Quinta-feira, 14.09.17

A carta da Tubucci a propósito da demolição da Ermida de Santo Amaro é destacada no blogue Coluna Vertical.

Reproduzimos o post:

 

''Quarta-feira, 13.09.17

Ermida de Santo Amaro - Carta do presidente da Tubucci à presidente da câmara de Abrantes

 

Exmo Sr.Presidente da Câmara Municipal de Abrantes

Foi esta Associação surpreendida com a demolição do imóvel, sito na Rua Marquês de Pombal, nº 1, classificado como de interesse concelhio, pelo Decreto-Lei nº95/78 de 12 de Setembro e designado como Ermida de Santo Amaro.

O imóvel está referenciado no Plano de Urbanização de Abrantes como imóvel classificado. (Anexo 3)

santo amaro 2017 2.jpg

O imóvel corresponde às ruínas da Ermida de Santo Amaro, existindo num dos cunhais, um bloco com duas cruzes, que o documento camarário diz ser Cruzes do Calvário. (‘’Revisão do Plano Urbanização de Abrantes, Génese, Evolução e Património’’ (CMA,2015, p.39)’’. 

O documento citado data  a fundação do templo de ‘’meados do século XVI’’. Candeias Silva identifica-o com a Igreja de Santa Maria da Corredoura, que estava aberta  já ao culto em 1562. (Zahara, nº 10,2012).

O documento preparatório e já citado do PUA apenas assinala como elemento relevante as cruzes quinhentistas inseridas no cunhal referido e diz que era o que se podia observar do exterior.

As fotos que anexamos provam que havia elementos arquitectónicos e arqueológicos relevantes, palpáveis à simples observação directa.  

É evidente a importância cultural e histórica deste monumento para a memória cultural e religiosa da Cidade de Abrantes.

São escassos os vestígios do século XVI no nosso concelho.

É obrigação das edilidades : ‘’Assegurar, (...) , o levantamento, classificação, administração, manutenção, recuperação e divulgação do património natural, cultural, paisagístico e urbanístico do município, incluindo a construção de monumentos de interesse municipal;’’ (art 33, al t da Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro.’’)

Estabelece o art 3º do PUA sobre imóveis classificados:

‘’São admitidas obras de alteração e ampliação, quando necessárias à melhoria das condições de utilização, e desde que conforme a objectivo de salvaguarda e valorização patrimonial’’ (nº 3 do art 3º)

Uma demolição brutal não é uma obra de salvaguarda!

Além dos condicionalismos do PUA, a intervenção e a demolição de imóveis classificados obedece aos condicionalismos da Lei do Património, (Lei 107-A-2001, de 8-9-2001), designadamente para o caso aos arts 47 e 49, etc.

O imóvel encontra-se também  protegido pelo Plano Director Municipal, sendo qualquer intervenção nele condicionada pelas restrições impostas pelo art 22.

E finalmente encontra-se sujeito às restrições impostas pelo art 124 do Regulamento Geral das Edificações Urbanas, que não permite modificações ou alterações em imóveis de valor concelhio, quando possam provocar prejuízos para esses valores!

E uma demolição como a executada, naturalmente prejudica o imóvel!

Infelizmente a autarquia não tem cumprido o espírito destas imposições legais, como se pode verificar pela destruição parcial das muralhas do Largo 1º de Maio, facto denunciado pela opinião pública, pela Oposição em sede municipal e por esta associação.

Infelizmente a autarquia não tem cumprido a letra destas imposições legais, ao permitir pintar pelos tipos do Creativ Camp, um imóvel de interesse público, duma forma ilegal.

Facto denunciado pela opinião pública, pela Oposição em sede parlamentar, municipal e por esta associação. 

Enumeramos estes factos apenas a título exemplificativo, porque são inúmeros  situações deste tipo, destacando-se por exemplo a não classificação de imóveis relevantes nas freguesias rurais (caso da capela de Nossa Senhora dos Matos, nas Mouriscas), ou o abandono das inúmeras estações arqueológicas.

santo amaro 2017.jpg

Assim  sendo requer-se a V.Exa, nos termos do art artigo 110º do Decreto-Lei nº 555/99 de 16 de 16 de Dezembro:

   a) identificação do técnico responsável pela obra de demolição do referido  imóvel classificado.

   b) identificação da empresa que realizou a demolição, bem como dos seus representantes

legais.

   c) cópia do relatório obrigatório, previsto no art 45, n2 da Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro,

sobre a importância artística ou histórica da intervenção, identificação do técnico que a realizou e das suas habilitações literárias.

  d) cópia da licença para a demolição e identificação de quem a passou, bem como dos documentos administrativos que lhe serviram de suporte.

Nos termos da Lei da República tem V.Exa 10 dias para fornecer  os documentos pedidos.

Com os melhores cumprimentos.

11 de Setembro de 2017

Paulo Falcão Tavares

Presidente da Tubucci ''

 

  



publicado por porabrantes às 09:42 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.09.17

 

 

A associação de defesa do  património Tubucci acaba de apresentar queixa na CMA pela demolição do imóvel classificado '' Ermida de Santo Amaro''

A queixa consta do documento que se reproduz e vai assinada pelo historiador Dr.Paulo Falcão Tavares.

 

santo amaro 2017

 

 

santo amaro chicó

S.Amaro, doado por Diogo Oleiro, à igreja de S.Vicente

 

 

ermida 1

 

 

tubucci s.amaro  2 2017

 Agora cabe aos cidadãos e já agora às forças políticas e à sociedade civil protestarem junto da autarquia.

Defendam o Património de Abrantes!

mn

 

foto : Salvem S.Amaro; Mário Chicó (F.Mário Soares com a devida vénia)  



publicado por porabrantes às 15:27 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16.12.16

bernardo moniz da maia.png

 ter atenção ainda à intervenção do arq. António Varela

 

O mercado foi construído por Henrique Augusto da Silva Martins e custou 38 contos

 

O papel de Varela figura neste livro

 

varela livro.png

mn



publicado por porabrantes às 16:46 | link do post | comentar

Domingo, 30.10.16

Convidamo-lo(a) a estar presente no III Encontro de História e Património de Ponte de Sor, que se realizará no Centro de Artes e Cultura de Ponte de Sor, no próximo dia 5 de novembro (sábado), entre as 15h00 e as 17h00.

 

Esta iniciativa, organizada pelo Arquivo Histórico Municipal de Ponte de Sor e de periodicidade anual, incide sobre temas de História e Património, tendencialmente locais e regionais, assumindo a forma de colóquio com especialistas nas áreas de história, história de arte, arqueologia e ciências da informação. Tem como objetivos divulgar e sensibilizar para o valor do património histórico; criar públicos interessados na história e no património; possibilitar a divulgação local e regional de trabalhos de especialistas, bem como a frutífera troca de saberes e experiências. Este ano participarão no Encontro três conferencistas, de acordo com o programa seguinte:

 

15h00 – Rui Jesuíno (Câmara Municipal de Elvas), “Elvas, Património da Humanidade”

15h30 – Paulo Falcão Tavares (Associação de Defesa do Património de Abrantes), "Cidadania para o património: o caso da Tubucci, Associação de defesa e estudo do património da região de Abrantes")

16h00 – Coffee-break

16h15 – Ana Isabel Coelho Silva (Arquivo Histórico Municipal de Ponte de Sor), “Saibam os que este estormento d’aforamento virem: o novo documento mais antigo do AHMPS”

16h45 – Debate e encerramento por Carlos Manuel Faísca (Biblioteca Municipal de Ponte de Sor)

 

Esperamos contar com a Vossa presença.

 

Com os melhores cumprimentos,

 

Ana Isabel Coelho Silva

Arquivo Histórico Municipal de Ponte de Sor

 

iii.png

 



publicado por porabrantes às 20:32 | link do post | comentar

Sábado, 29.10.16

alçado do altar s.domingos.png

 Alçado para retábulo da Igreja de São Domingos em Abrantes], [ca 1660]

CRASTO, António Vaz de, fl. ca 1656-1664

 

alçado do altar s.domingos 2.png

Provavelmente encomendado pela mãe da  Infanta de Portugal, D.Guiomar Coutinho, para emoldurar a campa do genro, o Infante D.Fernando, Senhor de Abrantes e da filha.

alçado 3.png

(1)

 

Publicado pela primeira vez em Abrantes no livro Real Convento de S.Domingos, edição da Tubucci, da autoria do Dr.Paulo Falcão Tavares

livro paulo.jpg

Imagem da Biblioteca Nacional, com a devida vénia

 

mn

 

(1) in

 

cimélios.png

 



publicado por porabrantes às 23:32 | link do post | comentar

Sexta-feira, 14.10.16

esperança 2.png

mn



publicado por porabrantes às 10:59 | link do post | comentar

Terça-feira, 11.10.16

O Presidente da Tubucci-Associação de Defesa do Património da Região de Abrantes com um Velazquez papal atrás, no Palazzo Doria-Panfhili, propriedade dos príncipes deste nome,a convite de SAR o Duque de Sabóia. 

um velazquez.jpg

Atrás um dos mais belos Velázquez que há neste mundo, Inocêncio III, o papa cujo ''nepote'' abandonou a púrpura cardinalícia para se casar com uma bela italiana e que deu origem a esta casa.

A palavra nepotismo provém dos Papas nomearem cardeais os ''nepotes''. O nepotismo é assim católico e romano.

Visitem o palácio quando forem a Roma.

mn

 



publicado por porabrantes às 19:10 | link do post | comentar

Quinta-feira, 06.10.16

esperança sem esperança.png

 

 

 

Depois da Câmara Municipal e os seus "técnicos" retirarem (em 2016)a classificação a 26 edifícios do centro histórico, agora surge uma nova ameaça: o que resta, e é muito ainda, do ultimo Mosteiro de monjas abrantino, Nossa Senhora da Esperança.

O novo projecto, foi feito unicamente por arquitectos (a classe mais sábia no planeta), para ampliação do Colégio de Fátima, atenta contra o monumento classificado  existente em Abrantes, que é quinhentista.

 

Tem ainda o claustro, o famoso Pórtico maneirista (em péssimo estado) o cemitério das religiosas intacto, Igreja monástica, Parlatório, Pórtico da Cerca e edificado de apoio. A Igreja merece outra dignidade: a recolocação dos azulejos, a reposição do brasão de pedra que retiraram do fecho da Capela-mor (que agora está escondido nas reservas do Castelo), etc..

convento esperança interior.jpg

 

Agora era a altura certa da Câmara, intervir no Mosteiro e protegê-lo, mas não, vai amesquinhá-lo e desvalorizá-lo, como é apanágio desta cacique e seus técnicos,amantes do betão pelo betão.

convento da esperança igesparr.jpg

 

Grande parte da história abrantina, desde quinhentos, passou por este Mosteiro, será que não merecemos a sua salvaguarda e promoção? Ou será que a visão de alpinista político-social da cacique, pode tudo?

Precisamos urgentemente de uma nova gestão camarária, senão Abrantes perde a sua memória e identidade. Já não nos bastavam as asneiras demolidoras do Nelson Carvalho!

Paulo Falcão Tavares*

 

* Presidente da Tubucci-Associação de Defesa do Património da Região de Abrantes, Mestre em História pela Universidade de Évora; Autor do livro: O Real Convento de S.Domingos

c. esperança 2.jpg

 

fotos: CMA; DGMN 

 

PS- O Blogue autoriza a Senhora Directora do Nova Aliança a reproduzir este artigo, sem o censurar.



publicado por porabrantes às 19:32 | link do post | comentar

Segunda-feira, 15.08.16

faria e sousa templo da lua.png

Faria e Sousa, Europa Portuguesa, Tomo I, Lisboa 1678

 

O perdido e às vezes considerado lendário Templo da Lua, em Sintra, foi reencontrado em 2011

 

Teria Faria e Sousa razão em traduzir Tubucci por Abrantes?

 

Afinal tinha razão em dizer que o Templo estava em Sintra

 

mn .  



publicado por porabrantes às 15:15 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29.06.16

tubucci santa casa.png

devida vénia à Tubucci-Associação de Defesa do Património da Região de Abrantes.

a redacção

 



publicado por porabrantes às 13:54 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A demolição dum imóvel cl...

Tubucci apresenta queixa ...

Eng Bernardo Moniz da Mai...

III Encontro de História ...

O Altar de S.Domingos de ...

Convento da Esperança

Um Velázquez romano

Um Convento sem Esperança...

Tubucci honra o Divino Oc...

A tela quinhentista da Sa...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

vale das rãs

todas as tags

links
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds