Sexta-feira, 7 de Maio de 2010

A Presidente da Autarquia parece que assinou um protocolo (mais um!) com outros municípios para fomentarem o turismo na região.

 

Na cerimónia no Castelo de Abrantes a Presidente disse isto: "Portugal reúne todas as condições para ser diferenciador no turismo, quer ao nível do clima, património material e imaterial ou hospitalidade", pelo que acredita que o Plano "passe de uma visão para resultados em concreto".

 

Palavras bonitas.

 

Não falou do património natural, no Algarve quase ergueram uma parede contínua de betão ao longo da costa e grande parte da riqueza paisagística foi à vida.

 

Agora gostariam de fazer o mesmo na Costa Vicentina.

 

O Governo do Sr. Sócrates vai arrasar com mais betão, com uma asquerosa barragem  o último rio virgem de Portugal.

 

E o Governo de que faz parte Lacão prepara-se a relançar a famigerada barragem do Almourol liquidando o pobre castelo templário.

 

Em Lisboa, uma construtora amiga do Governo ganhou um estranho contrato para cortar a vista para o Tejo, construindo uma muralha de contentores.

 

O clima pode trazer turistas?

 

Pode, mas temos de competir com países que ainda não arruinaram as suas belezas monumentais e paisagísticas que estão aqui ao lado e que são muito mais baratos.

 

Marrocos, Tunísia e qualquer a Argélia.

 

Salva-nos a alergia justificada aos islâmicos que sentem grande parte dos Europeus. Que lá no fundo pensam como Berlusconi ''que o sítio dos beduínos é o deserto''.

 

No património material a forma como têm liquidado o centro histórico das nossas cidades é medonho e aterrador.

E a D.Maria do Céu prepara-se para liquidar o Centro de Abrantes com esta coisa do MIIA:

 

 

 

 

Que poderá ficar assim:

 

Miaa sem efeito evanescente....

 

Estão a pensar substituir a evanescência masculina de Fernando Baptista Pereira ou por uma exuberante evanescência feminina.

A D.Ana diz que quer ser ela.....

 

 

 

 

Resta o património imaterial.

 

Ou seja os Ranchos folclóricos cá na zona....

 

E a famosa hospitalidade

 

Pouca coisa, convenhamos

 

Portanto, parole, parole....parole

 

M. Abrantes



publicado por porabrantes às 16:53 | link do post | comentar

Quinta-feira, 6 de Maio de 2010

O ''esposo'' da Chefa resolveu demonstrar o seu domínio do vernáculo para insultar a Oposição. Como é progressista (de boca) não lhes podia (por violação do politicamente correcto) chamar-lhes homossexuais.

 

Tendo em conta aquilo que pelo mundo fora afronta a classe dos ex-seminaristas (ordenados e desordenados) também não lhes podia chamar pedófilos.

 

Possuindo  um vocabulário limitado devido às suas origens sociais, a ter estado fechado num seminário durante toda a adolescência, com escassas saídas para ajudar à missa o Cónego Freitas e beijar a mão às benfeitoras que sustentavam os seminaristas, enviado para o Pego para evangelizar as massas pegachas ainda há pouco tempo imersas em curiosos costumes ancestrais, o pobre-diabo não tem culpa de não saber insultar com criatividade e insolência.

Por isso, por simples obra de caridade resolvemos fornecer-lhe piedosamente sinónimos:

Não é preciso estar sempre a repetir a palavra ''puta'' para insultar os adversários.

 

A língua portuguesa é muito rica.

 

Aqui vai, sacado da net, uma listazinha de sinónimos, para o seminarista actualizar o vocabulário:

 

Certas palavras ganham número especialmente expressivo de sinónimos na
linguagem popular.
"Puta" é uma dessas.

Souto Maior regista: mulher de vida alegre, da vida fácil, à-toa,
decaída, horizontal, madalena, rameira, marafona, gado, coco, marmita,
caçarola, tambor de guerra, couro de tambor, comida, catraia, ratuína.

No Aurélio: loureira, messalina, fêmea, cortesã, andorinha, bagageira,
bagaxa, barca, biraia, bisca, biscaia, bofe, boi, bruaca, bucho,
cação, cadela, caterina, catraia, china, cocote, cóia, cuia, culatrão,
dadeira, dama, égua, ervoeira, fadista, findinga, frega, frete,
frincha, fuampa, fubana, fusa, gança, jereba, loba, madama, marafaia,
mariposa, michê, michela, miraia, moça, moça-dama, moça do fado,
mulher da comédia, mulher-dama, mulher da rótula, da rua, da zona, de
amor, de má nota, de ponta de rua, do fandango, do mundo, do pala
aberto, errada, perdida, pública, solteira, vadia, mundana, murixaba,
muruxaba, paloma, pécora, perua, piranha, piturisca, quenga, rapariga,
rascoa, reboque, rongó, tolerada, transviada, tronga, vaqueta,
ventena, vigarista, zabaneira, zoina.

E, afora um erudito "vulgívaga", há ainda o diminutivo irregular de
meretriz: "meretrícula"!

 

A lista é luso-brasileira em homenagem à Lurian.

Portanto o seminarista se quiser ser erudito pode chamar à Oposição :meretrícula !!!!

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 12:19 | link do post | comentar

O Amar Abrantes acaba de publicar as propostas de agendamento apresentadas pelos Vereadores do PSD na última reunião.

 

Ora elas já tinham sido publicadas aqui e o Amar-Abrantes devia pelo menos dizer que as publicava com a ''devida vénia'' .

 

Já lhe fizemos os oportunos comentários.

 

Voltamos a agradecer ao dedicado militante marçalista e peticionário que nos enviou o documento, que publicámos em primeira mão.

 

 

Entretanto esperamos que os vereadores do PSD comparados com ''putas'' por Alves Jana defendam a sua honra.

 

Onde?

 

Ou num duelo na Barão da Batalha ou nos tribunais.

 

O que não pode ser é replicar no mesmo tom, digno dum gajo que devia estar encarregado no seminário de tratar das carroças e das mulas.

 

O nível de educação dos Snrs. Belém e Santana-Maia é outro.

 

Com os nossos cumprimentos ao Amar-Abrantes

 

Marcello de Ataíde



publicado por porabrantes às 10:33 | link do post | comentar

Já aqui tínhamos elogiado a Figura de D.Antonino, Bispo de Portalegre e Castelo Branco, que anda em visita pastoral por terras de Abrantes, por se ter recusado a fechar o mais velho e importante órgão da imprensa católica na parte sul da Diocese, porque o porta-voz do Bispo no Norte da Diocese é a ''Reconquista'.

 

Pois bem, o ''Distrito de Portalegre'' com mais de um século, uma longa tradição ao serviço do Catolicismo e da Diocese, não falando naturalmente dos serviços prestados à cultura da cidade de José Régio, vai agora fechar por decisão episcopal.

 

Apontam-se ''problemas económicos'' como causa do desastre.

 

O Bispo diz que a Igreja deve concentrar os seus esforços na Internet.

 

O primeiro comentário a fazer é este: não passa pela cabeça do Bispo de Roma fechar o Observatore Romano. Perde dinheiro ? Ganha noutro lado ...

 

Mas as contas da Diocese de Roma ou as do Vaticano são claras, estão publicadas e são auditadas por entidades credíveis.

 

Sabemos que Roma se antecipou à crise, vendeu em alta todas as acções e se dedicou a investir em metais preciosos, designadamente ouro.

 

A publicitação das contas do Vaticano é o resultado duma viragem numa política de secretismo, que desembocou em escândalos sucessivos, na estranha morte de João Paulo I, no pedido de extradição (negado pelo Vaticano) de Monsenhor Marcinkus, na associação entre responsáveis do Banco Vaticano e de algumas filiais à Mafia, à Loja maçónica P-2 (de que Berlusconi era membro), ào branqueamento de capitais e ao tráfico de armas.

 

Em Roma aprenderam a lição e agora as contas são públicas.

 

Se o nosso Bispo diz que não há dinheiro para manter vivo o Distrito de Portalegre, dá-nos o direito de perguntar como estão as contas da Diocese.

Onde é que estão publicadas? Quem as auditou?

A mesma pergunta serve para as Paróquias de Abrantes, em especial São Vicente devido às vultuosas somas que terá recebido de heranças sucessivas, ao número de imóveis de que é proprietária,  às somas importantes que mensalmente maneja através do '' negócio da desintoxicação''

Onde estão as contas de São Vicente? Porque não as publica a Nova Aliança? Quem as audita?

Há sérios indícios, de que o fecho do jornal de Portalegre é sinal, de que a administração das contas da Diocese, em tempos anteriores a Dom Antonino não foi brilhante.

 

Se o fosse havia dinheiro para manter o Jornal e para o tornar num grande órgão de opinião católica que a Diocese necessita.

 

Vão-nos responder que o importante são os asilos, os centros de dia e a enorme obra católica na assistência aos pobres.

 

Mas nem só de pão, vive o homem.

 

E o espírito?

 

Vão-nos negar que a Rádio Renascença é um bom negócio,e a TVI católica e apostólica foi mal administrada?

 

Portanto, se os dinheiros foram pouco brilhantemente administrados há responsáveis e os visíveis são estes:

 

D.Augusto César, Bispo Resignatário de Portalegre

D. José Sanches Alves, actual Arcebispo de Évora

 

 

E podemos perguntar, porque temos esse dever e porque as contas não são públicas,qual o peso nas finanças da Diocese da construção da caríssima Igreja de Santo António, em Portalegre, obra de Carrilho da Graça?

E podemos e devemos perguntar o que era mais importante manter o Jornal ou  apostar no betão?

 

E voltando a Abrantes, dizemos que a situação é semelhante.

 

Há uma aposta suicida na abertura sucessiva de novos projectos, alguns mal dimensionados e mal pensados, quando a queda da prática religiosa é abisssal, quando se assiste a uma perda da participação dos leigos mais capacitados para colaborarem com o Cónego Graça,

partidário duma gestão vedetista e unipessoal (o contrário do mandato conciliar da colegialidade), quando a falta de sacerdotes é dramática.

 

Quem é que vai gerir a ''obra'' do Cónego, que devia ser uma Obra da Igreja e não do  ''one-show-men'' José da Graça quando o Reverendo partir?

 

Quem é que discutiu a encomenda ao Albano duma nova Igreja na Encosta da Barata?

 

Quanto dinheiro foi pago pelo projecto que não serviu para nada?

 

Quantos projectos mais há que a Comunidade não teve tempo de discutir e cuja sustentabilidade é duvidosa?

 

D.Antonino é uma mensagem de esperança, mas o Senhor Bispo tem uma ''pesada herança''.

 

De qualquer forma, damos-lhe as boas-vindas a Abrantes

 

Marcello de Ataíde ( diz o Miguel que está à espera que Monsenhor Jana envie para o Vaticano a lista dos delfins de Ratzinguer, a lista já estava feita mas Monsenhor Jana que tinha lá metido como representante nacional o Padre Felicidade Alves, ex-paróco de Américo Tomás, embatucou quando descobriu que o homem já estava morto. Esteve para apresentar a viúva para ser a primeira mulher Papa, mas parece que esta recusou.

Deseperado dizem-nos que vai telefonar ao Pico para que convença o Vigário do Pinhal a ser o representante nacional)......

 

Agradecemos a alguns sacerdotes e leigos do Arciprestado a colaboração dada para escrever esta nota. E também aos nossos amigos da Cúria



publicado por porabrantes às 09:08 | link do post | comentar

Não está aqui o Marcello que é dado à beatice, por isso posso reproduzir a qualidade de linguagem do Sr. Alves Jana, na Antena Livre, diz que a Oposição e o dr. Santana Maia Leonardo se portaram como umas ''putas'' ao mandarem aquele infeliz requerimento sobre o MIIA à Presidente da Câmara.

 

Depois para continuar ao mesmo nível acusou o dr. Santana-Maia de ter cuspido em não sei quem....

 

O Pedro Marques sentiu-se ofendido por o PSD pôr em causa a sua capacidade para saber de arqueologia, dizendo que um político não tem de saber coisas dessas....

 

Disseram-se coisas interessantes, o maridíssimo da Chefa blasfemou  contra a vinda do Papa a quem acusou de ser o líder da facção inquisitorial da Igreja Católica.

 

O homem como é dado ao palavreado rústico-seminarístico, cujos exemplos já referimos, não disse inquisitorial, que é uma palavra muito difícil.

 

Também não disse fascista, porque o PREC já acabou.

 

Enfim, disse que era ''um erro de casting'', a eleição do Ratzinguer haverá 5 anos.

 

Pelo que o tipo gasta já sabemos que gostaria tivesse sido eleito o Frei Beto, não o nosso, mas o capelão do Lula.

 

Depois uma menina chamada Sónia disse que a Igreja católica ia acabar um dia destes.

 

Não sabemos se é da IURD, mas a rapariga é decorativa.

 

As raparigas decorativas servem para isso, para decorar e não, claro, para culturalizar....

 

Finalmente em relação aos problemas teológicos do Jana e à sua propensão para o insulto reles deixamos a coisa para para outro dia.

 

Finalmente temos de concordar que o PSD meteu a pata na poça até ao pescoço.

 

Tínhamos de defender Santana Maia porque é peticionário, mas há coisas que são indefensáveis.....

 

Não se pode acusar, sem provas....

 

Um Advogado tem de saber isso....

 

Miguel Abrantes

 



publicado por porabrantes às 00:28 | link do post | comentar

Quarta-feira, 5 de Maio de 2010

Informa o blogue monárquico dirigido pelo nosso colaborador Paulo Tavares, lider monárquico do Concelho, que o herdeiro de Afonso Henriques, el-Rei D.Duarte III esteve em Beja apoiando a lavoura.

 

O que mais gostámos foi esta foto:

 

A paisagem que enquadra o monarca é magnífica. Estamos certos que o Rei, também produtor de vinhos nas suas terras de Santar, faz como o Dr.Eurico, quando tem de beber uma vinhaça nacional, nunca segue os conselhos do Armando Fernandes.

 

Finalmente revelamos que um peticionário com 98 anos nos acaba de informar, enquanto estreava o segundo maço de SG do dia, que atribuía a sua saúde de ferro a só tomar dois tipos de medicamentos: vitamina T e B.

 

Ou seja vinho Tinto e Branco.

 

O Verde é para gajos do Porto.....

 

Cada um com as suas manias, desejamos ao peticionário que continue com um tratamento intensivo por muitos anos...

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 14:32 | link do post | comentar

 

 

Este Senhor é o distinto Cónego José da Graça que segundo os dados disponíveis da nossa Veneranda Diocese :

 

Data de Nascimento:01 Janeiro 1943
Data Ordenação:09 Julho 1967
Morada:Largo de S. Vicente, 2 - Apartado 90
Código Postal:2204-909 Abrantes
Telefone:241362268
Fax:241331234
Telemóvel:965412019
Email:projectohomem.abt@iol.pt
Títulos e cargos:Pároco, Arcipreste, Membro do Colégio dos Consultores, do Cabido e do Conselho Presbiteral; Director do Centro Social Diocesano de Santo António em Portalegre e do Projecto Homem em Abrantes.
Tipo:Diocesano
A estes cargos que já lhe deviam ter dado direito pelo menos a ser Monsenhor, junta a Administração Vitalícia da Fundação Ernesto Lourenço Estrada, a Presidência do Conselho Económico e Social das Paróquias de São Vicente (uma das mais ricas de Portugal) e de São João, a Presidência e Coordenação (o único do Ribatejo) do Banco Alimentar contra a Fome de Abrantes, ser subdirector da Nova Aliança, Presidente honorário  da tertúlia gastronómica do Cabrito, Medalha de Mérito  de Alferrarede, Capelão do Hospital Manuel Constâncio, membro da Direcção do Centro Social Interparoquial de Abrantes (estamos certos que devido à sua personalidade é o Coordenador); criador segundo a Imprensa dum Banco de Medicamentos (que gostaríamos de saber como funciona dada a legislação sobre este tema); Arcipreste de Abrantes (ou seja com autoridade sobre o Sardoal, Constância Mação e Sardoal), Cónego Capitular do Cabido da Diocese, e finalmente Medalha da Cidade de Abrantes atribuída pela Câmara PS.
A Junta PS de Alferrarede organizou em 2009 uma exposição sobre a vida deste apóstolo e pastor, quando lhe concedeu a merecida medalha.

 

Supomos que com estes dados, o Exmo. Sr. Peticionário Santana-Maia Leonardo, ex-Presidente do Eléctrico da Ponte Sôr, ex-Vereador na dita Vila e actual Vereador da Oposição em Abrantes, Advogado com escritório nesta cidade, bloguer e cronista do Jornal Católico Nova Aliança (que eu, Miguel Abrantes não leio assiduamente por ser ateu e livre-pensador, preferindo o boletim do Grande Oriente Lusitano que o Grão-Meste faz o favor de me enviar, ou melhor só lendo os recortes que me faz o Marcello de Ataíde, quando a Nova Aliança fala do MIIA e da cultura abrantina), portanto  católico, apostólico e romano, poderá com mais facilidade contactar S. Ex Reverendíssima para se informar sobre a colecção do MIIA.

 

Antes de passarmos a outras considerações, queremos pedir desculpa ao Dr. Santana-Maia Leonardo por não termos sido exaustivos no tratamento da sua biografia, mas deu-nos o cansaço fazendo a do Sr.Cónego.

 

Este post é feito na sequência do aqui colocado pelo Sr.Marcello de Ataíde que dizia isto : Ou o Dr. Santana-Maia que escreve no Jornal onde o Senhor Cónego é subdirector não pode perguntar, porque Sua Reverência ralha com ele?''

 

Ora o Marcello não considera a possibilidade do Sr.Dr.Santana Maia não conhecer o Sr. Cónego, dado que chegou à pouco a Abrantes, vindo do Alentejo.

 

Pode só conhecer a nossa amiga, Drª Ana Soares Mendes, directora da Gazeta, ilustre simpatizante da Obra (como o director espiritual do Marcello) e colega do Dr. Santana Maia.

 

Por isso atendendo a que o causídico é peticionário, resolvemos por aqui on-line os dados para lhe facilitar um contacto.

 

Aqui deixamos a foto oficial com o imprimatur de S.Exa Reverendíssima, o Sr. Bispo

 

Santana Maia quando se libertar da influência de Anacleto Baptista poderá vir a ser um grande Chefe de Oposição!!!

 

Ë que o Sr. Baptista como dizia o Marcello é agora um político desactualizado e pouco na onda ultra-liberal do PSD.

 

Por isso rogamos ao prestigiado Advogado que fale com a Autoridade Eclesiástica e busque um novo conselheiro político.

 

Desde já sugerimos o nosso amigo José Eduardo Marçal.

 


 

 

Miguel Abrantes

 

 

 

 




publicado por porabrantes às 14:01 | link do post | comentar

''O Senhor deputado colocou ainda outra questão, relativa às viagens, referindo que se fala tanto em deficit e, a Câmara Social Democrata está a planear uma viagem pela Europa, referindo que nos documentos que passaram e que foram aprovados na Assembleia Municipal não constava a viagem,havendo pessoas que já foram diversas vezes à Eurodisney, questiona se esta viagem não será mais uma loucura da Câmara municipal ou se se trata de uma satisfação a promessas eleitorais do Senhor Presidente da Câmara, parecendo-lhe que viagens para idosos a andar 800 Km de autocarro não seja o mais acertado. ''-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Acta de 24-2-2010 ( Assembleia Municipal do Sardoal)

 

O Deputado municipal chama-se Adérito Garcia (PS).

 

Achamos bem !!!! O que é que a 3ª Idade ia fazer à Disney? Isso é para os putos!!!!

 

 

A 3ª idade masculina devia ir ao Crazy Horse ver as gajas descascadas mais boazonas de Paris!!!!

 

A 3ª idade feminina devia ser deixada em Lourdes e poder cumprir promessas à vontade, comprar terços e dar dinheiro aos padres!!!

 

Assim não chateavam os da 3ª idade masculina e podiam ganhar o céu mais rapidamente.

 

E integravam-se na política do Sr.Moleirinho de fomentar o turismo religioso.

 

Os da 3ª idade  masculina também, porque um tal Monsenhor Pacelli, núncio apostólico em Paris, era um dos melhores cliente do Crazy Horze.

Ficou mais conhecido como João XXIII. 

Sugerimos que o Sr. Anacleto Baptista fique em Lourdes como delegado municipal para o Turismo Religioso & Aparições tentando negociar com o Maire local a geminação francesa com o Sardoal  .

 

E naturalmente que a viagem dos idosos se faça de avião e em business class

 

Marcello de Ataíde

 

Nota: Protestamos vivamente por alguém ousar dizer que a CM do Sardoal está louca. Haja contenção!



publicado por porabrantes às 12:12 | link do post | comentar

Sustenta Pico que foi o único opositor ao Aquapólis. O estranho (que provaremos) é que não tenha embargado a obra, que tinha um data de pontos frágeis e onde já revelámos que não houve licença prévia do IPPAR.

 

Diz que escreveu muito contra a obra.

 

Provavelmente aquele que foi o mandatário de Pico na candidatura frustrada a cabo de esquadra do PSD, Anacleto Baptista (por uma vez confiamos na palavra de Pico, se não é verdade, o Sr.Baptista fará o favor de desmentir), também lutou.

 

Como?

 

Publicando os disparates que Pico produzia enquanto Sub-Director da Gazeta dos Padres.

 

 

Pico confirmará se o seu mandatário lhe deu ou não mais apoio na luta.....

 

Mas os factos estão aí.

 

Mostre-nos Pico fotocópia da queixa apresentada no MP contra o empreiteiro, o arquitecto e os responsáveis camarários da façanha.

 

Mostre-nos fotocópia do pedido de embargo das obras apresentado no Tribunal de Abrantes.

 

Se não mostrar só nos resta, porque somos bonzinhos por enquanto, dizer que a ''luta'' do Vereador Pico não passou de paleio.

 

Por isso o Armando Fernandes devia ter nomeado Vereador de Verão o Cachoeira em vez do Pico.

 

Seria certamente mais proactivo.

 

Marcello de Ataíde



publicado por porabrantes às 10:29 | link do post | comentar

A campanha contra o Sr.Eng. José Eduardo Marçal de que o Pico ( e os interesses imobiliários que defende, não nos esquecemos que enquanto Vereador não fez nada para parar as obras feitas no Aquapólis sem parecer prévio do IPPAR) é o alto-falante, desempenhando as altas funções que antigamente cabiam ao insigne católico Zé da Cachoeira (um beato dos piores), tem certamente como motivo os rancores e ódios primitivos, provenientes das mais baixas paixões, devido ao papel determinante do eng. Zé Eduardo na eleição de Passos Coelho.

 

 

E ao seu papel como estratega que levou a maiorias absolutas do PSD no Distrito (coisa que lhe foi agradecida pessoalmente por Cavaco e Silva) e na eleição de Humberto Lopes.

Foto A Barca

 

Este foi muito desobediente e irrequieto não seguindo na Presidência as ordens determinantes que lhe dava o Eng. Marçal em pessoa e através de Anabela Matias.

 

O resultado foi uma Presidência apagada que criou as condições para a vitória de N.Carvalho.

 

O humanismo de José Eduardo é tal que cedeu a Presidência da Assembleia Municipal ao conhecido João Semana, Dr. José Vasco, eleito pela CDU, porque sabia que era um homem bom, um apóstolo da medicina e uma pessoa politicamente isenta, capaz de dirigir o Parlamento Municipal com ponderação, bom-senso e equilíbrio.

 

Já gostaríamos de ver Jorge Lacão ceder o seu lugar a um oposicionista, por exemplo ao Senhor do Bloco, grande pedagogo, para que este fosse P. da Assembleia Municipal.

 

Ou o Sr. Anacleto influir para que no Sardoal o P. da Assembleia Municipal fosse socialista.

 

A grandeza de alma do Zé Eduardo* é ainda demonstrada pela filantropia, de que aqui deixamos prova, para memória futura:

 

 

 

De forma que vimos ao actual Provedor e ao Sr.Margarido (que também não foi eleito Presidente da CMA, por não seguir os conselhos paternais do Zé Eduardo) que o Sr. Eng Marçal seja nomeado Provedor Honorário da Santa Casa.

 

 

Estamos certos que o Zé Eduardo com a modéstia que lhe conhecemos recusará a honra e dirá que tal cargo deve ser oferecido ao Senhor Fernando Velez, o maior Provedor desde Solano de Abreu.

 

Marcello de Ataíde

(espero que não hajam blasfémias neste artigo, mas o nosso assessor espiritual já está em Fátima, preparando o acolhimento da Obra a Sua Santidade.´Também tenho receio que o estilo anti-clerical do Miguel Abrantes que acaba de abrir uma Loja, me contagie).

 

* A próxima ideia dos adversários da mudança urgente na Concelhia do PSD é começar a dizer que o Sr. Eng. Marçal representa o passado. E nós perguntamos, o Solicitador Anacleto que representa?

A época anterior ao dilúvio?



publicado por porabrantes às 08:18 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Abrantes compra pálio mui...

Vereador responde aos cac...

Saraiva tem 3 anos para f...

Mexia e Júlio Bento, a me...

Anacleto pode ir às compr...

Trinta e quatro casos por...

Presos Políticos Abrantin...

Fernando Andrade, um mece...

Puta Polícia''

Burlão pode apoiar espiri...

arquivos

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds