Quinta-feira, 23.11.17

Uma das empresas do chamado universo Lena foi executada numa acção metida no Juízo Cível local de Abrantes. O montante da dívida é superior a meio milhão de euros.

Entre os exequentes a Senhora Eng. Fernanda Sá Barbosa, aqui abordada pelo Jornal de Notícias pela sua actividade empresarial. 

 

A Lena Imobiliária II já teve outros nomes:

2001 - Abrantina - Investimento Imobiliário, S. A.
2008 - Lena Abrantina - Imobiliária S.a
2012 - Lena Imobiliária Ii, S.a

 

 

Ficamos a aguardar ansiosos que o ''Jornal de Abrantes'' nos conte a história, com a objectividade do costume.

ma

 

Executado: Lena Imobiliária II, Sa
Exequente: Maria de Fátima Moreira de Miranda
Exequente: Fernanda Maria Ferreira de Sá Barbosa
Exequente:
Exequente: Ilidio Martins de Oliveira e Silva
Exequente: Edgar Manuel Martins de Oliveira e Silva  
Exequente: Miguel Duarte Miranda Pimenta
Exequente: Rosa Lidia Gaspar da Silva Neto Oliveira
Exequente: Hermes Manuel de Sousa Pimenta

 

 

Juízo Local Cível de Abrantes 717/17.0T8ABT

Valor:
561 058,80 


publicado por porabrantes às 13:30 | link do post | comentar

Terça-feira, 07.11.17

(...) “O justificativo montado pelo arguido Carlos Santos Silva passava pelo aproveitamento de um terreno, sito em Angola, pertença de uma sociedade do Grupo Lena, para montar um pretenso contrato promessa de compra e venda do mesmo.” Oito milhões de euros seriam o alegado sinal, seguido de um alegado incumprimento e perda do sinal pago. Barroca celebraria com a XLM, de Santos Silva, “pretensos contratos de prestação de serviços, em igual montante”.(....)

 

 

Ou as prodigiosas aventuras do Joaquim Barroca

 

Leia o artigo de Marlene Carriço no Observador

 

ma



publicado por porabrantes às 21:34 | link do post | comentar

Sexta-feira, 22.09.17

''

Na "Operação Marquês", o ex-primeiro-ministro José Sócrates está indiciado por corrupção, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais, num processo que investiga crimes económico-financeiros e que tem 25 arguidos: 19 pessoas e seis empresas, quatro das quais do Grupo Lena.

Entre os arguidos estão Armando Vara, ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos e antigo ministro socialista, Carlos Santos Silva, empresário e amigo do ex-primeiro-ministro, Joaquim Barroca, empresário do grupo Lena, João Perna, antigo motorista de Sócrates, Paulo Lalanda de Castro, do grupo Octapharma, Henrique Granadeiro e Zeinal Bava, ex-administradores da PT, Ricardo Salgado, ex-presidente do BES, o advogado Gonçalo Trindade Ferreira e os empresários Diogo Gaspar Ferreira e Rui Mão de Ferro e o empresário luso-angolano Hélder Bataglia.''

 

No Diário de Notícias

 

O Joaquim Barrocas Rodrigues além de deter parte significativa duma holding accionista de referência da folha e da rádio oficiosa é grande amigalhaço do 44

455193.png

 



publicado por porabrantes às 11:09 | link do post | comentar

Quinta-feira, 14.09.17

A CMA aprovou a venda para  do lote I16 (valor de 1250 euros), à Treciver – Gestão Ambiental, S.A.

Quem é que estava em 2012 no Conselho de Administração? O ex-Vereador PS Júlio Bento.

Como dizia o Zé Bioucas ceder terrenos a preço da chuva é má política.

Como sabe a cacique a propósito do seu ''amigo'' Alves.

A Treciver faz parte do grupo Lena, para variar.

Ouvimos ontem a maior parte do debate e não ouvimos uma palavra dos candidatos ao honrado Bento e à Lena.

Coisa estranha.

A Treciver dedica-se ao armazenamento e tratamento de resíduos

Já era má política ter uma empresa destas no centro de Alferrarede, é pior política deixá-la expandir-se...

A isto a oposição parece que não disse nada.

Só para verem alguns dos resíduos a tratar, vejam aqui

mn



publicado por porabrantes às 20:52 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.08.17

gerente.png

O Grupo Lena, cujos vultos tutelares aqui, efusivos, confraternizam com o ex-detido 44, é um dos grandes devedores à Caixa diz o Observador

Sobre o Barrocas vinha fresco o Expresso....

A herança do Grupo Lena nesta terra é pesada, incluindo com consequências ambientais perigosas.

Já me chateia escrever sobre este tema, mas escreve-se, é serviço público.

martins sol.png

Requerimento do deputado José Eduardo Martins na Assembleia

Que tal ler isto?.

Não tem nada a ver com o assunto?

Isto anda tudo ligado.

A ligação dos de Santa Catarina da Serra ao Sócrates, era a coluna vertebral do regime socrático.

E a política abrantina andou cheia de coisas semelhantes.

Benta história.

Sobre o assunto, para não citar Mário Semedo, leia este artigo do dr. Eurico, que em boa hora o nosso colega '' Coluna Vertical'' repescou.

ma 

devida vénia ao Observador



publicado por porabrantes às 10:54 | link do post | comentar

Segunda-feira, 05.06.17

A jornalista Joana Santos fez este relatório  de mestrado e diz assim:

 

antigo.png

O jornal mais antigo é o Açoriano Oriental que foi fundado em 1835

 

A jornalista, citando Alves Jana, diz que  a RAL foi comprada pela Media-ON

 

Acontece que foi comprada pela Media-ON e pelo Arquitecto Albano Santos

albano santos desengravatado.jpg

Naturalmente a culpa do lapso não é da Joana, mas do Jana, que omitiu o pormenor, que indicia a ligação conhecida de certos interesses locais a quem todos sabemos

 

Mas o relatório  é muito interessante porque nos mostra como funciona por dentro a Antena Livre e o Jornal...

 

E a Joana tece críticas:

 

A única jornalista full-time tem de tratar das mulheres a dias, e receber os assinantes (coisa que a Joana diz que vai contra o Estatuto dos Jornalistas)

 

No que respeita à rádio...

 

Não havia vontade de inovar e grande dependência dos gabinetes de assessoria de imprensa das autarquias

 

dependência autarquias.png

Critica a falta de manutenção dos equipamentos, que chega a pormenores caricatos

máquina.png

 

 No que respeita ao jornal :

 

As imagens inseridas são muitas vezes enviadas pelos ''célebres'' gabinetes de assessoria das autarquias, ''caçadas'' na internet e não há às vezes preocupação pelos direitos de autor

créditos.png

Quais eram as fontes do Jornal de Abrantes? O poder.......

fontes.png

Há críticas sérias e assertivas, designadamente ao pouco interesse da administração do Grupo Lena pelo jornal...

Também há críticas aos horários de trabalho.....

E há há um caso exemplar, a Joana narra como chegou a denúncia da alegada ''violação''  bombeiral (que hoje sabemos não ter existido), e como houve medo de investigar o caso.

bombeiral.png

 Tudo isto neste relatório de final de Mestrado, que merece sérios elogios

relatório.png

 e cuja leitura se recomenda.

ma 

       



publicado por porabrantes às 08:39 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.03.17

biblia.png

A Lena de que o doutorado por Badajoz, Joaquim Paulo da Conceição, é boss, atreveu-se a processar Paulo Morais, que durante as presidenciais, denunciou os favores alegadamente concedidos pelo arguido Pinto de Sousa ao conglomerado de Santa Catarina da Serra, cujas ramificações se estendem até ao Jornal de Abrantes.

O TIC de Lisboa mandou arquivar a causa e o grupo recorreu para a Relação de Lisboa, que confirmou a decisão recorrida.

Esta gentinha não tem emenda.

morais.png

devida vénia ao Expresso.

ma  



publicado por porabrantes às 10:41 | link do post | comentar

Sábado, 11.03.17

biblia.png

19908115_f4evS.png

lena expresso.png

Rui Gustavo e Micael Pereira, hoje no Expresso, com a devida vénia.

 

Também a Lena e o Barroca são arguidos.

 

É segundo o semanário do dr.Balsemão o ''processo do século'' ou a acusação mais grave feita a um político luso, vender-se por uma copiosa soma de dinheiro.

 

Face à acusação do MP, que o jornal diz iminente, o PS está calado, quando qualquer partido da Europa civilizada já teria expulso José Sócrates.

 

Quanto aos outros partidos, cabe-lhes fazer uma séria reflexão, como é que a corrupção sistémica do regime....desembocou nisto.

 

Nesta terra onde tanta negociata girou à volta do Grupo Lena, também há conclusões a tirar.

 

ma  



publicado por porabrantes às 15:09 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.02.17

ja.png

O MP avança na desmontagem da rede de corrupção que alegadamente corrompeu José Sócrates, diz Marina Oliveira no Público

 

Dois dos referidos pelo Público são referidos no site da Antena Livre, como detentores de participações de relevo no  grupo que  controla a Media-ON

 

Na  Lena Comunicação SGPS, S.A que detém 75% do capital da rádio e do boletim propagandístico, Carlos Santos Silva  detém 17,5% .

 

O célebre Barroca da pulseira electrónica tem outras participações. O esquema é este:

''Detentores de Capital

Lena Comunicação SGPS, S.A. 75%

Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda. 25%

A Lena Comunicação SGPS, S.A. é detida em 68,5% pela Lena SGPS, S.A., em 14% por Francisco Manuel Gameiro Rebelo dos Santos e em 17,5% por Carlos Manuel dos Santos Silva. A Lena SGPS, S.A. é detida em 10% pela Lena Engenharia e Construções, S.A. e em 90% pela Always Special SGPS, S.A.. A Lena Comunicação SGPS, S.A., detem 69,94 % da Editorial Jornal da Bairrada, Lda. e 75% da Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda.

A Always Special, SGPS, S.A. é detida em 38,76% por António Barroca Rodrigues, em 38,76% por Joaquim Barroca Vieira Rodrigues e em 19,5% por Fátima Barroca Rodrigues. A Lena Engenharia e Construções, S.A. é detida em 100% pela Lena Engenharia e Construções SGPS, S.A. e esta por sua vez é detida em 100% pela Lena SGPS, S.A.

A Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda. é detida em 75% pela Lena Comunicação, SGPS, S.A. E 25% por António Barroca Rodrigues. A Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda., detém 12,56% da Editorial Jornal da Bairrada, Lda.

Francisco Manuel Gameiro Rebelo dos Santos detém 50% da Bom Senso – Aconselhamento de Mercado, Lda., proprietária do jornal da batalha e 20% Legenda Transparente, Lda., proprietária do jornal do centro.''

 

do site da Antena Livre.

 

ma

 .

 

 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 10:33 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.12.16

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial-INPI- recusou à Jortejo, Lda, empresa detentora do título ''O Ribatejo'', de que é sócio Armando Fernandes, o registo do título ''Jornal de Abrantes'' em 2009 ....como marca

 

2009.png

Este título tinha sido adquirido por 1 euro à empresa Jornal de Abrantes, LDA, pela Media On, Lda (do Grupo Lena) que também chegou a ter uma posição maioritária na Jortejo,Lda.

Foi primeiro director do jornal de 1 euro....Alves Jana

ma  



publicado por porabrantes às 22:31 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Lena Imobiliária II execu...

Da Urbanização dos Plátan...

Bosses do Jornal de Abran...

Negócios da CMA com a Len...

Dona da Antena Livre entr...

Como funciona a Imprensa ...

Lena esmagada na Relação ...

Gerente do Jornal de Abra...

Patrões da Rádio Oficiosa...

INPI recusa marca ''Jorna...

arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds