Quarta-feira, 06.12.17

guedes rst

Transcrevemos o post e a foto publicados no Grupo do facebook do Rossio ao Sul do Tejo, pelo sr.Manuel Nascimento, com a devida vénia: ''

E DEPOIS ANDA FOGO P'LOS QUINTAIS...

Assim podemos constatar que a Natureza é bem mais perfeita em design e arquitectura do que o Siza Vieira a criar candeeiros ou o Charter’s de Almeida, monumentos.
Apreciemos esta obra-prima de iluminária que se encontra em Rossio ao Sul do Tejo, município de Abrantes, no entroncamento da rua General Godinho com a Av. Avelar Machado, também conhecida pela Estr...ada Nacional 118, ali bem juntinho à Igreja de Nossa Senhora da Conceição.

Se as obras artísticas do Siza Vieira nos dão que pensar, esta então, dá-nos mais do que isso, dá-nos para cogitar.
Diz a EDP que neste rectângulo à beira-mar plantado, tem tudo limpo e em bom estado de conservação. Pois bem, acho que, proposto por algum criativo, este poste de iluminação pública não seria aprovado pelos engenheiros da companhia eléctrica em referência, e porquê?

Porque se houver uma das tais sobrecargas eléctricas, um raio ou um curto-circuito, aquilo desatará a arder por ali abaixo, e abaixo está exactamente um prédio devoluto junto dum campo baldio pejado de ervas, umas mais daninhas do que as outras...

E como se poderá dar por ali um curto-circuito?

É simples; basta que uma das raízes da magnífica trepadeira se infiltre pelos taliscos da caixa do candeeiro e vá fazer cócegas no terminal positivo, unindo-lhe quiçá, os electrões vindos do negativo, situação potenciada caso lhe assente a humidade climatérica.

Outra hipótese será, durante as noites quentes de verão, adicionadas ao escaldanço da carapaça da lâmpada, aquilo atingir uma temperatura compatível à melhor das combustões e depois, ali vai disto, pego-se o fogo à estopa, arde o cabo para esquerda, arde o cabo para a direita, pingam flamas e aqui d’el rei, chamem os bombeiros que anda fogo p’los quintais!

O mais curioso é o facto da artística iluminária se encontrar exposta num ponto de passagem com grande afluência de pessoas, entre as quais se incluem vereadores, engenheiros e técnicos da EDP e seus derivados, fiscais, coordenadores e membros da Protecção Civil, e até vogais e presidentes de Junta, correndo o risco de algum turista menos informado supor que isto de facto se trate da tão badalada "Palha de Abrantes"....

O mais certo é agora aparecer-me um qualquer destes afoitos questionando-me porque não o avisei antes mesmo de publicar esta vergonha na Internet...
''
 
PS-O Vereador Valamatos e o Luís Alves devem comprar óculos, ou vai o Alves pedir ao dr.Eduardo Catroga, que coitadinho sai da EDP, para lhe dar umas massas para resolver a situação, porra???? 
ma
 
 
 

 



publicado por porabrantes às 09:53 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.11.17

''No dia 5 de Junho de 2005, hora não apurada, os arguidos AA e BB, deslocaram-se, num veículo cujos elementos de identificação não foi possível apurar, para o Rossio ao Sul do Tejo.
Pelas 19.00, daquele dia, estacionaram o veículo nas imediações da "Farmácia ..." sita na Av. ......., propriedade de JJJ.
O arguido BB ficou ao volante da viatura.
Aguardando o regresso do arguido AA.
O qual entrou na farmácia.
Encapuçado com uns collans de malha, sem pernas, de cor branca, que lhe tapavam o rosto.
Com dois orifícios na zona dos olhos.
Usava luvas.
Empunhava a pistola supra descrita.
Dirigiu-se à estagiária KKK.
A qual, aterrorizada, gritou: " um assalto."
Acto contínuo fugiu na direcção da sala de apoio.
Entretanto, o arguido abriu a caixa registadora.
De onde retirou 1 460.00 € em notas do Banco de Europeu.
Bem como um cheque, titulando a quantia de 19.15 €, sacado sobre uma conta da ...., agência do Rossio ao Sul do Tejo, titulada por LLL.
Após que saiu da farmácia.
Os arguidos apoderaram-se dos 1 460.00 € e daquele cheque, no intuito de os fazer coisa sua, bem sabendo que não lhes pertencia (...)

 

Se quer ler como os patifes assaltaram mais farmácias da zona, continue no douto Acordão do STJ

A prosa judicial tem Autor...o Conselheiro Santos Carvalho foi o relator desta sentença

mn

 



publicado por porabrantes às 12:35 | link do post | comentar

Quinta-feira, 07.09.17

Novamente fogo em plena área urbana. O edifício das Finanças do Rossio em risco. O edifício está fechado ao público, mas serve de arquivo das Finanças de Abrantes.

Mais de 72 bombeiros, vários meios aéreos, alguma corporação de fora de Abrantes, para resolver uma situação que ameaçou também várias vivendas no Fojo.

Valeu para parar o fogo que algum proprietário tivesse as terras limpas.

Pergunta-se qual é a prevenção nesta terra?

Andou o Luís Alves a fiscalizar quem tem mato atrás das casas?

Ardeu parte da Quinta da Omnia (uma parcela afastada do solar Ataíde).

Porca Miséria.

ma 

ps-só a Rádio Hertz conseguiu noticiar o fogo, em cima do acontecimento.



publicado por porabrantes às 20:55 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.08.17

 

pego 3.png

pego 5.png

Isto precisa duma aclaração. A rejeição da Central pela Assembleia do Rossio, foi proposta pelo dr. António José Serafim da Costa (AD). Assim que ele leu a moção, logo o sr. Amante (que era da APU) disse: se é contra a poluição está já aprovada.

Foi aprovada por unanimidade.

Inquirido em Assembleia Municipal, quando a CMA ainda não tinha se tinha pronunciado, o Zé Bioucas disse: ''Não queria falar nisso...'' - mas lá falou.

Revelou que os edis abrantinos tinham ido a França, a convite da EDP, visitar centrais termoeléctricas.

''Vi uma ao lado da praia e as pessoas estavam todas contentes a tomar banho. Aquilo não polui coisa nenhuma''.

Depois os políticos aprovaram por unanimidade na Assembleia Municipal a vinda da Central.

Numa sessão convocada pelo PPD, no Convento de S.Domingos, o eng. Carlos Pimenta  quase foi o maior crítico da Central.

Um engenheiro da EDP berrou que não havia nenhum protesto. Lá teve de passar por mal-informado e recebeu a moção rossiense, enquanto corava e o eng. Pimenta se ria.

Mas o eng.Pimenta tinha-se rido mais, quando recebeu uma delegação de forças vivas a protestar e o Presidente da Abrantejo,  um brigadeiro lhe disse :'' Não queremos lá em Abrantes, uma central dessas.'

Então o que é quer?

-Queremos uma  coisa moderna : Uma central nuclear.''

ma 

 

anos depois dizia o Zé Bioucas o contrário



publicado por porabrantes às 10:49 | link do post | comentar

Segunda-feira, 14.08.17

O fotógrafo do Rossio e empresário e grande bairrista desabafa na página  da cacique. A mulher entendeu não responder, como não respondeu à CDU. Parece que foi à Bairrada...

salgado tomás.png

 Publicaremos ainda hoje parte do vídeo, divulgado pelo Armindo Silveira, acerca da perigosa situação que se vive no cemitério das Arreciadas, sem que o Luís Alves se ponha em campo.

ma 

 

 



publicado por porabrantes às 09:29 | link do post | comentar

Quarta-feira, 09.08.17

A digníssima maioria PS, de que é obediente faz-tudo o Luís Alves, que apesar de ser tratado a pontapé pelos do cabeço,

luís alves 2.png

 não desanima nos aplausos ao caciquismo...

luis alves.jpg

decidiu chumbar a proposta apresentada pela Comissão de Melhoramentos do Rocio ao Orçamento Participativo

melhoramentos.png

Que dizia a proposta?

''

Objectivos colectivos:
Combater a degradação do centro histórico da localidade Rossio ao Sul do Tejo
Devolver a dignidade e preservar o património local
Utilizar o instrumento (Estudo de Reabilitação do Tecido Urbano) para candidatura aos Fundos Comunitários, na medida de adquirir a curto médio prazo financiamento para a requalificação da àrea de intervenção do estudo.
O estudo vai abranger toda a reabilitação e regeneração da área urbana de Rossio ao Sul do Tejo.''

 

E ainda:

Área intervenção delimitação de uma ARU para a margem Sul do Rio Tejo, a considerar os limites máximos: a norte, o Rio Tejo; a sul, a variante à antiga EN118 prevista no atual Plano de Urbanização de Abrantes; a nascente, a linha ferroviária e a poente a variante à EN2 prevista pelo mesmo PUA.''

 

Tudo objectivos louváveis, que ademais podem ser lidos com mais detalhe aqui, no Médio Tejo, onde há extensa galeria dos edifícios em ruínas no Rossio, extensa mas que peca por não ser exaustiva, porque há muito mais casas a cair.

 

Porque está assim o Rossio? Porque o PUA o condena à desertificação e porque sucessivas Juntas PS foram incapazes de pressionar a CMA para inverter esta política e forçar os proprietários de imóveis degradados a recuperá-los.

Isso são atribuições e obrigações da autarquia e nunca se viu que as pusessem em prática no Rossio.

19142218_SjYjK.png

 Os esforços financeiros da autarquia abrantina concentram-se no cabeço e o Rossio e as outras freguesias que se lixem.

Isto é uma questão política e deve ser resolvida politicamente.

E resolve-se mudando de política...por exemplo mandando o Luís Alves para a Oposição.

Deixo aqui uma homenagem ao Álvaro Lino que recuperou este imóvel histórico

19225975_10203192045158494_3981866609549172331_n.j

Se ao menos o Luís Álves pintasse a sede da Junta já fazia alguma coisa. Para pintá-la também será preciso andar a pedinchar dinheiro a mecenas?

mn

foto: Cidadão Abt,Google, Álvaro Lino



publicado por porabrantes às 16:55 | link do post | comentar

Quarta-feira, 28.06.17

luis alves 2.jpg

rst ruina vicente lourenço.jpg

rst ruina.jpg

rst casa valente vicente lourenço.jpg

O que é o Presidente da União de Freguesias diz a esta paisagem de ruínas?

 

Que pensa fazer'?

 

Deixar desabar ou ir pedir dinheiro ao Eduardo Catroga?

 

Francamente...

 

Teremos de ir publicando mais fotos...para que o tipo se mexa???

 

ma

fotos: Vicente Lourenço com a devida vénia  



publicado por porabrantes às 14:15 | link do post | comentar

Domingo, 25.06.17

rst senhora varino.png

 Foto Loty. Anos 60?

mn



publicado por porabrantes às 12:58 | link do post | comentar

Quarta-feira, 31.05.17

vanda.png

Trata-se dum estudo interessante sobre as âncoras encontradas no Rossio ao Sul do Tejo e a análise destes achamentos, integrando-os num contexto histórico-geográfico regional.

Pode ler o texto aqui

A autora publica estas fotos:

âncoras.png

E temos de fazer a pergunta isto é forma de preservar as âncoras, deixando-as expostas à atmosfera?

E a corrosão?

A Autora não cita nenhuma obra da bibliografia abrantina, coisa que demonstra o vazio dos ''eruditos'' locais na análise sobre o Tejo, mas cita naturamente o dr. António Nabais que escreveu muito sobre este assunto. (1)

Só uma crítica, a drª Vanda Luciano data o aparecimento de estaleiros navais na zona de Abrantes no século XVI.

Ora sabemos que já nos inícios do século XV se faziam galeotas em Constância e se fizeram algumas aí das que participaram na jornada de Ceuta.

galeotas.png

Relatório do espião Ruy Diaz de Vega, em 23 Abril de 1415, para o rei Fernando de Aragão.

O relatório foi publicado na Monumenta Henricina, vol I, donde se extrai um extracto.

mn 

(1) Espero ter tempo para falar disso hoje

naturalmente a Junta do Rossio nunca fez nenhum esforço para que este património estivesse na terra onde as acharam



publicado por porabrantes às 12:53 | link do post | comentar

luisa capelo.png

 Reveja o vídeo da agressão à professora de Rossio ao Sul do Tejo

 

Já foi feita Justiça?

 

a agressão foi em 2014! 

mn



publicado por porabrantes às 12:07 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

E DEPOIS ANDA FOGO P'LOS ...

O assalto à Farmácia Sant...

Fogo no Rossio

A central nuclear abranti...

O futuro não está aqui

A ruína do Rossio ao Sul ...

Uma terra en ruínas (2)

A dama e o varino.

Bibliografia abrantina: a...

Justiça por fazer

arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds