Sábado, 07.01.17

vinho do mação.png

vinho do mação 2.png

Silvestre Lima em 1889

CRUZSILVA-HISSOPE-CAPA-sh.jpg

 

mn



publicado por porabrantes às 11:33 | link do post | comentar

Segunda-feira, 19.12.16

galopim carvalho.png

O Diário Ilustrado chama ao Ministro da Fazenda, o Mariano, o ''galopim'' Carvalho por o tipo andar a tentar (com a cumplicidade do famigerado juiz do Mação, supomos que o Abílio de Sá) a tentar comprar votos no Mação, como veremos.

Quanto ao Bento (de Sousa), agente do Carvalho, diz-se que ele é pior que o acreditado picador duma afamada praça de touros (antes do Campo Pequeno, a praça mais popular era a do Campo de Santana)

Chama-se com todas as letras mentiroso ao Ministro da Fazenda e pior que isso diz-se que ele é ''um reles caluniador''.

Insinuara o Mariano

images.jpg

que Avellar Machado fizera uma aliança com Ramiro Guedes para dar uns lugares de Vereadores aos republicanos, a troco do seu apoio eleitoral nas eleições parlamentares.

Nunca nenhum historiador abrantino referiu o pacto de 1886 entre o Guedes e o Avellar. Deve ser porque seria secreto.

Em 1886, um jornal podia chamar ''reles caluniador'' a um Ministro todo poderoso e nenhum tribunal multaria o jornalista, por exprimir uma opinião.

Em 2016, um Juiz de Abrantes atribuiu um castigo  de 1.000 euros a Jorge Dias por chamar mentirosa a Maria do Céu Albuquerque.

Ou seja havia mais liberdade em 1886, no reinado de D.Luís, que há agora.

Espero não ser multado pela opinião.

O Avellar era colega parlamentar e de profissão (eram os 2 engenheiros militares) e não teve pejo em mandar chamar ao Mariano, coisas graves e divertidas. A monarquia liberal era assim, um regime de liberdade, quer queiram ou não os historiadores da treta, que nem sequer leram os jornais da época.

mn 

 

Diário Ilustrado, 1886, Novembro,8



publicado por porabrantes às 18:41 | link do post | comentar

Domingo, 27.11.16

galopim de farda rica.png

 

ga·lo·pim ga·lo·pim
(francês galopin)
substantivo masculino

1. Mocinho de recados.

2. Vadio.

3. Garoto.

4. Trampolineiro.

5. Beleguim.

6. Angariador assalariado de votos em ocasião de eleições.

7. Galope curto e cadenciado.


"galopim", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/galopim [consultado em 27-11-2016].
 
Mariano de Carvalho:  que era engenheiro militar como Avellar Machado

220px-Mariano_Cirilo_de_Carvalho.jpg

O alegado galopim de farda rica era este e era progressista e adversário dele, Avellar Machado. O Diário Ilustrado (regenerador) insulta o Mariano, o Diário Popular (progressista) despeja lixo no Avellar, que se defende.

pol avellar 2.png

pol avellar 3.png

Era 1886 .....estive a ler este jornal de 1906, quando era franquista, chamam galopim ao Godinho de Constância, por uma alegada burla eleitoral montada pelos republicanos, numa candidatura animada pelo Nunes Godinho e pelo dr. Ramiro Guedes.
Aposto que se ler o ''Mundo'' da mesma data, que era um jornal republicano radical, os galopins são os monárquicos abrantinos.
 
Já em 1882 o Avellar andava a dar dinheiro para as obras da Igreja do Mação....em época eleitoral e contava com os seus ''galopins'' locais, os padres que lhe deviam a nomeação.
 
ma  


publicado por porabrantes às 23:35 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.11.16
 

Justiça Dependente de Esmola dos Municípios

 

a ler sem falta no Oficial de Justiça



publicado por porabrantes às 21:14 | link do post | comentar

Terça-feira, 18.10.16

avellar maçãp.png

avellar maçao 2.png

mação 3.png

mação 4.png

D.Ilustrado 1882

 

Ficamos a saber como era uma jornada típica das eleições do rotativismo monárquico. Também ficamos a saber que João José Soares Mendes era regenerador. Magnífica a adesão '' espontânea'' do clero à campanha do chefe político abrantino. É das primeiras campanhas do Avellar, ainda era capitão. Outro dia especulou-se aqui acerca do presumível envolvimento  do Avellar na prisão do Presidente do Mação, pelo famoso juiz transmontano Abílio de Sá. Um exame de alguma documentação permitiu saber que o Avellar também foi vítima das façanhas do Abílio. Hipótese descartada portanto....

A prosa do jornal é naturalmente favorável ao Avellar, o jornal era regenerador.

ma



publicado por porabrantes às 19:45 | link do post | comentar

Quarta-feira, 17.02.16

casamento joao alves jana com elisa pires paisana,

Casamento rural de João Alves Jana com Elisa Pires Paisana,  1909, na Carregueira, Mação.

 

São raras as fotos de bodas populares na nossa região em inícios do século XX. Por isso esta é preciosa.

 

De anotar para a história do vestuário popular  a contaminação do traje popular maçanico com uma cartola mais cosmopolita que leva o noivo.

 

Dava para uma tese de doutoramento. Imagem divulgada no facebook por uns amantes das memórias do nosso passado, no Grupo Carregueira. Agradecemos este contributo para a nossa história.

ma



publicado por porabrantes às 18:04 | link do post | comentar

Terça-feira, 02.02.16

vasco estrela.png

Mete em rídiculo um autarca de Castelo Branco que teria dito que há ''uma caçada às bruxas'' contra os poluidores. Uma intervenção ponderada e inteligente

mn



publicado por porabrantes às 18:54 | link do post | comentar

Quinta-feira, 28.01.16

saldanha-640x426.jpg

 

foto Hertz

A autarquia do Mação é visada, na dura sentença do Tribunal Europeu, por deitar águas residuais sem tratar  para as linhas de água. Uma lista enorme de 44 localidades é mencionada na sentença por incumprirem  a'' diretiva 91/271/CEE, que estipula que as descargas em água doce e estuários de águas residuais urbanas partir de sistemas coletores de locais com 2 000 a 10 000 pessoas devem ser sujeitas a um tratamento secundário ou processo equivalente.'' 

A directiva é esta.

A autarquia do Mação tinha um rosto e um responsável,  durante o período em causa 2009-2012..

O Saldanha da Rocha. Que o Cavaco fez Comendador.

Em vez de gastar dinheiro em museus rupestres, que gastasse a massa em tratamento de águas residuais.

Para que os pobres maçanicos não tivessem de viver como rupestres.

Ainda em 2014 andava  a concessionária local, a Águas do Centro, a lançar um concurso para obras deste tipo. 

Vamos ler a sentença e comentar com cuidado.

Há várias outras terras ribatejanas na lista. Não sei se andaram também a gastar massas em livros de cozinha, como o Mação, mas sei que não fizeram os deveres.

mn

fonte: d. notícias



publicado por porabrantes às 17:23 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30.12.15

Foi formada pela Assembleia Municipal do Mação uma comissão de acompanhamento do Tejo, por iniciativa do PS

 

Em Abrantes consta que se vai formar uma Comissão de Aplauso à Pegop

 

central pegop 3.jpg

ma



publicado por porabrantes às 16:51 | link do post | comentar

Segunda-feira, 21.12.15

 Vasco Estrela, segundo a Hertz, manifesta a sua preocupação com as obras da Pegop e a sobrevivência dos pescadores da Ortiga.

Mais um prego no caixão da multinacional.

ma

Ouça a Rádio Hertz.



publicado por porabrantes às 15:49 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O anti-clerical e a pinga...

O Carvalho é um ''reles c...

Galopim de farda rica

A esmola municipal

Avellar na caça ao voto (...

A cartola do noivo

A caça às bruxas

Justiça da União arrasa a...

Comissão de vigilância da...

Vasco Estrela preocupado ...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diogo oleiro

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

museu iberico

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds