Domingo, 13 de Maio de 2012

 

 

 

 

Eis uma forca democratizada, o paralítico ou o idoso podem subir sem fazerem força até ao patíbulo para que carrasco os ice em nome da sentença pronunciada pelo Tribunal.

 

 

O Estado de Israel pôs uma corda ao pescoço da besta e mandou o carrasco actuar.

 

 

Justiça?????

 

 

Cá para mim soa-me a vingança.

 

A vingança sionista teorizada por Ben Gurion que prometeu caçá-los a todos por meios judiciais ou extra-judiciais.

 

Não só os fascistas matam, o Estado sionista é um estado nacional-democrático para judeus.

 

Os anti-fascistas também matam e lincham.

 

 

 

 

O Duce liquidado por ordem de Sandro Pertini, partisan socialista depois respeitado Presidente da República Italiana.

 

Enforcou gente o fascismo luso em Portugal?

 

Não, embora tenha assasinado Dias Coelho, Delgado, Ribeiro Santos e o abrantino Marques Godinho.

 

 

Não, porque a pena de morte em Portugal foi abolida por D.Luís I.

 

Houve um idiota fascista, que reclamou a pena de morte na Assembleia Nacional para os subversivos nos anos 70.

 

Acho que devia estar lá ainda Sá Carneiro, deputado da Ditadura, que deve ter flipado juntamente com os outros 118 deputados face ao energúmeno.

 

Na Assembleia do MFA, depois de 11 de Março de 1975, um grupo de exaltados gonçalvistas propôs a pena de morte para os spinolistas.

 

Um major de Abril pegou numa cadeira e disse a Varela Gomes: ''parto-te os cornos, se voltas a falar de pena de morte''.

 

O bravo Coronel e os outros heróis amocharam para conservar as hastes.

 

Ouvi o Dr. Cunhal num discurso nessa época ralhar com o proletariado, que pedia pelotões, porque ''o povo não estava preparado'' para esta ''justiça'' sumária.

E excepto um pobre militar fuzilado em 14-18 por alegada espionagem em teatro de guerra nunca mais houve execuções em Portugal . A  pena de morte fora abolida excepto para ''traição'' em tempo de guerra.

Pelos vistos esta legislação reinava em Portugal, excepto na P.Barão da Batalha, no final dos anos 60 quando os ''fascistas'' quiseram enforcar o Baptista.

 

 

 

 É o que conta o ''herói'' com estas palavras:'' 

”. De acordo com o solicitador, o Correio de

Abrantes recusou-se a publicar o texto “por pressão de

alguém”, tendo sido “destinada uma árvore, na Praça

Barão da Batalha, para ser lá enforcado”. 

 

2-10-2010 in ''a barca''

 

 

Fomos à procura dum dos últimos dirigentes da ANP local que está vivo (por acaso pai dum tipo importante na política cá da terra) e perguntámos porque é que o Baptista não foi pendurado numa corda.

 

 

''É pá era chato, depois quem é fazia os registos ao Dr. Consciência?????''

 

ribatejo

 

No jornal da Margarida, atrás citado, está uma foto porreira do Dr.Consciência, acabado de chegar da Meda a Abrantes, pilotando um soberbo Jaguar (também tinha um Alfa-Romeo do catano) com o Zeca Afonso, num concerto por acaso  celebrado em São Domingos.....nas primeiras jornadas culturais.

 

 

Também pode ter acontecido que os ''fascistas'' temessem que a corda onde prendessem o pescoço do Baptista se desatasse e o homem caísse em cima do Jaguar, que costumava estar estacionado na Praça  e estragasse a carroçaria.

 

Estavam lixados com o conhecido amante de bólides que sempre foi o dr. Eurico.......

 

 

 

um jaguar de 1968, soberba peça

 

 

 

Marcello de Noronha



publicado por porabrantes às 21:37 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A excomunhão para os dono...

A constituição é para euc...

Abrantes na Patuleia

Conferência do Padre Gonç...

Depois duma vigília pela ...

Uma manif para manipular ...

Música Litúrgica melhora

As santas guerras do noss...

Informação Paroquial

Bem-vindo Padre Castanhei...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13

24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds