Quinta-feira, 05.01.17

Corria a crise estudantil de 1969, em pleno conflito com o Ministro da Educação Hermano Saraiva um grupo de assistentes da Faculdade de Arquitectura, em reunião no Sindicato dos Arquitectos recusa-se a prosseguir as aulas no ano seguinte, entre eles Duarte Castel-Branco:

 

'' Em reunião realizada no Sindicato Nacional dos Arquitectos, os assistentes que se declaram indisponíveis para continuar a leccionar são: Fernando Távora, José Carlos Loureiro, Arnaldo Araújo, Cristiano Moreira, Álvaro Siza, Duarte Castel‑Branco, Alfredo Viana de Lima, Jorge Gigante e Pedro Ramalho. Filgueiras, o único arquitecto com lugar no Conselho Escolar, informa que está a ponderar também o afastamento.''

 

in  Gonçalo Canto Moniz, A formação social do arquitecto: Crise nos cursos de arquitectura, 1968‑19691

 

No entanto, o  historiador' Martinho Gaspar 

 

martinho gaspar.png

garantiu na ''Barca'' que Duarte Castel-Branco era por esta época um homem do antigo regime

 

Estamos à espera que diga que o Hermano Saraiva era em 1969 um notório anti-fascista.

 

ma

 

foto do Gaspar: Rádio Hertz

 



publicado por porabrantes às 14:11 | link do post | comentar

Há quase dois anos, em 4 de Janeiro de 2015, morria o Professor Duarte de Ataíde Castel-Branco. Para lembrar a sua memória de resistente anti-fascista, do aristocrata,  de académico e de grande arquitecto publicamos a manchete da Tribuna de Macau, que não se esqueceu de noticiar a morte dum filho ilustre da Cidade do Santo Nome de Deus

duarte china.png

leia aqui a notícia do jornal chinês

 

Há quem se tenha esquecido do seu magistério. Nós não.

mn



publicado por porabrantes às 13:54 | link do post | comentar

Domingo, 09.10.16

convento 1.jpg

 

convento 2.jpg

 era 1966

Duarte castel-Branco.jpg

 

ma



publicado por porabrantes às 17:05 | link do post | comentar

Terça-feira, 13.09.16

Segundo o Médio Tejo o político azarado e arquitecto de extravagante gosto, Rui Serrano, deixou um emocionado agradecimento aos ''funcionários'' que trabalharam com o frustrado candidato a cacique em Tomar.

Mas o azar de Rui Serrano agravou-se hoje, por ser dia 13, dia em que o Tomar da Rede  publicou isto,

abril 14.png

um despacho de há 2 anos, em que a Dona Anabela depois de fazer um saneamento político, nomeia ''pessoal de confiança'' para substituir os saneados ! E comete a flagrante ilegalidade de só o publicar 2 anos depois....no Diário da República

Ou seja só produz efeitos jurídicos agora!!!!!

Já ouviram falar da célebre unidade de queimados de Tomar, onde meteram os funcionários afastados?

boavida_ dilia, monteiro, constantino 718043659836

'' Rui Monteiro, diretor de departamento de obras municipais e dirigente há mais de 25 anos, Luís Boavida, chefe de divisão financeira e Dília Gomes, chefe de divisão de serviços jurídicos e dirigentes há mais de 17 anos e por último Carlos Constantino, chefe de divisão de recursos humanos '' quando foram dados de ''alta'', como sarcasticamente comentou o colega Tomar na Rede.

 

Uma dúvida me atormenta, a que funcionários se referia o cabidense, aos saneados ou à ''malta de confiança''?

 

O Serrano era o nº 2 da CMT quando foi inaugurada a ''unidade de queimados'', e deixou os pelouros quando um património  único em Portugal estava assim

sinagoga tomar rebelo

a Sinagoga de Tomar, propriedade da edilidade, foto do Sr.Rebelo, com a devida vénia, ao colega Tomar a Dianteira ·, cuja leitura assídua se recomenda.

 

Não consta que o Serrano se apresente em Tomar, em lista dissidente (1), com um plano para demolir a Sinagoga e plantar lá um cubo arquitectado por um alentejano careca.

 

Vai o post dedicado ao Prof. Duarte Castel-Branco, que mostrou a careca do Serrano.

mn  

 

(1) Preparam-se várias listas dissidentes pelas redondezas. A Julinha que se prepare.

Porque é que ela não mete o Bruno Graça como Vice-Presidente da CM de Constância, nas próximas listas?



publicado por porabrantes às 20:29 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29.06.16

duarte 2 (2).png

 O catedrático teve de aturar uma cena de pugilato entre o Arq. Troufa Real e o Arq. António Lamas. Depois teve de aturar as cenas de ''escritos difamatórios'' de Taveira  contra o Lamas, situação que teve contornos destes '' (...)ofensas corporais por este (Taveira) infringidas ao Prof. Lamas, no dia 15 do mesmo mês de Novembro, numa sala de aulas e na presença de alunos de mestrado e de funcionários''(...) acordão do TCA SUL

'

'

 

o assunto envolveu ainda a contratação do filho de Tomás Taveira...

 

 

 

taveira.png

 O Avante face à gravidade da situação reagiu assim

avante dcb.png

 Ainda se lembram quando o Taveira abancava com o Cadilhe e a fina-flor do cavaquismo, no ''Bananas''?

 

Como é sabido, o Taveira lixou-se por causa disto....., embora tenha muito mais talento que o Carrilho da Graça

ma

 

imagem de Taveira, retirada daqui

CIDADE, UM DRAMA NO TEMPO

UMA REFLEXÃO ORGANIZADA, SOBRE FACTORES TEMPORAIS,

NO DESENHO DA CIDADE

Ana Luísa Gonçalves Brandão Estêvão

Dissertação para obtenção para Grau de Mestre em:

Arquitectura

 

 

agradecemos a um conhecido arquitecto abrantino o link

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 16:22 | link do post | comentar

Quarta-feira, 08.06.16

Charters 2.png

senhoria.png

Onde é que Sua Senhoria se licenciou em Arquitectura?

 

A Universidade do Porto diz:''

Frequentou a Escola Superior de Belas Artes do Porto (ESBAP) entre 1956 e 1962, tendo concluído o curso superior de Escultura em 1962 com a classificação de 20 valores. Nesta escola, foi discípulo de Salvador Barata Feyo (1899-1990) e participou nas exposições magnas escolares e nas exposições extraescolares.

Em 1961 foi nomeado professor do Ensino Técnico e no ano seguinte foi convidado a lecionar como professor assistente da ESBAP. Em 1971 era professor efetivo desta Escola. Em 1972 abandonou a docência para se dedicar em exclusivo ao trabalho de ateliê.(...)

 

Duarte castel-Branco.jpg

Estudou no Porto, mais ao menos ao mesmo tempo que o Prof. Arq. Duarte-Castel-Branco e ousou mexer numa obra dele, o estudo urbanístico para localizar a estátua de D.Francisco no Jardim do Castelo

24.500.png

Mas aparentemente estudou só Escultura e não Arquitectura e 24.500 € por isto parece excessivo...

24.500 2.png

Parecer do Conde (título miguelista) sobre a mudança da estátua

 

Roga-se ao Presidente da Ordem cá do burgo que informe o povo:

a)  se o Senhor Conde é arquitecto

 

B), se informou Duarte Castel-Branco sobre a intervenção num espaço projectado pelo Mestre Abrantino (por causa dos direitos de autor),

 

c)  já agora, no caso de não ser o que pensa fazer a Ordem ...

pedro costa.jpg

O Presidente do Núcleo da O. dos  Arquitectos, cá da terra, é o arq. Pedro Costa.

 

a redacção 

 

foto de D.António de Castel-Branco (Abrançalha), e fotos CMA; MIrante 



publicado por porabrantes às 17:53 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.11.15

 

Publico aqui o que certamente foi o mais importante artigo de História abrantina, surgido nos últimos 30 anos.

É da autoria do dr. Joao Nuno Serras Pereira,velho e prezado amigo,  já falecido, político abrantino a quem devo e devemos muito.

joao nuno foto.png

joao nuno henrique augusto.jpg

Foi publicado no boletim clerical Nova Aliança em 15-9-94, e é uma defesa acérrima da gestão de Henrique Augusto da Silva Martins e do seu vice-presidente França Machado (avô por exemplo do falecido militar de aviação Rui Burguete, grande abrantino) contra os que os derrubaram, a facção do Dr.Manuel Fernandes.

 

Pelos vistos o dr. Serras Pereira nunca leu o inquérito. Também é verdade que nunca terá sido foi publicado mas estava em certa casa.

E também é certo que, devido à influência política que teve, que o dr.Serras Pereira poderia ter tido acesso a ele. 

O Eduardo Campos diz que por exemplo, citando o ''Jornal de Abrantes'', que se apurou que os camarários ''exigiam importâncias para a recuperação da liberdade ou para evitar ser preso''.

Isso foi a 1 de Novembro de 1944. A 6 de Novembro era dissolvida a Polícia Municipal.  

Em 1 de Maio de 1945 é dissolvida a vereação.

cma dissoluçao.png

 Para mim a novidade no texto (que reencontrei arrumando papéis) é que os inquiridores teriam sido o Tenente Coronel João de Villas-Boas Castel-Branco e  o Major Dias Leite. O primeiro é o pai de Duarte Castel-Branco, o segundo foi comandante de Tancos e foi um ás da aviação.

O Eduardo Campos confirma que no inquérito esteve o Dias Leite, mas não fala do nobre fidalgo da Figueira da Foz, ou seja do  Tenente Coronel João de Villas-Boas Castel-Branco, e adianta outro nome capitão Joaquim Borrego.

O Borrego está aqui, mas ainda era um puto. Era escuteiro, em 1915 no Olival Basto.

borrego 1915.png

Se o querem mais velho, aqui está:

borrego 1984.png

o Capitão Borrego já deve ter falecido, a foto é de 1984. 

Quem tem razão?

Só o acesso ao documento original é que pode dar pistas.   

dias leite.jpg

O dr. Serras Pereira levanta a suspeita da sua parcialidade. Não acredito em coisas políticas na imparcialidade de ninguém. Também sei que a CMA foi dissolvida, porque caiu primeiro o Governador Civil de Santarém Dr.Eugénio Mascarenhas Viana de Lemos que foi substituído pelo então major,depois brigadeiro Lino Valente. Caiu o Lemos mas só um poucochinho, porque em 1947 já era Governador Civil de Coimbra.

eugénio mascarenhas de lemos my heritage.jpg

 

O Dias Leite era um fanático de Santos Costa e depois da morte do General Godinho, fez um discurso de canonização do Costa, em Tancos, que o Jornal de Abrantes transcreveu na primeira página, garantindo ao Mundo Civilizado que o algoz de Palmira Godinho, nunca tinha sido nazi.

Admito que entre a assistência estivesse outro abrantino, o General Mesquitella, a bater palmas..... 

 

O meu amigo João Nuno diz depois que nesta época subiram os militares ao poder em Abrantes, e refere dois nomes que são henriquistas: o capitão Júlio Serras Pereira, que ficou a defender os interesses da sua facção na Santa Casa e o capitão integralista Costa Andrade que fica no Grémio. Estes porém perdem poder e são dos derrotados. Mas em 1948 o Júlio já é Vice-Presidente da CMA. E o Andrade será Vice-Presidente em 1961. Mas já tinha sido Administrador do Concelho em 1932, quando a situação henriquista se afiança.

Uma das peças da sua estratégia foi pedir a proibição do Jornal de Abrantes, como órgão subversivo, por ser favorável a Manuel Fernandes. (1)

costa andrade.png

Tanto como eu  sei e o dr.João Nuno sabia ,foi um Homem às direitas. Embora

Com um curioso feitio. A coisa que mais o irritava era que D.Duarte Nuno falasse com um terrível sotaque alemão, e dizia gastou tanto dinheiro o Pequito (2) a educá-lo e não há maneira.

Haveria que meter aqui mais fotos e fazer mais considerações. No estado da questão não sei se o pai do Duarte Castel-Branco foi dos militares que realizou o inquérito.

Só remexendo papéis é que o posso encontrar e naturalmente, como diria Vitorino Magalhães Godinho, indo às fontes primárias.

Espero que elas já estejam desclassificadas. Senão haverá que usar outros meios.

Isto é um esboço duma análise do assunto, a jeito de crónica. Suponho que dará pano para mangas. E que haverá coisas impublicáveis. Nós não somos como a sábia Isilda Jana que garantiu que Monsieur Dupin era um alcoólico incorrigível, só porque tem uma fotocópia dum documento não assinado, escrito alegadamente por um tipo que era um notório pílulas.

ma  

créditos: Eduardo Campos, Cronologia de Abrantes no Século XX

Joaquim Borrego: Escuteiros de Olival Basto

Dr.Lemos: My Heritage

Dias Leite: Ilustração Portuguesa

General Mesquitella: Wikipedia

Capitão Andrade: Assembleia da República

Dr. Serras Pereira:    Assembleia da República

 

(1) artigo de Eduardo Campos cujo recorte anda por algum sítio

(2) o importante dirigente integralista José Pequito Rebelo 

 



publicado por porabrantes às 18:37 | link do post | comentar

Já tinha visto isto

duarte_castel_branco.jpg

 É o melhor CV do Duarte

É publicado pela Associação dos Arquitectos Urbanistas Portugueses, quando lhe fizem uma homenagem em 2011, pela época em que o Arquitecto reduzia Rui Serrano a pó 

E com um CV destes o Zé Bioucas não o contratou para fazer o PDM de Abrantes
Andou mal o Zé Bioucas, ou foi o medíocre PS abrantino que não deixou.

 

 
Duarte de Castro Ataíde Castel-Branco

Nasceu em 1927. Professor Catedrático da Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa. Consultor Permanente na orientação dos estudos de Planeamento Urbano e Regional da CPU Consultores.
 
1960            Diploma de Arquiteto (C.O.D.A.), sendo classificado com 20 valores "Com Distinção".
1962            Bolseiro da FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN, frequentou os cursos de Urbanística II do Instituto de Urbanística da Faculdade de Arquitetura do Politécnico de Milão e de Atualização em Urbanística da Faculdade de Engenharia do mesmo Politécnico de Milão.
1963            Estágio no Centre de Recherche d'Urbanisme (C.R.U.) do Ministério da Construção em Paris.
1964            É convidado pelo Município de Lisboa a participar na equipa chefiada pelo Arquiteto Georges Meyer-Heine para a elaboração do Plano Diretor da Cidade;
1966            Assistente do Professor Arquiteto João Andersen na cadeira de Urbanologia e II. (ESBAP)
1967            Anteplano Territorial de Ordenação Urbanística do Norte do Ribatejo; Regente das Cadeiras de Geografia Física e Humana na mesma Escola Superior.
1972            É convidado pela Direção Geral dos Serviços de Urbanização para participar no Grupo de Trabalho para a elaboração das "BASES DA LEGISLAÇÃO ORGÂNICA DO URBANISMO EM PORTUGAL", entregue em Maio.
1972            Vogal do Conselho Superior de Obras Públicas e Transportes.
1975            Presidente do Centro de Estudos de Urbanismo e Habitação Engenheiro Duarte Pacheco.
1978            É convidado pela Câmara Municipal do Porto para proceder à elaboração do diagnóstico do Plano Geral de Urbanização da Cidade, elaborado pelo Professor Arquiteto Robert Auzelle. Após concurso público é atribuída a elaboração do Plano Geral de Urbanização /Plano Diretor do Município, aprovado por unanimidade pela Assembleia Municipal e ratificado pelo Governo em 1993.
1980            Vogal da Comissão Instaladora da Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa.
1983            É nomeado pela Câmara Municipal do Porto seu representante para o Grupo de Trabalho designado pelo Ministro da Habitação, Obras Públicas e Transportes para estudo da "NOVA TRAVESSIA FERROVIARIA DO RIO DOURO" no Porto.
1985            Designado pela Câmara Municipal do Porto para representar o Gabinete de Planeamento Urbanístico no Júri de seleção do Projeto para a frente urbanística Parque da Cidade.
1986            Promove e coordena o Gabinete do Planeamento Urbanístico da Câmara Municipal do Porto.
1988            Eleito para o Conselho Diretivo da Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa pelo Conselho Científico da Faculdade.
1989            Convidado a participar na Universidade Amiierest, Massachussets no colóquio sobre Arquitetura e Urbanismo, visita à Universidade de Boston, M.I.T. e à Faculdade de Arquitetura de Minneapolis.
1989            Convidado pelo Fórum Portucalense para o Seminário "O Investimento Imobiliário em Portugal" com uma conferência sobre "O Quadro Jurídico do Urbanismo".
1990            Apresenta à Assembleia Municipal do Porto o Plano Geral de Urbanização da Cidade, que é aprovado por todos os partidos políticos, sem votos contra.
1990             A convite da Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa apresenta o Plano Geral de Urbanização do Porto integrando um ciclo de conferências e debates sobre metodologia, alcance e concretização de Planeamento Urbanístico.
1993/94        Aprovado o PGU/PDM do Porto, é premiado pela “Commission Européenne” e pelo “Conseil Europeen des Urbanistes” na atribuição dos “Prix Europeens de Planification Urbaine et Regionale”.
Desde 1990 Consultor Permanente na orientação dos estudos de Planeamento Urbano e Regional da CPU Consultores e nesta qualidade orientou os seguintes planos:
                 - Plano Diretor Municipal da Covilhã
                 - Plano Estratégico da Grande Covilhã (eixo TCT)
                 - Plano Diretor Municipal de Ferreira do Alentejo
                 - Plano de Urbanização da Grande Covilhã (eixo TCT)
                 - Plano de Pormenor da zona do Aeródromo da Covilhã
                 - Plano Intermunicipal de Ordenamento da Ria de Aveiro
 
 
devida vénia  a Associação dos Arquitectos Urbanistas Portugueses
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

bioucas ps.jpg

 

 

Inclino-me mais para a 2ª possibilidade.

 

ma

 
 
 
 
 


publicado por porabrantes às 17:43 | link do post | comentar

Domingo, 08.11.15

 

 

Para a Maria João Cavilhas , que está no Sardoal

 

 

A Sónia Leitão faz um excelente artigo sobre o Bairro Ferroviário do Entroncamento, risco de Cottinelli Telmo e doutro importante arquitecto.

O Presidente da CM do Entroncamento salienta a necessidade de preservar o Bairro.

Excelente.

cotinelli telmo.png

Sabem o que fez a edilidade abrantina à única obra deste arquitecto, nesta cidade?

cotinelli abrantes.png

devida vénia a monumentos pt

 

Quem era o presidente? Calculo, mas não fui ao arquivo. Só me lembro do

duarte_castel_branco.jpg

ter gasto vária lista de injúrias contra o autor

 

 A conhecida ex-avençada Paredes Cardoso teorizou sobre a obra de Telmo no Entroncamento mas nunca descobriu o que ele tinha feita no Largo da Feira. 

 

A família assinou mais projectos cá no burgo

 

Através da wikipedia confirmo o que me disse Duarte de Ataíde Castel-Branco, podia haver um armazém na estação do Rossio assinado por ele

telmo estação abrantes.png

 

 Será isto????

armazem de víveres rossio cp

 

 

Abrantes_01.jpg

 

Este armazém foi modernizado e a foto é de 2013, o armazém devia ser como este de Santa Eulália

santa eulália estação.jpg

 

foto de António Joaquim Teixeira da Silva no Blogue Selvagem Texas onde há grandes fotos e um bom post sobre esta estação

Já nada resta de Cottinelli Telmo cá no burgo. Como bem diz, o meu amigo Artur Falcão, temos o que merecemos.

ma

tudo o que sei do Cotinelli deve-se a José Augusto França, bem como o Tomás Taveira, no intervalo de contar o filme Taxi Driver, também falou dele. A Maria João já não se lembra. Tudo o que sei do PRD foi ela que me contou e não é pouco. Hoje além da memória enciclopédica do Prof. França (93 primaveras e novo livro), a bíblia é a obra da minha cara Margarida Accaiouli .....

Entre tomar notas pró post e confirmar o apelido genovês da nobre descendente dos mercadores que chegaram à Madeira, no dezasseis, e alguns derivaram a Vila Viçosa, descobri o orçamento das obras de Santa Maria de Castelo em 1940....., já não é pouco.....

Se a Esquerda nomeasse a Margarida, Ministra da Cultura, não sabe o bem que fazia a Portugal

(1) Falta explicar a relação de Diogo Oleiro com a Gazeta dos Caminhos de Ferro...

 



publicado por porabrantes às 18:54 | link do post | comentar

Segunda-feira, 26.10.15

bunker prop.png

Ou seja a edilidade além de lhes contratar o bunker,

bunker aérea.jpg

ARX foto

 

também-lhe lhes subsidiou o  livro de propaganda

 

pelo que vi a despesa parece não figurar no portal de contratos públicos

 

recordo que gastaram 6.000 € numa coisa semelhante com Carrilho da Graça

 

A Oposição ficou calada.

 

Recordo que tendo depositada no Arquivo Eduardo Campos o espólio deste homem

duarte_castel_branco.jpg

a quem Candeias da Silva omitiu o curriculum anti-fascista no artigo necrológico da Zahara, não mexeram um dedo para divulgar a sua obra.

 

O Silva fica para outro dia.

 

ma

 

foto: as Beiras

 

 

 

 

  



publicado por porabrantes às 13:42 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Duarte Castel-Branco mand...

Dois anos depois

O Convento de S. Domingos...

O Serrano agradece aos ze...

Duarte Castel-Branco e as...

Mas o Conde também é arqu...

Foi derrubado Henrique Au...

Andou mal o Zé Bioucas ou...

A destruída obra de Cotti...

A propaganda no bunker

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diogo oleiro

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds