Sábado, 4 de Outubro de 2014

Um amigo meu mandou-me um excerto dumas declarações do dr. Jorge Sampaio, ex-Presidente da República, sobre a necessidade de defesa do ''segredo de justiça'' e ainda sobre a necessidade de vedar o acesso do povo às decisões dos tribunais, transitadas em julgado, sobre pedofilia.

O meu comentário foi: o dr. Sampaio devia ser nomeado Cardeal da Cúria Romana e dizer isso ao Papa.

Bergoglio ''está-se cagando'' para o famoso ''motu proprio'' de Roncalli que defendia o segredo vaticano  nos casos de pedofilia clerical.

Bergoglio mete nos calabouços pedófilos e continua o trabalho de limpeza de Bento XVI.

O dr. Sampaio visitou uma vez Roma, em visita de estado, e levava a mulher. Antes de ser recebido pelo Papa, o guarda-suíço disse ao Chefe de Estado de Portugal, V.Excelência entra, a ''signora'' não.

O Papa não recebia mulheres casadas só pelo civil, ou como dizia a senhora minha Avó, ''não recebia registadas''.

O Sampaio deixou a primeira-dama à porta, escoltada pelas alabardas dos suíços, flamantes nos seus uniformes desenhados por Miguel Ângelo, criador tão inspirado como Valentino, e lá foi ilustrar-se com o Pontífice.

Não sei o que disse o Sampaio ao Papa que talvez fosse um polaco já senil, que nos seus bons tempos recebia pessoalmente sacos de dólares por parte dum enviado especial de Reagan e  mandava a massa ao Walesa, para implodir a Rússia.

O Papa era um nacionalista polaco e o que mais odeia um nacionalista polaco é qualquer coisa que rime com cossaco.

Como patriota polaco fez o seu dever.

Parece que o meu amigo, que é do PS e costista, ficou ofendido. Ficará mais ofendido depois de ouvir isto.

 

Mas preocupados devem estar os portugueses, quando regressa esta gente. Quanto ao Sampaio perdeu uma grande ocasião de estar calado.

MA

'' a elevação da minha linguagem é directamente proporcional à do dr.Ferro Rodrigues

      



publicado por porabrantes às 17:52 | link do post | comentar

 Os fundamentalistas manifestam-se. Os fundamentalistas são muitas vezes mero caso de polícia. Espera-se que as forças da ordem estejam prevenidas, caso seja necessário dispersá-los.

Começa-se assim e termina-se a montar um Califado.

É melhor prevenir que remediar

a redacção



publicado por porabrantes às 14:09 | link do post | comentar

Sexta-feira, 3 de Outubro de 2014

 

O Senhor Doutor A.F. é o deputado do PCP por Santarém, não teria acontecido nada de importante hoje em Constância?

 

Não digo valha-me deus, porque sou ateu! Digo valha-me a Raquel Varela !

 

 

Naturalmente desejamos boas férias à Senhora Professora que o Crato mandou pró Reino dos Algarves.

a redacção



publicado por porabrantes às 23:59 | link do post | comentar | ver comentários (1)

 Esta é a estupenda casa  tripeira do homem de negócios inglês, Wilian C.Tait, que em 1880 iniciou em Abrantes, a plantação industrial de eucaliptos e acácias. Foi um precursor na Europa, para mal dos nossos pecados.

 

Plantou 690 hectares de acácias e eucaliptos, e a sua iniciativa despertou admiração na Europa.

As plantações chamavam-se Nova Austrália e Nova Tasmânia.

 

Foi um homem notável, com grande importância nos estudos de ornitologia (algumas referências à região) e à botânica.

Não é preciso procurar muito para descobrir que era correspondente de Darwin.

A Silvicaima ainda hoje combate as acácias introduzidas por Mr.Tait.

Em 2009 pediu licença à CMA para eucaliptizar mais de 200 hectares na Nova Austrália e deram-lhe a licença sem rebuço ou seja sem qualquer preocupação ambiental.

Finalmente devo dizer que um fogo perto desta propriedade, numa densa mata de eucaliptos, que subia para as Arreciadas, nos anos 80, foi o espectáculo mais tenebroso que vi, depois do incêndio da Faculdade de Ciências em Lisboa, onde explodiu o laboratório de química com assinaláveis efeitos pirotécnicos  

 

MN

créditos:

 

Manuel Miranda Fernandes

Acácias e geografia histórica: rotas de um percurso global (parte1)

 

A foto da Casa Tait (hoje propriedade da CM do Porto) foi retirada do blogue Dias com Árvores de Paulo V.Araújo e Maria P.Carvalho



publicado por porabrantes às 20:11 | link do post | comentar | ver comentários (1)

 Remunerações do Conselho de Administração da ALTRI, dona da Caima,

78. Montantes a qualquer título pagos por outras sociedades em relação de domínio ou de grupo ou que se encontrem sujeitas a um domínio comum
As remunerações auferidas pelos membros do Conselho de Administração da Altri durante o exercício de 2013, no  exercício das suas funções, incluem apenas remunerações fixas e ascenderam a 1.079.120 Euros repartidas como
segue:

Paulo Fernandes – 391.860 Euros;

João Borges de Oliveira – 391.860 Euros;

Domingos Matos – 224.700 Euros;

Pedro Mendonça – 70.700 Euros.

 

O Sr.Paulo Fernandes   exercia outros cargos ou seja '' 31 de Dezembro de 2013, as outras empresas onde desempenhava funções de administração eram:
- Actium Capital, SGPS, S.A. (a)
- Alteria, S.G.P.S., S.A. (a)
- Altri – Energias Renováveis, SGPS, S.A.
- Altri Participaciones Y Trading, S.L.
- Caima – Indústria de Celulose, S.A.
- Celbi – Celulose da Beira Industrial, S.A.
- Celtejo – Empresa de Celulose do Tejo, S.A.
- Celulose do Caima, S.G.P.S., S.A.
- Cofina, S.G.P.S, S.A. (a)
- Cofina Media, S.G.P.S., S.A. (a)
- Edirevistas – Sociedade Editorial, S.A. (a)
- Edisport – Soc. de Publicações, S.A. (a)
- Efe Erre Participações, S.G.P.S., S.A. (a)
- Elege Valor, S.G.P.S., S.A. (a)
- F. Ramada Investimentos, S.G.P.S., S.A. (a)
- F. Ramada – Produção e Comercialização de Estruturas Metálicas de Armazenagem, S.A. (a)
- F. Ramada II Imobiliária, S.A. (a)
- F. Ramada, Aços e Indústrias, S.A. (a)
- Invescaima, S.G.P.S., S.A''

Jardins de França – Empreendimentos Imobiliários, S.A. (a)

- Malva – Gestão Imobiliária, S.A. (a)

- Mediafin – S.G.P.S., S.A. (a)

- Presselivre – Imprensa Livre, S.A. (a)

- Prestimo – Prestígio Imobiliário, S.A. (a)

- Sociedade Imobiliária Porto Seguro – Investimentos Imobiliários, S.A. (a)

- Torres da Luz – Investimentos imobiliários, S.A. (a)

(a) – sociedades que, em 31 de Dezembro de 2013, não podem ser consideradas como fazendo parte do grupo Altri, S.G.P.S., S.A.

 

O Sr. Borges de Oliveira exercia outros cargos ou seja  em 31 de Dezembro de 2013, as outras empresas onde desempenhava funções de administração eram:

- Alteria, S.G.P.S., S.A. (a)

- Altri – Energias Renováveis, SGPS, S.A.

- Altri Participaciones Y Trading, S.L.

- Base Holding, SGPS, S.A. (a)

- Caderno Azul, S.G.P.S., S.A. (a)

- Caima – Indústria de Celulose, S.A.

- Celbi – Celulose da Beira Industrial, S.A.

- Celtejo – Empresa de Celulose do Tejo, S.A.

- Celulose do Caima, S.G.P.S., S.A.

- Cofina, SGPS, S.A. (a)

- Cofina Media, S.G.P.S., S.A. (a)

- Edirevistas – Sociedade Editorial, S.A. (a)

- Edisport – Soc. de Publicações, S.A. (a)

- Efe Erre Participações, S.G.P.S., S.A. (a)

- Elege Valor, S.G.P.S., S.A. (a)

- F. Ramada Investimentos, S.G.P.S., S.A. (a)

- F. Ramada – Produção e Comercialização de Estruturas Metálicas de Armazenagem, S.A. (a)

- F. Ramada II Imobiliária, S.A. (a)

- F. Ramada Serviços de Gestão, Lda. (a)

F. Ramada, Aços e Indústrias, S.A. (a)

- Grafedisport – Impressão e Artes Gráficas, S.A. (a)

- Invescaima, S.G.P.S., S.A.

- Jardins de França – Empreendimentos Imobiliários, S.A. (a)

- Malva – Gestão Imobiliária, S.A. (a)

- Mediafin, SGPS, S.A. (a)

- Presselivre – Imprensa Livre, S.A. (a)

- Prestimo – Prestígio Imobiliário, S.A. (a)

- Storax Racking Systems, Ltd. (a)

- Sociedade Imobiliária Porto Seguro – Investimentos Imobiliários, S.A. (a)

- Torres da Luz – Investimentos imobiliários, S.A. (a)

- Universal Afir – Aços Especiais e Ferramentas, S.A. (a)

a) – sociedades que, em 31 de Dezembro de 2013, não podem ser consideradas como fazendo parte do grupo Altri,

S.G.P.S., S.A.

 

 

Não vale a pena continuar com o Sr.Domingos Matos, ou com o Sr.Pedro Mendonça está tudo aqui no relatório da Altri

 

 

Mas convém verificar as ligações dos accionistas da ALTRI/CAIMA à Cofina, dona do Correio da Manhã

 

ma

 

naturalmente não perguntarei à Júlia Amorim quanto é que ganhavam mensalmente os operários que morreram em Constância.....a senhora pode estar ocupada a redigir a mensagem de condolências no facebook, coisa que não fez até agora....

 



publicado por porabrantes às 16:48 | link do post | comentar

 A Câmara da Senhora Amorim resolveu colaborar com a Caima para fazer a história da empresa.

Sugerimos desde já um capítulo de 300 páginas: com o título ''Explosões'.

Outro capítulo de 1200 páginas com o título : ''Poluição''.

Se tivermos pachorra juntaremos notas bibliográficas.

 

 O que me parece incrível é que a CMC se dedique a ajudar uma multinacional (que só em Portugal tem 80.000 hectares de terra) a preservar a sua memória.

Mas já sabemos que a beatice em Constância é tanta, que acham que a Caima é uma divindade.

Só espero que tenham alguma moderação no apoio, porque se exageram ainda vão restaurar isto

(Mirante)

 

Celulose do Caima e o resto.

 (Lugares abandonados com a devida vénia)

O que nunca poderão fazer é corrigir o mal que a Silvicaima fez a Portugal, destruindo a terra com os eucaliptos e envenenando o Tejo e outros rios.

Quanto ao emburguesamento  que praticam os comunistas que adoram a ''divindade'', já estou habituado.

Foi essa corja que traiu Portugal em 1975 ao serviço do estrangeiro.

MA

Também se podem culturalizar. No final da década de 50 não havia em Portugal nenhuma ditadura militar, terminou no início dos anos 30.

 créditos: CMC, Mirante

 

 

 



publicado por porabrantes às 14:15 | link do post | comentar

 

 

 

 

 

Pró Zé Luz, nosso amigo, que denunciou a situação em Agosto de 2013

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Essa gente, a Caima  e a CMC e as autoridades foram avisadas e não fizeram nada.

A sucessão de acidentes em Constância indiciava desenlaces fatais.

Esse assunto foi aqui amplamente tratado .

Os interesses instalados no caso a aliança tácita entre a Altri, dona da Caima

 

 e a corja de burocratas do partido estalinista, chefiado pela beata Júlia Amorim, podem agora derramar lágrimas de crocodilo.

Como ainda está bom tempo podem ir aos enterros dos trabalhadores, com camisa Lacoste, para condizer com as lágrimas derramadas.

Entretanto as acções da Altri estão a subir na Bolsa de Lisboa.   

 

a redacção



publicado por porabrantes às 12:35 | link do post | comentar

 

Eis o fofo D.Agostinho de Moura, o hierarca que proibia bailes e que destruiu a obra de D.António Ferreira Gomes, que volta a atacar.

 

 

Descobriram um filme onde o pateta entra nesta diocese e o bom povo saúda-o, os serventuários do regime aplaudem e o beatério entra em delírio.

 

Em forma continua o Sr. Sequeira, dono da bomba que transporta o  Bispo.

 

É imperdível.

 

Poupo-vos ao que disse , D.António, Príncipe da Igreja, sobre o Agostinho.

 

Aliás está publicado nalgum livro, publicado pela Fundação Spes, fundada por D.António.

 

Foi um bocado mais forte que o que disse o meu falecido amigo, Rev.Luciano Paciente, director e fundador do La Salle.

 

 

Devemos agradecer ao jornalista  Joaquim Franco   que recuperou estas imagens, que são a vergonha  duma Igreja vendida e sem-vergonha. Com esta reportagem ganhou o prémio Orlando Gonçalves.

Parabéns e obrigado.

 

MN



publicado por porabrantes às 01:16 | link do post | comentar

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

 Era comandante o Coronel Carlos Bastos Carreiras

O Comandante actual é outro abrantino de adopção, aliás de origem alentejana como Bastos Carreiras. É o Coronel Monteiro Fernandes.

 

 E não é por nada, mas um dos primeiros comandantes foi o rossiense General Avelar Machado, que por enquanto ainda tem cabeça na Praça Barão da Batalha

 créditos :http://www.exercito.pt/sites/EPE/Historial/Paginas/Comandantes.aspx

As condecorações de Avelar Machado que estavam em Santa Maria do Castelo de lá voaram no consulado de Maria Lucília Moita, directora do Museu.

 

MA

 

 

   



publicado por porabrantes às 14:25 | link do post | comentar

 



publicado por porabrantes às 00:52 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Da vocação oficiosa à In...

A feira

O lado divertido da corru...

O carnaval da cacique Ant...

Onde desencantaram este g...

Praça do Príncipe Real

O caso de Borba

Portugal Contemporâneo

Eurodeputado arrasa Minis...

Ó, Incas, ó Incas, ó sol ...

arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


26
27
28
29


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds