Terça-feira, 10 de Dezembro de 2013

É um interessante estudo da arq. Carla Garrido de Oliveira que pode ser lido aqui. Trata da Assembleia enquanto imóvel de relevante interesse que já devia estar classificado há muito se não fosse o desleixo municipal.

 

 

No estudo cita-se nas notas bibliográficas a Tubucci e o eng. José Albuquerque Carreiras, peticionário nº 1 bem como o blogue Coisas de Abrantes , e há agradecimentos ao Sr Dr. Paulo Guedes de Campos (gerente da Casa, os outros são o Dr.. Luís Moura Neves Fernandes e a Sª D. Isabel Godinho Alberti ) , ao Sr. António Morgado do Arquivo Histórico '' Dr.''  Eduardo Campos e à arquitecta Sala Morgado da CMA.

 

 

Além do lapso garrafal de licenciar o Eduardo Campos depois de morto ( só tinha os estudos secundários da velha EICA e sabia mais que certos historiadores que fazem passar por professores doutores) a Autora também perfilha a ideia de que Abrantes é uma vila, apesar de ser cidade desde meados dos anos 10 do século passado.

 

Falta ainda na bibliografia o artigo importante de Diogo Oleiro no Abrantes Cidade Florida sobre a Assembleia e o livro fundamental do arq. Santa Rita Fernandes.

 

A autora consultou o fundo documental da Assembleia no Arquivo localizado no depósito de sucata municipal e perguntamos nós: quem o terá levado para lá?

 

É óbvio que teria de  estar na sede da empresa Assembleia de Abrantes, LDA.

 

Numa pequena nota a Autora diz que se apercebeu da existência de um debate sobre o futuro do edifício. Há debates e debates, sócios que gostariam de que fosse lá proibida a entrada a licenciados que gostam de arrasar cidades, posição defendida pelo Prof. Arquitecto Duarte Castel-Branco, ex-Presidente da Assembleia Geral daquela casa.

 

Pena que não o tenha ouvido, porque a teria esclarecido melhor que Sara Morgado, dado o seu amor a Abrantes, ser sócio da casa e ainda pela sua relevância académica.

 

A Autora insurge-se com toda a razão pelo vandalismo que significou a demolição nos anos 60 da Casa do Capitão-Mor, palacete ou Casa-Nobre localizada onde está agora o edifício que albergou o Pelicano.

 

Terão contado à arq.Carla Garrido que haviam uns curiosos que pagaram mais de 800.000 € por isto?

 

 

 

 

arq.Beatriz Noronha do atelier de António Castel-Branco.

 

 

De qualquer forma um interessante estudo a ler e a meditar. A D.Céu Albuquerque e os municipais se o lerem passam a saber que não devem construir caixotes de betão gigantescos no centro histórico das Cidades

 

Finalmente deveria a Autora ter entrevistado algum dos revolucionários de pacotilha que ocuparam o edifício em 1975, conspurcando a memória do General Godinho, morto pela canalha fascista, que era sócio da casa e de quem é neta a Srª D. Isabel Godinho Alberti.

 

MN 

 



publicado por porabrantes às 22:31 | link do post | comentar

O Cidadão Abt publicou um post de leitura obrigatória. Leia aqui 

 

 

Parabéns amigo.

 

 

MN

 

 

a propósito restaurantes abrantinos continuam a sofrer a exigência de pagarem a taxa de ''segurança'' aos mafiosos. À atenção do comandante da PSP.



publicado por porabrantes às 09:39 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Domingo, 8 de Dezembro de 2013

Em 5-12-1991 morreu a Senhora Dona Amélia Baeta.

 

 

Em menos de 1 mês, lesto, o representante dos herdeiros apresentou na Repartição de Finanças a relação de bens 

 

 

 

 

 

 

É notável que duma ampla fortuna, que dum recheio duma ampla mansão, do amplo   espólio documental do Dr.Solano de Abreu se faça relação de bens em menos dum mês.

 

Foi a Fábrica da Igreja de São Vicente a feliz herdeira e nos termos da Lei e do Código de Direito Canónico cabia ao Pároco, certamente ouvido o Conselho da Fábrica, apresentar a relação de bens,

 

Só vou hoje analisar parcialmente parte do documento, porque isto dá pano para mangas

 

 

 

 

Do vasto lote de bens imóveis constava isto, de cujo estado reproduzo a foto

 

 

 

Já há muito tempo uma associação abrantina, a Tubucci, oficiou à CMA pedindo explicações, por evidentes razões de salubridade pública, sobre o estado a que estas casas chegaram. Não foi obtida resposta da cacique, ao que sabemos, dado estar ocupada a pagar reintegrações ao Pina, à Isilda, subsídios à Liga dos Amigos dos Hospitais, presidida por um dos homens mais ricos de Abrantes para alegadamente pintar o Hospital, que é do Estado como bem recordou a CDU e ainda à procura da minuta da RPP.

 

 

Agora só quero perguntar, enquanto mau católico, se isto é forma de administrar uma herança deixada, em circunstâncias polémicas, à Igreja?

 

Para que conste assinava a Relação de Bens este ''benemérito''

 

 

 

Ou seja o Cónego José da Graça.

 

Quando eu quero criticar alguém baseio-me em documentos, serve isto para adiantar que responderei aqui a um plumitivo que colocou em causa, sem um papel, o admirável labor que teve nesta terra o Rev.Padre Luís Ribeiro Catarino.

 

M.N 



publicado por porabrantes às 22:38 | link do post | comentar

 

 

Provavelmente por volta de 1930, segundo o vendedor.

 

 

 

Uma delícia

 

MA



publicado por porabrantes às 00:09 | link do post | comentar

Sábado, 7 de Dezembro de 2013

Cavaco vai ao enterro do Madiba, depois de a meias com Eanes ter mandado votar na ONU contra a libertação do líder do ANC.

 

 

Como são as delegações lusas a funerais de Estado em África?

 

 

CID via-as assim

 

 

 

 

 

no estimado livro de anti-eanismo primário

 

 

 

ma



publicado por porabrantes às 17:25 | link do post | comentar

Sexta-feira, 6 de Dezembro de 2013

 

Jornal de Lisboa, século dezoito


tags:

publicado por porabrantes às 22:15 | link do post | comentar

 

 

O Rotary Club de Odivelas homenageou o militar abrantino Coronel José Serra, Director do prestigiado Instituto de Odivelas entre 2011-2013

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Foto Capeia Raiana)

 

Justa homenagem a um prestigiado abrantino e a uma centenária Instituição.

 

Bem Hajam!

 

O Sr.Coronel Serra não faz parte naturalmente parte da sociedade civil porque é militar... 

 

 

Veja aqui o CV do militar de Abrantes e mais pormenores.

 

O Colégio Militar, o Instituto de Odivelas e os Pupilos do Exército são instituições intocáveis, que esperamos resistam à ofensiva de despautérios deste desgraçado governo

 

a redacção



publicado por porabrantes às 20:16 | link do post | comentar

Agora é o padre da Golegã que enche as manchetes da Imprensa depois de um alegado caso de pedofilia metendo os escuteiros.

 

 

O Bispo de Santarém suspendeu o presbítero. Fez bem.

 

O Bispo da Guarda não sei onde mandou guardar o pedófilo do seminário do Fundão....

 

Gostaria de saber se é conveniente retirar as crianças dos escuteiros.....

 

Neste momento é fácil fazer trocadilhos de toda a espécie sobre o assunto, mas os nossos Bispos e os seus subordinados, que muitas vezes agem por conta própria sem darem conta ao Ordinário Diocesano, caso do tonsurado Graça, começam a colocar trancas na porta depois da casa roubada.

 

Há uns anos um conflito opôs os escuteiros de Abrantes e o tonsurado referido. Nada de pedofilia, coisas mais comezinhas e próprias do Graça ou seja heranças.

 

Isto é o gravíssimo facto dos Escuteiros terem recebido a doação dum terreno, dado pelo sr. dr.António Moreno, sem licença do tipo sob cuja responsabilidade  se distribuem pílulas e aspirinas de segunda-mão no Convento da Esperança. 

 

Convento sem Esperança porque o homem deu cabo, com conivência da edilidade do Humberto Lopes, da Igreja setecentista do dito cenóbio.

 

Para que servem as Leis?

 

Para que serve a autoridade de Portalegre?

 

Regresso aos Senhores Bispos e recordo-lhes  que meios católicos distribuiram isto quando Humberto Delgado foi candidato

 

 

Quando houver suspeitas fundadas que A (catequista, padre, leigo ou ateu) é pedófilo, mandem distribuir um aviso destes.

 

Ámen

 

MN 



publicado por porabrantes às 19:10 | link do post | comentar

Já se conhece o desenlace do processo da Camorra abrantina.

 

 

Apesar de ter havido testemunhas que ''influenciadas'' pelo parâmetro normal não  foram tão firmes como seria desejável, coisa aliás sublinhada na sentença, foram aplicadas pesadas penas a uma pandilha de tipos que durante quase 10 anos extorquiram à boa forma mafiosa prestações pecuniárias e em géneros aos comerciantes desta cidade.

 

Durante muito tempo tudo ficou calado, até que na Assembleia Municipal, na hora do povo falar, Mestre Fernando Correia apelou à formação de milícias de auto-defesa.

 

Desabou o Carmo e a Trindade.

 

As autoridades policiais, comandadas por um adepto do politicamente correcto, mandaram para os medias um comunicado dizendo que era o '' parâmetro normal''.

 

Portanto viver ameaçado pelos gangs ciganos e pela extorsão, era a normalidade....

 

 

Também o devia ser para a Associação Comercial porque nunca abriram a boca para falar do assunto.

 

Depois tivemos os senhores Vereadores do PSD a denunciar a situação e a maioria a fazer como a avestruz.

 

Até que roubaram o bólide da cacique.

 

Foi substituído o Chefe da PSP e foi espancado o dr. Joaquim Ribeiro, porque resistiu à chantagem, e apresentou queixa.

 

O Advogado que sustentou com valentia e audácia a defesa dos abrantinos ameaçados pelos marginais, tem um nome e é o homem do dia:  

 

 

 

Santana-Maia Leonardo

 

 

É a ele (e ainda a Mestre Correia e ao dr. Ribeiro, etc) a quem devemos a vitória.

 

Obrigado Santana Maia!

 

a redacção

 

PS- Será ainda justo dizer a GNR teve sempre um papel activo na luta contra a delinquência, ao contrário da PSP que durante o período referido teve um comando inadequado.



publicado por porabrantes às 16:51 | link do post | comentar

Quinta-feira, 5 de Dezembro de 2013

 

Caiu o último combatente pela dignidade em África.


Um príncipe xhosa que foi um dos maiores estadistas mundiais.

 

Um dos pais da África Moderna foi juntar-se a Leopold Sedar Senghor, ao Sultão Mohamed V de Marrocos, a Bourguiba da Tunísia, ao Negus da Etiópia e ainda a Sadat do Egipto.

 

 

 

 

 

Pena que a actual liderança sul-africana esteja a destruir a herança de Mandela.

 

Pena que proliferem os Josés Eduardo dos Santos, os Mugabes e tipos desta estirpe.

 

A nossa homenagem ao homem que compreendeu que expulsar os boers era matar a África do Sul, isto dito no dia em que faz anos  que um Rei quase abrantino, Manuel I  expulsou os judeus de Portugal.

 

Um Rei que começou a destruir a alma dum país desafortunado.

 

MA


tags:

publicado por porabrantes às 22:53 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Dia do Senhor : O Padre ...

Lar do Carvalhal evacuado

Fundação, onde a CMA é fu...

Portugal foi salvo pela ...

Os Inimigos de D.Manuel

Caudilho em apuros

Parabéns ao ''Minho''

Cuidado a falar

Refugiados bombardeiam mi...

Preso capitão-mor por afr...

arquivos

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds