Domingo, 27 de Novembro de 2016

palacete mouriscas 2.png

 

palacete mouriscas.jpg

420.000 €

 

mais pormenores

 

palacete mouriscas 3.png

palacete mouriscas 4.png

palacete mouriscas 5.png

mais informação aqui

 

imagens do portal imobiliário do link

 

mn



publicado por porabrantes às 10:16 | link do post | comentar

Sábado, 26 de Novembro de 2016

DC1AA620-35E5-4B40-AF94-D753D4056411_w610_r0_s.jpg

 



publicado por porabrantes às 23:30 | link do post | comentar

pepe abrantes.jpg

General José Abrantes, morto na cadeia por alegada tentativa de golpe contra Fidel.

 

Também esteve na Sierra Maestra. Como Camilo Cienfuegos morto em estranhas circuntâncias, que era anarquista. Mas Abrantes chafurdou na repressão como Ministro do Interior. Entretanto em Miami, dizem as notícias, uma empregada de café, Mirene Abrantes festevaja a morte de Fidel.

Porque haverá tanta gente que se chama Abrantes, em Cuba?

Vieram das Canárias, é a hipótese mais plausível.

mn



publicado por porabrantes às 18:17 | link do post | comentar

padre apitalista António Moraes.png

D.Ilustrado 19 de Setembro de 1901

 

O Rev. Padre António Moraes não deixou um tostão às obras pias, à edilidade, à Igreja nem a nenhuma paróquia.

Estamos por lhe mandar dizer uma missa por sua alma.

 

No Sardoal com Memória, há notícias sobre o P.Morais

ma



publicado por porabrantes às 17:09 | link do post | comentar

Faleceu em La Habana o sr. dr. Fidel Castro Ruiz, de excelente família de plantadores de açúcar e tabaco da província de Oriente. O falecido jurista destacou-se como revolucionário profissional, aplicando a Cuba uma estranha ideologia em que misturava alegremente as suas leituras juvenis de José António Primo de Rivera e de Karl Marx.

 

Teve um papel essencial na condução da Revolução armada que derrubou a ditadura do mulato Marechal Baptista, que se exilou em Portugal.

Arrancou a ilha ao colonialismo norte-americano, sendo por isso o seu país alvo de sanções económicas e dum bloqueio organizado pelos USA, com apoio dos satélites do imperialismo gringo.

O Portugal de Salazar e a Espanha de outro Caudilho recusaram-se a cortar relações com Cuba e mantiveram cordiais relações com a ditadura justicialista de Fidel.

O conhecido democrata John Fitzgerald Kennedy organizou uma invasão de ''gusanos'', com apoio da aviação ianque e da CIA. Fidel derrotou-a, mostrando que Kennedy era um ''tigre de papel'', metendo em ridículo a maior potência militar do planeta.    

 

Face à doutrina do ucraniano Nikita Kroutchev que pretendia aplicar a'' coexistência pacífica'', Fidel e o sr. dr. Ernesto Guevara Lynch de La Serna mandaram-nos passear e disseram que iam criar '' Um, dois, três, muitos Vietnames''.

Como resultado disto, Che meteu-se a fazer uma guerrilha na Bolívia, com um grupo internacionalista, mas sem o apoio do PCB e com a hostilidade de Moscovo. Os guerrilheiros não falavam quechua, e os índios não falavam castelhano. Um guerrilheiro tem de ser um ''peixe na água''. A água era o povo. Graças à falta de água, ou seja à franca hostilidade dos índios bolivianos, Guevara acabou nas mãos da CIA e foi fuzilado, para tranquilidade de Moscovo, Washington e dos reformistas.

Fidel dedicou-se a transformar a Ilha que libertara num laboratório de todas as originalidades que lhe passaram pela cabeça. Para ''reeducar'' os homossexuais abriu campos de concentração. Montou um sistema policial que matou a Liberdade e que era muito aplaudido por alguns bandalhos que em Portugal o quiseram imitar.

Conseguiu transformar um país que exportava açúcar no tempo do corrupto Baptista (que chegara a governar com o PC no Governo), no maior desastre económico da América, depois do Haiti.

Mas fez grandes exportações, há vários milhões de cubanos na Flórida.

Quando é que Fidel perdeu a cabeça?

Se bem me lembro, quando o escritor Padilla começou a ter problemas com a Ditadura.

heberto.jpg

 Padilla era um poeta que foi torturado por ser dissidente e obrigado a assinar uma asquerosa confissão, onde se retractava.

Numa violenta carta,'' Sartre, Simone de Beauvoir, e Claribel Alegría,  Fernando Benítez, Jacques-Laurent Bost, Italo Calvino, José María Castellet, Fernando Claudín, Tamara Deutscher, Roger Dosse, Marguerite Duras, Giulio Einaudi, Hans Magnus Enzensberger, Francisco Fernández Santos, Darwin Flakoll, Jean Michel Fossey, Carlos Franqui, Carlos Fuentes, Ángel González, Adriano González León, André Gortz, José Agustín Goytisolo, Juan Goytisolo, Luis Goytisolo, Rodolfo Hinostroza, Mervin Jones, Monti Johnstone, Monique Lange, Michel Leiris, Lucio Magri, Joyce Mansour, Daci Maraini, Juan Marsé, Dionys Mascolo, Plinio Mendoza, Istvan Meszaris, Ray Miliban, Carlos Monsivais, Marco Antonio Montes de Oca, Alberto Moravia, Maurice Nadau, José Emilio Pacheco, Pier Paolo Pasolini, Ricardo Porro, Jean Pronteau, Paul Rebeyrolles, Alain Resnais, José Revueltas, Rossana Rossanda, Vicente Rojo, Claude Roy, Juan Rulfo, Nathalie Sarraute, Jean Jorge Semprún, Jean Shuster, Susan Sontag, Lorenzo Tornabuoni, José Miguel Ullán, José Ángel Valente e Mario Vargas Llosa denunciaram a tirania.  ''

A partir daqui, Fidel foi um caudilho nacionalista e anti-imperialista, mas também um ditador policial.

pinochet-castro.jpg

Tinha a sua piada e o próprio Marcelo Rebelo de Sousa lhe prestou vassalagem.

 Mas a História não o absolverá. Mas ninguém retirará a Fidel Castro um lugar na História.

E os gringos aprenderam que um pequeno país os podia desafiar no seu pátio traseiro. E foi o antigo aluno do Colégio La Salle de Santiago de Cuba que lhes mostrou que o velho orgulho hispânico os podia fazer vergar.

 

  

ma

         



publicado por porabrantes às 12:31 | link do post | comentar

O Diário de Pontevedra conta-nos a surpreendente história do Sr.Mário Gil Pires, um sem-tecto abrantino ajudado por uma instituição social de Vila-Garcia. Espera-se que o Banco Social tome as medidas necessárias para socorrer o nosso conterrâneo.

Seria uma boa prenda de Natal. Com a devida vénia transcreve-se a história do Senhor Mário:

 

 

"Con 67 años ya no hay futuro"

El albergue de Cruz Roja de Vilagarcía figura en la ruta que hace Mario Gil buscando dónde dormir. Jesús Utrilla es un voluntario que presta ayuda a quienes más lo necesitan

A Mario Gil Pires la vida le dio un vuelco en el año 1992, y desde entonces va de un lado para otro, primero trabajando y desde hace algún tiempo su prioridad es comer caliente y contar con un lugar donde dormir. Una vez jubilado, Jesús Utrilla Gómez decidió destinar una parte de sus tiempo libre a los demás. El punto del encuentro entre ambos es el albergue de Cruz Roja en Vilagarcía, donde el primero cuenta con una cama limpia y un lugar caliente, y el segundo es voluntario.

Mario Gil relata que tras la muerte de sus padres y la marcha de sus hermanos, uno a Alemania y el otro a O Alentejo, él también abandonó si localidad natal Abrantes, en Portugal. Ayamonte (Huelva) fue su primer destino, y siguió caminando. Pasó pro Sevilla e hizo un alto en Córdoba después de tres días en los que bebía agua, cuando encontraba una fuente, y no ingirió alimento alguno.

Mario Gil relata que una ambulancia lo trasladó a un hospital y después siguió camino hasta Cádiz, donde durmió varias noches en un parque, comiendo lo que encontraba. "Un hombre que pasaba por allí, y me dijo que era de Canarias, me pagó el billete", recuerda, y así pudo viajar hasta Logroño, donde vivió durante ocho años en los que trabajó en la vendimia.

"Trabajar por los demás es gratificante, y quizá no somos conscientes de que cualquier día pueden cambiar los papeles"


Cuando podía se desplazaba hasta Portugal, y después se ganó la vida en la recogida de la pera en Lérida. La fresa de Lepe (Huelva) fue su ocupación en marzo, y en agosto recogía patadas en Santo Domingo de la Calzada (La Rioja). Durante más de seis años permaneció en un centro de acogida de Plasencia (Cáceres), donde se ocupaba de su mantenimiento como soldador.

La salud le jugó una mala pasada y se quedó sin un riñón. Desde entonces no trabaja y Ferrol fue su siguiente destino, donde está empadronado. Mientras espera empezar a cobrar una pensión, acude a los albergues de Cambados, O Grove, Vigo y Tui. El de Cruz Roja de Vilagarcía figura en su ruta. "Aquí encuentro descanso", comenta emocionado. "Me busco la vida, pero a los 67 años ya no hay futuro", lamenta.

Cuando pilotaba una moto en Gran Canaria, Jesús Utrilla, de Alcázar de San Juan (Ciudad Real) sufrió un accidente. Una ambulancia de Cruz Roja lo trasladó hasta un hospital. Sucedió hace 40 años. Desde entonces afirma que tenía una deuda pendiente con esta organización, que paga gustoso acompañando a las personas que se encuentra en el asilo de Vilagarcía, además de encargarse de organizarlas sesiones de cine que se celebran en el albergue.

"Hacer cosas por los demás es gratificante", expone, La semana pasada, cuando salía del asilo en compañía de otros voluntarios que habían ayudado a varios de sus usuarios a desplazarse en sus sillas de ruedas, uno comentó que cualquier día podrían cambiar los papeles. "Quizá porque no lo vemos, no somos conscientes de eso", advierte.''

 

Devida vénia ao Diário de Pontevedra

 

  



publicado por porabrantes às 10:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25 de Novembro de 2016

cacique.jpg

E a responsabilidade é desta criatura, dos edis que a apoiam, dos serviços técnicos que a coadvujam a fazer disparates, da acéfala base social de apoio, do partido que o Bruno Tomás apascenta

 

porque tendo a Câmara abrantina apresentado candidatura a ser um município eco-sustentável, chumbou

 

Passamos a palavra ao distinto júri

 

eco sustetável.png

Passemos aos gráficos

 

eco treta 2.png

 

 

3,7 % é a nota em sustentabilidade desta tropa

 

O nível de classificação é idêntico às Madalenas do Pico, e se calhar ao Souto do Pico

e uma terriola chamada Celorico da Beira.

Acho que apanharam com os das Madalenas  do João Pico, uma medalha da treta.

Ou foram 2???

Mas estão no fim da tabela, Deus não dorme!!!

 

ma

créditos: ECOXXI

 

 

 



publicado por porabrantes às 23:01 | link do post | comentar

CRIA2-640x426.jpg

Reuniu-se a Assembleia Geral do CRIA para aprovar o Plano Previsional,

plano cria.png

no dia 22.

Segundo as fontes oficiais estiveram presentes 35 associados e os documentos foram aprovados por unanimidade.

O universo de associados é de uns duzentos associados

A participação foi portanto espectacular e demonstra, num momento particularmente polémico da vida da instituição, um  massivo apoio à Direcção.

(enviado por leitor)  

 

corrigimos a informação foram 35 e não 32! 


tags: ,

publicado por porabrantes às 11:27 | link do post | comentar

mirante freire.png

Mirante faz-nos o favor de confirmar todas as informações dadas sobre o caso André Freire. Ainda não leram as notícias dos subsídios da CMA à Verdeperto.

Já agora em que condições foi cedida a Quinta da Nora à Verdeperto?

E que tem o Bispo de Portalegre a dizer nisto?

E continuamos à espera que o cabeça de lista por acidente à União de Freguesias do Rossio e de S.Miguel, o vigilante da Natureza Luís Alves

luís alves.png

explique porque é que não esteve suficientemente vigilante nos convites feitos para compor as listas.

Dizemos que foi cabeça de lista por acidente, porque o nº1 era o Valamatos, afastado por um recurso judicial, apresentado pelo Bloco.

Que alguém assuma a responsabilidade política desta paródia tragico-cómica!

A Hália Santos, era a porta-voz da candidatura socialista, que nos explique, lírica e profunda, como apresentaram um candidato que já fora preso no Brasil.

Quanto à Verdeperto que nos diga, que como teve um auto-intitulado ''manager'', a

quem a polícia brasuca, no intervalo de procurar o miserável que matou D.Rosalina,

deteve ?

verdeperto 5.png

 

manager.png

 

Entretanto no Solar dos Presuntos espera-se uma jantarada transmontana entre o Domingos Duarte Lima e o António Esteves, licenciado em Vinhos e Petiscos, para debater a situação processual dum matador de velhas ricas.

ma

 



publicado por porabrantes às 10:51 | link do post | comentar

(....)O PCP, por tudo quanto se sabe hoje e pelos testemunhos dos que viviam então, foi tão longe quanto o otimismo lhe permitia, liderou na sombra sem se envolver excessivamente, conduziu e apoiou enquanto sentiu que estava seguro, mas abandonou e retirou-se mal compreendeu que iria perder e que não tinha forças militares suficientes (e muito menos políticas e civis). O PCP era, na altura, entre todos os extremistas revolucionários, a estrutura mais responsável, na medida em que teria tudo a perder, ou antes, teria muito mais a perder. Na fase final dos movimentos daqueles dias, o PCP (e certamente Álvaro Cunhal) terá mesmo chegado a "pôr água na fervura" e a "acalmar" os seus militantes mais aguerridos que queriam ir até ao fim.(....)

 

António Barreto ao Diário de Notícias, ler mais aqui



publicado por porabrantes às 10:40 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Ditadura bolivariana saca...

As colónias de gatos

Afonso Campante homenagei...

Himalaia à vista

O homem que gostava de mu...

Como notificar falecidos

A situação no CRIA

O Imperador no Lazareto d...

Novos processos contra Ge...

O Dr.Anacleto do Sardoal

arquivos

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds