Quarta-feira, 25 de Julho de 2012

Há muitos anos o PSD pela mão do dr. Pedro Marques e do Armandinho cometeu a insensatez de fazer João Pico Vereador-a-dias. Num desses funestos dias, era Julho de 2002, o Vereador-a-dias e o V. João Salvador apresentaram um requerimento:

 

     

 

 

 

 

Tratava a coisa deste imóvel protegido onde os municipais, chefiados pelo Bento, removiam terras na sua área de protecção infringindo a Lei com o mesmo descaramento com que alguém ia depositando massas valentes nas contas do agente técnico e ex-desenhador da MDF,

 

 

bem para ser justo é preciso recordar que o Bento fora capataz ou coisa que o valha na Apolinário Marçal e que o Vereador que o Pico substituía no seu labor a-dias, o Pedro Marques tinha lá sido Director Financeiro, aquilo tinha falido, e os gajos emigraram para a política.....

 

 

 

O Bento com uma lata do caraças (já estou a escrever com o vernáculo do meu barbeiro, nem todos podem ser carecas como o Pico e o Armandinho) respondeu-lhes com isto, que vai a seguir, mas convém adiantar que alguém teve de  informar os laranjas que aquilo era um imóvel protegido desde 1967, salvo erro, e que esta brigada alaranjada não fazia a mínima ideia da importância do monumento.

 

Devem ser da mesma escola que o Doutor Candeias Silva que já sustentou que foi o Salgueiro Maia que desvendou o ''mistério dos mourões'', não sei se montado numa Chaimite....

 

 

 

 

 

Isto é o agente técnico Bento reconhecia que as obras estavam a ser feitas ilegalmente e gemia num apontamento manuscrito que alguém se queixara ao IPPAR.

 

Os senhores Vereadores só tinham uma saída segundo o Código do Processo Penal:'' 

 
Artigo 242.º
Denúncia obrigatória
1 — A denúncia é obrigatória, ainda que os agentes do crime não sejam conhecidos:
a) Para as entidades policiais, quanto a todos os crimes de que tomarem
conhecimento;
b) Para os funcionários, na acepção do artigo 386.º do Código Penal, quanto a crimes
de que tomarem conhecimento no exercício das suas funções e por causa delas.
2 — Quando várias pessoas forem obrigadas à denúncia do mesmo crime, a sua
apresentação por uma delas dispensa as restante.

 

 

Isto é tinham (porque neste caso o Vereador é equiparado a funcionário) de comunicar ao MP ao ilícito porque era um delito, por violação do previsto no art 48 da Lei do Património. 

 

 

Pode exibir-me o Sr.Xerife cópia da participação ao MP ????

 

 

 

 

 

Ficam as coisas por aqui????? Não porque, mais tarde Júlio Bento mandava ao IPPAR  nova missiva a que tive acesso através de métodos legais....

 

 

Na carta o Bento da nova-fortuna, em vez de ficar prudentemente calado, manipulava a verdade. Estava a CMA a fazer movimentações de terra a menos de 50 metros dos Mourões e a violar a Lei.

 

A autorização do IPPAR só veio em 2004.....Tudo o feito antes disso é ilegal e o que foi feito depois para lá caminha, porque foram exigidas escavações arqueológicas em 2004 e o pedido para as fazer à tutela só entrou em 2011.

 

 

Vou entregar a papelada à Tubucci, na pessoa do seu Presidente, Dr.Falcão Tavares. A Tubucci fará o que entender com os documentos que lhe entregarei, que são bastante mais que os aqui reproduzidos.

 

 

Quanto ao Xerife fará o favor de explicar aquilo que o ''acagaçou'' e o levou a não meter nos Tribunais, como era sua obrigação legal,  Júlio Bento, Nelson Carvalho e o resto da pandillha.  

 

A carta reproduzida a seguir, pode  dar um indício, ligações empresariais também, mas há outras explicações:

 

 

MEDO

 

 

ou

 

 

SANTA IGNORÂNCIA !!!!!!      

 

 

 

 

 

 

 

 

Com os cumprimentos do Miguel Abrantes ao ex-Vereador João Pico ..... 



publicado por porabrantes às 22:13 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Dia do Senhor : O Padre ...

Lar do Carvalhal evacuado

Fundação, onde a CMA é fu...

Portugal foi salvo pela ...

Os Inimigos de D.Manuel

Caudilho em apuros

Parabéns ao ''Minho''

Cuidado a falar

Refugiados bombardeiam mi...

Preso capitão-mor por afr...

arquivos

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds