Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2011

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

aa



publicado por porabrantes às 14:10 | link do post | comentar

Aqui responde-se, tarde e a más horas às vezes mas responde-se, não somos cobardes como Alves Jana que recusou o direito de resposta a António Castel-Branco no pasquim que dirigia

 

 

para proteger um tipo, um certo Baptista Pereira, a que o PCP tratou como havia que tratar, um gajo que conseguiu ninguém sabe como que a super-chefa lhe editasse um folheto da mulher, a Ana Baptista Pereira, quando o plumitivo, o avençado da D.Isilda, chamou medíocres aos abrantinos que defendiam a sua Terra e o António tratou de o corrigir, embora não com a brutalidade que deveria ter usado.

 

 

Aqui escrevem pessoas com ética;  quem não tem ética (e mais coisas) enquanto Director de pasquim é o aludido Alves Jana,

 

Passo a seguir, a publicar um comentário que recebemos: 

Um comentarista disse sobre A novíssima aliança do Graçana Terça-feira, 29 de Novembro de 2011 às 17:57:

 

     

Admito que esse texto, possa induzir em erro. Mas a verdade é que todos os jornais existentes tiveram de se adaptar a um regime fiscal que entrou em vigor à altura. Este tipo de Associações, que eu não concordei, foi feito pelo P. Sousa de Mação e depois copiado por outras paróquias, assim como por outros jornais particulares. Acompanhei o processo por estar como sub-director numa outra publicação, que fez uma sociedade por cotas. O D. José Alves estava na Diocese por coicidência, não foi parte activa no processo, limitou-se a aconselhar a cada um fazer pelo melhor..

 

Caro amigo, 

 

Dou-lhe os parabéns por ter sido mais prudente ou bem-intencionado que o Graça das heranças quando teve de ''adaptar'' uma publicação da Igreja ao regime jurídico decorrente da nova Concordata.

 

O Graça como responsável do Arciprestrado de Abrantes no caso ''Nova Aliança'' agiu como um inconsciente, coisa que vem caracterizando a sua acção pastoral e pessoal ao longo dos tempos. Para escândalo dos católicos, prejuízo do prestígio da Igreja, insulto à inteligência dos fiéis, desobediência clamorosa às determinações pastorais da Hierarquia, arrogância caciquista ao dirigir paróquias que quase já o levaram a ser linchado, etc.

 

O Graça colocou nas mãos de 2 beatas e do seu aventureirismo boçal um periódico católico com largas tradições. Aquilo que está nos estatutos da Associação referida só pode ter uma leitura, a que fizemos.

 

Que o Graça agiu sob a orientação do Sanches Alves, que para azar da Igreja, dirige agora a Arquidiocese de Évora, é afirmação da Teresa Aparício, cuja palavra vale o que vale, mas essa informação foi nós confirmada por junto de fontes mais que fiáveis.

 

Que o P. Sousa tenha feito o mesmo disparate é possível, porque ''errare humanum est''. Mas nas actuações do Graça não é só o erro que abunda, é a  cupidez, ambição e o descaramento o que mais ordena.

 

Se o meu amigo diz que o Alves, este

 

 

 

aquele a que Sua Santidade impõe o Pálio, dirigia assim a Diocese, o homem é outro inconsciente.

 

Mas tenho provas documentais e testemunhais de que o Sanches Alves fazia pior.

 

Felicito-o por ter tomado as medidas necessárias para impedir de que o jornal de que era Subdirector terminasse da forma como terminou a Nova Aliança.

 

Mas como católico acho que os jornais católicos devem ser da Igreja, como o é ''A Reconquista'' de Castelo Branco, cujo propriedade pertence à Fábrica da Igreja da Paróquia de São Miguel da Sé de Castelo Branco.

 

Os melhores cumprimentos

 

 

Marcello de Noronha, católico 



publicado por porabrantes às 12:23 | link do post | comentar

Como hoje é feriado e provavelmente o último 1º de Dezembro que posso gozar dada a fixação mórbida do Passos Coelho em obrigar-nos a ser europeus, europeus ''tesos'' ( graças àquele gajo filho duma senhora que comprou um andar a uma off-shore, neste prédio,

 

 

 

ou seja a outro transmontano mal-educado como novo-rico na Covilhã, já adivinharam que falo do Sócrates), mas europeus à alemã, suponho que da laia dos ''europeus'' turcos que as bestas teutónicas usam para fazer trabalhos pesados, vou baldar-me.

 

É um direito de um chefe, baldar-se.

 

É o direito que os chefes

 

mais usam em Portugal.

 

Fica pois o meu subordinado, Sr.Dr.Noronha ao leme deste blogue, com as consequências que serão de esperar, pancada inquisitorial nos carrilhistas e nos autarcas que gostam de sacanear os seus munícipes, propaganda beata mas sem concessões à choldra que confunde Igreja com negócios duvidosos e coisas do género.

 

 

Não sairão notícias sobre a editora Welbild 

 

Bispos da Alemanha decidem vender a empresa “Weltbild”

 

 dos Bispos alemães cuja principal fonte de receita é a pornografia  

 

O meu escasso alemão é suficiente para saber ler isto

 

 

 

Mas devo reconhecer que é mais  fino que os Bispos que abençoaram Hitler expliquem como dar quecas em posições sugestivas que acossem velhas para testar.....

 

 

Acho que drª Ana Soares Mendes também devia editar um Kamasutra na Associação Nova Aliança, com notas de Anacleto Baptista, para seguir o modelo de negócio dos chefes dos beatos alemães 

 

 

 

Deixo aqui a foto dum padre que escreveu um, menos imaginativo que o dos Bispos teutónicos para a Advogada abrantina estudar.....

 

 

Portanto, caro Noronha e caros leitores, hoje estou em parte incerta....

 

Miguel Abrantes  

 

 



publicado por porabrantes às 10:04 | link do post | comentar

   

 

 

caricatura tratada por suzy de noronha

 

a.a.

 

 


tags:

publicado por porabrantes às 09:03 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Fala verdade, quem mente

As ossadas do caudilho le...

Não é Amazonas, é Almonda

Neo-liberal deve aderir à...

Bispo responde ao Preside...

A homenagem da Justiça lu...

Presidente da CIMT defend...

O exemplo de Tomar

Carrilho descaracteriza S...

Bande d’incultes, d’ignor...

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10



25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds