Terça-feira, 3 de Setembro de 2013

A minha fotografia

 

 

'Já se falou aqui várias vezes dum dos exemplares mais in do caciquismo do Pinhal, onde Maria Irene Barata ficou pior que uma barata quando o arqueólogo Carlos Barata resolveu pôr à venda um livro, 

o melhor é deixar o dr. Batata contar a história:

 

 

 

 

''Não gostei nada de ouvir dizer por aí que a Câmara Municipal me ajudou tanto e que eu agora ia concorrer contra ela.


E não gostei nada porque não é verdade. E é importante que os vilarregenses saibam disso e conheçam os factos em primeira mão.

 

 

 

O livro Levantamento Arqueológico do Concelho de Vila de Reicompletado em 1994, só viria a ser publicado com o patrocínio de uma Fundação de Abrantes, no ano 2000, porque a Câmara Municipal não o quis publicar, rotulando-o de sem interesse. Já depois de editado, enviei uma carta à Câmara perguntando-lhes se queriam adquirir 100 exemplares a preço de custo, sendo a resposta negativa.

 

 

 

Com o apoio de alguns vilarregenses colocámos o livro à venda em diversos estabelecimentos de Vila de Rei, pelo preço de custo de 4 €, para que mais interessados o pudessem comprar. Como a obra estava a ser vendida por pessoas ligadas ao CDS-PP, fui chamado à Câmara, para lhes vender todos os livros que tinha em minha posse, o que veio a acontecer. Essa obra é vendida hoje a 10€.

 

 

 

Em 2002, a Câmara Municipal solicitou-me a elaboração de um roteiro para as conheiras, o qual implicou uma semana de trabalho e de pesquisa, e várias deslocações aos Paços do Concelho para acertar pormenores com os técnicos da autarquia, de modo a efectuarem uma candidatura a dinheiros europeus. O preço que eu cobrei era de 3 500€, os quais nunca me foram pagos!

 

 

 


No mês de Junho passado foi dada à estampa a Carta Arqueológica do Concelho de Vila de Rei, que não irá ser publicamente apresentada, dado que o autor é candidato à presidência da Câmara Municipal.

 

 

 

Até aí tudo bem. Posso viver com isso. O que não é aceitável é que, tendo enviado a factura em Junho findo, ainda não tenha recebido o valor orçamentado para a execução dos 1 000 exemplares. Quero acreditar que o atraso se deve a dificuldades de tesouraria e não a razões políticas. Mas não tenho a certeza.

 

 

 

Estes são apenas três exemplos do quanto a Câmara Municipal de Vila de Rei me tem ajudado. Mas existem mais, mas não vou maçar-vos mais com eles.

 

 

 

Não quis deixar de fazer este pequeno apontamento, em nome da verdade dos factos. Sei que a minha candidatura à presidência da Câmara é incómoda para algumas pessoas. Mas isso não lhes dá o direito de denegrirem a minha imagem e porem em causa a minha honestidade.''

  

 

in http://futuroviladerei.blogspot.com.es/

 

 

Está retratada a cacique pelo candidato do CDS-PP????

 

Chega a tal ponto o caciquismo sertanejo que não se pode pôr à venda um livro sobre arqueologia sem autorização da Chefa local????

 

 

Há umas notas curiosas o livro:  Levantamento Arqueológico do Concelho de Vila de Rei, da autoria do dr.Batata e da esposa drª Filomena Gaspar, foi editado por uma Fundação abrantina cujo Presidente era o Sr.João Sigalho Estrada.


E hoje a drª  Filomena Gaspar parece trabalhar sobre a Colecção Estrada, já falaremos nisso, outro dia.


Finalmente o dr.Batata é morador em Casais de Revelhos e como é do CDS-PP calculo que votará no candidato abrantino do seu partido.



Que chatice a D.Maria do Céu já não terá 100 % dos votos lá na terra....


Desejamos uma grande vitória eleitoral ao dr. Batata   ...e já agora como se chamava o tipo que escreveu uma obra-prima sobre o consulado da Barata???



MA



publicado por porabrantes às 21:21 | link do post | comentar

 

Rescaldo da guerra 14-18. A data do postal é 1919 e foi enviado em 1921

 

 

 

 

 

 

 

Já agora para arrumar a secção de Tancos

 

 

 

e ainda

 

 

a data deste é 1918

 

 

MN



publicado por porabrantes às 18:22 | link do post | comentar | ver comentários (2)

O velho mito da unidade da esquerda tem muitas formas de se concretizar.

 

 

Uma dessas formas é à tesourada. No ''I'' Carlos Brito acusa os ''comunas'' de fazerem desaparecer a figura do maior paladino da Esquerda portuguesa no século XX, Mário Soares, na fotobiografia do conhecido burocrata estalinista Álvaro Cunhal ou Álvaro Barreirinhas Cunhal como dizia sempre o dr. José Durão Barroso

 

 

 

http://www.diarioliberdade.org

(portal galego alaranjado?????)

 

 

Também há outras formas de unir a esquerda cá na região. É por via judicial, começou pelos amigos da camarada Sara Cura impugnarem o ''reformista'' Valamatos   

 

 

 

 

e segue com o PS de Constância sentando no banco dos réus, às 9 e 30 da manhã, do dia 30 de Outubro, os camaradas

 

 

658/09.5TAABT
2º Juízo
Processo Comum (Tribunal Singular)

Autor Ministério Público 
Assistente Secretariado da Concelhia do Ps de Constância 
Arguido Máximo de Jesus Afonso Ferreira 
Arguido Francisco José Caipirra Covas 
Arguido António Manuel dos Santos Mendes

Julgamento ou Audiência final

23-10-2013 09:30

 

 

 

Já fizemos suficientes comentários sobre isto e quem os deve fazer agora são os arguidos e o PS de Constância. Este processo devia ser o centro da discussão eleitoral na actual campanha na vila vizinha.

 

 

Finalmente resta dizer que com esquerda assim dividida a direita nem sequer precisa de se unir.

 

Ou então Marx dizia: ''Proletários de todo o mundo uni-vos'' e eles já não se unem, porque se emburguesaram. 

 

 

a redacção enviando saudações burguesas à ''esquerda''



publicado por porabrantes às 16:19 | link do post | comentar

Na vasta e tenebrosa onda de incêndios que assola o país todos os meios foram poucos para cortar o flagelo. As corporações deste Ribatejo felizmente poupado à catástrofe enviaram forças e meios para outras regiões, destacaram-se segundo o Mirante '' Constância , Minde, Alcanede, Benavente, Barquinha, Entroncamento, Fátima, Alpiarça, Golegã, Sardoal, Torres Novas e Samora Correia''.



Uma palavra para os bravos bombeiros caídos em nossa defesa.



Já o estimado Pato Bravo falou dos meios que Abrantes poderia ter enviado.



E que teria disponíveis.....



Ou não os tinha????


Materiais ou humanos?????



Ou então, coisa plausível, a sociedade civil estava de férias e os políticos que mandam na sociedade civil entregues à demagogia eleitoral e esqueceram-se de procurar no dicionário o significado da palavra solidariedade.



Finalmente Humberto Lopes dedica-se à blogosfera no Pato. Que divertido!

 

MA



publicado por porabrantes às 11:08 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Segunda-feira, 2 de Setembro de 2013

A recandidata Albuquerque queria a paz dos cemitérios reinando no concelho até ao dia em que o povo sereno fosse confirmar nas urnas o caciquismo vigente.

 

 

Mas nem tudo pode ser como desejaria a cacique e a sociedade civil. Na sessão de hoje da CMA o sr. Dias

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

animou a sessão.

 

 

Os nossos cumprimentos ao cidadão Jorge Dias que animado de civismo ardente estraga a paz dos cemitérios.

 

 

A foto data da primeira jericada.

 

 

MA



publicado por porabrantes às 23:09 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Segundo a SIC:

 

 

 

''A Inspeção-geral do Ambiente antecipou uma inspeção à fábrica da Caima, em Constância, que estava programada para 2014. A decisão deve-se a uma fuga de vapores de ácido nítrico para a atmosfera ocorrida há quinze dias. Os proprietários dizem ter-se tratado de um incidente, sem impacto no ambiente nem na saúde pública, mas a população está assustada.''

 

 

pode ver aqui o vídeo

 

 

De tudo isto resulta que se não tivesse havido protestos de populares, notícias no Mirante, uma acção exemplar do Zé Luz, a modesta divulgação dada ao assunto neste blogue, a fuga de ácido nítrico seria um assunto para esquecer aparentemente por conveniência da empresa e dos camaradas da CM de Constância.
A antecipação da inspecção da Agência do Ambiente é uma boa notícia. Como o é também o facto de novo se provar que num tempo de informação local super-controlada ( quem é que é capaz de explicar os processos sobre o Mendes e o Máximo), os novos meios independentes são capazes de furar os bloqueios institucionalizados.
Finalmente: patética a figura do Presidente Máximo.
MA 


publicado por porabrantes às 18:24 | link do post | comentar

Domingo, 1 de Setembro de 2013

 

 

O Cidadão abt disse sobre O polvo no Domingo, 1 de Setembro de 2013 às 15:39:

     


Em termos de arte graffiti, reside por aqui uma discrepância de ideias e ideais que inté confluem no que concerne à localização do bicho, no entanto nada mais visionário da parte de Mister Thoms, seu autor... 

Observaria que o criativo terá feito o "trabalho de casa" antes de avançar para os andaimes... 
Assim, quando chegou ao terreno saberia bem ao que vinha...

"Aquijob's" será o nome do bicho?

Interpretem pois esta pintura de Mister Thoms como uma oportunidade de ouro em definir a amestração socioprofissional que limita a liberdade de escolha dos munícipes abrantinos.
Pena é que apenas a candidatura do PSD chame a atenção para esta vertente enquanto as demais candidaturas se mantêm no ponto morto, levando a crer que a par de uma parcela dos munícipes, também essas se deixam subjugar aos tentáculos de Aquijob's...

 

 

 

Caro amigo

 

 O Mister Thoms apenas traçou sarcasticamente a realidade abrantina. Não o devia ter feito no Quartel dos Bombeiros, mas na Raimundo Soares, 17. O  Mister Thoms é um profeta e os profetas desde pequeninos dão muitas chatices. É o caso deste Moisés

 

 

 

abraço amigo

 

MA


tags:

publicado por porabrantes às 18:35 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O Pintor da Eica denuncia...

António Botto elogia Sala...

Um neo-liberal às aranhas...

Tramagalenses romanos?

A dona dos plátanos

Do charuto do capitalista...

A despedida

O Serviço Nacional de Saú...

Nove mil euros para corta...

A lesma abrantina: arion ...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds