Terça-feira, 11 de Setembro de 2012
O Cidadão abt disse sobre A luta popular em São Facundo na Terça-feira, 11 de Setembro de 2012 às 14:06:

     

Indo ao encontro da intervenção do Dr. Santana-Maia Leonardo na reunião camarária de 10 /9/2012, no concernente ao encerramento da escola primária de São Facundo em que denunciou o alheamento das forças vivas da freguesia de ânimos arrefecidos pelo enfartamento do oásis do Mocho XXI, a partir do momento em se tornou visível esta decisão da DREL com a passividade da Camara Municipal de Abrantes, altura essa em que a população de São Facundo se deveria manifestar de forma activa, em que também cá o Cidadão, há cerca de meio ano aa presente data e numa atitude meramente colaboracionista tomou a liberdade de consultar gente das forças vivas da freguesia no sentido de lhes tomar a opinião sobre a desertificação progressiva de que estavam a ser vítimas e a previsibilidade das crianças terem que se deslocar diariamente para a Bemposta com todos os transtornos daí provenientes, ao que essas pessoas manifestaram alheamento, associando o tema a “meras quezílias politicas” confiando o assunto aos procedimentos meramente administrativos entre autarcas e DREL, preferindo abordar outros temas prementes do momento como a participação da Selecção Nacional no Euro 2012 ou as festas que se avizinhavam. 

Ora como a fartura dá em enfartamento e dentro do princípio do quem não quer não é obrigado a mais, este voluntarioso retirou-se para a sombra, daí para que nestes dias de luta perpetrados pelas gentes de São Facundo no sentido de recuperarem os seus direitos e que só acordaram quando viram as suas barbas a arder, razão para que cá o Cidadão se mantenha fora do jogo, omitindo postagens sobre o assunto.Cidadão abt disse sobre A luta popular em São Facundo na Terça-feira, 11 de Setembro de 2012 às 14:06:


     

I

 

 

Olá Cidadão,

 

A história é sempre a mesma, amigo. Avisam-se as pessoas para o quem vem aí, para que ponham as barbas de molho, e lá vem o ordeiro berrar que se trata de ''quezílias políticas'' e vá de irem dormir a sesta.

Boa parte da situação portuguesa, é igual à que descreves em São Facundo.

Todos em fúria com o Passos e o Cavaco e deram-lhes maioria.

No caso de São Facundo, o mais milagroso é a descoberta a um ano do final do mandato, por parte de Carlos Arês, que tinha sido eleito Verador oposicionista e não situacionista, que se o queria ser ,o mais limpo era inscrever-se no PS e talvez desse um Presidente desse partido mais capaz que o Bruno Tomás ou a Isilda.

 

Mas pressionado pelos seus companheiros do ICA lá teve que botar faladura sobre o assunto. E depois voltou a ser situacionista full-time. Só falta o Albano ressuscitar das trevas políticas, falar disto e regressar como Messias.

 

Entretanto hoje na Antena Livre, a Presidente botou faladura incoerente sobre o assunto. Diz que se candidataram a um fundo comunitário com o compromisso de meterem as crianças de São Facundo na Bemposta, deram-lhes a massa com essa assombrosa obrigação, e que se autorizasse a manutenção da Escola aberta teriam que devolver o dinheiro à Europa e que haveria responsabilidades pessoais dos autarcas.

 

 

Podia atacar sobre as pesadas responsabilidades da Céu, em relação à Banca, que constam da sua declaração obrigatória de rendimentos e cujo conteúdo é público e que a petição tem na sua posse, mas não é o momento.

Também são responsabilidades pessoais, né????



E as que contraiu com o caso MIAA????

E continua a querer avançar com a Torre.....

A senhora atirou as responsabilidades para a DREL, sacudindo a água do capote, cuja marca dispendiosa não recordo, e que certamente  não terei grande possibilidade de recordar, porque  está sempre a mudar de fatiota, certamente pensando que é uma Top-model,

 

numa jogada que não engole o observador mais atento, e que tenta ocultar o deliberado propósito de prosseguir uma política que está a desertificar muitas aldeias do concelho para levar tudo para certas localizações periféricas a Abrantes com intuitos pouco claros. Ou como diz, sábia a Suzy, claríssimos...

Respondeu-lhe muito bem o sr.Marchante, dizendo que esperariam pela resolução do Tribunal e a luta continuaria. S. Facundo é terra do ICA e os independentes deviam ter acordado mais cedo para defender a sua freguesia e credibilizarem-se, coisa que passava por retirar a confiança política a Carlos Arês.

Acordaram tarde e no caso Arês ainda estão a dormir......

E no caso MIAA em vez de seguirem a posição corajosa do dr. Amaral, que disse desde o início que a torre era um ''aborto'', nunca se pronunciaram sobre o assunto.

Tenho pena de ver que gente que estimo, como a notária Sónia Onofre, muda nesta questão.

Falta o cónego. O jornal dele dedicou 10 linhas diminutas a criticar a CMA, vê-se que ainda lhe doem as bordoadas que lá levou....

E o Anacleto a pensar que ''aquilo é terra de comunas ateus''.....

 

 

Mas mesmo assim, amigo,  achamos que ''mais vale tarde, que nunca'' e por isso, respeitando a tua opinião, iremos apoiando a ''justa luta''. 

Porque achamos que as crianças de São Facundo devem ser defendidas e que S.Facundo pode ser um símbolo de resistência a esta desastrosa edilidade.

 

Miguel Abrantes

 

 

fotos da Escola: gentilmente enviadas por um leitor



publicado por porabrantes às 16:17 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Sarna no Hospital

A tortura dos profs

Investidor Fantasma contr...

1890: abaixo o imperialis...

Deveres de Cortesia: A Fo...

Século arrasa os touros d...

Padre Catarino com o cabe...

O soldado abrantino do Im...

SEPNA devia multar a CMA

As oliveiras da Ministra ...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds