Quarta-feira, 26.07.17

maçao fogo.png

Vice-Presidente do Mação acusa Governo actual e anteriores de responsabilidades na tragédia do Mação

ver aqui

Imagens impressionantes no Público

 

20264600_1601832833222787_3054024770521988809_n.jp

Entretanto Marcelo foi ao Mação (foto roubada ao amigo António Colaço) e a Senhora Ministra continua sem se demitir  ...

O que a ''estadista'' merece é ser responsabilizada, ela e o Estado, nos tribunais.

ACosta_Macao.jpg

(Foto Trilho da Floresta)

Entretanto em  2016, lá por Abril, o Costa, escoltado pelo Capoula Santos, tinha ido ao Mação, no Dia Mundial da Floresta e bradou, com a insustentável leveza dum betinho que não sabe distinguir entre uma azinheira e um sobreiro, ''Hoje, temos um sistema de prevenção mais robusto. Hoje, temos um sistema de combate mais robusto. Mas aquilo que temos de ter, sobretudo, é uma floresta mais robusta, mais resiliente ao fogo e por isso mais suscetível de criar riqueza''.

 

Está-se mesmo a ver o sistema de combate ''mais robusto'', com  64 cadáveres calcinados em Pedrógão e com o centro do país devastado e com mais de uma dezena de boys, com cartão partidário na algibeira, espalhando o caos na Protecção Civil.

 

O Centro do País vai arder mais, designadamente nos distritos de Coimbra, Leiria, Viseu, Castelo Branco e Santarém. Estes distritos foram sacrificados à monocultura eucalipteira e entregues ao latifúndio das celuloses que controlam mais de 200.000 hectares de terra, quando a Constituição estabelecia a Reforma Agrária como princípio de política de ordenamento agrícola.

 

Diz Henrique Pereira dos Santos,  que os fogos são inevitáveis, mas que é preciso saber geri-los atempadamente. É actualmente o académico que melhor entendeu o problema e acusa uma série de interesses interligados, das autarquias aos bombeiros, de quererem manter esta situação e de fugirem da prevenção, como o Diabo foge da Cruz..... 

 

(....) Há uma responsabilidade da Administração Interna e obviamente das autarquias, porque isto tem na base uma aliança entre os corpos de bombeiros e as autarquias para manter esta situação, que recusam qualquer tipo de profissionalização, que recusam qualquer integração entre combate e prevenção. Aí há uma responsabilidade claríssima do poder autárquico e dos órgãos de bombeiros”, indicou.

“Quando há um secretário de Estado da Administração Interna que resolve dizer que ‘o fogo é imprevisível, o que há é uns académicos que têm umas teorias sobre isso’, é evidente que tem responsabilidade. Porque está a dizer que descarta o conhecimento que existe sobre a gestão de fogo porque acha que o problema é imprevisível. É a mesma coisa que a Assunção Cristas andar a rezar a Nossa Senhora por causa da seca“, criticou também.

E concluiu: “O senhor presidente da liga dos bombeiros há 30 anos que anda a dizer disparates sobre fogos e a manter esta situação e a lutar desesperadamente por esta situação em que os corpos de bombeiros vivem à conta do Estado.” (...)

 

ler a entrevista ao ECO, um novo jornal muito aconselhável  

 

mn



publicado por porabrantes às 11:27 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17.07.17

vale de açor 1 fábio.jpg

vale de açor 2 sara fábio dias.jpg

vale de açor 3.jpg

 Imagens do fogo de Vale de Açor e a acção dos valentes Bombeiros de Alpiarça.

Fotos metidas no face por Sara Fábio Dias reproduzidas com a devida vénia.

 

Estamos fartos de ouvir os sábios explicarem que os eucaliptos ardem pouco....

 

abrantes v.g. hugo pereira 2016.jpg

mais eucaliptos a arder, era 2016, imagem de V.G. Hugo Pereira

 

por acaso é mais fácil encontrar imagens de eucaliptos a arder...que de sobreiros

 

ma



publicado por porabrantes às 20:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 14.07.17

chambel 3.png

chambel 1.png

cambel 2.png

leia o artigo todo no Expresso de sábado passado...

 

com a devida vénia

 

ma 



publicado por porabrantes às 23:53 | link do post | comentar

Domingo, 25.06.17

matagal.png

O apelo do Sr.Matos foi ilustrado com estas fotos:

matagal 1.jpg

matagal 2.jpg

matagal 3.jpg

matagal 4.jpg

Se este mato começa a arder é uma tragédia.

mn



publicado por porabrantes às 09:35 | link do post | comentar

louça.png

ler aqui

 

ma



publicado por porabrantes às 08:56 | link do post | comentar

Sábado, 24.06.17

 

Segundo o Plano Municipal de Defesa das Florestas é ao sábado dos meses de Junho a Setembro que há mais fogos....

 

Hoje é sábado

 

A pergunta é: está reforçada ao sábado a protecção civil e os bombeiros?

 

sábado fogos.png

19113978_10207600512970568_4457175803765381229_n.j

ma



publicado por porabrantes às 13:19 | link do post | comentar

Domingo, 18.06.17

avioes.png

 



publicado por porabrantes às 12:03 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16.06.17

19113978_10207600512970568_4457175803765381229_n.j

 foto da Cristina

 

várias dezenas de bombeiros e um meio aéreo estão a combatê-lo

mn



publicado por porabrantes às 15:16 | link do post | comentar

Segunda-feira, 02.01.17

Se olharem para o gráfico abaixo, vão verificar que grande parte das encostas da área rural das freguesias a Norte do Tejo, do nosso desgraçado concelho, é susceptível de se desmoronar a breve trecho

 

susceptibilidade.png

os dados são da CMA e foram publicados pela CCDR Lisboa e Vale do Tejo  (1)

 

desabamentos.png

um exemplo de desabamento nas Fontes

 

desabamento 2.png

Os desabamentos são mais frequentes nas freguesias do Norte devido à sua orografia e porque os incêndios as desflorestaram e deixaram as terras nuas abertas à erosão e porque o modelo de florestação eucalipteira, promovido pelo PS, agrava o problema, como diz o estudo, donde se retiram as gravuras

 

(....)De notar que as áreas de florestas abertas, cortes e novas plantações ocupam cerca de 30% da área do concelho e são as que registam um maior número de deslizamentos superficiais (75% da área instabilizada), seguida das áreas de floresta de folhosas (11%) e florestas de resinosas (6%). Nas restantes classes de uso do solo a representatividade dos deslizamentos superficiais não é significativa. Os resultados podem ser observados no Gráfico 5.(....)

 

in Guia metodológico para delimitação da Reserva Ecológica Nacional em Lisboa e Vale do Tejo
julho de 2015

 

(1)

 

 

Já o ICN  assinalou que depois de terem ardido 2.mil hectares na zona das Fontes  que era urgente reflorestar num espaço de tempo curto.

 

 

Não agir e continuar a plantar eucaliptos só vai agravar o problema e encher os bolsos das Altris

 

ma

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 19:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 12.08.16

Segundo a página da CMA vai haver exercícios militares com fogos reais nos dias'' 26 a 30 de agosto, terá lugar na Área Militar de S. Lourenço (zona contígua ao Quartel de S. Lourenço) ''

 

 

Das manobras consta ''

 

Durante esta atividade serão efetuados disparos com armas de fogo, rebentamentos de dispositivos pirotécnicos e movimentos apeados, diurnos e noturnos na área circundante.

As atividades mais significativas ocorrerão nas datas e horas que se seguem:

...

26ago16 (sexta-feira) – entre as 08H30 e as 22H00 – Deslocamentos de pessoal apeado e viaturas, com possibilidade de ocorrência de disparos;

27ago16 (sábado), entre as 08H30 e as 21H00 – Deslocamentos de pessoal apeado, com possibilidade de ocorrência de disparos, na área compreendida entre as localidades de Abrançalha, Carvalhal, Souto, Aldeia do Mato, Carreira do Mato e Cidade de Abrantes; Entre as 21H00 e as 06H00 de 28ago16 – Disparos de arma de fogo, focos de luz e rebentamentos de dispositivos pirotécnicos;

28ago16 (domingo) – entre as 22H00 e as 02H00 – Deslocamentos de pessoal apeado, com possibilidade de ocorrência de disparos, na Área Militar de S. Lourenço (zona contígua ao Quartel de S. Lourenço);

29ago16 (segunda-feira) – entre as 22H00 de 29ago16 e as 02H00 de 30ago16 – Deslocamento Apeado no seguinte Itinerário: S. Lourenço, Abrançalha de Baixo, Abrançalha de Cima, Paul, Sª da Luz, S. Lourenço e NP/RAME.'' na página da CMA

 

 

Pergunta-se na  época em que o país está a arder e em pleno Agosto é sensato fazer ''disparos com armas de fogo, rebentamentos de dispositivos pirotécnicos '' em plena área urbana.????

 

Não devia o Sr.Comandante repensar a situação????

ma



publicado por porabrantes às 12:42 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A ferro e fogo

Os eucaliptos não ardem

O fogo do Tramagal no Exp...

Bomba junta ao Tecnopolo

Medo de apurar responsabi...

Sábado, dia de fogos abra...

Governo recusou aviões de...

Fogo em Rio de Moinhos

O Norte do concelho a des...

Fogos Reais em Época Alta

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds