Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2013

''Greve de 24 horas, por aumentos de salários, respeitando a dignidade e os direitos dos trabalhadores, na fábrica de travões Robert Bosch, em Alferrarede, Abrantes. (13/Abr)''



André Levy in http://5dias.net/2012/12/31/2012-ano-de-luta/





Há outra versão da luta dos trabalhadores da Bosch



 cma



Que eu traduziria por ....


''colaboração de classes''



Houve um tempo em que o socialismo era isto:




Agora meus amigos, o socialismo à abrantina, falo da Presidenta e dalgum fundador do PS de Abrantes, relacionado com a Bosch enquanto entidade patronal, é moderno.....



 



Viva pois a modernidade!!!!!! Vivó capital!!!! Vivó o socialismo depois de ir à manicure...




MA



publicado por porabrantes às 14:06 | link do post | comentar

Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2013

Vai iniciar-se em breve o julgamento da camorra abrantina num processo movido pelo MP e por queixa do dr. Joaquim Ribeiro.

 

 

Como se recordam a ''camorra'' era uma estrutura de crime organizado que extorquia mensalidades a comerciantes abrantinos para lhes garantir que podiam comerciar sem haver ''incidentes''.

 

 

Joaquim Ribeiro recusou-se a pagar e sofreu sevícias várias.

 

As nossas autoridades garantiam que tal problema não existia neste ex-florido rincão onde como se sabe reinava por decreto municipal uma perfeita harmonia étnica.

 

 

A primeira sessão agendada do processo é no dia 15-1-2013 às 9.20.

 

 

Mais pormenores no portal Citius.

 

 

AA

 

 



publicado por porabrantes às 23:34 | link do post | comentar

Segundo a imprensa e algum pescador cumpriu-se a sina invernosa.

 

Cada inverno a Etar situada junto à ponte entre o Rossio e as Barreiras desincha-se. 

 

 

 

 

 

A Barca diz que uns pescadores ouviram um estrondo e o estrondoso investimento ficou vazio.

 

 

Da inauguração temos lápide a condizer, do esvaziamento nunca constam recordações oficiais

 

 

 

 

Certamente as haverá em segredo e permito-me duvidar das explicações oficiais. Cumpre à Oposição fiscalizar e estou certo que se o ''Reexistir por Abrantes'', que atingiu as 250.000 visitas, publicasse os documentos que sobre o ''acidente'' existem na CMA atingiria 500 visitas diárias durante uns dias.

 

Aproveitamos para felicitar os colegas desse blogue pelo número de visitas alcançado e ainda para sugerir aos senhores Vereadores do PSD que peçam esses documentos.

 

Porque o Aquapólis começa a ser uma brincadeira demasiado cara para os nossos bolsos.

 

Estou contente com o ''acidente'', assim esvazia-se a Etar e os peixes podem reproduzir-se em paz.

 

Passo do Aquapólis para outra estrutura que houve no local que dava menos chatices.....

 

 

CA 337

 

 

10 – “Mappa Topographico da parte do Tejo da vila de Abrantes em que está lançada a Ponte das Barcas” 
Manoel de Souza Ramos e Joze Maria Ferreira da Fonseca (1797) - CA 337  http://www.igeo.pt- Instituto Geográfico Nacional

 

 Carta de Abrantes (a Ponte das barcas) - Souza Ramos

 

Uma maravilha da engenharia militar portuguesa do século XVIII que nos dá preciosas informações sobre como era o Rocio de Abrantes no século dezoito.

 

E ainda: Plano de huns cobertos para recolher as 60 barcas ponteneiras,... q. se lançarão no Tejo de Abrantes, e Rio Zezere... [Visual gráfico / Manoel de Souza Ramos [Entre 1780 e 1810?]. - 1 desenho : tinta-da-china e aguadas, color. ; 53x35 cm  (Biblioteca Nacional)

 

 

MN 

 

Ver Imagem



publicado por porabrantes às 16:15 | link do post | comentar

Terça-feira, 1 de Janeiro de 2013

Depois da farra, chega a ressaca

 

 

Foto divulgada no facebook pelo Hotel Turismo de Abrantes de curiosos acontecimentos durante o artístico reveillón

 

 

A minha pergunta é :

 

aquilo é uma unidade hoteleira ou uma mesquita onde  se tem de entrar descalço?

 

 

 

O novo plano para lixar o alto de Santo António até parece ter um minarete

 

 

 

E como neste caso ano novo não é vida nova, recomeça a luta de classes, supondo-se que irão ao tribunal calçados, porque nesta Abrantes católica ainda não vigora a sharia ignara e islâmica

 

99/12.0TTABT
Juízo Único
Ação Impugnação Jud.Regul.e Licitude do Despedimento

Autor Anabela Barroso de Sousa 
Réu Hotel de Turismo de Abrantes, S.A.

Julgamento ou Audiência final

09-01-2013 10:00

 

 

A Senhora Doutora Presidenta não pode alegar que desconhece a luta de classes porque se perguntar à Doutora avençada Ana Paula Milho ela pode informá-la porque.....também terá de ir ao Tribunal de Trabalho

 

314/12.7TTABT
Juízo Único
Ação Impugnação Jud.Regul.e Licitude do Despedimento

Autor Sofia Alexandra Lopes Gomes 
Réu Ana Paula Milho

Julgamento ou Audiência final

31-01-2013 10:00

 

 

O novo ano judicial promete.....

 

A malta comentará a história.....

 

 

Miguel Abrantes

 



publicado por porabrantes às 21:17 | link do post | comentar

 

 

 

O velho Portugal de novecentos numa figura típica lisboeta.. Quando vejo a miséria rústica da feira franca de Abrantes, tenho francamente de concluir que para tornar aquilo autêntico o melhor é vestir uma vereadora de varina e pô-la a vender sardinhas...


MN da Tubucci



publicado por porabrantes às 17:37 | link do post | comentar

Nas Mouriscas estiveram a trabalhar na maior especialidade da nossa administração pública quase até ao fim do ano:

 

O Ajuste Directo 

Detalhe do Contrato Público

0
Preço:148 111,49 €
N.º Procedimento:647394
Data Contrato:28/12/2012
Data Publicação:31/12/2012
Tipo Contrato:Ajuste directo
 
006.1.Empreitada
Ajuste direto/procedimento para a realização da empreitada de ?Requalificação de Lagar e Processos ? Herdade da Murteira ? Mouriscas, Abrantes

Adjudicante(s)

Contratado(s)

Local de execução:Portugal, Santarém, Abrantes  
Prazo de execução:180 dias (5 meses e 27 dias)  
Critério:Artigo 19.º, alínea a) do Código dos Contratos Públicos  


Louvamos este espírito laborioso, mas continuamos a achar que o concurso público é o método mais transparente e justo de contratação pública.



Haveria mais comentários a fazer, mas tudo indica que o parâmetro normal não sai da cabeça da  nossa Administração Pública.


MA





publicado por porabrantes às 12:35 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O Pintor da Eica denuncia...

A Madre Leão, maior poeti...

Um neo-liberal às aranhas...

Tramagalenses romanos?

A dona dos plátanos

Do charuto do capitalista...

A despedida

O Serviço Nacional de Saú...

Nove mil euros para corta...

A lesma abrantina: arion ...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds