Terça-feira, 29 de Novembro de 2011

‘’No lado precisamente oposto, encontra-se o Jornal de Abrantes que reflecte um facciosismo editorial que vai muito para além dos próprios jornais partidários, apenas encontrando paralelo na imprensa comunista da antiga União Soviética ou na imprensa cor-de-rosa do Estado Novo.’’

 

 

Dizem os Vereadores do PSD em reunião camarária quando se discutiam os novos contratos de publicidade com os media do concelho.

 

 

 

Vamos por partes, a um assunto sério:

 

 

O que é a imprensa cor-de-rosa do Estado Novo?

 

 

Seria o Comércio do Funchal do Vicente Jorge Silva? No Funchal no Estado Novo havia mais liberdade de imprensa que há agora, porque havia um censor que estava sempre nos copos e tinha uma intensa vida social e não tinha tempo para censurar e então passava tudo. No Funchal de agora há um pasquim diário gratuito pago pelos impostos dos cubanos, abençoado pelo Sr.Bispo, onde o Jardim debita todas as alarvidades próprias dum Bokassa insular.

 

 

O tio do Sr.Jardim, o pai dum meu amigo já falecido, o deputado Cardoso, da UN, mandava nos ilhéus e não perseguia o Vicente e tinha de aturar as bocas hipócritas do Sr.Bispo, o padre Santana, ex-capelão da Lisnave, que depois assustado pelo P.Martins do Machico, se tornou capelão dos separatistas da Flama e do Jardim, esquecendo a sua superioridade racial cubana.

 

 

No Estado Novo eu podia ler os editoriais mal escritos do Saramago no Diário de Lisboa, onde o homem com uma obediência canina, traduzia em parágrafos ilegíveis o que lhe mandava escrever o Sr.Ruela Ramos, que era o dono da coisa. Também podia ler os editoriais da República, que como me disse o Marcelo Rebelo de Sousa, não eram alvo de censura porque o Raul Rego era um chato e ninguém lia aquilo.

 

 

No Estado Novo havia um certo pluralismo, excepto na Época onde o abrantino Pintasilgo chegava a um facciosismo digno da beatice da irmã. Nunca comprei a Época, seria cor de rosa? Deve ser isso, era cor- de- rosa !!!! Porque não pode ser um indirecta aos hábitos sexuais do José Manuel Pintasilgo, que como o papá Jaime, sempre foi um gajo que gostava de copos e gajas.

 

 

Jornais russos não li, excepto o Avante e a Seara Nova.

 

 

Portanto a comparação ideal para o ‘’jornalismo’ do Sr. Alves Jana é a Época do Pintasilgo, sem que o dr.Alves Jana tenha os méritos do Zé Pintasilgo, em relação às gajas e aos copos, especialmente às primeiras, porque o Jana é como o General Eanes, um homem só duma mulher, não tendo também Alves Jana nenhuma irmã virgem e santa.

 

A obra-prima do Sr.Pintasilgo, pura propaganda

 

 

 

É verdade que havia que comprar a Época e portanto falta à caracterização do modelo de pasquim montado pelo Jana uma ligeira ‘’nuance’’ madeirense. Aquilo é a borla, mas é feito com boa intenção. Louvar a Srª Presidente e alegrar o povo. O primeiro objectivo é consciente, o segundo involuntário.

 

 

 

O Zé Manuel Pintasilgo, em pose sexy, mostrando os peitorais. Lamentamos não ter nenhuma foto do dr.Alves Jana em fato de banho.

 

 

O pasquim diz tantos disparates que só pode competir com a Zahara, onde o Jana por acaso é subdirector e já se tornou num .... Jornal humorístico de referência....

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 08:45 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011

   

 

Nenhuma pergunta é tão difícil de se responder quanto aquela cuja resposta é óbvia.

George Bernard Shaw

 

 

Suzy de Noronha

 

 

 



publicado por porabrantes às 22:20 | link do post | comentar

Junto 2 comentários do Cidadão Abt sobre a bela Dora Maria...

 

 

     
sobre Tudo é fado ..... no Domingo, 27 de Novembro de 2011 às 23:28:

 

     


E que tal a autarquia abrantina candidatar o cubo carrilhista do MIAA ao Património Imaterial da Humanidade?

A promissora Dora Maria? !
Ná! 
É injusto!
A bela e promissora Dora Maria.

 

 

e ainda 


O Cidadão abt disse sobre Viva a Dora Maria ! Vivó o fado!!!! na Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011 às 09:13:

 

     

Hum... 
Este yutubi está amador...

Para visualizar as performances vocais da Dora Maria sugere-se este sítio:

http://www.fadotv.com/portal/pt/videos/displayresults/0.html?pattern=dora%20maria&rpp=0&sort=0&ep=&ex=


Depois, é escolher a melhor!

 

 

Prezado Cidadão

 

Aqui vai a Dora! Vivó o Fado

 

 

FadoTV » 8 - Jan 25, 2011
Beijos da Suzy prá Dora e pró Cidadão
Suzy


publicado por porabrantes às 19:29 | link do post | comentar

 

 

 

  

 

O Senhor  Desembargador Rangel debita uma flecha ascendente para o Hospital de Abrantes  que ''tem voluntários que se preocupam com a recolha e a preservação da prova forense no caso de vítimas de abuso sexual e de violência doméstica''.

 

Não sei onde estudou o dr. Rangel , mas a flecha devia ser descendente.

 

Assim:

 

 

 

 

Diz a Lei : 

 

SECÇÃO III 
Exames e perícias no âmbito da clínica médico-legal e forense

 Artigo 21.º
Realização das perícias

 

1 - Os exames e perícias de clínica médico-legal e forense são realizados por um médico perito. 
2 - Os exames de vítimas de agressão sexual podem ser realizados, sempre que necessário, por dois médicos peritos ou por um médico perito auxiliado por um profissional de enfermagem. 
3 - O disposto no n.º 1 não se aplica aos exames em que outros normativos legais determinem disposição diferente. 
4 - Dado o grau de especialização dos médicos peritos e a organização das delegações e gabinetes médico-legais do Instituto, deverá ser dada primazia, nestes serviços, aos exames singulares, ficando as perícias colegiais previstas no Código de Processo Civil reservadas para os casos em que o juiz, na falta de alternativa, o determine de forma fundamentada.

 

 

Lei nº 45 /2004 de 19 de Agosto

 

 

 

A recolha de indícios ou provas forenses neste âmbito é uma coisa demasiado complicada para ser deixada às ''tias'' voluntárias que costumam distribuir o lanche aos doentes.

 

Porque entre outras coisas podem destruir os indícios ou as provas (se as houver)...

 

Quero acreditar que o Sr. Dr. Rangel se enganou na data e queria escrever um artigo tipo 1º de  

 de Abril.

 

Mas se não se enganou, temos aqui alguma coisa de errado.

 

Ou temos ''merda'', como diria sarcástico o ateu do Abrantes.

 

Roga-se ao Sr.Dr.Paulo Vasco que veja o que se passa.

 

Marcello de Noronha

 

 



publicado por porabrantes às 17:17 | link do post | comentar

Por ordem judicial este cavalheiro a quem num acto de extrema generosidade o Manuel Alegre chamou o Sr.Carvalho foi responsável enquanto arguido do processo movido pelo Venerando DIAP, que está arquivado sob o nº Inq 434/05.4, esteve  

 

sob escuta ordenada pelas autoridades de investigação criminal.

 

Parte das escutas que parecem constituir ''matéria reservada'' e que constam de 10' cds (vê-se que o Sr.Carvalho era muito falador ao telefone)

 

 

 

 constam à guarda do processo até 8-10-2016.

 

Outras estão transcritas no processo e revelam uma personalidade.

 

Que o povo tem direito a conhecer, porque lhe pagou para nos (des)governar durante um longo tempo.

 

E que conhecerá porque a base da democracia é a informação livre.

 

Agradecemos de novo ao jornalista Mário Semedo o seu apoio a este blogue para a obtenção destas peças processuais.

 

Que não constituem qualquer fuga ao segredo de justiça, porque aqui respeita-se a Lei, coisa que não respeitou quem mandou assaltar a sede da Liga dos Amigos de Abrantes.

 

Com toda a amizade abrantina para o Senhor Carvalho

 

Marcello de Noronha, jurista, da Liga dos Amigos de Abrantes*

 

 



publicado por porabrantes às 14:34 | link do post | comentar

Nos disparates da política lusa ou mais comezinhamente na luta pelo poder fez-se de tudo, incluindo fado.

 

 

Não podia faltar o Fado da Virgem abrantina

 

 

 rostos pt

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 nos comícios da AD entre outros disparates para liquidar a Virgem cantou-se isto....

 

 

    o jornal

 

 

Há quem queira explicar-nos que a lurdinhas chegou a ser uma grande vedeta da política lusa. Cá para mim foi uma espécie de política à pegacha, até na forma como arranjou um tacho para o mano, o gajo que foi fazer uma reportagem de guerra a Bissau e descobriu que lá não havia guerra....

 

 

O Zé Vilhena acha como nós que a dita cuja nunca chegou a adquirir o estatuto de vedeta.....

 

           

 ´

(gamado no pravda ilhéu).

 

 

Bem, passemos a outro fado,

que ter de aturar politicastras como a dona lurdes e a dona isilda

é triste sina..a nossa

 

 

Marcello de Noronha, católico integrista


publicado por porabrantes às 12:01 | link do post | comentar

 

 

Diz Frei Bento neste recorte do Público onde o António Colaço reproduz a sempre interessante e estimulante crónica do dominicano.

 

 

Que a Igreja faz política já sabemos desde há 2000 anos, em que o ministro das finanças de JC o vendeu por 30 moedas ao Sinédrio.

 

 

Que a Igreja faz política já o sabemos, quando fizeram um acordo com Cavaco, para lixar o Proença de Carvalho, e o algarvio lhes conceder num concurso público a TVI.

 

Que a Igreja não  tem jeito para os negócios (excepto para Fátima,SA) já sabemos desde que fizeram falir a TVI, não apresentaram contas e fornicaram o dinheiro dos accionistas. 

 

O de não apresentar contas deve ser porque não têm jeito para a matemática, excepto Judas que certamente contou as 30 moedas uma a uma.

 

Isto é a Igreja de Portugal.

 

E a de Abrantes???

 

Essa tem muito jeito para os negócios e uma falta de jeito rústica e alentejana, à moda de Nisa, para a política.

 

Como é a Igreja Católica de Abrantes???

 

Assim:

 

 

 

 

Miguel Abrantes, enquanto o dr.Noronha franzia o clerical nariz



publicado por porabrantes às 10:28 | link do post | comentar

Domingo, 27 de Novembro de 2011

 

 

 

 

Se bem me lembro a Dora Caldeira, assinou a petição. Portanto é justo dar música aos carrilhistas por Dora Maria, que é o belo nome artístico da nossa Dora.

 

Viva a Dora!!!!

 

amanhã há mais Dora!!!!!

 

 

M. de Noronha 

 

Agradeço ao cidadão abt a sugestão



publicado por porabrantes às 23:52 | link do post | comentar

           

 

 

  a promissora Dora Maria (a.livre)

 

 

trabalho de Suzy de Noronha

 

 



publicado por porabrantes às 21:39 | link do post | comentar

Já nasceu no Hospital de Abrantes um bebé prematuro graças à insegurança.

 

 

 

 

O Comando Distrital da PSP vai emitir, ao que supomos, um comunicado afirmando que nascerem bebés prematuros graças aos assaltos que florescem no Distrito graças à ineficácia policial e à brandura da justiça é um

 

parâmetro normal !!!!!

 

 

 

 

nós também fazemos continência à normalidade!!!!!        

 

 

Leia a história no Templário. 

 

 

Miguel Abrantes              

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 19:06 | link do post | comentar | ver comentários (2)

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Presos políticos abrantin...

Presos Políticos Abrantin...

Presos Políticos Abrantin...

Uns acessos da treta à Lo...

Postal para saudosistas

Visitando o burlão

A bibliografia arqueológi...

A vergonhosa promiscuidad...

Nem os cisnes escaparam

Dia do Senhor: O retrato ...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds