Segunda-feira, 07.08.17

gerente.png

O Grupo Lena, cujos vultos tutelares aqui, efusivos, confraternizam com o ex-detido 44, é um dos grandes devedores à Caixa diz o Observador

Sobre o Barrocas vinha fresco o Expresso....

A herança do Grupo Lena nesta terra é pesada, incluindo com consequências ambientais perigosas.

Já me chateia escrever sobre este tema, mas escreve-se, é serviço público.

martins sol.png

Requerimento do deputado José Eduardo Martins na Assembleia

Que tal ler isto?.

Não tem nada a ver com o assunto?

Isto anda tudo ligado.

A ligação dos de Santa Catarina da Serra ao Sócrates, era a coluna vertebral do regime socrático.

E a política abrantina andou cheia de coisas semelhantes.

Benta história.

Sobre o assunto, para não citar Mário Semedo, leia este artigo do dr. Eurico, que em boa hora o nosso colega '' Coluna Vertical'' repescou.

ma 

devida vénia ao Observador



publicado por porabrantes às 10:54 | link do post | comentar

Segunda-feira, 05.06.17

A jornalista Joana Santos fez este relatório  de mestrado e diz assim:

 

antigo.png

O jornal mais antigo é o Açoriano Oriental que foi fundado em 1835

 

A jornalista, citando Alves Jana, diz que  a RAL foi comprada pela Media-ON

 

Acontece que foi comprada pela Media-ON e pelo Arquitecto Albano Santos

albano santos desengravatado.jpg

Naturalmente a culpa do lapso não é da Joana, mas do Jana, que omitiu o pormenor, que indicia a ligação conhecida de certos interesses locais a quem todos sabemos

 

Mas o relatório  é muito interessante porque nos mostra como funciona por dentro a Antena Livre e o Jornal...

 

E a Joana tece críticas:

 

A única jornalista full-time tem de tratar das mulheres a dias, e receber os assinantes (coisa que a Joana diz que vai contra o Estatuto dos Jornalistas)

 

No que respeita à rádio...

 

Não havia vontade de inovar e grande dependência dos gabinetes de assessoria de imprensa das autarquias

 

dependência autarquias.png

Critica a falta de manutenção dos equipamentos, que chega a pormenores caricatos

máquina.png

 

 No que respeita ao jornal :

 

As imagens inseridas são muitas vezes enviadas pelos ''célebres'' gabinetes de assessoria das autarquias, ''caçadas'' na internet e não há às vezes preocupação pelos direitos de autor

créditos.png

Quais eram as fontes do Jornal de Abrantes? O poder.......

fontes.png

Há críticas sérias e assertivas, designadamente ao pouco interesse da administração do Grupo Lena pelo jornal...

Também há críticas aos horários de trabalho.....

E há há um caso exemplar, a Joana narra como chegou a denúncia da alegada ''violação''  bombeiral (que hoje sabemos não ter existido), e como houve medo de investigar o caso.

bombeiral.png

 Tudo isto neste relatório de final de Mestrado, que merece sérios elogios

relatório.png

 e cuja leitura se recomenda.

ma 

       



publicado por porabrantes às 08:39 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.03.17

biblia.png

A Lena de que o doutorado por Badajoz, Joaquim Paulo da Conceição, é boss, atreveu-se a processar Paulo Morais, que durante as presidenciais, denunciou os favores alegadamente concedidos pelo arguido Pinto de Sousa ao conglomerado de Santa Catarina da Serra, cujas ramificações se estendem até ao Jornal de Abrantes.

O TIC de Lisboa mandou arquivar a causa e o grupo recorreu para a Relação de Lisboa, que confirmou a decisão recorrida.

Esta gentinha não tem emenda.

morais.png

devida vénia ao Expresso.

ma  



publicado por porabrantes às 10:41 | link do post | comentar

Sábado, 11.03.17

biblia.png

19908115_f4evS.png

lena expresso.png

Rui Gustavo e Micael Pereira, hoje no Expresso, com a devida vénia.

 

Também a Lena e o Barroca são arguidos.

 

É segundo o semanário do dr.Balsemão o ''processo do século'' ou a acusação mais grave feita a um político luso, vender-se por uma copiosa soma de dinheiro.

 

Face à acusação do MP, que o jornal diz iminente, o PS está calado, quando qualquer partido da Europa civilizada já teria expulso José Sócrates.

 

Quanto aos outros partidos, cabe-lhes fazer uma séria reflexão, como é que a corrupção sistémica do regime....desembocou nisto.

 

Nesta terra onde tanta negociata girou à volta do Grupo Lena, também há conclusões a tirar.

 

ma  



publicado por porabrantes às 15:09 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.02.17

ja.png

O MP avança na desmontagem da rede de corrupção que alegadamente corrompeu José Sócrates, diz Marina Oliveira no Público

 

Dois dos referidos pelo Público são referidos no site da Antena Livre, como detentores de participações de relevo no  grupo que  controla a Media-ON

 

Na  Lena Comunicação SGPS, S.A que detém 75% do capital da rádio e do boletim propagandístico, Carlos Santos Silva  detém 17,5% .

 

O célebre Barroca da pulseira electrónica tem outras participações. O esquema é este:

''Detentores de Capital

Lena Comunicação SGPS, S.A. 75%

Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda. 25%

A Lena Comunicação SGPS, S.A. é detida em 68,5% pela Lena SGPS, S.A., em 14% por Francisco Manuel Gameiro Rebelo dos Santos e em 17,5% por Carlos Manuel dos Santos Silva. A Lena SGPS, S.A. é detida em 10% pela Lena Engenharia e Construções, S.A. e em 90% pela Always Special SGPS, S.A.. A Lena Comunicação SGPS, S.A., detem 69,94 % da Editorial Jornal da Bairrada, Lda. e 75% da Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda.

A Always Special, SGPS, S.A. é detida em 38,76% por António Barroca Rodrigues, em 38,76% por Joaquim Barroca Vieira Rodrigues e em 19,5% por Fátima Barroca Rodrigues. A Lena Engenharia e Construções, S.A. é detida em 100% pela Lena Engenharia e Construções SGPS, S.A. e esta por sua vez é detida em 100% pela Lena SGPS, S.A.

A Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda. é detida em 75% pela Lena Comunicação, SGPS, S.A. E 25% por António Barroca Rodrigues. A Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda., detém 12,56% da Editorial Jornal da Bairrada, Lda.

Francisco Manuel Gameiro Rebelo dos Santos detém 50% da Bom Senso – Aconselhamento de Mercado, Lda., proprietária do jornal da batalha e 20% Legenda Transparente, Lda., proprietária do jornal do centro.''

 

do site da Antena Livre.

 

ma

 .

 

 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 10:33 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.12.16

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial-INPI- recusou à Jortejo, Lda, empresa detentora do título ''O Ribatejo'', de que é sócio Armando Fernandes, o registo do título ''Jornal de Abrantes'' em 2009 ....como marca

 

2009.png

Este título tinha sido adquirido por 1 euro à empresa Jornal de Abrantes, LDA, pela Media On, Lda (do Grupo Lena) que também chegou a ter uma posição maioritária na Jortejo,Lda.

Foi primeiro director do jornal de 1 euro....Alves Jana

ma  



publicado por porabrantes às 22:31 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16.09.16

''Joaquim Paulo admitiu que os 8 milhões de euros que foram recebidos do contrato de promessa, se destinariam apenas a transitar pela Lena, com destino ao Sr. Carlos Santos Silva, razão pela qual o Sr. Joaquim Barroca queria que o depoente fizesse um novo contrato com a XLM no valor de 5 milhões de euros"

"Explicou a actividade que conheceu à XLM e as questões que suscitou dentro do Grupo sobre a razão de ser dos pagamentos à mesma, uma vez que para si tal sociedade correspondia à pessoa do Eng. Carlos Santos Silva"

A versão de Joaquim Paulo apresentada ao Ministério Público contraria os depoimentos de Santos Silva e Joaquim Barroca. Ambos garantiam que os trabalhos efetuados pela XLM, empresa do amigo de Sócrates, eram reais. Desmentiram também a passagem de dinheiro do GES para o universo do amigo de José Sócrates. Falavam mesmo em prémios de gestão que teriam sido entregues ao então administrador do grupo.''

 

dos autos do processo segundo o ''Correio da Manhã'

 

mentiu ou disse a verdade?

 

O CM diz que depôs como arguido, e o C.Penal garante ao arguido o direito a mentir e isso não pode ser usado contra ele ....

 

Coitadinho, afinal começou por baixo...

 

ma

 

 



publicado por porabrantes às 20:50 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.08.16

Joaquim Paulo  Conceição, gerente da Media-On, dona do Jornal de Abrantes e da Antena Livre,  e gestor de topo da Lena, chega a tribunal graças ao envolvimento de várias empresas do universo Lena no caso Sócrates

 

conceição.png

leia o artigo todo no Diário de Notícias, que diz que o homem, que é fotografado com a Santa Bíblia, passou de arguido a testemunha. O artigo é de Carlos Rodrigues de Lima.

 

Bolas, que tem a Bíblia a ver com isto?

 

Dada a sede da empresa, devia fazer-se fotografar-se com um icone luminoso da Virgem de Fátima

fátima 1929.jpg

A Rentlei fora objecto de buscas judiciais a 15 de Julho, diz o Sol. .Também o foi o escritório de advogados  '' Lima, Serra, Fernandes'' sociedade que é detida, entre outros, por João Abrantes Serra,'' ex-administrador da Abrantina do Grupo Lena''.

 

mn



publicado por porabrantes às 12:29 | link do post | comentar

Quinta-feira, 14.07.16

img_757x426$2016_07_13_23_48_46_551338.jpg

Mulher de ex-ministro suspeita de lavar dinheiro de Sócrates
Ana Bessa, casada com Pedro Silva Pereira, recebeu 100 mil euros do Grupo Lena.
 
 
 
'' MP diz que passavam facturas falsas para obter milhares para ex-governante», escreve o Correio da Manhã''
 
Revista de Imprensa da Bola
 
O Doutor Pedro S.Pereira é agora eurodeputado e foi Ministro da Presidência, em dois governos socráticos.
 
 
Seria de agradecer que se auto-suspendesse do Parlamento Europeu, até que o caso da Ana Bessa fosse esclarecido.
 
A Ana Bessa está nesta galeria de fotos da LUX  no velório do irmão do Pinto de Sousa, também está o Lacão e a mãe do ex-primeiro-ministro.
 
 
 

bessa.png

Entretanto saiu hoje o jornal da Lena, garantido que Abrantes é muito desenvolvida, mas sem contar nada da Ana Bessa, ora essa?

 

ma



publicado por porabrantes às 09:52 | link do post | comentar

Quarta-feira, 11.05.16

 :: Diário Municipal ® (Revista de Imprensa)

» Voltar ao Início

:: Abrantes: Jortejo transforma centenário Jornal de Abrantes em mensário regional gratuito 09-04-2009 Abrantes, Santarém, 9 Abr (Lusa) - Foi lançada hoje a primeira edição do centenário 'Jornal de Abrantes',um semanário transformado em mensário gratuito pela empresa Jortejo, do Grupo Lena Comunicação, nova proprietária do título.

DICO : 1401

 

Alves Jana, o director, disse à agência Lusa que o 'Jornal de Abrantes' tem uma tiragem de 15 mil exemplares, com "distribuição gratuita porta a porta" pelos concelhos de Abrantes, Mação, Sardoal, Constância e Vila nova da Barquinha, e que "pretende prestar atenção à vida nas suas várias dimensões, sobretudo nos ritmos de médio prazo, com uma aposta traduzida num jornalismo de proximidade". "Com a edição de hoje, este é o jornal mais novo e simultâneamente o mais antigo da região de Abrantes, com uma estrutura empresarial sólida, que permite conjugar o respeito da tradição secular de serviço do jornal com a renovação da sua imagem e do seu dinamismo", afirmou. A propriedade é da Jortejo, uma empresa do Grupo Lena, já detentora no distrito de Santarém do jornal 'O Ribatejo' e do mensário 'Negócios & Notícias', onde será feita a paginação do jornal, e também "alguns acertos que enquadrem a produção do mensário no conjunto dos títulos aí produzidos". Segundo disse Alves Jana, "este não será um jornal de actualidade fina, para isso existem os semanários e também a rádio (Antena Livre, também pertença do grupo), e nesta primeira edição não teremos ainda um número de arromba, mas uma edição que pretendemos normal, trazendo, no entanto, um trabalho mais desenvolvido dedicado às festas de Constância". "Os assinantes também vêm os seus interesses salvaguardados e até reforçados pois a partir de hoje passam a receber dois jornais. O renovado Jornal de Abrantes, agora em edição mensal, e o semanário O Ribatejo, jornal de âmbito distrital, com o mesmo preço de assinatura e com o compromisso deste último reforçar a sua informação semanal sobre a zona servida pelo Jornal de Abrantes", afirmou o responsável. Joaquim Duarte, director-geral da Jortejo disse hoje à Lusa que este é um projecto que "assenta essencialmente na publicidade, com uma tiragem mensal e gratuita de 15 mil exemplares distribuídos por Abrantes, pelos concelhos limítrofes e pelas superfícies comerciais, chegando assim a muito mais pessoas e localidades". "Temos uma estrutura sólida e com equipas alargadas que nos permitem 'inventar' modalidades de negócio que ainda não estão no terreno, e entendemos trabalhar a viabilização do título porque o mesmo se integrava no âmbito do que já fazíamos", afirmou. "A Jortejo, a rádio Antena Livre, o Ribatejo ou o Jornal de Abrantes são todos filhos do mesmo dono - a Lena Comunicação", disse Joaquim Duarte, afirmando que o facto "facilita uma gestão conjunta dos vàrios projectos, num mesmo e único edifício". Segundo disse Alves Jana, a redacção onde funcionava o 'Jornal de Abrantes' "já foi transferida para o mesmo edifício onde está instalada a rádio 'Antena Livre', mantendo os antigos funcionários do jornal, que incluem uma jornalista (que assegura também a delegação de 'O Ribatejo'). "É natural que haja uma colaboração na redacção do jornal com a Antena Livre, mas são responsabilidades diferentes. O mesmo se passa com O Ribatejo. Temos que aprender a trabalhar em conjunto e a tirar algumas proveito de sinergias a construir", afirmou. José Eduardo Alves Jana, o novo director do Jornal de Abrantes, é professor aposentado, depois de 35 anos de serviço no ensino básico e secundário e no ensino superior. Colaborador regular na imprensa regional, é ainda animador cultural e dirigente associativo de longa data. MYF. Lusa/Fim

 

 

Estas declarações de Alves Jana e do Duarte do Ribatejo significam várias coisas: ambos iam trabalhar num projecto ''jornalístico'' que tinha um dono: a Lena.

 

Sabemos o que é a Lena cá na terra.

 

E portanto o dono visível do projecto do Jana & Duarte era a Lena do arguido   Barroca Rodrigues e ao projecto estava aparentemente associado o Armando Fernandes porque que tinha uma quota no Ribatejo.

 

 

Também sabemos que o Jana disse que o projecto não era de ''actualidade fina'' ou seja era de actualidade grosseira.

 

Também sabemos que o projecto inicial faliu  e que o Ribatejo anda noutra.

 

Agora que hoje o dr.Alves Jana venha resmungar a dizer que os jornais morrem porque não há publicidade, significa que o projecto do homem fez flop.

 

E entre outras coisas terminou com o dono com pulseira electrónica.  E terminará com o dono julgado. Entretanto a Câncio vem hoje nos jornais lavar a roupa suja.

 

A gaja não aprendeu com a Isilda, que disse nos jornais '' que a roupa suja não se lava em público'', quando foi da crise do Albano Santos. 

 

ma  

 

 



publicado por porabrantes às 22:33 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Dona da Antena Livre entr...

Como funciona a Imprensa ...

Lena esmagada na Relação ...

Gerente do Jornal de Abra...

Patrões da Rádio Oficiosa...

INPI recusa marca ''Jorna...

Coitadinho, começou por b...

Gestor da Media-ON no Tri...

Ana Bessa, ora essa?

A Câncio não aprendeu com...

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diogo oleiro

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds