Quarta-feira, 10 de Outubro de 2012

Segundo documento camarário a que tivemos acesso o teor da deliberação sobre as piscinas foi este:

 

''Foi aprovada na reunião de 8 de outubro de 2012, do Executivo Municipal, a alienação do terreno das antigas Piscinas Municipais ao Hotel Turismo de Abrantes.

 

Esta proposta de decisão baseou-se nos seguintes pressupostos:

 

- Por se considerar a existência do Hotel como fonte de permanência temporária de visitantes, com benefícios diretos no tecido económico local;

 

- Por não existirem em Abrantes equipamentos similares suficientes para a procura de alguma exigência de serviços, nem disputa entre os operadores nas ofertas para captação de fluxos turísticos;

 

- Por se considerar necessário incentivar as atividades com efeito multiplicador económico local e a promoção do desenvolvimento:

 

- E porque a reativação do equipamento das piscinas descobertas, desativado com a abertura do complexo desportivo, não é considerada economicamente viável.

 

A venda está sujeita a cláusula de reversão e a um conjunto de contrapartidas, sendo exigida a manutenção com a função e uso de hotel (turístico) pelo período mínimo de 30 anos.

 

Com a compra deste terreno, o Hotel Turismo assume também o compromisso de manter os espaços verdes e equipamentos em bom estado de conservação, de modo a ser plena e livremente usufruível pelo público.

 

O terreno, com uma área de 4685 m2, será vendido pelo preço simbólico de 5.856,25€.

 

A deliberação foi aprovada por unanimidade.''

 

 

Este documento distribuído à imprensa está incompleto porque não recolhe a declaração de voto dos Vereadores sociais-democratas que coloca reticências à operação, por desconhecimento dos seus contornos e por não estar previamente agendada.

Também tivemos acesso a esse documento que será aqui publicado.

 

O texto divulgado diz que se vendem as piscinas ao ''Hotel Turismo''

 

 

 

 

 

Mas o Hotel é um imóvel e não tem personalidade jurídica e não pode comprar coisas.


Quereriam dizer à  Hotel Turismo de Abrantes, S.A, que era a proprietária do Hotel até 2005 e que era (1) aparentemente dominada pela família Paredes Alves com uma minoria de sócios abrantinos, sendo entre os accionistas minoritários a parte mais relevante da família Moura Neves e Fernandes, ao ponto de ser Presidente da Assembleia Geral, o sr. dr. Jorge Moura Neves Fernandes ?????




O mais espantoso é que contactado por nós o dr. Luís Moura Neves-Fernandes, desconhecia, em Julho de 2012 ,que o edifício do Hotel já não pertencesse à Hotel Turismo SA e desconhecia também que os quadros do Lozano tivessem '' voado''....



Hoje a sociedade abrantina é mera inquilina dum Fundo Imobiliário, que é dono do edifício, e que cobraria uns 6.000 euros de renda mensal.


É o FIIFT II da Turismo Fundos 

Turismo Fundos

cuja estrutura accionista é esta Turismo de Portugal 53%, CGD 34 % e BES 13%


ou seja o edifício é na prática duma empresa quase pública.....




portanto estamos sem saber a quem vendeu a CMA as piscinas (saberá a D.Maria do Céu???).....



mas sabendo nós que o edifício do Hotel foi vendido ao dito Fundo em  15-12-2005 por 1.850.000 € e sabendo certamente mais coisas, que ficam para outro dia.......


e  que a Sociedade abrantina apesar de ter recebido alegadamente quase 2 milhões de euros em 2005 está com sérias dificuldades de tesouraria.....


Marcello de Noronha


(1) Era, parece que já não é..... 



publicado por porabrantes às 22:09 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Faleceu o Dr. Henrique Es...

PSD reclama creches públi...

Trabalhadores do CRIA acu...

Coisas incomparáveis

25 de Novembro de 1975 (1...

CMA sem verba para mudar ...

Capelão contra o proletar...

Alfredo da Silva recebe o...

Arte abrantina a 80 euros...

A cunha que nomeou o Mati...

arquivos

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

central do pego

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

valamatos

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

17

26
27

28
29


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds