Domingo, 17.09.17

O blogue Tomar a Dianteira faz uma análise da história do IPT. Arrasadora....

 

Alguns extractos:

 

(...)'' primeiro dirigente máximo foi um respeitável catedrático de extrema-direita já na idade da reforma, com todas as consequências daí resultantes.(...)

 

(...)''foi um fartar vilanagem em termos de contratações. Todas as famílias locais ditas ilustres lá colocaram os seus protegidos. Tanto na liderança, como na docência, como na administração. Seguiu-se o que era previsível. Com um corpo docente que, nos novos tempos entretanto nascidos, até numa secundária seria de segunda ou terceira água, bem como uma oferta de cursos bastante específica pela negativa, o declínio que dura até hoje foi aí que teve origem.(...)

 

''(..)  Recebeu como habitualmente apenas o refugo do refugo. Aqueles candidatos que vêm para Tomar unicamente porque não conseguiram lugar em mais lado nenhum. Triste consolação(....)''

 

no Tomar a Dianteira 3

 



publicado por porabrantes às 11:19 | link do post | comentar

Domingo, 30.04.17

Pacíficos nómadas foram vítimas de tensões étnicas (à facada) no IPT.Cinco pessoas foram vítimas da navaja .

Estamos certos que a pacífica população do Flecheiro estará a aguardar as desculpas do Doutor Pita da Almeida, que entretanto anda metido noutra questão racial, a Embaixada de Portugal no Congo, não o deixa importar estudantes africanos, entre outras razões porque eles poderiam aproveitar a ocasião para irem trabalhar pró ''batiment'' em França.

Voltaremos ao assunto.

Entretanto já corre em Tomar a anedota, a comunidade cigana do Flecheiro é a mais culta de Portugal. É a única onde as navalhas têm frequência universitária.

Para acalmar a situação, observadores alvitram  enviar o Pró-Reitor do IPT para questões internacionais e alto cargo da Unesco, Luiz Oosterbeck, ao Flecheiro para negociar um protocolo de integração racial  com os patriarcas   

oesterbeck.jpg

 E eventualmente oferecer um doutoramento ''honoris causa'' ao patriarca das barracas. Certamente numa Universidade transmontana.

mn

 


tags: , ,

publicado por porabrantes às 15:25 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.01.17

Esta ab.jpg

Há outras novidades no campo judicial, o MP processa a CM da Chamusca, a poluente Fabrióleo anda às avessas com a autarquia de Torres Novas e um prestigiado Sindicato processa o IPT

 

ipt processo.png

as


tags: ,

publicado por porabrantes às 08:28 | link do post | comentar

Quinta-feira, 05.01.17

preta.png

O Tomar com Humor está cada vez melhor, o último post diz que a Senhora Presidente visitou um canil onde tinham baptizado um vira-lata amistoso com o nome de Bruno, por ser muito mansinho......

bruno.png

 Aconselhamos a visita diária a este site.

 

mn

 



publicado por porabrantes às 13:41 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.12.16

O Sr Dr.Pires da Silva ex-Presidente do IPT, vem aproveitando uma merecida reforma para uma valiosa intervenção cívica

 

Primeiro deu conselhos ao caciquismo abrantino, nas pessoas de Maria do Céu e do Vereador da Cultura, Luís Dias, explicando que não se deve vandalizar o património

 

pires da silva.png

Hoje critica nas páginas do Jornal de Tomar a cacique Anabela Freitas que mantém um acordo estratégico com o Bruno Tomás, ainda não denunciado, mas já fracassado, por não valorizar o IPT

pires da silva 2.png

Leia mais no Jornal de Tomar

ma  



publicado por porabrantes às 12:34 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.12.16

O IPT assinou um acordo para a importação de alunos congoleses com o  governo do Congo-Brazza

 

O ex-Ministro das Finanças da República das bananas acaba de ser caçado num esquema de corrupção, em Portugal

 

congo.png

leia o Jornal de Brazza, a quem fazemos a devida vénia

 

o indígena possuia uma mansão em Portugal e tinha umas negociatas com José Veiga!!!!

 

congo 2.png

 

É fiável negociar com países destes????

 

ma



publicado por porabrantes às 12:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.11.16

Luís Mota Figueira, docente do IPT e da Herity, é um dos subscritores da petição contra a visita do argentino Bergoglio, conhecido por Papa Francisco, a Fátima.

Neste momento a petição conta já com 504 subscritores.

O seu texto é o seguinte:

Contra a credibilização do "milagre" de Fatima

Para: Bispo de Leiria, Patriarcado de Lisboa, Nuncio Apostolico, Conferencia Episcopal Portuguesa

Contra a ida do Papa a Fátima para credibilizar o “milagre”

O Papa Francisco anunciou a sua vinda a Portugal em Maio de 2017, para visitar Fátima, o chamado “Altar do mundo”, terra de peregrinação, em honra de Nossa Senhora de Fátima, tendo em vista assinalar e credibilizar o tão propagado “milagre” de Fátima.
Não é possível deixarmos de estranhar tal decisão. Com efeito, o chamado “milagre dos três pastorinhos” não passa de um autêntico embuste, algo que mereceu até hoje a atenção de estudiosos sobre o que realmente aconteceu em Maio de 1917 e sobre o processo contínuo e imparável de exploração religiosa montado sobre tão ingénua encenação.
Quem se informar sobre este caso, fica a conhecer facilmente a forma como os acontecimentos na época foram urdidos, planeados e tramados - entre a dúvida inicial e a posterior complacência da Igreja Católica - numa era de grande obscurantismo cultural e com evidente aproveitamento dessa rústica ignorância.
Não é preciso grande esforço para chegar a esta conclusão, nem grande erudição teológica para analisar o caso. A evidência do logro fica bem clara, bastando, no essencial, ler alguns documentos oficiais e livros de pessoas - algumas assumidamente católicas - com autoridade na matéria sobre o chamado “milagre” de Fátima, para concluir pela sua total inconsistência.
Estão neste caso os livros “Fátima Nunca Mais”-1999 e “Fátima SA”- 2015, ambos do Padre Mário de Oliveira; “Relatório do Administrador do Concelho de Ourém” de Artur de Oliveira Santos, de 1924; “A Religião dos Portugueses” de Frei Bento Domingues; “Fátima Desmascarada” de João Ilharco, 1971; ”O Sol Bailou ao Meio-dia – A Criação de Fátima” de Luís Filipe Torgal, de 2011; e “Na Cova dos Leões” - Cartas ao Cardeal Cerejeira - de Tomás da Fonseca, editado em 1955. Neste, por exemplo, lê-se a seguinte dedicatória do autor: “À memória do íntegro cidadão Artur de Oliveira Santos – que no exercício das suas funções de Administrador do Concelho de Vila-Nova-de-Ourém, muito se esforçou por evitar o embuste de Fátima – principal origem do descrédito e falência moral da Igreja, que o perfilhou e explora, com a repulsa dos cristãos verdadeiros”.
Ora esta vinda do Papa Francisco a Fátima - a pretexto das comemorações dos 100 anos da tremenda impostura a que alguns teimam em qualificar como “milagre”- significa, de certo modo, a credibilização do falso “prodígio”, a ratificação da mentira, a oficialização de um processo ardiloso e inconcebível com objectivos essencialmente políticos, religiosos e económicos, destinado a enganar multidões de crentes desavisados e o povo em geral. Ninguém pode ignorar também a oportunista e florescente “indústria religiosa” que ali está montada.
Esta atitude do Papa Francisco é tanto mais estranha quanto ele tem sido um paladino de humanismo, com posições modernas e progressistas expendidas em diversos domínios, em defesa dos valores da verdade, dignas dos maiores elogios de católicos e não católicos.
Esta sua ratificação de tal secular burla na questão de Fátima - por ser contraditória com a verdade - não se percebe, nem se insere na sua já notória causa de combate aos momentos menos claros e erros da Igreja Católica através dos tempos. Nem se pode aceitar de ânimo-leve.
Logo, entendem os signatarios que – em coerência com a postura de seriedade a que nos vem habituando desde que assumiu o mais alto cargo da hierarquia da Igreja Católica - o melhor serviço que o Papa Francisco prestaria à verdade histórica, seria NÃO vir a Fátima; assim desmistificando o chamado “milagre dos pastorinhos”, recusando colaborar com ele, ou dar-lhe o seu aval.
Por tudo isto, manifestamos a nossa discordância quanto à ida do Papa Francisco a Fátima em Maio de 2017, uma vez que esta visita tem como objectivo a credibilização de uma falsidade.

Outubro de 2016


Primeiros subscritores

Pedro Barroso, autor e músico, Riachos
Pe. Mário de Oliveira, presbítero, jornalista, Lixa
Carlos Tomé, advogado, Torres Novas
João Carlos Lopes, antropólogo, técnico superior da administração local, Torres Novas
Carlos Simões Nuno, antropólogo, professor do ensino superior, Lisboa
Luís Mota Figueira, professor do Instituto Politécnico de Tomar, Riachos
Valdemar Henriques, ex-coordenador da CGTP no distrito de Santarém
João Saramago, engenheiro, Torres Novas
André Nuno Lopes, jornalista, Riachos
 
 
Curiosamente o IPT é grande entusiasta da ''tremenda impostura'' 
 

ipt fátima.png

ler mais aqui
Foto da Cidade de Tomar com a devida vénia
 
As relações do argentino com o fundamentalismo mariano mais retrógrado são conhecidas

papa fátima.jpg

Bergoglio fazendo propaganda mariana na Igreja de N.Senhora de Fátima, na capital do peronismo
 
ma 


publicado por porabrantes às 08:50 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.11.16

 

O Doutor Davide Delvino, doutor pela UTAD, ser doutor por uma Universidade transmonstana dá um garbo especial, avençado da CMA pró projecto MIAA, que está há um montão de anos para apresentar um catálogo raisonée da Colecção Estrada, obra que certamente terá a colaboração científica do seu amigo Dr. Castro Nunes, é o flamante editor disto:

 

the horse.png

A obra que reúne as comunicações relativas a um Congresso que se realizou na Golegã, de 15 a 19 de Maio de 2013,foi em parte patrocinada pelo projecto MIAA, porque no cartaz então distribuído figurava a sigla MIAA.

cartaz touro.png

a CMA também pagou, porque aparece como patrocinadora

 

Da lista de comunicações publicada não há quase nada referente ao MIAA, nem a Abrantes, mas pagámos para estes intelectuais dissertarem entre outras coisas sobre a festa brava, que a cacique abrantina analfabeticamente recusa que faça parte da cultura portuguesa, embora haja na terriola dela um tentadero onde actuou Concita Citrón  

touros actas.png

Os que falam sobre cavalos no ''latifúndio andaluz'' são espanhóis e não foram capazes de arranjar um luso para dissertar sobre os nobres Alteres, quando o melhor cavalo que passou pelos ''ruedos'' do país vizinho foi o ''Cangancho'', do cavaleiro navarro Pablo Hermozo de Mendonza, que era de raça lusitana.

 

Da comissão científica fazia parte a Doutora Ana Paula Cruz que deu de frosques do IPT, acusando esta gente de censura. Os acusados de censura entre eles Sara Cura e Luiz Oeesterbeck foram incapazes de prestar qualquer esclarecimento à comunidade académica.

 

O livro leva um título em inglês, coisa lamentável para uma actividade científica realizada em Portugal e paga por dinheiro público luso.

 

O livro é impresso em Génova, como se em Portugal não houvesse tipografias.

 

Finalmente quanto é que custou aos abrantinos a actividade do Doutor Delfino?

delfino.png

127.500 euros por ajuste directo

 

E como isto é um blogue, que fala de questões políticas e culturais, pergunta-se porque é a CMA não abriu concurso público para este lugar???? E para os outros deste malfadado processo?

 

Resta-nos a fraca consolação do doutor Delfino ter dado em aficionado e andar a promover livros que falam dos touros....

 

Já agora no livro chamam ao conhecido lavrador e médico Dr.Veiga Maltez, ''Mayor of Golegã''. O lavrador denunciou, com prosa dura, a barbaridade feita por umas bestas, armadas em vândalos, no Convento de S.Domingos.

 

Vai o Doutor Delfino ficar caladinho, como o ficou a cacique abrantina, cujo gosto rupestre é conhecido, face a estas críticas do grande senhor que é Veiga Maltez???

 

ma     



publicado por porabrantes às 08:24 | link do post | comentar

Quinta-feira, 20.10.16

Aviso 12718/2016

Publica-se, nos termos do n.º 2 do 21.º do Decreto Lei 43/2014, de 18 de março, que, por meu despacho de 13 de julho de 2015, proferido ao abrigo do n.º 1 do referido artigo do mesmo diploma legal, foi registada, nos termos do anexo ao presente aviso, que dele faz parte integrante, a criação do curso técnico superior profissional de Web e Dispositivos Móveis pela Escola Superior de Tecnologia de Abrantes do Instituto Politécnico de Tomar.

10 de outubro de 2016. - O DiretorGeral do Ensino Superior, Prof. Doutor João Queiroz.

Aviso 12718/2016

 

Na IPT/Abrantes o Politécnico em que há mais lugares às moscas que alunos

 

mn 


tags:

publicado por porabrantes às 08:01 | link do post | comentar

Quarta-feira, 14.09.16

Crónica dum naufrágio provocado no Tomar a Dianteira 3, a ler para ver se deixam de avançar às arrecuas 


tags: ,

publicado por porabrantes às 23:12 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O IPT

Distúrbios étnicos no IPT

Sindicato demanda IPT

Presidente visita o vira-...

Ex-Presidente do IPT crit...

O Congo e o IPT

Docente do IPT contra mil...

Olé, Avençado italiano do...

Curso para ficar às mosca...

O IPT

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds