Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2014

 

gamado ao Ephemera

 

agradece-se ao dr. Pacheco Pereira

 

já agora não dizemos quem era o padeiro que distribuía isto em Abrantes .....

 

MA



publicado por porabrantes às 17:14 | link do post | comentar

Qui. 27 fevereiro 2014




redacção


publicado por porabrantes às 15:47 | link do post | comentar

Deputado do Bloco (valente deputado) abre espaço de intervenção na Net.

 

 

E começa bem, com a miserável história da Etar dos Carochos, um dos piores crimes ambientais cá do burgo, a que o Sr.Lalanda tantas linhas tem dedicado.

 

 

 

O Espaço é http://armindosilveira.tumblr.com/ e vai prós links.

 

 

 

As nossas boas-vindas ao Armindo

 

 

MA

 

 

Abrantes Online

Espaço de divulgação de assuntos de interesse comunitário   



publicado por porabrantes às 08:11 | link do post | comentar

Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2014

Última Hora

 

 

O senhor Dr. José Amaral, Advogado do Movimento Popular contra o encerramento da Famácia da Bemposta, comunicou isto no facebook:

 

 

 ''Actualizo a notícia: na providência cautelar já foi preferido despacho liminar, a admiti-la, o que implica que, para já,

  o  caso fica em ''stand by''

 

 

Exactamente há 36 minutos.

 

Apresentamos os nossos cumprimentos ao ilustre Advogado

 

A redacção



publicado por porabrantes às 22:51 | link do post | comentar

 

 

Bemposta 2013

 

 

 

 

Bemposta, 2014

 

 

 

Foda-se que a velha é uma bolchevique do piorio!!!!

 

 

Suzy (gaja ordeira)

 

esrceveu



publicado por porabrantes às 22:37 | link do post | comentar

 

 

 

 

 

''Herdade próxima da Albufeira de Castelo de Bode, uma das maiores atrações turísticas do concelho. Apresenta uma área de terreno rústico de 487,9ha e 4.080m2 de área bruta de construção, dos quais 3.430m2 de área bruta privativa e 650m2 de área bruta dependente. A componente rústica da propriedade tem como ocupação cultural predominante o montado de sobro (189 ha), Vinha (52 ha), Olival (18 ha) e Pomar misto (15 ha). A restante área é ocupada por pastagem Natural (143,9 ha) e área urbana (70 ha). A Herdade funcionou até 2013 como unidade de Turismo Rural de 4 estrelas, dispoem de um court de ténis, piscina tratada e piscina natural, circuito de manutenção, e um campo de futebol. Fica 1:30 h de Lisboa e a 20 km do aeródromo de Ponte Sôr.
Viver nas Ondas - Mediação Imobiliária, Lda.
Contactos: 21 290 63 04 / 91 37 001 37 / 93 385 28 28 / 96 60 420 60 geral@vivernasondas.com - www.vivernasondas.com

 

 

 

Estado: Usado

Área útil: n/a

Área bruta: n/a

Área Terreno: n/a

Ano de construção: 1969

Publicado em: 25-02-2014

Visualizações: 13

Cliques: 3''

 

 

Os anúncios publicitários costumam  exagerar, mas este é demasiado exagerado, esta herdade na Bemposta que foi do Sr.Eng.Jorge Soares Mendes, que me dizem ter relações familiares com o Sr.Dr. Seguro, líder do PS, está evidentemente mais próxima da Barragem de Montargil que da casa do estimado ex-Vereador João Pico (colega na social-democracia do Dr.Armando Fernandes, que não no PRD que o dr.Pico nunca embarcou em aventuras comunistóides promovidas pelo MFA), a construção não é de 1969, mas muito mais recente, a vinha, que em curiosas circunstâncias produziu um vinho que a sociedade civil bebia e gabava algum crítico ignaro,  qualquer dia se a não a tratam será chão que deu uvas, e não diz o anúncio, mas digo eu, ''os ninhos de amor'' que estavam espalhados pela herdade para receber lisboetas românticos, a quem o calor africano da charneca serviria a modos de Viagra, estão cobertos de silvas....

 

O preço é um bocadinho caro, a não ser para políticos reformados e semi-alfabetizados, que tenham passado a ser administradores das empresas a quem antes davam obras, e mesmo a esses informo que há outro anúncio que vende a herdade por menos um milhão de euros.

 

Finalmente segundo o meu cálculo de probabilidades uma eucalipteira comprará isto por 1 milhão de euros, ao lado e fazendo extrema um lisboeta com nome de industrial siderúrgico comprou 2.000 hectares por o dobro dessa verba.

A eucalipteira fará o normal, eucaliptizar aquilo tudo,arrasando o montado (também ao preço que está a cortiça, os sobreiros só servem para fazer sombra) e o resto da paisagem.

 

Também pode acontecer que a IURD compre isto para montar um seminário para pastores caça-esmolas.      

 

MA

 

créditos:

Mediador

Viver nas Ondas - Mediação Imobiliária, Lda.

AMI: 7530, APEMI: 3853

Detalhes do Mediador

tags:

publicado por porabrantes às 19:45 | link do post | comentar

 

A Senhora drª  Elza Vitório , Vereadora do PSD, tinha-se abstido numa votação acerca do parecer favorável (e ilegal) da CMA sobre a deslocalização da Farmácia Torres para a Av.António Farinha Pereira em Alferrarede, conforme aqui foi noticiado.

 

Na última acta disponibilizada pela CMA (tarde e a más horas para variar) a Vereadora faz uma rectificação ao seu sentido de voto, rectificação essa que deixa ainda mais isolada a benta maioria PS desta cidade.

 

Passo a transcrever a posição da Drª  Elza Vitório, mas anoto antes que foi atribuído um subsídio ou alcavala do género ao CRIA a que preside o membro da sociedade civil e dos corpos gerentes dos Bombeiros Voluntários, Humberto Lopes (licenciado, não vá o homem ofender-se...) no valor de ....5.418,00€, e também anoto que Maria do Céu Albuquerque que propôs o subsídio já fez parte dos corpos gerentes dessa instituição.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Rede Regional)

 

 

Antes de perder o norte....que só me faria perder o absurdo e a ilegalidade evidente de algumas decisões tomadas aqui, transcrevo finalmente o que disse a Drª Elza Vitório, mas  pergunto que tem o licenciado Bento Pedro a ver com esta triste história????

 

 

Porque isto é dele: informação do Diretor do Departamento de Administração e Financas, datada de 22 de janeiro de 2014, e por ela é responsável cível e penalmente. (1)

 

O Vereador Gomes, na sequência da informação do Bento Pedro, resolveu ''clarificar''  a deliberação de Câmara tomada na reunião de 27.12.2013, com base numa informação do Bento Pedro:

 

Quem é o Gomes para clarificar uma disposição???

 

Será jurista?

 

Não nos consta....

 

Pois o esforçado Gomes resolveu também colocar em questão um parecer do Infarmed, naturalmente elaborado por jurista de reconhecida competência, e pô-lo em causa.

 

É obra!!!!!

 

 Depois o Gomes coloca-se a dissertar, como se fosse o Vital Moreira ou o Canotilho, aqueles famosos intérpretes da única leitura oficial ''marxista'' da Constituição de Abril permitida pelo PCP (isto era no tempo em que o Vital ainda não tinha dado em fanático neo-liberal, adepto da Escola da Chicago), sobre as competências das Juntas de Freguesia, mas é óbvio que o bento Gomes sabe tanto de Direito como eu sei de nabos.....

 

      

 Face a esta barafunda, a Drº Elza Vitório botou prá acta:

 

 

“O meu voto de abstenção na reunião de Câmara de 27/12/2013, foi justificado com o exíguo texto apresentado, na ordem de trabalhos, que não me permitiu um cabal esclarecimento das razões apresentadas pela farmácia para sair de Bemposta. Na reunião de Câmara de 28/01/2014 o texto apresentado é diferente, uma vez que é esclarecedor e fundamenta bem o parecer da Câmara. Porem, este ponto não foi submetido a votação, apesar de ter sido apresentado como proposta de deliberação. Assim sendo, a Vereadora eleita pelo Partido Social Democrata deixa explicito o seu sentido de voto, se tal tivesse sido possivel, ou seja votaria contra a transferência da farmacia para Abrantes, tendo em conta a população da Freguesia, pelo incomodo e prejuizo que a referida transferência iria originar.”

 

Deveria dizer mais?????

 

Talvez, mas o dr. José Amaral já os levou ao sítio certo.

 

Os Tribunais.

 

 

Ele e o bom povo da Bemposta.

 

MN   

 

(1) Quando se pede uma cópia dum documento à CMA ela adverte que a pessoa que recebe o documento é responsável cível e penalmente pelo uso que faça do papel. Naturalmente também advertimos que qualquer funcionário é responsável cível e penalmente pelas informações que dá. Será La Palice, mas amor com amor se paga..



publicado por porabrantes às 15:22 | link do post | comentar

O nosso amigo Manuel Paulo Maça fez na página da Tubucci-Associação de Defesa do Património de Abrantes este oportuno comentário a este post:

 

 

Independentemente do caso em apreço, e porque questões destas se colocam frequentemente, deixarei umas considerações breves, tendo ao lado o D L 18/2008 a que estou ligado por razões de ofício, mas que não irei folhear. Ora a abertura de um concurso pressupõe interesses: a entidade contratante, que quer adquirir um bem ou um serviço; no mercado estão os prestadores (as empresas) que têm interesse em candidatar-se ao fornecimento desse bem ou serviço. Estes, como concorrentes, têm expetativas que a lei protege, pois vão ter muitas despesas com estudos, documentos de preparação e de formulação da candidatura, incluindo cauções e garantias (provisórias e / ou definitivas), que podem ser em dinheiro ou na forma de garantia bancária ou seguro de caução, sempre com os custos correspondentes. Legalmente só é possível anular um "procedimento" por razões de força maior e imprevisíveis (idem para se celebrar um ajuste direto, pois não basta querer ou "achar que"!). Anulando, pura e simplesmente, confere aos concorrentes direito a indemnização, pelas despesas e expetativas goradas.Concretamente: anular concursos pressupõe: 1. imprevistos de força maior, factos imprevisíveis à data de abertura, etc. 2. Necessidade de corrigir ou de adequar as peças do concurso, mas aqui com a obrigação de abertura de novo procedimento, a substituir o anulado e a conferir novas possibilidades aos interessados. 3. Anulação pura e simples, com indemnização aos concorrentes. Enfim, isto por ofício, e levaria muito longe! Abraço.

 

 

Caro amigo:

 

Os  contratos baseiam-se na boa fé e as empresas que agem no mercado devem ter segurança jurídica. Se a administração municipal faz e fecha concursos com a mesma agilidade que eu abro e  fecho torneiras, a segurança dos contratos e as legítimas expectativas das empresas esvai-se e elas têm direito a serem indemnizadas.

 

Não há outra volta a dar-lhes.

 

E nós pagamos com impostos confiscatórios  os disparates da Administração. Estamos a pagar no caso do TVG e vamos pagar no caso concreto da falecida Escola do Barro Vermelho.

 

Saúde e Fraternidade!

 

M.Abrantes

 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 12:28 | link do post | comentar

Terça-feira, 25 de Fevereiro de 2014

 

 

A presidente da Câmara Municipal de Abrantes anunciou hoje, dia 25 de fevereiro, durante a reunião de Câmara, que estão a decorrer conversações com a direção do Colégio Nossa Senhora de Fátima no sentido de adquirir o edifício e instalar ali o novo centro escolar de Abrantes que irá servir as comunidades educativas das escolas Nºs 1 (Alto de Santo António) e 2 (Quinchosos) de Abrantes. Maria do Céu Albuquerque adiantou que esta solução corresponde a uma melhor estratégia de c...idade e de regeneração urbana, indo ao encontro da aspiração de muitas famílias em manter os seus educandos no centro histórico. Esta opção permitirá concretizar uma parte daquilo que é a rede viária prevista no plano de urbanização de Abrantes, estando a ser equacionada a construção de uma ligação entre a rua 5 de outubro e a rua de Sant’Ana, criando um acesso à escola nas traseiras do edifício, libertando algum estacionamento na rua Ator Taborda e criando uma melhor acessibilidade. No passado recente tinha já havido contactos com vista à aquisição do edifício, na sequência do anúncio do encerramento da atividade desta escola privada, previsto para 2016. Na altura, as contingências que estavam na génese do possível encerramento foram ultrapassadas pelo que foi abandonada essa possibilidade. Dada a necessidade de se avançar com a construção de um novo centro escolar, com o apoio do Conselho Municipal de Educação, o equipamento foi então projetado para o terreno do antigo Barro Vermelho, que agora ficará disponível para outros projetos. A Presidente comprometeu-se ainda a reunir futuramente com a associação de pais para encontrarem uma solução que viabilize uma oferta privada de ensino. O Colégio de Nossa Senhora de Fátima de Abrantes foi fundado no dia 13 de outubro de 1940 e é orientado pela Congregação das Irmãs de Santa Doroteia. Durante décadas foi uma escola de referência pela qualidade do seu ensino. A Câmara lamenta o encerramento de um ciclo de uma instituição de prestígio que ficará na história da cidade e do concelho. Mas dadas as circunstâncias, e indo ao encontro do que também é a vontade da sua direção, entende que com a aquisição do edifício e a sua reabilitação honrará o seu historial.''
cma no facebook
É muito estranho que haja funcionários a trabalhar a estas horas ou são os edis da maioria PS que estão a postar no facebook????
.....a CMA desmente mais ou menos a Rádio oficiosa dizendo que o negócio ainda não está concretizado.....
.....não é a Madre Santos Costa que pode vender, mas a Provincial provavelmente com autorização da Geral em Roma...,.
recorde-se que a CMA precisa de autorização da Assembleia Municipal para comprar .....
O negócio não foi apresentado à Assembleia Municipal e houve uma a 7 de Fevereiro!!!!
Nunca ninguém tinha anunciado o encerramento do Colégio para 2016 sobretudo aos pais, porque se o tivessem anunciado boa parte deles não teria metido lá os filhos em 2013-2014
Exactamente há um ano a Presidenta assediou, segundo as suas próprias declarações as Freiras para venderem
é o que diz a acta da Assembleia Municipal de Fevereiro de 2013.....
a Presidenta não explicou à Assembleia Municipal que as freiras queriam vender, explicou que a CMA queria comprar....
e ao fazer essa proposta fazia pressão para levar ao fecho do Colégio....
uma relevante instituição (outrora) na História da Cidade....
A construção da Escola do Bairro Vermelho estava dependente do acesso a fundos comunitários, será que lançaram o concurso sem terem o financiamento comunitário assegurado e não fazem a Escola porque não o conseguiram arranjar?
e no comunicado nocturno não falam no concurso de Novembro, para não reconhecer o estrondoso flop?
A compra do Colégio seria assim mais um irresponsável desenrascanço e uma ofensa à História de Abrantes    
A estrada anunciada prás traseiras do colégio precisa de parecer prévio do Património, uma vez que dá acesso a um edifício classificado.
O negócio não está orçamentado para 2014, repetem a façanha do subsídio prometido em 2013 à ADIMO,a que preside o dr. Humberto Lopes (o que deixou fazer obras no Convento da Esperança sem parecer da tutela) também sem cabimento orçamental em 2013,
Quando encerraram o ensino secundário no Colégio as Doroteias recusaram uma proposta de professores laicas que lá trabalhavam para colaborar na continuação do ensino  católico na Cidade. Porquê????
O Colégio de São Miguel em Fátima é privado e católico e é dos melhores no ranking distrital enquanto as Escolas Públicas abrantinas têm resultados bastante medíocres
 MN 


publicado por porabrantes às 23:23 | link do post | comentar

 

 

El-Rei D.Miguel I não dava medalhas de lata à sua base social de apoio, distribuia medalhas de ouro, entre as contempladas as freiras abrantinas e não só (como se verá outro dia)...

 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 23:09 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Os bens da Paróquia de S....

Abrantes na Patuleia

Conferência do Padre Gonç...

Depois duma vigília pela ...

Uma manif para manipular ...

Música Litúrgica melhora

As santas guerras do noss...

Informação Paroquial

Bem-vindo Padre Castanhei...

O Cónego deu aos pobres a...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13

23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds