Quarta-feira, 21 de Agosto de 2013

     

 

 

O nº 2 do PS de Tomar, arq. Rui Serrano deu em moderado, de tanto ler este blogue conseguiu moderar-se, por isso não proporá a demolição do Convento de Cristo e a substituição das veneráveis paredes quinhentistas por um cubo plastificado gigante da autoria de qualquer licenciado careca alentejano.

 

Ler este blogue ......

 

 

EDUCA......

 


 




ma



publicado por porabrantes às 12:14 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 20 de Agosto de 2013

 

 

Estava prevista batalha de Alcácer-Quibir para 23 e 25 de Agosto nas margens do Tejo 

 

 

Parece que   Alcácer-Quibir foi antecipado para hoje

 

 

 

 

 

 

 

 

1001552_643760795635145_1513962549_n

 

 

 

 

Em Alcácer D.Sebastião perdeu, mas não se rendeu, segundo reza a crónica disse ''morrer sim, mas devagar...''.

 

 

O PS e o Luís Vamatos renderam-se, sem lutar, quando havia uma enorme margem de manobra para ganhar o recurso no TC face às patacoadas díspares da magistratura pelo país fora.

 

Diz o PS : A decisão que o tribunal tomou em nada diminui o trabalho desenvolvido por Luís Valamatos nos mandatos em que presidiu à Junta de Freguesia, nem foi esse o juízo de valor que foi avaliado", salienta ainda o comunicado do PS Abrantes. -

 

 

Pois não diminui nada certamente, mas diminui completamente a autoridade política da CP do PS comandada (alegadamente) pelo Bruno Tomás que reconhece ter apresentado um candidato a quem a Lei proibia ser eleito, na interpretação de certo juízo do tribunal abrantino.

 

De forma que a data oficial deste Alcácer-Quibir é 20 de Agosto.

 

SN

 

na página do PS não há nada sobre isto, pois......o Bruno Tomás está a ler o Cidadão Abt



publicado por porabrantes às 20:40 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Nas eleições de 2005 houve uma polémica sobre a qualidade das águas no Pego. Também me lembro doutra polémica sobre as águas do Sardoal que enfrentou a Maria do Céu e o Presidente Moleirinho.

 

 

Como estará a qualidade das águas,  agora?

 

 

Fomos consultar um relatório da A.R.S. L.V.T. - Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo que está on-line de que publicamos um extracto.

 

 

É o Perfil Ambiental 2012 da Região de Lisboa e Vale do Tejo

 

 

Tem dados muito interessantes a que voltaremos outro dia.

 

 

Dele se conclui que a tão apregoada  alta qualidade de água que bebemos, vinda do Castelo de Bode, não é ''excelente'' mas apenas ''boa''.

 

 

Não se especifica a qualidade da água de freguesias como a Bemposta ou Alvega onde é captada em furos locais e onde houve recentemente (no caso da Bemposta) problemas com excesso de alumínio.

 

A qualidade da água do Tramagal não é ''boa'' e é considerada de qualidade apenas ''razoável''.

 

água.bmp

 

 

Os dados são de 2009. A Administração Regional não deve ter tido acesso a outros recentes.  Finalmente o candidato PS ao Tramagal fala hoje na Tágide às 19 horas. Talvez nos possa esclarecer alguma coisa.

 

 

MN 

 

 

PS-O PS aceitou a decisão do Tribunal de ''chumbar'' Luís Valamatos. Ou seja, aceitou que o Bloco tinha razão. Elogia-se o PS por dar a mão à palmatória.



publicado por porabrantes às 18:28 | link do post | comentar

Segunda-feira, 19 de Agosto de 2013

já tinha sido vendida pelo excelente livreiro que é o Luís Burnay .......

 

 

 

em 2007......

 

 

Não percebo porque é o espanto com o leilão de 2013...

 

 

Destaco algumas peças que foram postas à venda

 

 

''Iardim da Sagrada Escriptura ..., de Fr. Cristóvão de Lisboa, 1653 /Livro de Marinharia. Tratado de Agulha de Marear de João Lisboa, 1956 / Chronica del rey D. Pedro I, ..., de Fernão Lopes, 1760 (2ª ed.) / O Veo levantado, ou o Maçonismo desmascarado; ..., anónimo [José Agostinho de Macedo], 1822 / O Segredo Revelado ou a Manifestação do Systema dos Pedreiros Livres, ..., de José Agostinho de Macedo, 1809 /Príncipes d'Économie Politique ..., por T.R. Malthus, Paris, 1820 (1ª ed. francesa) / [Ms]Livro de Horas. Igreja católica. Liturgia e Ritual, sec. XV / Manvale Secvndvm. Ordinen almae Bracarensis Ecclesiae, 1562 (of. António Mariz) / Poblacion General de España ..., de Rodrigo Mendez de Silva, Madrid, 1675 / Dicionário Geographico das Províncias e possessões portuguezas no Ultramar, ..., por José Maria de Souza Monteiro''



(com a devida vénia ao Almocreve das Petas)

 

 

Portanto o que ficou em certo sítio de Tomar cheira-me a refugo.

 

 

O Pacheco morreu em 2013 e vendeu livros antigos em 2007. Estava no seu direito.   Quem não está no seu direito é quem nos quis convencer do contrário.

 

Alguns livros foram parar ao sítio certo, como este comprado pela Torre do Tombo:

 

IRMANDADE DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DO CONVENTO DE NOSSA SENHORA DA GRAÇA DE LISBOA






Havia em 2007 outras coisas da região?

Só a título de exemplo:

244. FIGUEIREDO, Pe. Antonio Pereira de.- Compendio das Epocas e successos mais illustres da Historia Geral  por…- Lisboa: Na Regia Officina Typografica, 1782.- VI, (2), 410, (2)p.;15cm.-E Primeira edição desta História Universal, ordenada por acontecimentos, por um criterio ditado pelas preocupações religiosas e politicas do autor, hoje fonte de informações históricas curiosas. Encadernaçãp da época inteira de pele. 20 € - 40 €



MN

 



publicado por porabrantes às 23:39 | link do post | comentar

Alegadamente o ex-presidente do IPT e político da extrema-direita José Bayolo Pacheco do Amorim ofereceu a sua biblioteca ao IPT diz o Templário '': (...)  Ofereceu todo o seu acervo bibliográfico e de seu pai à  biblioteca do IPT, havendo uma sala especial dedicada a esse espólio. Também o principal auditório do IPT tem o seu  nome. ''



Templário



Acontece que a 3 e 4 de Julho de 2013 parte da biblioteca do Amorim foi vendida em Lisboa em leilão pela Livraria Luís Burnay.


Acontece que alguma coisa dessa biblioteca  tinha interesse abrantino e tomarense e não se percebe como não está..... no IPT. 


Passo para o caso abrantino e já agora de Constância a transcrever 2 peças:



(...)22. ALORNA, Marquês de. - 1 Carta autógrafa (8p.; 22cm.)
Nesta extensa carta dirigida ao Intendente da Polícia Diogo Inácio de Pina Manique, o Marquês agradece ao Intendente e a Martinho de Mello a ajuda que lhe deram enviando durante algum tempo o especialista piemontês Mateus Biffignandi para tentar recuperar uma fabrica de seda que Alorna tinha provavelmente na sua Quinta de Vale de Nabais em Almeirim e que havia alugado a um Capitão Mor de Avis que descurou os cuidados a ter com o sirgo. “…
Fico também obrigadíssimo a V. Srª. E ao Sr. Martinho de Mello, pelo socorro que me derão para a restauração d’esta fabrica de seda, que se achava em grande decadência, pelo descuido e falta de exacção do Capitão Mor de Avis, que acaba de ser rendeiro d’esta fazenda. Este homem me deixou sem a semente dos bixos [ovos do bicho da seda] que lhe entreguei, e havendo negligencia em outra pessoa, que se encarregou de a mandar vir de Trás-os-Montes[quase de certeza da criação de José Maria Arnaud que viera com Biffignandi para Portugal por ordem de Pombal para desenvolver a fiação de sedas no país e que se instalara naquela região] já o anno passado não houve aqui essa criação. … A semente que trouxe Matheus Biffignandi, já vinha principiada a avivar: He de crer,que assim estivesse a d’Abrantes [onde houve também uma desenvovida sericicultura provavelmente ligada ao Marquês de Alorna] por ser  impossível o seu transporte e n’este termos, a porção que V. Exª me mandou junta com alguma mais que pude colher
por outras partes, apenas poderá servir, para chegarmos a ter na Primavera que vem seis atthe oito arráteis que é a quantidade necessaria correspondente ás nossas amoreiras.” Refere em seguida uma tentadora proposta de sociedade que o italiano lhe havia feito, e que Alorna sabiamente modificou: “…Elle me propôs tomar a si as amoreiras, e as mais coisas pertencentes á fabrica, com a condição de me dar duas terças partes dos lucros, entrando eu com elle de meias nas despezas: Não quis eu estar por este ajuste, por ser para nós demaziadamente vantajozo, e pareceu-me isso sinal certo de se poder desvanecer em poco tempo: Receei que o ditto Matheus não tirando deste contracto as conveniências que esperava, viesse eu e muitas outras pessoas d’este Reino, a perdermos o fructo, que poderíamos tirar das luzes d’este homem:”
Assinada e datada de 30 de Março de 1787.Trata-se do 2º Marquês ( D. João de Almeida Portugal), Oficial Mór da Casa Real, Embaixador em França e casado com D. Leonor de Távora. Por causa deste parentesco esteve preso 18 anos (na Torre de Belém e no Forte da Junqueira) ás ordens do Marquês de Pombal. Era pai da famosa Marquesa de
Alorna (Alcipe)


107. CAMPAS. José.- 2 Cartas autógrafas
Cartas dirigidas ao Dr. Jorge de Faria. Na primeira o pintor envia uma fotografia de um dos seus quadros: “… Juntamente com esta carta envio a V. Exª uma “ pochette” na qual remetto a “photo” do meu quadro:“Na Praia (Ericeira), que figura na Exposição da “ Sociedade N. de Belas-Artes”, cujo “ vernissage” está marcada ainda para esta semana.” Na segunda, depois de “abraçar” o Dr. Jorge de Faria por um banquete de omenagem que a este tinham feito, diz: “…Tenho aqui (n’esta sua casa) as brochuras sobre theatro que prometi oferecer a Vª Exª, e assim muito me
penhorará, marcando-me dia e hora( a que mais lhe convier) para receber a sua honrosa visita, e gostosamente mostrar-lhe algumas das minhas obras e modesta biblioteca.”
Assinadas e datadas de Lisboa 13. IV. 1936 e 10 . VII. 1939. Em papel timbrado do artista. Juntam-se os respectivos envelopes e um cartão de visita'

 

in catálogo livraria Luis Burnay

 

 

José Campas viveu em Constância e foi professor da EICA.

 

Também anoto que será muito difícil fazer o estudo da indústria da seda no século XVIII em Abrantes, depois deste espólio  ter sido disperso.

 

Enquanto investimos em cultura à razão de 2000 €/oliveira, vão-se vendendo nos alfarrabistas e noutros sítios os documentos e peças referentes à História da Cidade.

 

 

Proponho já nova medalha pró IPT e outra pró Pacheco (póstuma).


MN



publicado por porabrantes às 17:47 | link do post | comentar

 

No último número da Barca o sr. dr. Pina da Costa resolveu continuar a teorizar. É um relato teórico sobre ''esqueletos'' e sobre a esquerda. Todas as ''narrativas'' teóricas são textos de ficção e algumas até são poéticas, donde se poder nelas tomar-se liberdades poéticas. Será o caso desta??????

 

 

 

Referindo-se a 1975 diz o ex-VPC (R), ou seja ex-Vereador Pina da Costa (Reintegrado), ''O Jornal República é encerrado em Maio, alegadamente por ser de orientação socialista''.

 

 

Acontece que o velho vespertino de António José de Almeida, onde o mais brilhante articulista foi o monárquico Rocha Martins (o povo disputava a gazeta quando os ardinas berravam '' hoje fala o Rocha''), não foi fechado nessa data, mas ocupado pelos tipógrafos liderados pelo  gerente Belo Marques que sanearam a redacção ''reaccionária'' e o director, o ex-seminarista melhor classificado do seminário de Bragança, o dr. Raul Rego.

 

Depois o jornal continuou a sair com uma nova redacção '' proletária'' na qual brilhava o meu amigo 

 

Mário Semedo, neto do sr. Esteves, o mais importante (e rico) empresário de madeiras de Rio de Moinhos.

 

Também havia lá outros amigos meus, um dos quais era namorado da filha do sr.Belo Marques, e é hoje pastor protestante no Canadá. Não sei a que seita pertence  agora o rapaz.....

 

Será anabaptista do sétimo dia....????

 

 

No dia da ocupação, o PS montou uma manif à porta e o povo (e eu) gritávamos '' a foice e o martelo na cabeça do Otelo''.

 

Entre os saneados estavam  o Jaime Gama, o Alberto Ahrons de Carvalho e o Manuel (o irmão) (1), o Vítor Direito, que depois foi director do Correio da Manhã....etc

 

Não vou atirar as culpas da ''ocupação'' pró PCP, aquilo como a  da Renascença, veio das brilhantes cabeças otelistas.

 

 

Pode o sr. dr. Pina da Costa continuar a construir textos poéticos. Por exemplo explicar-nos que o PS abrantino se resume a

 

 

 

 

Esteja à vontade....

 

 

MN

 

(1) filhos do historiador das Galveias, Barradas de Carvalho 



publicado por porabrantes às 16:26 | link do post | comentar

 

 

 

 

Infelizmente não há nenhum texto decente sobre a História desta casa, que depois de propriedade da família Carneiro e Silva, foi Colégio La Salle, Liceu de Abrantes, Centro de Saúde e mais um rol de coisas.

 

O postal foi metido no correio em 1906 pelo senhor Victor Sobral para a Dona Guilhermina.

 

 

Ficamos à espera de um curioso que faça a história da casa, adquirida pela CMA no início da década de 60 ou finais dos 50 por uns quinhentos contos.

 

 

Quando o postal foi metido na caixa do correio cá na vila, reinava D.Carlos I e os correios eram públicos. Seria comunista o Bragança?

 

 

MA 

 

naturalmente quem quiser meter esta imagem no facebook tá ...à vontade...



publicado por porabrantes às 14:18 | link do post | comentar

No dia seguinte ao anúncio da impugnação da candidatura do sr. Luís Valamatos à União das Freguesias de Rossio e São Miguel e ainda à República Autónoma Cigana de São Macário (RACSM) apareceu na rotunda do Rossio  o cartaz do Bloco de Esquerda completamente rasgado!!! 

 

 

Ontem ou um dia antes foi detida pela GNR uma mulher por se ter dedicado a atacar à tesourada (usando a tesoura lá de casa que retirou do cesto da costura (1)  ) os cartazes do Movimento Zé Gomes numa terra da Borda D' Água onde um dinossauro quer continuar a cacicar.

 

Sendo a Camarada cabeça de lista do Bloco à Assembleia Municipal, já apresentou queixa na PSP de Abrantes contra o/a vândalo/a  que procedeu ao ataque selvagm contra o cartaz proletário?

 

E já agora, sendo a Camarada nova líder do Protejo, também pode aproveitar a ida à PSP para participar o eventual ilícito explosivo na margem do Rio em Constância Sul???

 

 

 

E ainda, vamos esperar que a Camarada seja eleita, para lhe entregar o dossier MIAA para que, justiceira, possa V. EXA. participar os eventuais ilícitos incluindo a situação de algum arqueólogo com duplo tacho.

 

 

Saudações burguesas

 

MA

 

(1) Espero que a GNR já tenha devolvido a tesoura à Senhora. Se não o fez como pode a mulher cozer as meias do marido, sem cortar as linhas???



publicado por porabrantes às 11:00 | link do post | comentar

Domingo, 18 de Agosto de 2013

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fotos da explosão acabadas de publicar pelo Zé Luz no facebook

 

com a devida vénia

 

a redacção



publicado por porabrantes às 21:47 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Felicito vivamente a A.Municipal de Constância porque está viva. Ao menos discute-se. A de Abrantes é uma pasmaceira.....

 

 

Mas não consigo perceber como é que carta enviada pelo Sr.Presidente Máximo ao Sr.Presidente da A.Municipal de Constância (ambos eleitos pela mesma força) demorou mais de um mês a chegar

 

 

 

 

 

Nesta acta há moções a protestar contra todas as maldades do governo PSD/CDS que são muitas, mas não há nenhuma a protestar contra os CTT. É muito estranho.

 

Aposto que numa acta próxima os correios da Vila são ser concessionados a um cisne vermelho.

 

Além disso temo que a carta a enviar pelo chefe dos Bombeiros Voluntários e candidato MPT/CDS a dar conta da explosão da Caima também leve um mês e meio a chegar à CM Constância (certamente depois das eleições autárquicas).

 

Venho portanto propor à sociedade civil que ofereça um telemóvel ao Sr.Comandante.

 

 

MA



publicado por porabrantes às 19:16 | link do post | comentar | ver comentários (2)

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Perólas do machismo

O pesado fardo do homem n...

O caso do anti-terrorista...

A defesa da cultura no Pa...

Os asiáticos e os ciganos...

Alferrarede

O fim dos colaboradores ...

Barata nomeia Boca do Inf...

Agradecemos à China. 

Regresso à vida normal

arquivos

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9




31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds