Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010

 

Já aqui tínhamos levantado esta questão, que inicialmente fora despoletada pelo Venerando Tribunal de Contas.

 

 

Agora chegou à Assembleia da República pelas mãos do CDS-PP designadamente pelo Deputado de Santarém Lobo de Ávila e Teresa Caeiro.

 

Pode ler aqui as perguntas dos parlamentares.

 

 

 

 

Aguardamos as explicações do Governo.

 



 

Marcello de Noronha



publicado por porabrantes às 14:49 | link do post | comentar

 

 

Homenagem ao Zé Povinho e a Mestre Vilhena!

 

Bom 2011

 

Não podem acusar Meste Vilhena de homofobia porque já morreu. A responsabilidade pelo ''crime'' extingue-se com a morte do culpado.

 

Também não se pode acusar os políticos, a responsabilidade é dos especuladores e dum ''tal mercado''....

 

Posto por Adérito Abrantes



publicado por porabrantes às 07:46 | link do post | comentar

Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2010

Hoje caíu em sorte ao nosso amigo Álvaro Lino, empresário em Constância, conhecido em todo o concelho, rapaz amigo de todo o pessoal,

 

Alvaro Lino

 

o lugar na nossa modesta galeria.

 

O Álvaro ou o Lino, rossiense de gema, activista político do CDS nos difíceis tempos do PREC, empresário de sucesso é mais um dos opositores à sinistra carrilhada.

 

Obrigado Álvaro!!!!

 

Em nome de Abrantes agradecida

 

Faça como o Lino apoie-nos

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 22:28 | link do post | comentar

A CMA resolveu ser fiel aos disparates que o 3º historiador do ranking do Souto debitou

 

sobre o 5 de Outubro.

 

foto barca

 

O Gaspar decidiu que não foi João da Silva Martins, depois um golpista dos antecedentes do 28 de Maio, que proclamou a República nesta cidade!

 

Está no seu direito!

 

O que não está bem é que a CMA no último Passos do Concelho decida seguir a versão Gaspar:

 

A história são os factos não a filia do Gaspar.!!!!

 

Para provar a importância do dr. João Augusto da Silva Martins invocamos não a sua palavra mas a figura de Afonso Costa:

 

Eis o paladino republicano de Abrantes falando por uma Janela do Terreiro ao lado nem mais nem menos que o homem-forte da Revolução,

Afonso Costa !!!!

 

Os bonzos começando por Ramiro Guedes devem ter ficado em Abrantes.

 

O paladino de São Miguel levou 1.500 de populares a saudar o novo regime logo no dia 7 ou 8 de Outubro.

 

A legenda da foto do grande artista Joshua Benoliel diz assim :Da janela do ministério da Justiça: o sr. dr. João Augusto da Silva Martins Júnior, ao lado do sr. dr. Afonso Costa, lendo a sua mensagem ao povo de Lisboa"

 

Saíu no Século e na Ilustração Portuguesa!!!!

 

Com que então para os Passsos  do Concelho e para o Gaspar: o Sr.Dr João da Silva Martins foi banido!!!!

 

Temos a certeza que para o Landru ou seja para um tal António Maria da Silva era bom que o dr. João, revolucionário profissional, e o homem que disse que o Portugal democrático dos anos 20 era uma ''roça''não existiu.

 

Mas aí o temos.

 

Miguel Abrantes com a colaboração do Arquivo da Loja Raul Rego.



publicado por porabrantes às 21:26 | link do post | comentar

 

 

 

antena do cónego Graça para falar com Deus.....

 

Posto por adérito abrantes, amante das telecomunicações



publicado por porabrantes às 15:18 | link do post | comentar

Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010

 

Entre os apoiantes da petição destacamos o Doutor António Sérgio Rosa de Carvalho que é exactamente um especialista em património e história das cidades.

 

 

Este livro do Doutor Sérgio '' é uma tradução para Português da sua Master-Thesis (doctoraalscriptie), ponto culminante da sua especialização em História de Arquitectura para obtenção do título académico de Drs. (Docturandus- Master’s Degree- Bologna). Tirou posteriormente uma especialização no Instituto do Património Holandês (Rijksdienst voor de Monumentenzorg) onde exerceu actividade profissional. Embora radicado na Holanda, tem-se manifestado regularmente no contexto português, especialmente no tema Lisboa, através dos seus artigos de opinião no “Público” e da sua actividade na Sociedade Civil.''

 

 

Um obra que o Arq. Rui Serrano mais o Albano, a Presidente e a Chefa  deviam obrigatóriamente ler para verem o crime que estão a desencadear contra o património abrantino.

 

Dr. Ben Rebel, Universiteit van Amsterdam define assim o livro : António Sérgio Rosa de Carvalho opta claramente pela síntese e não pela mera análise e ordenamento dos factos históricos, pois segundo ele, estes constituem apenas um ténue reflexo dos processos mentais que constituem o fundamento e a origem desses mesmos factos. O seu objectivo constitui precisamente o estudo destes mesmos.
Trata-se portanto de uma perspectiva conceitual da História onde as perguntas fundamentais são dirigidas ao porquê dos contecimentos históricos e onde as respostas são procuradas na História das Ideias.
Este livro de Rosa de Carvalho não deve portanto ser visto como mais uma contribuição para uma forma de descrever o processo histórico da defesa do Património através de um «edifício» constituído meramente por factos históricos devidamente ordenados, mas sim como um processo de busca dos processos mentais e ideais que constituem os seus verdadeiros alicerces e fundamentos. E, através deste caminho de busca, o autor torna a sua tarefa extremamente difícil e complicada, pois dentro do todo dos processos mentais, os seus elementos constituintes deixam-se isolar com dificuldade,a fim de poderem ser investigados. Estes relacionam-se entre si – ao contrário do material constituído por factos históricos, como documentos, edifícios e acontecimentos – através de complexas teias dialécticas.
Assim, aquilo que foi alcançado neste livro por António Sérgio Rosa de Carvalho, que conseguiu desenvolver e construir de forma aventurosa e fascinante uma tese que nos dá uma ideia do valor e da complexidade dos ideais conduzidos e alimentados pelos processos mentais, que por sua vez, constituem o motor sustentador da dinâmica civilizacional da vida em sociedade, merece ainda mais a nossa admiração.”

 

As citações são retiradas do excelente blogue http://abrancoalmeida.com/2010/04/30/historia-das-ideias-historia-da-teoria-da-arquitectura-e-defesa-do-patrimonio/

 

Obrigado ao Doutor António Sérgio  Rosa de Carvalho pelo seu apoio.

 

Miguel Abrantes, coordendor da petição

 




publicado por porabrantes às 20:06 | link do post | comentar

 

posto por Adérito Abrantes



publicado por porabrantes às 18:13 | link do post | comentar

O dia 1º de Dezembro se Portugal fosse ainda uma Nação livre e soberana devia ser comemorado adequadamente.

 

Mas já não somos.

 

Marcello Caetano que se rendeu como um poltrão (lá choramingará o Veríssimo Serrão pelo nome que chamamos ao cobarde e incompetente e Candeias Silva comprará lenços Renova ao  nosso amigo eng. Paulo, administrador da mais brilhante empresa do Distrito, para consolar a choradeira do velho historiador fascista), Salazar que persistiu numa guerra inútil em vez de ajudar a criar novos Brasis e a ala comunista do MFA que traiu Portugal, ajudaram a enterrar o País como   Nação livre e soberana.

 

 

Os políticos começando pelo Presidente que em troca de subsídios da UE para construir coisas inúteis (na sua maioria) ou copiar a política do fontismo nos tornaram numa colónia alemã, sem ouvir o povo em referendo (o povo serve para o Silva de Boliqueime para pagar impostos, apoiar a estabilidade e apertar o cinto) continuaram a abrir a cova.

 

 

O gajo da Covilhã fez o resto....

 

Não me admira que uma votação popular tenha designado o Botas de Santa Comba, como o maior português.

 

De forma que há pouco a comemorar.

 

A CMA por uma vez perspicaz descobriu isso. E programa no São Pedro o drama passional ''José e Pilar'', onde o choradinho do censor do Diário de Notícias nos braços duma espanhola, fará emocionar a classe intelectual local.

 

Pois bem, a petição acha que só há hoje que homenagear 2 mulheres!!!

 

Uma espanhola, a filha do Duque de Medina Sidonia, Luisa de Guzman que empurrou D.João IV a aceitar a coroa e depois como Rainha Regente conduziu a vitoriosa guerra contra Espanha.

página da Amazone

 

Honra pois a D.Luísa de Gusmão e a Pilar Saramago que vá defender o iberismo para Lançarote. Ou que se recolha ao convento donde saiu para casar com o escritor notável que Isabel da Nóbrega transformou num vulto conhecido.

 

A outra mulher é Vera Lagoa, filha dum tarrafalista, jornalista indómita e que depois e durante o PREC chamou as coisas pelo seu nome à frente do Diabo. A ela devemos inesquecíveis manifestações do 1º de Dezembro baixando a Avenida da Liberdade.

in Sapo.pt

Honra pois a Armanda Falcão, em papel impresso Vera Lagoa.

 

Pela Redacção,

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 09:08 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Senhor dos Passos

Porra, fale em concanim

Tudo sob controle

Paisagem típica da Abrant...

Jota Camelo

Pintasilgo e as cheias de...

Na mouche

Bispo com salários em atr...

Imprensa regional não dá ...

O Bispo abrantino e a exp...

arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds