Domingo, 28 de Março de 2010

A autarquia abrantina não é virgem em processar animais (irracionais). Já houve um processo contra galináceos que cantavam demasiado cedo para os lados da Rua de São Pedro e a CMA mandou  apreender os galináceos.

Nessa altura basearam a coisa numa série de disposições legais absurdas de que daremos conta.

 

 

Há uns anos foi aprovado o mais divertido Regulamento Municipal sobre bichos que alguma autarquia produziu em Portugal, que se aplica também a outros concelhos vizinhos .(1)

 

Também há o processo contra a PSP por favorecimento ilícito do burro Jerico, devido ao dono do asno mais mediático de Portugal ser primo dum Polícia.

O surrealismo municipal é produto da ignorância supina de Pina da Costa & Nelson de Carvalho, que achavam que com regulamentos se resolve tudo.

Naturalmente os regulamentos só se aplicam quando convém.

Por exemplo, pode-se transitar com elefantes pela Via Pública de Abrantes, incluindo as zonas pedonais? Pode, foram os ditos, mais os acólitos e já não nos lembramos da posição da Oposição, que contrataram uns elefantes para que os proboscídeos desfilassem pelas ruas da Cidade, em homenagem a Candeias Silva.

Teoricamente a homenagem era a D.Francisco de Almeida, mas já sabemos que todas as homenagens a D.Francisco são uma forma de honrar o discípulo predilecto do fascista Veríssimo Serrão.

Faziam ruídos os elefantes? Aplicou Pina da Costa o Regulamento aos paquidermes? Mandou  o VPC reduzir a o ruído na fonte?

 

Pina da Costa, o jurista dos problemas canídeos  

 

Ou a Lei só se aplica a cães?

Ao  não aplicar a Lei aos elefantes não se ofenderam os '' direitos de personalidade (dos abrantinos que) são protegidos contra qualquer ofensa ilícita, não sendo sequer necessária a culpa nem a intenção de prejudicar o ofedido, pois decisiva é a ofensa em si. ''?

 

 

 

Já prescreveu o ruído da passagem dos paquidermes que desfilaram em honra de D.Francisco e do seu profeta, ou ainda estamos a tempo de

de meter um processo judicial por abuso de poder, aos  que deixaram os elefantes fazer barulho, com base no art. 382 do Código Penal que diz assim:

 

''Artigo 382º

Abuso de poder

 

O funcionário que, fora dos casos previstos nos artigos anteriores, abusar de poderes ou violar deveres inerentes às suas funções, com intenção de obter, para si ou para terceiro, benefício ilegítimo ou causar prejuízo a outra pessoa, é punido com pena de prisão até 3 anos ou com pena de multa, se pena mais grave lhe não couber por força de outra disposição legal.''

 

Deixamos a reflexão aos distintos juristas que acham que judicializar o problema das sanitas e dos cães que ladram demasiado é muito importante.

 

Mais importante que saber porque razão foi constituído Nelson de Carvalho !!!!

 

 

Este blogue e o quase milhar de peticionários acham que os cães têm direito a ladrar, os burros a zurrar e o Padre do Pinhal a dizer asneiras (enquanto o Sr.Bispo não o mandar calar).

 

Acrescenta-se que os cães que ladram, não mordem e por isso é melhor um vizinho com um cão que ladre que com um rotweiller silencioso, capaz de degolar qualquer pacífico cidadão.

 

 

 

 

cão brasileiro que detesta Pina da Costa


Finalmente pode adoptar-se a solução cubana. Fidel decretou certa vez a proibição de ter animais  incluindo porcos nas casas de Havana. Tudo porque os bichos eram ''propriedade privada'' e num país comunista isso não deve haver.

Fidel jogando baseball à moda do Vereador Valamatos

 

Ora, os marranos eram essenciais para a alimentação dos cubanos, que os engordavam desde leitões em casa, porque não havia carne no mercado.

 

Os bufos da Pide cubana resolveram detectar os ruídos dos suínos e prender os delinquentes que conspiravam contra o Comandante Supremo criando simpáticos porquinhos cor-de-rosa.

Resposta dos cubanos, passaram a operar os suínos às cordas vocais para que se mantivessem caladinhos, enquanto os bufos patrulhavam.

.

Porco cubano silenciado pelos castristas

A pergunta é:

 

Querem os políticos abrantinos que operemos às cordas vocais os nossos canídeos?

 

Um peticionário que tem um papagaio que está sempre a dizer: ''O Carrilho é uma desgraça'' também tem de o operar?

 

Miguel Abrantes

 

(1) Alteramos agora este post, pois só neste momento conseguimos localizar a acta da CMA contra os galináceos. O Regulamento a que nos referimos é o Regulamento do Canil-Gatil Intermunicipal de Abrantes, Sardoal e Constância cuja última versão foi aprovada em Abril de 2007 pela Assembleia Municipal de Abrantes.



publicado por porabrantes às 12:40 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Lacão, em bicos dos pés, ...

Restaurar a democracia na...

Milagre do Pai Bento: Len...

PS encosta gestora da Tej...

O irmão do Pinto de Sousa

A Universidade deles

Para o Estudo da Idade Mé...

Tramagal, 1936

Dia do Senhor: Ciganas sa...

Os desastres do cacique d...

arquivos

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

pcp

pego

pegop

petição

pico

pina da costa

política

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

links
Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13
14
15

20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds