Domingo, 4 de Agosto de 2013

 

 

 

 

Nos velhos tempos Alferrarede foi uma terra erguida por industriais e comerciantes, que fizeram a prosperidade da terra depois freguesia. O postal editado pelo sr. Camilo Vicente Nogueira, barbeiro abrantino, homem-bom, fotógrafo, sempre interessado em actividades bairristas, é testemunho desta prosperidade do subúrbio abrantino, em pleno auge do seu desenvolvimento nos anos 50.

 

Já restam poucos deste escol de homens que tornaram Alferrarede uma terra próspera sem subsídios europeus   e sem comícios à sombra dos plátanos mandados plantar por Alfredo da Silva, talvez o maior industrial do seu tempo e que passeava a cada cair da tarde na avenida de plátanos fumando  um  havano. Por isso chamavam à avenida a Alameda do Charuto.  

 

Muitas histórias se poderiam  certamente contar, mas Alferrrarede está de luto com o desaparecimento súbito de um desses industriais, o  nosso amigo Sr.Mateus Pereira da Silva. Homem bom, empresário avisado, de uma educação e simpatia inexcedível, autêntica enciclopédia da história local.  

 

Para a sua viúva e nossa amiga Senhora D. Idalina  Carvalho P. da Silva e para  os seus filhos e nossos amigos o eng. Paulo Pereira da Silva, Presidente da Renova e para a Rita vai um grande abraço neste momento triste.

 

 a redacção



publicado por porabrantes às 12:50 | link do post | comentar

Sábado, 3 de Agosto de 2013

 

 

ALMEIRIM –

 

 Câmara


Municipal 


dá prazo de trinta dias para que cidadãos

 

 abandonem acampamento

Os cidadãos de etnia cigana que residem, em barracas, na cidade de Almeirim, junto à zona industrial, receberam a notificação que lhes dá trinta dias úteis para saírem dessas habitações, caso contrário a Câmara Municipal irá avançar para a demolição.

 

 

Esta medida de força da autarquia almeirinense justifica-se pelo facto de aquelas construções estarem em zona de Reserva Agrícola Nacional e Reserva Ecológica Nacional, o que, por Lei, impossibilita qualquer edificação. Para além de serem forçados a abandonar o local, os cidadãos ainda ficam impossibilitados de construir outras barracas dentro dos limites do concelho. A presença da comunidade de famílias de etnia cigana provoca, junto dos moradores das imediações, muito descontentamento, sendo que a Câmara Municipal já recebeu várias queixas nesse sentido. E a forma encontrada para resolver o problema passa, então, pelo prazo dado aos cidadãos em causa que, assim, vão ter que procurar outras paragens.

 



publicado por porabrantes às 16:37 | link do post | comentar | ver comentários (1)

 

 

Transporte da roda polar para o 1º gerador destinado à Barragem do Castelo Bode, 70 tonel. 9 mts de diâmetro. Ano de 1959.



com a devida vénia de




Hace 10 horas 


e a nota com o senhor motorista

Gabriel Sá o motorista do camião gigante é meu amigo ainda é vivo e tem 90e tal anos vive em sta Iria da Azóia.




SN



publicado por porabrantes às 12:42 | link do post | comentar

Sexta-feira, 2 de Agosto de 2013

 

 

 

Falta naturalmente um editorial de homenagem à magnífica obra de Oposição de Santana-Maia e Belém Coelho.

 

 

 

 

Porque será?

 

 

 

 

MA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


tags:

publicado por porabrantes às 16:22 | link do post | comentar

Quando do Centenário da Implantação da República foi produzido este vídeo de desenhos animados em Abrantes.

 

 

Não nego que tecnicamente é giro.

 

 

Mas também é óbvio que o guião não passa duma manipulação barata de factos históricos para justificar a perseguição religiosa desencadeada pelo regime de Afonso Costa à Igreja Católica.  

 

 

A estupidez dessa política atirou os católicos para os braços da reacção e criou a base social da Ditadura  salazarista apostólica e romana.

 

 

Os discursos sobre a República (1910-1926) costumam ser parciais como este que tem uma marca  monárquica. 

 

Mas impingir às criancinhas só uma parte da história é um acto de facciosismo imperdoável.

 

 

Na blogosfera e na bibliografia editada em Abrantes há pouca coisa decente e imparcial sobre este período, mas temos sobre a vila vizinha do Sardoal documentação exaustiva no magnífico blogue Sardoal com Memória do sr. Luís Gonçalves. Dele se retira uma carta para ver como as coisas se passaram aí.

 

 

Sardoal, 30 de Agosto de 1912

Ao Exmº

Presidente da Comissão Central de Execução da Lei da Separação

    Por ordem do Cidadão Administrador do Concelho do Sardoal, fez a Junta de Paróquia da Freguesia de S.Tiago e S.Mateus do mesmo Concelho entrega em 23 de Agosto de 1912 da Igreja Paroquial e Capelas situadas nesta Paróquia, que sempre foram propriedade da Junta de Paróquia e igualmente fez entrega de todos os paramentos, outros objectos destinados ao culto e mobiliário que esta Corporação se considera com direito de posse. Implora muito respeitosamente a V.Exª se digne em harmonia com artigo 77 da lei da Separação discriminar os mobiliários e imobiliários de que incompetentemente se apoderou a Comissão Concelhia desta zona, que esta Corporação fez entrega devido à obediência à lei, embora reconheça que não o devia fazer na qualidade de individualidade jurídica. A Junta de Paróquia é proprietária de um prédio rústico averbado na matriz predial deste concelho com o artº 2055, o que provado está com a certidão passada pela Secretário de Finanças deste Concelho, qual junta vai, assim como a certidão de todos os prédios que se acham inscritos na matriz em nome desta Corporação. Além da circunstância de averbamento, há mais de 20 anos tem posse proprietária sem que lhe fosse contestado seu direito de acção e de facto. O usufruto dessa propriedade foi destinado outrora a benefício doméstico dos párocos; como eles deixaram de ter essa regalia e outras, ao ver da Junta de Paróquia tem ela o direito exclusivo de proprietária. Por tal incidente se considera com o direito de poder desamortizar a propriedade em harmonia com a lei, sendo o produto de tal transacção mutuado aumentando por esta forma a diminuta receita da Corporação qual é 39.150 réis e despesa ordinária de 44.695 réis. Para fazer face à quantia a bem da receita dava a irmandade do Santíssimo Sacramento o subsídio anual; como ela deixa para o futuro de prestar esse benefíco devido aos encargos da lei da Separação é de justiça ser autorizada a venda do prédio aludido para a Junta poder equilibrar a receita com a despesa, com o produto do capital mutuado, caso lhe seja concedida autorização para a venda da propriedade averbada na matriz com o artº 2055. A Comissão Concelhia diz ter direito ao designado prédio rústico, em face da exposição em referência à propriedade não pode a Junta de Paróquia considerar legal o direito de propriedade que a Comissão Concelhia quer ter no prédio em questão . A Igreja Paroquial oferece dúvida a esta Corporação em virtude do artigo 62 da lei da Separação, a quem pertence: se é a ela Comissão Concelhia ou à Junta de Paróquia de Sardoal? Por se julgar individualidade jurídica. E em idêntico caso supõe estarem as Capelas. Facto que esta Corporação se baseia pela opinião do advogado Campos Mello que a este vai junta. Se a lei revoga o patenteado pelo Dr. Campos Mello não poderá a Junta funcionar por não ter sala para as suas sessões e igualmente não tem mobiliário para a Secretaria, visto a Comissão Concelhia se apoderar de tudo o que a Junta considera ser sua propriedade e para seu uso exclusivo.

     Junto a este vai nota do mobiliário destinado à secretaria para que V.Exª. haja por bem mandar entregar sem perda de tempo, visto que nas condições em que está actualmente a Junta de Paróquia não pode dar cumprimento aos seus deveres, devido a não ter mobiliário e casa para as sessões. Novamente me refiro à Igreja Paroquial e a algumas Capelas: não podem estes imobiliários e outros mobiliários serem atingidos pela força da lei da Separação em seus artigos 89 e 90 devido a estarem antes da publicação da lei da Separação no exercício do culto e nas mesmas condições se encontrarem na época presente. E o artigo 99 da mesma lei e seus parágrafos 2 e 3 não podem ter acção sobre o assunto, a não ser o garantirem a permanência do culto.

     Implora este Corpo Administrativo Paroquial a V.Exª. seu valioso auxílio. Fiado ser do seu carácter de rectidão e benevolência espera que lhe fará verdadeira justiça, indicando claramente os meios a seguir para haver mobiliário e imobiliário que em sua opinião estão sem legalidade no poder da Comissão Concelhia.

                   Saúde e Fraternidade.

O Presidente

António Maldonado de Freitas

 

 

 

Só para terminar em certa freguesia do Concelho de Abrantes a Igreja Paroquial foi transformada em cavalariça. Magníficos jericos os autores da façanha.

 

MN



publicado por porabrantes às 12:46 | link do post | comentar

o proxeneta

 

 

 

 aventar

 

 

Lo spettro di Craxi e Andreotti 

 


dietro il destino del loro successore

Oggi come all'inizio degli anni 90 una stagione politica si conclude bruscamente in un'aula di tribunale. E si apre un vuoto

MA


publicado por porabrantes às 09:30 | link do post | comentar

Quinta-feira, 1 de Agosto de 2013

Teve o inculto descaramento a maioria (a dos ajustes directos ao Catarino e dos subsídios ao Santo das seringas) de sustentar que Abrantes não tinha tradição taurina

 

 

 

 

 

 

 

 

1896 - Tourada em Abrantes, na praça da República. O Edifício que está por trás é o da actual biblioteca António Boto.



com a devida vénia de 




 




E isto numa maioria benta chefiada por uma natural de Casais de Revelhos, localidade cujos habitantes foram durante muito tempo serviçais obedientes da Casa dos Condes de Alferrarede onde há um ''tentadero''....
Já percebi porque queriam liquidar São Domingos, era para que a memória das ''corridas'' celebradas desde o século XVI em frente do Convento desaparecesse.
A vontade de apagar ou corrigir a História, para a ditar ao gosto dos caciques adeptos do politicamente correcto, acaba sempre por se voltar contra os censores.
Face a esta foto, só posso dizer
Olé Maria do Céu!!!!!
 



Os touros novecentistas colhem sem piedade a incultura política desta gente.



Olé Maria do Céu!!!!!



MN

 



publicado por porabrantes às 16:17 | link do post | comentar

O prestigiado blogue 

 

 

 

volta a destacar as extraordinárias perfomances da Câmara de Abrantes presidida pela recandidata 

 

 

C.Manhã

 

 

Passo a transcrever o post, assinalando que a autarca referida é a senhora da

direita e não o às futebolístico da esquerda  


 

Quinta-feira, 25 de Julho de 2013

Mais um estudo



''Foi adjudicada este mês a aquisição de serviços para a elaboração de Plano Estratégico da cidade de Abrantes por 20 mil euros. "O PECA  é um instrumento de trabalho que pretende reorientar/reforçar ou renovar estrategicamente os objectivos a alcançar, tendo em conta as transformações ocorridas no Concelho na última década", foi assim que a autarquia de Abrantesdefiniu o último plano estratégico que encomendou para o período 2007-2013.
Quando é que este país decide começar a escolher e a eleger pessoas capazes de pensar estrategicamente, sem necessidade de recorrer a consultores externos?''


Apresento os nossos parabéns à edilidade por animar a blogosfera pelas melhores razões na silly season

M. N

há neste blogue mais sobre Abrantes, of course

tags: , ,

publicado por porabrantes às 13:31 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Fernando Seara, conhecido popularmente pelo ''careca do Benfica'', apresentou a sua candidatura a Lisboa, de que é nº 2 a decorativa e simpática Teresa Leal Coelho.

Seara estava ladeado por Paulo Portas e por Passos Coelho.

Em determinado momento o tipo que fazia de mestre de cerimónias anunciou a presença duma das figuras mais íntegras da vida portuguesa: Pinto da Costa.

 

Como o íntegro special one portista não podia acudir porque estava entregue aos seus  afazeres habituais, um actor interpretou a  personagem.

Vimos modestamente sugerir à candidatura da recandidata que monte uma ''cena'' destas para ganhar uns votozinhos.

Estaria a recandidata ladeada pelo Sr. Seguro e pelo Sr. Assis para fazer esquecer velhos agravos como daquela vez que apostou no cavalo errado e apoiou Assis contra Seguro e perdeu. O cabeça de lista à Assembleia Municipal estaria também presente.

Em determinado momento a tipa que faria de   mestre de cerimónias anuncia a presença dum dos homens mais íntegros do burgo.

Há um momento de suspense na assembleia.

Quem seria?

O Cónego Graça? O Lopes? O presidente da Junta de Freguesia do ICA? Albano Santos? O Zé dos Anzóis? 

Face à ansiedade da assembleia a mestre de cerimónias diz: calma é o 

 

 

SPECIAL ONE


e entra 


 



A assistência ao rubro desata a bater palmas.


Aqui fica a nossa sugestão para que a recandidata emule a façanha do dr.Fernando Seara.


a redacção



publicado por porabrantes às 11:01 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Quando a Câmara violava o...

Mercado Diário : Bloco ac...

Presos políticos abrantin...

Fanáticos perdem em Insta...

Padre de Abrantes aprova ...

Leia os colegas

Deveres de Cortesia: Ephe...

Anti-Fascistas da Resistê...

Médico do Tramagal denunc...

A tortura do médico do Tr...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds