Terça-feira, 29 de Novembro de 2011

Na revista humorística Zahara saiu isto pela pena da senhora que é o braço direito do Gaspar, a D.Teresa Aparício, alegadamente com co-autoras, entre elas a minha querida D.Ermelinda Coelho (1), num artigo que já abordei aqui e onde fiz perguntas que nem o Bispo de Portalegre nem o Graça foram capazes de responder.   

 

 

 

 

Ou seja alegadamente um Sanches Alves, que passou tipo cometa pela Diocese de Portalegre para ir aterrar tipo pára-quedista em Évora,

 

 

para que a sua vaidade mundana fosse satisfeita com mais um degrau ascendido na Hierarquia eclesial, terá ordenado a constituição duma estranha Associação em 2007 por causa do novo regime fiscal.

 

 

O que é isso do novo regime fiscal?

 

É o resultado  do acordo concordatário de 2004, assinado voluntariamente entre o Estado Português e a Santa Sé, que veio pôr fim ao escandaloso regime de privilégios que a ditadura concedera à Igreja Portuguesa em troca do seu apoio político e que em termos legais 

se traduzia na Concordata de 1940 . Uma Concordata que limitava a liberdade da Igreja, concedendo ao regime fascista um direito de pernada na nomeação dos Bispos em troca de hipocrisias como a indossulubilidade do matrimónio católico e a limitação da liberdade religiosa às outras confissões.

 

Coisa que traduziu nos anos 60 no Tribunal de Abrantes em julgamentos a pessoas inocentes acusadas do ''crime'' horrendo de serem Testemunhas de Jeová.

 

Uma ressurreição das práticas inquisitoriais que levaram milhares de portugueses à fogueira condenados por um Tribunal eclesiástico.

 

Ao assinar a Concordata de 2004, a Igreja comprometia-se a cumprir lealmente a lei fiscal e a não procurar subterfúgios, tipo off-shores e espertices saloias e a pagar impostos.

 

A Igreja a mim manda-me pagar Impostos e diz que é pecado a fraude fiscal.

 

''

D.16.6 Pagar os tributos exercer o direito de voto defender a nação

§2240 A submissão à autoridade e a co-responsabilidade pelo bem comum exigem moralmente o pagamento de impostos, o exercício do direito de voto, a defesa do país:

 

E o Sanches Alves  e o Graça têm de pagar impostos ou  adaptam-se a  eles, com uma santa alegria, parecida àquela com que o Oliveira Costa acumulava depósitos em Cabo Verde, actividade perfeitamente legal?

 

 

 

Para que é que o Sanches Alves mandou constituir a Associação Cultural e de Desenvolvimento Nova Aliança segundo  diz a Teresa Aparício?

 

Para transferir para lá a Livraria da Casa de Santa Maria e .....

 

 

 

 

(obrigado à Dona Noémia pelo documento)

 

 

Isto é a Nova Aliança, quinzenário católico, fundado pelo Sr.Padre Jaime de Oliveira, que era até há pouco Propriedade do Arciprestrado de Abrantes, isto é do conjunto de paróquias que se agrupam infelizmente sobre a tutela do Graça (não por culpa do Sr.Bispo, mas por pecado dos  colegas do Graça que o elegem para tal cargo) é agora propriedade duma estranha associação.

 

Mas continua a ser segundo os dados da ERC uma publicação doutrinária.

 

O que é a Associação

Nova Aliança?

 

 

S

Em 15-1-2008, num cartório de Tomar ( e porque não num cartório abrantino, que tem o Graça, capelão do ICA, contra a drª Sónia Onofre?) compareceu um tal José da Graça, solteiro, maior, natural da freguesia de São Simão, concelho de Nisa, habitualmente residente no Largo de São Vicente em Abrantes, titular do BI nº 1617752 de 4/3/2005, passado pelo SIC de Santarém.

 

Compareceu também Maria Teresa Matos Ramos Bento dos Santos, casada, natural da freguesia da Ortiga, Mação, habitualmente residente na Av.Solano de Abreu 3,1º, em Abrantes, titular do BI nº1642013 de 19/04/2006, passado pelo SIC de Santarém.

 

E ainda, Maria do Sameiro Fernandes dos Santos, solteira, maior, natural da freguesia do Freixo, Ponte de Lima, com uma residência muito apropriada para o acto Rua da Igreja, Chainça,Abrantes que não exibiu BI mas sim uma fotocópia certificada do BI nº 6462400 de 27-10-2005, certificada pela advogada com a cédula 2212 C.

 

E os três disseram à senhora notária que queriam constituir uma associação, com o nome, supra e a designação abreviada de Nova Aliança, amén.

 

O art 3 º dos curiosos estatutos estabelecem entre outros os fins ou objecto da associação:

 

 a alínea a) diz que vão editar o ''Nova Aliança''

  

 a alínea c) ''Promover o estudo e divulgação da doutrina da Igreja Católica,  em particular, nas perspectiva do desenvolvimento humano, socio-cultural e económico da população''

 

a alínea g) Diz que ocuparão da gestão da Livraria da Casa de Santa Maria.

 

O resto é o paleio típico destas associações, com alguma curiosidade que faria arrepelar os cabelos a qualquer teólogo ou supranumerário da minha benemérita associação, que não elege os seus corpos gerentes, mas que tem de esperar que Sua Santidade na sua infinita geerosidade escolha um Pastor.

 

Nas curiosidades há a forma de exclusão dos sócios. Por exemplo não está prevista a exclusão automática, necessária numa organização católica, do membro que seja excomungado.

 

Imaginemos que ao Graça lhe dá por se tornar Pastor Jeová e pode continuar evangelicamente a mandar na Associação!!!!!  

 

 

Finalmente montam uma Comissão Instaladora cujo Chefe é o Graça, Vice-Presidente a Maria do Sameiro e Secretária a Maria Teresa.

 

O art.33º obriga o Presidente a convocar eleições num prazo de 60 dias a partir de 15-1-2008 para uma direcção regular.

 

Outros artigos obrigam à apresentação de contas e à sua aprovação anual.

 

Dos documentos disponíveis na CRC de Abrantes, desta Associação, que tinha o cartão provisório de pessoa colectiva nº P508424739, não consta mais nada.

 

Pode-me informar o Graça se já há uma direcção regular, contas aprovadas, porque já passaram quase 4 anos e já teve tempo para isso?

 

Também me pode informar o Graça qual a forma jurídica  através da qual um jornal que era propriedade duma instituição católica, com personalidade jurídica, foi parar às mãos desta gente?

 

Pode-me informar o Graça se foi ele enquanto Arcipreste que assinou o documento de transferência de propriedade, isto é se foi o Arcipreste de Abrantes que passou um jornal católico para as mãos de terceiros e a troco de quê?

 

Foi uma doação, uma venda, uma permuta?

 

Arrisca-se a Paróquia de São Vicente a ver transferida a Casa Paroquial para qualquer associação a constituir por 3 pessoas?

 

Pobre Dr.Armando Moura Neves

 

e família que pagaram a casa!!!!!

 

 Qual o fim deste negócio?

 

''Adaptar-se ao novo regime fiscal'' , é o que diz não eu, mas a D.Teresa Aparício e o Graça não a desmentiu.

 

A mim parece-me que estas adaptações, pregadas pelo actual Arcebispo de Évora são tudo menos canónicas, católicas e apostólicas.

 

E a mim, não serão nem um Graça, nem um Sanches Alves que me darão lição de coisa nenhuma, incluindo de catequese.

 

Marcello de Noronha, católico 

 

(1) A Senhora Dona Ermelinda Coelho repudia a autoria que lhe foi atribuída do artigo que saiu na Zahara



publicado por porabrantes às 14:16 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A Madre Leão, maior poeti...

Um neo-liberal às aranhas...

Tramagalenses romanos?

A dona dos plátanos

Do charuto do capitalista...

A despedida

O Serviço Nacional de Saú...

Nove mil euros para corta...

A lesma abrantina: arion ...

A ''Universidade'' Pelica...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds