Quinta-feira, 1 de Junho de 2017

A Veneranda Relação acaba de defender os direitos dos trabalhadores num acordão sobre uma empresa pegacha de comércio automóvel

mn


tags: ,

publicado por porabrantes às 13:19 | link do post | comentar

O António Costa depois de passar na Barquinha e parar uns momentos em Abrantes....desanda prá Covilhã, Proença-a-Nova e Castelo Branco, diz a Reconquista

 

reconquista.png

mn



publicado por porabrantes às 11:31 | link do post | comentar

Em 1890 no fragor da cólera nacional contra o Ultimato britânico lançou-se um empréstimo nacional para modernizar as Forças Armadas.

As Câmaras e os particulares (alguns cá da terra) comprometeram-se a dar massas.

A Câmara de Lisboa, chefiada pelo Conde do Restelo, um boticário rico, antepassado duma conhecida família abrantina  e dum Bispo(1), não pagou tudo o que devia.

Pedro-Franco_480x380.jpg

 

Quando recebeu uma carta para pagar o calote, mandou lavrar em acta que a carta seria queimada.

Denunciada em artigos da imprensa, processou o articulista republicano Faustino da Fonseca, que apanhou 3 meses de cadeia, que passou no Limoeiro, e de cuja estadia fez umas memórias curiosas.

faustino.png

 

Para Abrantes o que interessa, é que na sua defesa o Faustino revela que bastantes abrantinos e se calhar alguma instituição não pagaram aquilo a que se tinham comprometido....Mas Avellar Machado, que era o organizador cá na terra do peditório, entregou o montante a que se comprometera, tendo a comissão abrantina, de que era Presidente, pago do seu bolso o sonoro calote, que uns nossos conterrâneos tinham deixado à subscrição.

três.png

.Mandar pessoas prá cadeia por delito de opinião é digno de caciques que têm da Liberdade uma ideia  remota.

 

Fazer o que fez Avellar Machado é agir como um homem de bem, como salienta o Fonseca, elogiando um adversário político, ou seja um influente regenerador ( o Conde do Restelo era progressista).

 

mn

(1) O Conde do Restelo era antepassado não muito longínquo de D.Manuel Franco Falcão, grande Bispo de Beja e importante proprietário rural no nosso concelho. 

  

    



publicado por porabrantes às 10:12 | link do post | comentar

Manda-nos um comentário um leitor de Casais de Revelhos dizendo que nunca cheirou mal lá na terra. Que estamos a denegrir a aldeia.

mau cheiro casais de revelhos.png

Supomos que este recorte da ''Gazeta do Tejo'' basta para recordar o que era o fedor lá na aldeia.

E que por muito que a CMA lá tivesse investido, o mau cheiro continuava em 2009, como dizia a Dora Caldeira.

ma  



publicado por porabrantes às 09:43 | link do post | comentar

aldeia-do-mato-640x429.jpg

 A Zero fez a análise das praias lusas. Só 33 não estão poluídas. Em 2016 havia 71.

A Praia mais próxima com zero poluição é em Vila de Rei.

Da análise do relatório conclui-se que a Praia da Aldeia do Mato tem algum tipo de poluição.

Os critérios seguidos para fazer esta análise são baseados na ''Diretiva 2006/7/CE do Parlamento Europeu e do Conselho de 15 de Fevereiro de 2006 relativa à gestão da qualidade das águas balneares para se proceder à classificação da qualidade da zona balnear.'' diz a Zero.

Houve anos em que a Praia da Aldeia do Mato não  tinha bandeira azul.

A cacique declarou à antena oficiosa ( a propaganda a que temos direito, parafraseando o Miguel Urbano Rodrigues) que estava muito orgulhosa da bandeirinha, esquecendo que por exemplo em 2013 não concorreu ao galardão, devido a problemas de poluição.

Portanto siga o nosso conselho, vá para Vila de Rei. Prá Zaboeira (albufeira de Castelo de Bode).

ma

 



publicado por porabrantes às 06:58 | link do post | comentar

Um  grupo de intelectuais de esquerda ibéricos e latino-americanos critica o governo Maduro.

 

''

« Aveuglement idéologique »

Selon les signataires, ce « gouvernement est de plus en plus délégitimé, prenant un fort caractère autoritaire ». Le refus de reconnaître l’Assemblée nationale contrôlée par l’opposition, le rejet du référendum révocatoire inscrit dans la Constitution, le report des élections régionales prévues en 2016 puis « l’auto-coup d’Etat tenté par l’exécutif en avril », qui a suscité le début des protestations de la rue, sont autant d’étapes de cette évolution.

Lire aussi :   Au Venezuela, l’opposition dénonce un « coup d’Etat » de Maduro

Le texte critique « l’appel à une Assemblée constituante, prononcé de manière clairement anticonstitutionnelle, qui, loin de résoudre la crise, l’alimente et l’intensifie ». Et de préciser, à propos de cette décision du président Maduro : « Cette initiative peut être perçue comme une tentative de consolidation d’un régime totalitaire. »

Dans ces circonstances, défendre le gouvernement vénézuélien, comme le font certains secteurs de la gauche latino-américaine ou européenne, relève « non seulement d’un aveuglement idéologique néfaste, mais il contribue malheureusement à la consolidation d’un régime autoritaire ».''

 

no Le Monde

 

entre os signatários Boaventura Sousa Santos

 

mn



publicado por porabrantes às 00:09 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Elogio de Cecília Matias

O homem da Renova

A culpa é dos grevistas

Quando o Congresso anali...

O Milagre de Tomar

Quando a Câmara violava o...

Mercado Diário : Bloco ac...

Presos políticos abrantin...

Fanáticos perdem em Insta...

Padre de Abrantes aprova ...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds