam respeitar o Plano de Urbanização de Abrantes e não arrasarem muralhas ou implementarem ajustes directos à margem da Lei.

miaa lançamento 1.png

 No lançamento do concurso, o licenciado Carrilho da Graça disse que o imóvel tinha problemas vários e que estavam à vista de todos e que por isso precisava de restauro. Pois precisa, os imóveis classificados são obrigatoriamente mantidos em bom estado, pelos seus proprietários, e o Convento está em estado ruinoso por culpa duma edilidade que o abandonou e que era dona dele.

 

artur falcao corneteriro.jpg

convento de sao domingos artur falcão ar.jpg

O que é a Arq. Sara Morgado diz a meter merdas dessas num telhado dum imóvel classificado? Viu em Queluz ou na Batalha coisas destas?

entrada s. domingos mortos dgpc.png

sao somingos artur dentro.jpg

 Quatro Presidentes da Câmara abandonaram o Convento e foram por esta ordem José Bioucas, Humberto Lopes, Nelson Carvalho e Maria do Céu Albuquerque e estes dois últimos gastaram cerca de 800.000 euros num projecto duma torre absurda, que teria chegado para reabilitar o imóvel.

 

beatriz noronha 3.jpg

Arq.Beatriz Noronha do atelier de D.António Castel-Branco, Professor catedrático de Arquitectura dirigente do PSD de Abrantes. O Bioucas espetou na cerca (protegida!) um parque de estacionamento e os outros 3 mantiveram o parque!

museu sem torre.jpg

 

A presidente disse, na alocução, que a obra poderia ser lançada em 6 meses, pois, como está expresso acima, já está suspenso o concurso por dois meses, prova alucinante da ''competência'' de quem o elaborou.

 

Imagens dum vídeo da Hertz (tocantes os abraços), da casa e do Artur Falcão.

 

Nem os azulejos dos bravos de Portugal foram capazes de restaurar, mas viajar para ir à China, a Cabo-Verde, ao Japão e mais sítios foi capaz de fazer, a cacique, à custa dos impostos abrantinos, só o dinheiro duma viagem dava para repor os azulejos no sítio. Porca miséria! Vil tristeza!

 

ma    



publicado por porabrantes às 11:37 | link do post | comentar

Sábado, 23.01.16

O governo pimba de Monsiuer Hollande dá condecorações pimba. Tony Carreira foi feito chevalier des arts et des lettres. Dois ordinários armados em diplomatas, o MNE e o Embaixador de Portugal em Paris destacaram-se a humilhar o cantor pimba, que será pimba, mas não vive da vaca do Estado,  e  que conquistou mercado e fortuna à custa do seu trabalho.

Sabem quem é colega do Tony Carreira, em penduricalhos gauleses????

Carrilho espantado.jpg

Imagem preferida do alentejano do álbum dum aristocratíco colega abrantino.

ma

 



publicado por porabrantes às 17:34 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.12.15

http://www.publico.pt/local/noticia/aprovado-desmonte-de-parte-do-cais-da-ribeira-velha-apos-intervencao-de-salgado-1717866

Parte de cais do séc. XVIII

desmontada após

intervenção de Manuel Salgado

O vereador do Urbanismo de Lisboa alegou, sem fundamentar essa posição, que a manutenção do "muro" iria tornar "inviável" o parque de estacionamento subterrâneo projectado para o Campo das Cebolas. O director-geral da DGPC concordou, apesar da oposição dos arqueólogos.

'' 

A Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC) autorizou o desmonte de parte do Cais da Ribeira Velha, uma estrutura portuária “integrada no plano de reconstrução pós-terramoto" de Lisboa, cuja presença no subsolo do Campo das Cebolas foi confirmada por trabalhos arqueológicos recentes. A decisão foi tomada depois de o vereador do Urbanismo da Câmara de Lisboa ter feito um apelo nesse sentido, alegando que a manutenção do achado, ao qual se refere como “um muro”, inviabilizaria a construção do parque de estacionamento previsto.

No Campo das Cebolas, que foi visitado pelo presidente da câmara no passado dia 8 de Dezembro para assinalar o início dos trabalhos no local, vão ser realizadas duas obras: uma de requalificação do espaço público e outra de construção de um parque subterrâneo, com capacidade para cerca de 200 viaturas. Está em causa um investimento global de 12 milhões de euros, que será suportado pela Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (Emel).

Ainda em 2014, foram realizadas nesta área da frente ribeirinha sondagens de diagnóstico arqueológico, durante as quais foi identificado um troço da “estrutura do paredão do antigo Cais da Ribeira Velha”, cais do século XVIII que os técnicos da ERA - Arqueologia notaram em informações escritas estar “representado na planta oitocentista de Filipe Folque”.

 

(...)

Carrilho espantado.jpg

 

Na semana seguinte, é a vez de o vereador do Urbanismo defender o mesmo, em carta dirigida ao director-geral da DGPC, João Carlos dos Santos. Nela, Manuel Salgado diz, sem avançar qualquer dado concreto ou estudo que sustente essa sua afirmação, que “foi encontrado um muro que, a manter-se, inviabiliza a construção” do parque de estacionamento subterrâneo.

Quanto ao destino a dar à estrutura portuária, o autarca nota que “de acordo com o projectista da obra, arquitecto Carrilho da Graça, as pedras do muro podem ser reutilizadas para completar a muralha, cuja integração está já prevista no projecto licenciado, ou no muro que será construído para delimitar o parque de estacionamento face à Avenida Infante D. Henrique”.

Como o sentido da decisão da DGPC é determinante para que a construção do parque possa ou não concretizar-se, uma vez que caso o desmonte do muro não seja autorizado o projecto licenciado pela câmara municipal se torna inviável, solicitamos a máxima urgência na apreciação do relatório de arqueologia”, remata Manuel Salgado. A resposta de João Carlos Santos, favorável à pretensão da câmara, foi proferida oito dias depois e contrariou a posição dos arqueólogos da DGPC, que defendiam a preservação da quase totalidade do paredão do cais (com excepção de cerca de 10% da sua extensão, vistos como essenciais para a criação dos acessos ao parque).''

 

Com a devida vénia 

 

Nós continuamos a aguardar a divulgaçao dos relatórios de arqueologia do convento de S.Domingos para uma ''restauração do Carrilho''

S.domingos 3.jpg

Monumentos Nacionais

 

s.domingos bp.JPG

foto-montagem do atelier do arq. António Castel-Branco por nós decorada com a efígie do insigne museólogo Fernandinho (como lhe chamava a Tia Mary Lucy) Baptista Pereira

 

mn 

 

Carrilho da Graça foi apoiante político de António Costa em várias ocasiões



publicado por porabrantes às 00:10 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O caminho marítimo para a...

Vereador da Cultura de Ab...

Arquitectos no meio dos n...

Quinze milhões de euros d...

A família é o pilar da so...

A Senhora Dona Apolinária...

Demolido o cubo ilegal de...

Concurso para S.Domingos ...

O colega de Tony Carreira...

Nova bronca em obra de Ca...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diogo oleiro

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

museu iberico

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


23
24

25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds