Quinta-feira, 20.10.16

santana rpp.png

 Santana-Maia e Belém Coelho, reunião da CMA de  22-10-2012

 

mn



publicado por porabrantes às 22:50 | link do post | comentar

Quinta-feira, 11.06.15

 

“A Terra de Ninguém” UM GRITO DE REVOLTA EM MONFORTE

2015-06-11-a-terra-de-ninguem- um-grito-de-revolta-em-monforte-107Santana-Maia Leonardo esteve em Monforte para apresentar a sua nova publicação, intitulada “A Terra de Ninguém”. Este encontro foi promovido pela Câmara Municipal de Monforte e decorreu no passado dia 9 de junho na Sala Polivalente da sua Biblioteca, onde foi recebido por Gonçalo Lagem, o Presidente do Município, Fernando Saião e Mariana Mota, o Vice-Presidente e Vereadora do Executivo, e por Vitória Medalhas, a Bibliotecária Municipal, e, perante várias dezenas de pessoas, o autor explicou que “A Terra de Ninguém” é uma coletânea de textos que “fui escrevendo e reescrevendo ao longo dos últimos trinta anos e que agora ordenei, depurei e organizei por quatro grupos temáticos. A maioria dos textos foi sendo publicada em jornais nacionais e locais e aborda um dos temas mais caros para quem vive na larga maioria do território nacional que não se encontra compreendido na faixa litoral de Setúbal a Braga e no Algarve litoral: o despovoamento do interior. O livro contém uma reflexão crítica sobre o papel da administração central do Estado português neste fenómeno que, não sendo novo, tem-se provado extremamente nocivo para aqueles que insistem (e resistem) em viver no interior”.

Gonçalo Lagem elogiou o papel que Santana-Maia tem vindo a assumir ao longo dos anos através das suas crónicas, “intervindo com aguçado espírito crítico na vida social e política, apontando o dedo aos principais responsáveis pela situação de abandono em que se encontra o interior do país, o que já lhe valeu um lugar de grande reputação, sendo, este livro, na minha opinião, um grito de revolta de um autêntico revolucionário que se insurge contra a forma como os governantes têm desprezado estas regiões. Portanto, a presença em Monforte de tão distinto ativista muito nos enobrece”.

Natural de Setúbal, cidade onde nasceu em 1958, António Santana-Maia Leonardo é Licenciado em Direito e em Línguas e Literaturas Modernas (variante de Estudos Portugueses e Franceses), exerce a sua profissão na sociedade de advogados “Santana-Maia Leonardo & Associados”, da qual é fundador, com escritórios em Abrantes, Ponte de Sor e Gavião, sendo também Presidente do Agrupamento de Abrantes da Ordem dos Advogados.

monforte.png

 e porque é que o Município de Abrantes não destaca?????

 

ma



publicado por porabrantes às 15:39 | link do post | comentar

Sábado, 30.05.15

Que não se calem as pessoas que, como Santana-Maia Leonardo, lutam contra a desertificação. Eu também moro do outro lado da A1. Do lado errado da A1, diria mais, e efectivamente Lisboa não pertence a esse país. Lisboa é um local para onde muitos de nós, os do Portugal espoliado e abandonado, emigram por serem forçados a isso pelas políticas de todos os governos desde o 25 de Abril e dos burocratas desse país chamado Lisboa. Compreendo que pessoas como Santana-Maia Leonardo não se queiram voltar a meter na política. É um local repleto de medíocres onde as melhores ideias não vingam porque a estupidez e a ganância tudo arrasam.

Celeste Margot de Campos

 

no Mirante dos Leitores com a devida vénia

 

a redacção



publicado por porabrantes às 10:23 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16.04.15

 

 

Disse a Cacique ao Mirante:

 

'' Os peixes morreram porque ficaram ali retidos. Foi a primeira vez. Estamos a estudar o que aconteceu mas há, para além desta questão de os peixes não conseguirem encontrar a saída antes de ter havido uma baixa acentuada do nível da água, outros problemas que têm que ser vistos”, disse a autarca a O MIRANTE na terça-feira. ''

 

fósfero.jpg

 

É certamente falta de memória. Por mais que a senhora leia o blogue e se vá culturalizando, como o Buiça, o principal propagandista desta seita, esquece-se. Recomenda-se Fósforo-Ferrero. E a grande matança de 2009? E a de 2007, mais pequena , denunciada pelo colega da senhora no Conselho Municipal de Segurança João Pico ?

 

 ''A  presidente da câmara reconhece que o sistema de monitorização previsto na fase de licenciamento nunca foi instalado. “A responsabilidade da monitorização é da câmara e nós nunca a escamoteamos. Há quatro anos tivemos reuniões para estudar essa possibilidade mas quando perguntámos ao ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas) o que era o sistema de monitorização que aquela entidade tinha proposto e onde o podíamos adquirir, não nos souberam dizer. Iniciámos então contactos com universidades para avaliar a possibilidade de ser feito um estudo sobre o assunto”,'' (in Mirante)

 

A cacique reconhece que incumpre a licença ambiental e que não monitorizou o acesso dos peixes ao açude. Naturalmente é preciso que a Agência Portuguesa de Ambiente aplique uma coima exemplar e o MP investigue possíveis responsabilidades.

Depois diz que anda há quatro anos a contactar Universidades para resolver o problema. Em 2012, houve violenta crítica da Quercus à escada mata-peixe e tudo continuou na mesma até chegar à criminosa chacina de 2015.

in estudo IST

 

Ora a secção de Hidráulica do IST-Instituto Superior Técnico trata do assunto e reconhece o Açude de Abrantes como um ''case study'' do que não deve ser feito. E o IST podia ter feito o projecto da remodelação do mata-peixe, .

 

Quando assumiu o  mandato em 2009 com 3 milhões de euros tinha resolvido o assunto. Agora serão 5 ou 6 milhões. E gastou 3 milhões em coisas absurdas: 800.000 na Casa Milho, 1.300.000 a exterminar o Colégio de Fátima e mais de 1.500.000 em MIAAS (segundo declarou), mais 60.000 € em Oliveiras para decorar a Escola Lucília Moita, mais dezenas de milhares em viagens turísticas....  

 

Ah! já me esquecia 6.000 € a comprar livralhada em que se gaba a genial obra dum arquitecto a que deram um ajuste directo ilegal de mais de 800.000 €. ....

 

A cacique vem agora, em declarações dignas de Pôncio Pilatos, escusar-se com a incapacidade das Universidades, quando temos das melhores Escolas de Engenharia Civil neste país e o problema da escada de peixe do açude de Coimbra foi corrigido.

 

É um insulto aos engenheiros deste país o que dispara, como se todos os engenheiros fossem da laia desse incapaz que responde pelo nº 43 da Penitenciária de Évora.

 

Houve uma irresponsabilidade total na gestão do açude, como em geral há uma irresponsabilidade geral em conduzir os destinos desta terra, houve um crime contra o ambiente e houve anteriormente tentativas de desacreditar quem protestava e quem denunciava.

 

Tentaram condicionar o Bloco de Esquerda e este valentemente resistiu. Houve tentativas de condicionar os Vereadores do PSD do mandato passado, caso de Santana-Maia e Belém Coelho, e houve esta deliberação que ficou no papel:

 

''

Deliberação: Por unanimidade, proceder a uma avaliação e ponderação da abertura das comportas, para ir ao encontro dos interesses da comunidade piscatória a montante do açude insuflável, salvaguardando-se, no entanto, o interesse da comunidade abrantina na albufeira criada e a prossecução das actividades municipais, designadamente na vertente turística e desportiva.

 

Solicitar, junto das autoridades competentes, a intensificação das acções fiscalizadoras por forma e evitar a pesca ilegal nas margens do açude insuflável.

 

Equacionar, dentro das competências municipais, a possibilidade de criação de barreiras impeditivas do acesso ao açude insuflável e sobretudo à escada de passagem de peixe, também para evitar a pesca ilegal e algum acidente pessoal.''

 

O que é que a Cacique fez para ''avaliar e ponderar'' a abertura das comportas?

 

Onde é que está o estudo?

 

Só vejo peixes-mortos e uma enorme hipocrisia.

 

Santana-Maia e Belém-Coelho antes de chegaram a consenso na anterior proposta com a  cacique tinham apresentado este texto:

 

 

"Parece hoje óbvio que a construção do açude insuflável não acautelou os interesses, designadamente, das populações das freguesias de Mouriscas, Alvega, Pego, Concavada, Mação, Gavião e Belver que vivem do Tejo.

 

Com efeito, o açude não só impede o peixe de subir como consente que pescadores furtivos capturem o peixe aprisionado pela parede do açude, sem o mínimo respeito pela legislação em vigor, num claro atentado ecológico de que a câmara é a principal responsável.

 

Na verdade, o mínimo que se exigia a quem tomou a iniciativa de construir o açude era criar as condições para que a legislação em vigor fosse respeitada nessa zona e o peixe pudesse subir.

 

Acontece que a fiscalização da actividade piscatória na zona do açude é, pura e simplesmente, inexistente.

 

Face a exposto, vimos apresentar a seguinte proposta de deliberação:

 

      1. Manter as comportas do açude abertas nos primeiros cinco meses do ano, altura em que o peixe sobe o rio para desovar, excepto quando algum acontecimento desportivo de relevo justificar o seu encerramento.

 

      2. Garantir a fiscalização permanente da zona envolvente do açude onde é proibida a pesca".

 

Nós recomendaríamos apenas dinamitar toda a estrutura....

 

ma

 

(continuará)



publicado por porabrantes às 17:49 | link do post | comentar

Sábado, 27.09.14

 

 

 

 

 

 

ambos no Expresso com a devida vénia

 

sn



publicado por porabrantes às 15:36 | link do post | comentar

Domingo, 09.03.14

 

A foto da Rede Regional diz quase tudo. O deputado por Santarém da CDU visita a Ordem de Advogados  de Abrantes e diz-se solidário com as razões abrantinas para nos opormos ao mapa judiciário.

 

Convém dizer que o doutor António Filipe é um excelente deputado.

 

Resta agora que os deputados dos outros partidos que receberam votos abrantinos façam o mesmo.

 

E na falta dos deputados ( o primeiro a apresentar-se na Ordem devia ser o do partido maioritário abrantino, que é o PS e tinha especial importância que fosse lá o  dr.Lacão) convinha que as CPC dos partidos locais fossem à Ordem para saberem o que se passa.

 

Começando pelo novo Presidente do PSD local, cujo partido é o pai da reforma judicial enquanto a sua militante Paula Teixeira da Cruz é a mãe desta celerada e analfabética reforma.

 

Portanto dado o conselho, aqui se dá uma chapelada ao doutor António Filipe.

 

Raio de país em que tenho de dar uma chapelada a um deputado por fazer o essencial, estar próximo dos eleitores do seu círculo!

 

Raio de país em que muitos deputados estão mais próximo de inconfessáveis lobbies, que dos eleitores...

 

Já chega!

 

MA

 



publicado por porabrantes às 16:12 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20.01.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

e ainda o Paulo Seabra

 

PRIMEIRA PARTE | 20 de JANEIRO ás 20h.51m
SEGUNDA PARTE | 21 de JANEIRO ás 20H.51m

E REPETE
PRIMEIRA PARTE | 21 de JANEIRO ás 15h.15m
SEGUNDA PARTE | 22 de JANEIRO ás 15h.15m
ESTÉTICA PROPAGANDA E UTOPIA NO PORTUGAL DE ANTÓNIO FERRO TRAILER 2014
youtube.com
ESTÉTICA PROPAGANDA e UTOPIA no PORTUGAL DE ANTÓNIO FERRO é um documentário de duas horas, repartido em dois episódios que percorrem a vida, a obra, o pensam...

 a ver sem falta
a redacção


publicado por porabrantes às 13:35 | link do post | comentar

Quinta-feira, 19.12.13

Em Maio publicou-se aqui este post sobre Santa Maria do Castelo, aliás na sequência doutro excelente post do Cidadão Abt. 

 

O post do Cidadão motivou um requerimento dos Vereadores do PSD que teve esta resposta

 

 

 

'' 

Presidente da Câmara disse que as obras de restauro estão a ser realizadas pela Câmara Municipal no âmbito de um Protocolo de Colaboração com a Direção-Regional de Cultura de Lisboa e Vale do Tejo para a recuperação e a valorização da Igreja de Santa Maria do Castelo, aprovado em reunião de câmara, sendo as obras custeadas inclusivamente pela Direção Regional.

Disse ainda que a empresa responsável foi sugerida pela própria tutela. Não houve, até agora indicação por parte dos técnicos envolvidos de que o túmulo não estaria suficientemente acautelado, em quem confia inteiramente, aliás muito mais que num blog, que inclusivamente desconhece o seu responsável.

Aproveitou para referir que, já no âmbito desta intervenção, foram levantadas pelos técnicos algumas questões, tendo sido solicitada a presença célere do IGESPAR, que já fez levantamento e orçamento para a realização de outras intervenções.

 

 

http://amar-abrantes.blogs.sapo.pt/2013/05/28/

 

 

Pois bem a revista do Gaspar, a Zahara, paga em parte por dinheiros públicos e que goza da simpatia ( e de mais coisas) da CMA publicou isto:

 

 

 

 

Zahara, nº 21, Julho de 2013, artigo anónimo, segundo a Lei de Imprensa portanto da responsabilidade do Director, o Martinho Gaspar

 

 

Com que então, não havia problemas???????

 

 

Com que então, o Cidadão Abt insinuava coisas e nós também..... e a cacique deu essa explicação ao dr. Santana-Maia?

 

Diz a verdade, a Zahara?

 

Ou é uma boca ''humorística'?

 

Ou é só parte da verdade?????

 

 

Tudo isto demonstra que os blogues são fonte mais segura que as bocas de certos políticos/as

 

E que defenderam o melhor do património da Cidade, este túmulo

 

 

 

 

 

O postal é de 1907,  anos antes Oliveira Martins descreve Santa Maria do Castelo como um palheiro decorado com uma foto dos resplandecentes bigodes do cacique regional, Avellar Machado.

 

 

 

Os caciques agora não têm bigode por cá.....

 

 

 

 

Se repararem bem vai o postal destinado a um nome célebre das artes plásticas lusas, António Arroio, que deu nome à escola de Lisboa onde ensinou a nossa falecida amiga D.Margarida Castel-Branco

 

Finalmente pergunta-se porque é que a jóia do património abrantino, Santa Maria, não foi candidata a um recente prémio destinado a galardoar jóias do património regional....

 

 

Não nos digam que foi devido aos problemas denunciados pelo Gaspar.

 

 

Agradece-se ao Gaspar a denúncia

 

 

MN 



publicado por porabrantes às 12:36 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.12.13

Já se conhece o desenlace do processo da Camorra abrantina.

 

 

Apesar de ter havido testemunhas que ''influenciadas'' pelo parâmetro normal não  foram tão firmes como seria desejável, coisa aliás sublinhada na sentença, foram aplicadas pesadas penas a uma pandilha de tipos que durante quase 10 anos extorquiram à boa forma mafiosa prestações pecuniárias e em géneros aos comerciantes desta cidade.

 

Durante muito tempo tudo ficou calado, até que na Assembleia Municipal, na hora do povo falar, Mestre Fernando Correia apelou à formação de milícias de auto-defesa.

 

Desabou o Carmo e a Trindade.

 

As autoridades policiais, comandadas por um adepto do politicamente correcto, mandaram para os medias um comunicado dizendo que era o '' parâmetro normal''.

 

Portanto viver ameaçado pelos gangs ciganos e pela extorsão, era a normalidade....

 

 

Também o devia ser para a Associação Comercial porque nunca abriram a boca para falar do assunto.

 

Depois tivemos os senhores Vereadores do PSD a denunciar a situação e a maioria a fazer como a avestruz.

 

Até que roubaram o bólide da cacique.

 

Foi substituído o Chefe da PSP e foi espancado o dr. Joaquim Ribeiro, porque resistiu à chantagem, e apresentou queixa.

 

O Advogado que sustentou com valentia e audácia a defesa dos abrantinos ameaçados pelos marginais, tem um nome e é o homem do dia:  

 

 

 

Santana-Maia Leonardo

 

 

É a ele (e ainda a Mestre Correia e ao dr. Ribeiro, etc) a quem devemos a vitória.

 

Obrigado Santana Maia!

 

a redacção

 

PS- Será ainda justo dizer a GNR teve sempre um papel activo na luta contra a delinquência, ao contrário da PSP que durante o período referido teve um comando inadequado.



publicado por porabrantes às 16:51 | link do post | comentar

Quarta-feira, 06.02.13

Recebemos 2 comentários deste leitor, um referente ao Sr.Dr.Joaquim Ribeiro e a um polémico julgamento em curso. Decidimos não o publicar, por conter acusações que devem ser dirimidas em Tribunal. Aconselhamos o leitor a tratar deste assunto no local adequado: o Tribunal. O segundo comentário é publicado depois de ter sido alvo dum debate na redacção, que considerou ser o assunto de foro político 

agora falo eu disse sobre Camorra no banco dos réus na Quarta-feira, 6 de Fevereiro de 2013 às 17:09:

 

     

''olha quem fala o Sr. Santana Maia nem acredito que esteja a falar contra os ciganos, pois não devia ser racista , porque o seu falecido pai foi amamentado por uma cigana da Ponte de Sôr , por isso devia de ter mais consideração pela raça cigana , pois sei que queria expulsar os ciganos que vivem em Abrantes.
Nem todos são iguais , se gente fosse a expulsar toda a gente que matam , violam, rouba ,(...) .
Não existiria ninguém em portugal ,sei também que o sr. quer ser o novo presidente de Abrantes.
Mas nunca o vai ser ,porque a presidente que temos é uma excelente pessoa, como presidente e como pessoa.
Por isso se quer ser presidente vá para a sua terra , que é a Ponte de Sôr.
O tribunal de Abrantes e o ministério publico de Abrantes são muito racistas ,coisas que já aconteceram e que fizeram e que esta a cumprir, como no casa do cigano do Emanuel que tinha 17 anos quando matou um cidadão, mas se ele matou já ta a cumprir se esta a cumprir porque tão sempre a falar da mesma coisa, quantos e quantos não matam e depois de ser prezo não falam mais nisso , pois esses não eram ciganos...''

 

 

O nosso comentário:

 

Foi dado conhecimento ao Dr.Santana-Maia deste texto dado falar da vida do seu Pai. O edil não colocou nenhum problema à sua publicação, sublinhando o seu apego à liberdade de expressão, coisa que se elogia. Santana-Maia sublinhou ainda que tanto ele como Belém Coelho nunca falaram nas suas intervenções camarárias  de qualquer etnia.

 

Recordamos ao comentarista que Santana-Maia já declarou que não é candidato à CMA.

 

É óbvio que, por aquilo que se conhece de Santana-Maia, que ele não quer expulsar todos os ciganos de Abrantes. Mas pelos vistos o comentarista é racista anti-alentejano e quer expulsar Santana-Maia para a Ponte do Sôr.

 

Também é óbvio que os magistrados abrantinos não são racistas e quanto a nós têm sido demasiado brandos a aplicar sentenças.

 

Finalmente resta o grande elogio à Céu Albuquerque e o apoio explícito à sua gestão. Todos os que nos seguem sabem que nos opomos a essa gestão por prejudicial aos interesses do concelho e naturalmente nos oporemos à sua reeleição.

 

Não vou explicitar aqui todos os motivos mas existe um que é básico: queremos um Presidente/a que respeite as Leis. Quem é incapaz de mandar demolir abarracamentos ilegais ou quem promove uma política que esmaga a Liberdade ao controlar a Imprensa duma forma vergonhosa não pode merecer o nosso apoio.

 

A democracia é o Império da Lei  e não é o Império dos ajustes directos (alguns ilegais) aos amigos  sejam pretos, ciganos, cor-de-rosa ou carecas.

 

Queremos alguém que respeite escrupulosamente a Lei e não votamos numa pessoa por ela ter sido aparentemente eleita

 

 

MISS SIMPATIA 

 

pela estimada comunidade cigana.

 

A redacção



publicado por porabrantes às 21:49 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Quando havia Oposição

Município de Monforte des...

Carta a Santana Maia

Maria do Céu lava as mãos...

Reforma da Paulinha

O PCP visita a Ordem

Pela TV

Problemas nos túmulos dos...

A derrota da Camorra

Miss Simpatia

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diogo oleiro

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

museu iberico

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds