Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2012

Em 7-11-2012 com base no direito de acesso aos documentos administrativos, consagrado (por enquanto) na Constituição a Tubucci requereu à CMA informação sobre o montante das despesas de representação e ajudas de custo pagas a Maria do Céu Albuquerque desde a sua tomada de posse até Novembro de 2011 e ainda informações sobre o consumo dum telefone atribuído a Isilda Jana.

 

 

Solicitava-se ainda o suporte documental das despesas de representação. 

 

               

 

 Em 5-12-2012 chegou esta resposta incumprindo o prazo legal de 10 dias que a Lei estipula, coisa que revela nova ilegalidade camarária.

 

 

Dizem-nos que a Senhora Presidenta recebeu no período citado

 

 24.297, 08 € de despesas de representação mais 962,90 € de ajudas de custo


 

 

bonita soma sem dúvida,

 

mas .......bonito serviço...... não nos fornecem o suporte documental que terá de existir para justificar estes pagamentos,

 

e a lei dá-nos o direito de o conhecer......

 

 

Depois fazem um choradinho sobre o telemóvel da senhora Isilda e sobre a escassez de funcionários (400 e tal funcionários são muito escassos)

 

 

e mandam-nos também além de cumprimentos esta lista de despesas telefónicas:

 

 

 

 

Trabalho concluído? 

 

A primeira conclusão é que a Tubucci fez prevalecer o direito à informação (embora só nos tenha sido dada informação parcial no caso da Presidenta, no caso da Senhora Isilda damos o assunto telefónico por encerrado) e vamos insistir.....

 

A segunda conclusão é que a Tubucci está a fazer mudar o  paradigma das relações com o Poder nesta terra, já chega do velho respeitinho salazarento, o que cultivamos é uma ética de exigência.....

 

O Sr.Dr.Eurico Consciência esteve uma vez, segundo comentou no Primeira Linha, nove meses (salvo erro) à espera que o Pina da Costa lhe respondesse a um pedido de informações....

 

Bem nós já conseguimos as informações em menos de um mês.....

Só com isso já prestámos um serviço à comunidade, praticando uma didáctica do civismo, que terá custos, mas é uma exigência da vida democrática.

Finalmente manda cumprimentos o Sr. Arq. Serrano e nós desejamos-lhe um Feliz Natal acompanhado de um peru assadinho no forno, coisa extensível à Presidenta e à Senhora Isilda.

M. de Noronha, da Tubucci

 

  



publicado por porabrantes às 21:09 | link do post | comentar

 

 

 

 

ouvi para aí dizer........

 

 

 

 

aqui prova-se o contrário

 

 

 

    [<<]  [>>]
Domain Name   (Unknown) 
IP Address   83.240.159.# (Camara Municipal de Abrantes)
ISP   PT PRIME - Solucoes Empresariais de Telecomunicaco
Location  
Continent  :  Europe
Country  :  Portugal  (Facts)
State/Region  :  Santarem
City  :  Abrantes
Lat/Long  :  39.4667, -8.2 (Map)
Language   Portuguese
pt
Operating System   Microsoft WinNT
Browser   Internet Explorer 9.0
Mozilla/5.0 (compatible; MSIE 9.0; Windows NT 6.1; Trident/5.0)
Javascript   version 1.3
Monitor  
Resolution  :  1440 x 900
Color Depth  :  24 bits
Time of Visit   Dec 19 2012 2:14:10 pm
Last Page View   Dec 19 2012 2:43:53 pm
Visit Length   29 minutes 43 seconds
Page Views   3
Referring URL   http://www.google.co...=bv.1355534169,d.d2k
Search Engine   google.com
Search Words   cidadaos por abrantes
Visit Entry Page   http://porabrantes.blogs.sapo.pt/
Visit Exit Page   http://porabrantes.blogs.sapo.pt/
Out Click    
Time Zone   UTC+0:00
Visitor's Time   Dec 19 2012 2:14:10 pm
Visit Number   339,758

  

 

Agradecemos ao zeloso funcionário/a ou autarca a visita, acreditamos que foi quase meia hora bem passada...., isto foi à tarde....

 

 

porque de manhã....

 

 

Cidadaos por Abrantes
By Details > Visit Detail
Visit 339,742
    [<<]  [>>]
Domain Name   (Unknown) 
IP Address   83.240.159.# (Camara Municipal de Abrantes)
ISP   PT PRIME - Solucoes Empresariais de Telecomunicaco
Location  
Continent  :  Europe
Country  :  Portugal  (Facts)
State/Region  :  Santarem
City  :  Abrantes
Lat/Long  :  39.4667, -8.2 (Map)
Language   Portuguese
pt
Operating System   Microsoft WinNT
Browser   Internet Explorer 9.0
Mozilla/5.0 (compatible; MSIE 9.0; Windows NT 6.1; Trident/5.0)
Javascript   version 1.3
Monitor  
Resolution  :  1280 x 1024
Color Depth  :  24 bits
Time of Visit   Dec 19 2012 1:33:41 pm
Last Page View   Dec 19 2012 1:38:04 pm
Visit Length   4 minutes 23 seconds
Page Views   5
Referring URL   http://www.google.co...qeCfwaVUl8OTe_1lBCcw
Search Engine   google.com
Search Words   cidadaos por abrantes
Visit Entry Page   http://porabrantes.blogs.sapo.pt/
Visit Exit Page   http://porabrantes.b.../eurico consciência
Out Click    
Time Zone   UTC+0:00
Visitor's Time   Dec 19 2012 1:33:41 pm
Visit Number   339,742

 

 

não contente com isso o autarca ou funcionário.....

 

 

Visit 339,744
    [<<]  [>>]
Domain Name   (Unknown) 
IP Address   83.240.159.# (Camara Municipal de Abrantes)
ISP   PT PRIME - Solucoes Empresariais de Telecomunicaco
Location  
Continent  :  Europe
Country  :  Portugal  (Facts)
State/Region  :  Santarem
City  :  Abrantes
Lat/Long  :  39.4667, -8.2 (Map)
Language   Portuguese
pt
Operating System   Microsoft WinNT
Browser   Internet Explorer 7.0
Mozilla/4.0 (compatible; MSIE 7.0; Windows NT 6.1; WOW64; Trident/5.0; SLCC2; .NET CLR 2.0.50727; .NET CLR 3.5.30729; .NET CLR 3.0.30729; Media Center PC 6.0; InfoPath.3; .NET4.0C; .NET4.0E)
Javascript   version 1.3
Monitor  
Resolution  :  1280 x 1024
Color Depth  :  32 bits
Time of Visit   Dec 19 2012 1:52:15 pm
Last Page View   Dec 19 2012 1:52:15 pm
Visit Length   0 seconds
Page Views   1
Referring URL   http://www.google.co...=bv.1355534169,d.d2k
Visit Entry Page   http://porabrantes.blogs.sapo.pt/
Visit Exit Page   http://porabrantes.blogs.sapo.pt/
Out Click    
Time Zone   UTC+0:00
Visitor's Time   Dec 19 2012 1:52:15 pm
Visit Number   339,744
 

 

 

Acho que já  se provou aqui que a CMA  consulta as redes sociais e os blogues.....

 

 

São os prodígios do admirável mundo novo....

 

Suzy de Noronha



publicado por porabrantes às 16:22 | link do post | comentar

 

 

O Mirante

 

Uma das funções das Assembleias (como a Municipal de Abrantes) é a de fiscalizar as actividades do Executivo. Os deputados, representantes do povo, existem para isso. Infelizmente existem deputados/as com vocação de yes-man. Não é o caso e por isso está de parabéns a deputada municipal do ICA dr.ª Sónia Onofre que confrontou a Presidenta com as múltiplas dúvidas existentes sobre o negócio da cedência do terreno das piscinas velhas e jardim adjacente por tuta e meia a um grupo de ''investidores'' de contornos pouco claros.

 

Sónia Onofre salientou as informações disponibilizadas pelas redes sociais (ou seja fundamentalmente por este blogue) e pela Imprensa (que seguiu a via aberta por ''Cidadãos por Abrantes'') criam muitas dúvidas sobre este negócio.

 

Confrontada com estas questões Maria do Céu foi incapaz de afastar as dúvidas levantadas por Sónia Onofre, afirmando ''desconhecer' tais problemas.

 

É caso para perguntar para que tem a Presidenta uma assessora de Imprensa, a Fernanda Mendes.?

 

Uma assessora escolhida por razões de conveniência política como salientou Carlos Arês em 22-8-2011.

 

''O Vereador Carlos Arês absteve-se por, apesar da pessoa em causa estar contratada como jornalista, desempenha funções de informação e divulgação da actividade municipal, por isso a sua nomeação ser de carácter mais político, no sentido de uma escolha de confiança pessoal. À
semelhança de um assessor ou secretário.''

 

 

A questão dos terrenos do Hotel foi objecto de deliberação que analisaremos quando tivermos acesso à acta da Assembleia Municipal.

 

 

 

 

Agora só queremos realçar o papel de deputada capaz de defender os interesses do Concelho de Sónia Onofre, a incapacidade da Presidenta em lhe responder e ainda o papel cada vez mais primordial das redes sociais no debate político.

 

 

Um papel que traça cada vez mais a certidão de óbito da lei da rolha.

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 13:32 | link do post | comentar

Está a ser amplamente distribuído nas redes sociais este documento, cujas conclusões fazemos nossas e anotamos:

 

 

IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE IMÓVEIS A PAGAR EM 2013 EM ABRANTES
Para enquadrar, a lei determina que a taxa IMI a pagar pode variar de 0,3% a 0,5%, ficando ao critério de cada município o valor a fixar dentro deste intervalo. 
O concelho de Abrantes está rodeado por 8 outros concelhos e todos eles fixaram taxas de IMI inferiores, conforme a seguir se indicam.
Gostaria de saber qual o critério da assembleia municipal de Abrantes (entidade responsável para decidir a taxa de IMI a cobrar em cada ano), para que considere que os seus munícipes podem ser mais espoliados que todos os outros que nos circundam.
Perante a actual conjuntura de enormes dificuldades para a generalidade dos portugueses, qual o motivo que leva o município de Abrantes a não ter em linha de conta esse facto, mantendo a mesma taxa que no anterior, divergindo a sua decisão de todos os outros municípios vizinhos que resolveram baixá-la.
Alguns, talvez, o tenham feito pelas eleições autárquicas que terão lugar em 2013, outros por respeito pelos munícipes, em relação Abrantes terá sido desrespeito ou distracção, não se lembrando que há eleições em 2013. Quer tenha sido por um ou outro dos motivos elencados, pretende-se apenas informar o maior número de munícipes sobre esta situação, para quem tenha oportunidade confronte os autarcas. 
Em termos práticos, um contribuinte que seja proprietário de imóveis no concelho de Abrantes, irá pagar até 33,3% mais IMI que os habitantes dos concelhos vizinhos com taxa de 0,3% (5 concelhos), mais 14,28% que os habitantes dos concelhos vizinhos com taxa de 0,35% (2 concelhos) e mais 6,66% que os habitantes do concelho com taxa de 0,375%.
Taxas de IMI para 2013 (a incidir sobre o valor patrimonial dos imóveis)
Abrantes – 0,4%
Ponte de Sor – 0,3%
Gavião – 0,3%
Mação – 0,3%
Sardoal – 0,375%
Tomar – 0,35%
V. N. Barquinha – 0,35%
Constância – 0,3%
Chamusca – 0,3%
Um munícipe atento

 

 

A nota é : graças a estes impostos confiscatórios a CMA tem folga financeira para ''reintegrar'' estas criaturas

 

 

 

 

a redacção



publicado por porabrantes às 09:55 | link do post | comentar

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012
 

Qual a finalidade?

                                                                                                                                  Diretiva de Serviços

 

Permite obter a licença para a realização de acampamentos ocasionais, fora dos locais destinados à prática do campismo e do caravanismo.

 

Esta atividade pode ser desempenhada em livre prestação de serviços (LPS).

 

Se pretende realizar um acampamento ocasional sem qualquer tipo de atividade económica associada, consulte:

 

Este regime legal encontra-se abrangido pela Diretiva de Serviços, transposta pelo Decreto-Lei n.º 92/2010, de 26 de julho, pelo que está a decorrer o período de adaptação da informação disponível sobre este serviço, por parte dos municípios.

Abrantes

Entidades Competentes/Contactos


  • Atendimento Geral da Câmara Municipal de Abrantes

     

    Praça Raimundo Soares

    2200-366 Abrantes


    Telefone: 241 330 100
    Fax: 241 330 186
    E-mail: atendimento@cm-abrantes.pt
    Site: www.cm-abrantes.pt 

     

    Horário de funcionamento:

    • Dias úteis das 09:00h às 16:00h.
http://www.portaldaempresa.pt/CVE/services/balcaodoempreendedor/Licenca.aspx?CodCategoria=42&CodSubCategoria=4&CodActividade=758&CodLicenca=1781&IdUnico=504
No entanto se o acampamento se destinar à sedentarização está isento dessa licença
 by Cidadão Abt
E o serviço competente é a Mediação Cigana
CONTACTOS

 

  • Morada: Rua de S. Pedro, n.º 30 
    3ºAndar - Edifício Carneiro 
    2200-389 Abrantes
  • Telefone: 962 286 049 
    Telefone: 919 276 303 
  • E-Mail:associacaocres.ser@gmail.com

 

http://cres-ser.com/

 

Suzy de Noronha

 

(1) Nova Secção a cargo de Suzete de Noronha, mediadora part-time


tags:

publicado por porabrantes às 22:20 | link do post | comentar

Depois do Sindicato dos Bombeiros exigirem uma inspecção ao Município de Abrantes,

 

 

chegou agora a vez do Sindicatos dos Médicos demandarem o Centro Hospitalar do Médio Tejo exigindo a entrega de documentos....

 

 

 

456 Entrada: 
17-12-2012
Distribuição: 
18-12-2012
Réu: Centro Hospitalar Médio Tejo, E.P.E. 
Autor: Sindicato Independente dos Médicos
Unidade Orgânica 1 1493/12.9BELRA 

Valor: 
2.000,00 €
Intimação para prestação de informações e passagem de certidões

 

 

E a autarquia rupestre apanha com um processo milionário,

 

 

4501 Entrada: 
17-12-2012
Distribuição: 
18-12-2012
Autor: Maria do Carmo Catarino Pimenta Mendes Ruivo 
Autor: Maria José Catarino Pimenta Mendes 
Autor: Maria Teresa Catarino Pimenta Mendes 
Réu: MUNICIPIO DE MAÇÃO
Unidade Orgânica 1 1494/12.7BELRA 

Valor: 
82.500,00 €
Acção administrativa comum - forma ordinária

 

 

Tudo no Tribunal Administrativo de Leiria, quando ao  Judicial abrantino temos uma selecção de processos interessantes incluindo uma execução envolvendo  certa personalidade da política abrantina....

 

Continua entretanto o julgamento do processo da agressão aos Bombeiros abrantinos e foi produzido um importante acordão com réus de alegada etnia cigana com repercussões em .....Abrantes...

 

Quando houver pachorra.....

 

 

MN 



publicado por porabrantes às 18:20 | link do post | comentar

Pensava eu que este blogue ´tinha sido a voz mais activa contra o Bunker da Dona Céu

 

 

Mas o incrível ultrapassa a realidade sempre.

 

 

A Antena Livre, voz oficiosa do Poder, ultrapassou-nos   

 

A obra situada no centro histórico de Abrantes do Mercado Diário encontrava-se suspensa até ao dia de ontem. O motivo estava relacionado com o processo de insolvência que a empresa Sociedade de Construções José Coutinho enfrentava. Maria do Céu Albuquerque, presidente da autarquia, dá o ponto de situação da empresa responsável e quais vão ser as soluções para esta situação. Para ouvir na edição das 18h!
Ver traducción

 

Foto: A obra situada no centro histórico de Abrantes do Mercado Diário encontrava-se suspensa até ao dia de ontem. O motivo estava relacionado com o processo de insolvência que a empresa Sociedade de Construções José Coutinho enfrentava. Maria do Céu Albuquerque, presidente da autarquia, dá o ponto de situação da empresa responsável e quais vão ser as soluções para esta situação. Para ouvir na edição das 18h!

 

 

E publicou isto:

 

  • 4 personas les gusta esto.
  • Maria Gonçalves Maria Gonçalves insolvencia,das construções jose coutinho,por mim pode ser disolvida mas... levar os mamarrachos que anda a construir na minha cidade.RAIO DE ARQUITECTOS COM TANTA FALTA DE CENSO E GOSTO.Já agora reformem as pessoas dos gabinetes de arquitectura ,historia,e urbanização,só tem contribuido pra destruir a que era a mais linda e airosa cidade portuguesa.tirem esse monstro que esta a desfigurar o largo 1º de MAIO
  • Maria Jose Rodrigues Malveiro querem ver que embruxei aquele mamarracho com a minha indignação abaixo os destruídores da minha cidade natal
  • Maria Gonçalves agora com a insolvencia desta firma,que vai a C M A.????? ESTE MAMARRAXO VIRA PEÇA DE MUSEU,KKKKKKK PRA TURISTA VER,KKKKKK ATE NEM DA MUITO TRABALHO VISTO O POSTO DO TURISMO FICAR EM FRENTE.ENFORCAR TODOS OS QUE ASSINARAM ESTE PROJETO,LA NBEM ALTO NOS FERROS DA ESTRUTURA .
    A responsabilidade editorial duma publicação é objectivamente do Administrador da página e assessoriamente de outros
    Por mais que seja contra o Bunker não posso deixar de protestar civicamente contra quem apela à pena de morte e ao linchamento tipo nazi contra os irresponsáveis que fizeram o Bunker....
    E há a Lei.. o Código Penal:
    SECÇÃO II 
    Dos crimes contra a paz pública
      Artigo 297.º
    Instigação pública a um crime
    1 - Quem, em reunião pública, através de meio de comunicação social, por divulgação de escrito ou outro meio de reprodução técnica, provocar ou incitar à prática de um crime determinado é punido com pena de prisão até 3 anos ou com pena de multa, se pena mais grave lhe não couber por força de outra disposição legal. 
    2 - É correspondentemente aplicável o disposto no n.º 2 do artigo 295.º
      
    Haverá trabalho para o Ministério Público?
    Miguel Abrantes


publicado por porabrantes às 12:04 | link do post | comentar

Há cinco anos um trágico acidente arrastou para a morte um bombeiro abrantino

 

Hoje há, como noticiámos, uma missa pela sua memória.
E este ano não houve a tradicional homenagem aos bombeiros caídos na nossa defesa.
Mas houve a cerimónia de subsidiar a reintegração duns políticos nefastos e medíocres.
Cada um homenageia quem deve, nós achamos que devemos homenagear os bombeiros, num momento em que a Inspecção das autarquias e o Sindicato Profissional denunciam as ilegalidades que atravessam a gestão do nosso corajoso corpo de bombeiros e que são responsabilidade do executivo camarário.
A redacção

 

 



publicado por porabrantes às 11:27 | link do post | comentar

 

 

Faz hoje cinco anos da infausta morte do bombeiro abrantino Álvaro Serrano.

A família manda rezar uma missa em sua memória em São Vicente às 19.15 horas.

 

 

Associamo-nos a esta piedosa homenagem a mais um Soldado da Paz.

 

a redacção


tags:

publicado por porabrantes às 00:24 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2012

O Cidadão abt, deixou um comentário ao post A crise bombeiral às 22:02, 2012-12-17.

Comentário:
Senhor bombeiro: “A Velocidade e as Horas de trabalho não foram as causadoras deste Sinistro, dado que o elemento tinha entrado ao serviço as 9h e o acidente foi ao inicio da tarde pouco mais ou menos” Se o condutor entrou de serviço pelas 9h da manhã e o acidente se deu pelas 15h40minutos significará que o condutor terá completado 6horas e 40 minutos de serviço, Certo? E o que nos diz a legislação do sector? Nada disto! O tacógrafo é um dispositivo dispensado nos veículos dos bombeiros sendo admirável que a corporação de Abrantes se esmere na incrementação de tais aparelhos. O condutor circulava a uma velocidade reduzida para o local... A velocidade reduzida seria aproximadamente de quanto? Subjectiva? Não ficou registada no tacógrafo? É certo que estes veículos podem infringir os limites fixados na lei desde que não ponham em causa a segurança de pessoas e bens, ao que pelos resultados, não parece ter sido respeitado este item... Visto o grau de destruição da cabine e tendo-se o auto-tanque imobilizado 300 metros após o primeiro embate, segundo as leis da física que não enganam, poderá o senhor bombeiro estimar a velocidade instantânea a que essa viatura circularia, tendo em conta o coeficiente de atrito do terreno lavrado, bastante superior ao do asfalto e o número de rodados do auto-tanque que pesaria cerca de dezasseis toneladas? Não encontra aqui algum contra-senso? 300 metros percorridos para a imobilização não são propriamente 30 metros, nem 120 metros.... em que na primeira situação a viatura circularia a cerca de 50Km/h e na segunda hipótese circularia a cerca de 90Km/h, isto fazendo as continhas bem por baixo... Não terão por ventura faltado os travões?... Não será estranho que um condutor de outra viatura circulando em sentido contrário se deixasse surpreender por aquela que certamente assinalaria convenientemente a marcha de urgência, recorrendo a todos os dispositivos previstos na legislação inerente? De resto, a defesa é o direito que assiste a qualquer um, sendo viável desde que bem fundamentada, lógica e consistente.



Caro Cidadão:


Obrigado pela tua ajuda para o debate. Mas talvez fosse bom olhar para o veículo destroçado


 Correio da Manhã


Parece-me uma pergunta óbvia  porque é que 6 meses depois não foi divulgado nenhum relatório deste acidente?


E já agora deste no Vale das Rãs?


    



O Sr. Comandante estará muito ocupado?


As autoridades policiais  e judiciais com excesso de trabalho?

 

Se bem me lembro numa acta de Agosto da CMA o dr. Belém Coelho perguntou pelo relatório da morte da Paulina.

 

Respondeu alguém da maioria que o assunto estava a ser tratado.

 

Continua em tratamento?

 

Estou a lembrar coisas dolorosas mas desde 21 de Julho estamos à espera. À espera duma coisa que se faz cada vez menos em.... Portugal....

 

 

 

 

JUSTIÇA !!!!


ma 



publicado por porabrantes às 23:25 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

De quem são as águas da R...

Fonte da Amieira é públic...

Vamos já comer umas morce...

Como a Abrantaqua encheu ...

Dez anos para responder a...

Há poetas que não gostam ...

Vagas no Supremo Tribunal

Comunicado dos Amigos do ...

Três anos para responder ...

CNA arrasa política agríc...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds