Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
 

As fotos do dia são sobre a Fonte dos Amores, já todos perceberam. Será então sobre a Fonte dos Amores, e outras fontes existentes em Mouriscas, que hoje iremos escrever.

1 - Em 2013 tivemos a preciosa ajuda do antigo presidente da Junta de Freguesia de Mouriscas, Sr. Manuel Grilo, para calcorrear montes e vales por onde passa a conduta que transporta a água, desde a nascente (Lercas) até à Fonte dos Amores.
Estamos portanto identificados com todos os problemas existentes ao ...longo deste traçado e, consequentemente, com a necessidade de ser efectuada uma revisão completa da instalação;

2 - O estudo técnico que elaborámos também foi enviado na altura para a Junta de Freguesia de Mouriscas, mas não temos conhecimento de qualquer intervenção no terreno, e já passaram quatro anos;

3 - Todas as instalações ligadas à Fonte dos Amores, assim como às fontes dos Pinheiros e da Cré, carecem de uma observação sistemática, pois as análises pontuais que vão sendo mandadas efectuar apenas servem para despistar potenciais problemas relacionados com a qualidade da água. Mas quando o problema não é combatido de raíz de forma antecipada, a solução será fechar a torneira, como agora aconteceu com a Fonte da Cré, onde foram detectados coliformes em excesso.

4 - Também temos uma solução para melhorar a qualidade da água da Fonte dos Pinheiros, que implementaremos se viermos a ganhar as eleições (tudo isto precisa de uma inspecção profunda a cada instalação).

5 - No nosso programa eleitoral há um ponto específico para a Fonte dos Amores, que deverá ser requalificada em toda a sua envolvente. Somos manifestamente pró Fonte dos Amores, e estaremos sempre alerta com as manobras/tentativas de fechar a mesma.

6 - Ademais o ponto 8 do nosso programa eleitoral contempla ainda a criação de rotas, uma das quais dedicada à temática das fontes e nascentes de Mouriscas, tendo já havido algum apoio no terreno por parte de voluntários (na Fonte Fria, na Fonte de Ferro, na Fonte do Meirão e na Fonte do Pontão (Pisão do Bruxo).

Ver más
 
La imagen puede contener: 3 personas, personas de pie y exterior
 
Divulgamos, com a devida vénia ,algumas das propostas da AGIMOS.
 
mn


publicado por porabrantes às 18:50 | link do post | comentar

INTERVENÇÃO DE LUÍS LOURENÇO, CANDIDATO À CÂMARA MUNICIPAL DE ABRANTES, NA SESSÃO DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL SOBRE OS INCÊNDIOS.

No passado mês de agosto Abrantes viu-se confrontada com a maior vaga de incêndios de há memória.

Há mais de 2 anos que a CDU previa que uma situação destas pudesse acontecer quando começou a assistir a pedidos de plantações e replantações de milhares de hectares de eucaliptos.

...

A CDU votou sempre contra estas plantações por não haver qualquer informação sobre o local, nem sobre a adequação das mesmas. Isto não impediu que a maioria PS que governa o Município tivesse aprovado TODOS os pedidos destas plantações de forma cega, sem qualquer critério, dando sinal aos agentes económicos que poderiam plantar, replantar o que quisessem pois tinham a garantia que tudo seria aprovado.

Já algumas vezes ouvimos nesta Assembleia dizer que mais vale ter eucaliptos que mato. Essa não parece ser a opinião do Secretário de Estado das Florestas, Eng.º Miguel Freitas que disse recentemente e, passo a citar: “Entre ter má floresta e não ter floresta, é preferível não ter floresta”.

E esta começa a ser a opinião de muitos. A floresta que até há bem pouco tempo era vista como fonte de riqueza e de lazer é agora vista com receio e desconfiança.

Poderíamos então dizer que o executivo camarário colheu o que plantou mas tal não é verdade. Se é verdade que quem autorizou estas plantações foi a maioria PS, quem “colheu” os frutos foram as populações. “Colheram” feridos, casas destruídas, culturas destruídas, animais mortos e, em alguns casos, vidas destruídas.

É agora altura de fazer uma avaliação dos prejuízos. Quanto custou ao município, quanto custou aos contribuintes, quanto custou ao país o combate destes incêndios, cuja dimensão é, sem dúvida, fruto de um desordenamento florestal e de uma irresponsável plantação contínua de floresta de crescimento rápido?

Outra pergunta que impera é, e agora? Agora há que recuperar a floresta, com espécies autóctones, mais resistentes a incêndios florestais para que daqui a 10/12 anos não estejam aqui outros a lamentar eventuais erros que venhamos a cometer.

Aqui parece-nos importante o papel das Zonas de Intervenção Florestal (ZIF), embora só por si não nos pareça que resolva o problema. Basta ver o que aconteceu na ZIF da Aldeia do Mato que ardeu significativamente, sem que o trabalho feito durante vários anos tenha sido impedimento para a sua devastação pelo incendio.

Abrantes, 08 de Setembro de 2017
Os Eleitos da CDU na Assembleia Municipal de Abrantes


tags: ,

publicado por porabrantes às 17:04 | link do post | comentar

Domingo, 24 de Setembro de 2017

islam

80 deputados neo-nazis no Parlamento alemão, eis o resultado da política da MERKEL de dnmamitar as regras europeias de emigração.

 

ma


tags: , ,

publicado por porabrantes às 18:55 | link do post | comentar

Voltou às lides o colega Consta, animado pelo fundador da Associação 4 Cantos do Cisne que teve vida tão atribulada.

Não resisto a divulgar parcialmente este post:

 

'' Mas que fez para combater a degradação dos rios, em Constância a professora de ciências, autarca da CDU (com os Verdes), Júlia Amorim? 

- que se ensinou e ensina às crianças e jovens?
- atacou fontes de poluição (não de preocupação)?
- do Tejo, do Zêzere, dos seus afluentes no concelho?
- tem analisado ou divulgado a qualidade da água, dos rios que ali passam, dos seus afluentes e de outras nascentes?
-  combateu as flutuações bruscas de caudal do Zêzere que matam peixes e desviam canoístas?
- cuidou de cais condignos para as passagens, imagens e turistas?
- cuidou de salvaguardar e valorizar a fauna e flora dos rios?
- armazenou e disponibilizou água para todos os fins, em grandes ou pequenas hídricas? 
- e os dois milhões (de estrelas da europa) do centro náutico e os do POMTEZE, já dobraram o cabo das tormentas?''
 
Entretanto a página Pereira Acção que demonstrava as trapalhadas do PDM de Constância desapareceu ''misteriosamente'' do facebook.
 
Que terá acontecido?
 
Será censura?
 
Finalmente saudamos o regresso deste colega à blogosfera e recomendamos sobre a velha Punhete ler as publicações do Zé Luz no facebook.
 
Compreendemos a angústia da Julinha que poderá ter de ir dar aulas.
 
Mas como diria Marcelo Rebelo de Sousa a ''alternância'' é necessária em democracia.
 
ma   
 
 


publicado por porabrantes às 16:26 | link do post | comentar

22007778_1553649338017878_108107930905980485_n

O nosso amigo e grande abrantino Paulo Farinha Pereira, emérito caçador, foi distinguido com este galardão pelo Clube Português de Monteiros. Parabéns.

mn



publicado por porabrantes às 12:43 | link do post | comentar

Quantos imóveis têm a CMA para habitação social?

 

Tomar tem 160

Salvaterra tem 58

Entroncamento 180

Alpiarça 21

Chamusca 68

Benavente 31

Alcanena 75

 

Estes foram os municípios do distrito (mais Abrantes) que responderam a uma pergunta de deputados do BE sobre a questão. Os outros calaram-se.

 

A CMA diz que tem 21 imóveis e que não tem Regulamento de regime municipal de arrendamento apoiado apesar de ser obrigada por Lei a tê-lo.

 

Ou seja está numa situação ilegal.

 

Os municípios do tamanho de Abrantes (Entroncamento, Tomar) possuem 8 vezes mais imóveis deste tipo.

 

Ou seja os socialistas abrantinos não fizeram nada desde o 25 de Abril em matéria de habitação social, porque as 21 casas já existiam quase todas no tempo da Ditadura.

E iam abrir fogos sociais no Rossio e abandonaram o projecto.

Com uma ''esquerda'' destas, estamos conversados!

ma

 



publicado por porabrantes às 12:24 | link do post | comentar

Ler o artigo de Muñoz Molina sobre um dos grandes escritores catalães


tags:

publicado por porabrantes às 09:05 | link do post | comentar

21687568_1426012010785968_4762969479532239088_n

Câmara Muninicipal  (sic) ????

 

A Cdu chegou aos Tesourinhos das Autárquicas

 

mn



publicado por porabrantes às 09:02 | link do post | comentar

Sábado, 23 de Setembro de 2017

oliveira.png

 



publicado por porabrantes às 19:43 | link do post | comentar

 
 
FAZER A Diferença em S. Miguel Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo
· 12 horas ·

Dia 4 de campanha
Arreciadas:
- Intervenção de mediadora interrompida pela Câmara, voltam problemas de etnia, não pode acontecer isto no Séc. XXI, é mais viável erguer monumentos, do que pagar a alguém que atenuava e resolvia conflitos, situação embaraçosa para um idoso que está ameaçado.
- "Vocês precisam de estar lá representados, vamos dar força a vocês". Foi bom ouvir estas palavras.
- " 4 anos de estagnação, aquele que lá está não fez nada por nós", desta vez vou dar for...ça ao B.E.
- "Vocês precisam de estar lá representados, vamos dar força a vocês". Foi bom ouvir estas palavras.
- "Vamos destronar a "monarquia" que existe no concelho"

São Macário:
- "Nós somos poucos, mas o voto será vosso".
- "Pequena localidade com poucas casas, mas todas habitadas, e ninguém vem aqui dar uma palavra, a entrada está uma miséria, chamamos o presidente de junta e ele nem quis saber de nós". Com o B.E. todos serão ouvidos e todos os assuntos serão um problema para resolução.

Vale Cortiças:
- Situação a ser denunciada em instâncias superiores, Reuniões com Câmara, M. Ambiente e está tudo por resolver. Atentado ambiental com a conivência da C.M.Abrantes, licenças atribuídas, sem resolver o problema dos habitantes.

Mais uma vez apelamos para que o feedback recebido se torne real, é necessário que no próximo dia 1 de Outubro, não deixem para os outros a resolução dos problemas. E para que a nossa intervenção seja real, o voto certo será pôr a Cruz no B.E., Bloco de Esquerda.

Amanhã inicio de arruadas: 09:30'' Centro Histórico da cidade de Abrantes, junte-se a nós e dê força ao nosso projeto de melhoria da qualidade de vida, com transparência, dignidade e responsabilidade.

Nice Job: Paulo Delfino Cruz, Mário Lopes, José Madeira Rodrigues, Maria Alice Alves, Sandra Bernardino.

 

devida vénia

 
 
FAZER A Diferença em S. Miguel Rio Torto e Rossio ao Sul do Te

 



publicado por porabrantes às 13:21 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Um castelo ao abandono

O Mercado Diário e os vân...

João José Soares Mendes

Nas barbas da Junta do B...

Eurico de Castro Zuzarte

A prisão do apaixonado co...

Bom Feriado

Nem os mortos respeitam

Não há mais nada a dizer

Dr.Gilberto Vasco (2)

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds