Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2018

O Doutor Eduardo Catroga critica a diarreia legislativa deste governo que acha que qualquer ''pintelhice'' deve ser regulada.

 

Entrevista ao Eco



publicado por porabrantes às 10:07 | link do post | comentar

O deputado comunista António Filipe critica a antiguidade e vetustez do equipamento do CHMT:

''A administração do hospital de Abrantes, do Centro Hospitalar do Médio Tejo, deu conta que o principal problema é, sobretudo, a falta de pessoal médico, mas este centro hospitalar, que tem três polos [Abrantes, Tomar e Torres Novas], carece também de alguma adaptação tecnológica, nomeadamente ao nível de equipamentos para a realização de tomografias axiais computorizadas e ressonâncias magnéticas”, relatou.

“Os médicos, nomeadamente os mais jovens, convivem mal com um hospital que não esteja devidamente apetrechado do ponto de vista tecnológico, o que é uma dificuldade adicional”, observou, tendo defendido a necessidade de “encontrar soluções que incentivem a vinda de pessoal para esta região”.''

 

no Jornal Médico

 

Não sabemos se a cacique vai acusar o deputado de ''denigrir'' o CHMT e se a direcção deste vai mandar uma carta violenta (tipo a que mandou pró ''Almonda'') ao Senhor Deputado.

 

Leia o resto no Jornal Médico.

mn


tags: ,

publicado por porabrantes às 10:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

visao.png

Perguntava ontem, a um cidadão, a cacique porque nenhum privado quer gerir um quiosque que a autarquia tem no Aquapólis.

Por isto, pela merda que vem de Ródão, embora mentirosos a soldo das multinacionais digam que vem de Castela.

Leia na Visão a desgraça dum rio mártir e a cruzada do Arlindo Marques.

ma  


tags: ,

publicado por porabrantes às 20:02 | link do post | comentar

“Lamentavelmente, Lula se corrompeu”, diz procurador em julgamento no TRF4

 

no Jornal do Brasil


tags:

publicado por porabrantes às 19:57 | link do post | comentar

cac pintasilgo

 



publicado por porabrantes às 00:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

Uma quadrilha dedicava-se a roubar veículos na região e exportava-os para África,

com matrículas falsas.

Uma das viaturas tinha sido roubada no Tramagal, outra na Ponte de Sor, etc.

''No período compreendido entre as 14h00 e as 17h45 do dia 23 de Janeiro de 2014, os arguidos, através do arrombamento da porta lateral direita do veículo com a matrícula ---LN, que se encontrava parqueada na Reta da Pinheira, Tramagal acederam ao seu interior e ali se apropriaram de todos os documentos respeitantes à sua circulação rodoviária;
168.ºNa posse dos referidos documentos pertencentes a esta viatura, os arguidos colocaram então numa viatura de características semelhantes e de que previamente se apropriaram, as chapas de matrícula do veículo ---LN e conduziram-no assim pela portagem da auto-estrada A6, saída Elvas, o que fizeram no dia 04 de Fevereiro de 2014, pelas 07h04;
169.º Após o que realizaram mais uma das travessias do Estreito de Gibraltar, tendo o arguido AP conduzido esta mesma viatura de marca Mitsubishi e que ostentava a matrícula ----LN, o que fizeram em 04 de Fevereiro de 2013.
170.º Para o efeito, em momento anterior, os arguidos fizeram constar de uma viatura de que previamente se apropriaram as chapas de matrícula do veículo ----LN e da qual possuíam os documentos a ela associados, rasuraram o número do quadro (VIN) daquela e nela fizeram constar o número de quadro correspondente à matrícula ----LN e removeram daquela a sua chapa de fabricante original, apondo-lhe uma outra manufacturada pelos mesmos e onde constavam os dados respeitantes à viatura de matrícula ----LN.
171.º Elaboraram ainda uma declaração supostamente emitida pelo proprietário do veículo de matrícula ---LN, concedendo poderes de representação para a realização de tal travessia, documento cujas assinaturas foram reconhecidas por notário;
172.º Após o que se apresentaram junto das autoridades e obtiveram a emissão da respectiva Declaração de Admissão Temporária de Meios de Transporte para circular com tal viatura naquele reino de Marrocos;
173.º A viatura com registo oficial e matrícula ----LN é propriedade do ofendido IT, que sempre a teve na sua posse, não efectuou a passagem na referida portagem e nunca autorizou nem efectuou o transporte marítimo para África;

 

(...)

Saiu agora a sentença da Relação que confirmou a de 1ª instância

mn 



publicado por porabrantes às 16:45 | link do post | comentar

Em 1980, o tenente-coronel Melo Antunes ainda era Conselheiro da Revolução. Uma das obsessões do político era a partir do CR criar um PBX (Partido Berdadadeiramente Xuxialista, como se ironizava na época, para chatear o César Oliveira) porque pensava que o PS de Mário Soares, com a sua lógica republicana, era demasiado reformista e não se deixava iludir por desvarios terceiro-mundistas (por exemplo à argelina, donde copiaram o nome do Conselho revolucionário).

Mário Soares defendia um projecto europeu.

Também entendia que devia ser o Governo, eleito pelo povo, a mandar na tropa e não coronéis a mandar nos civis.

Para tentar criar o PBX ...fomentaram cisões no PS ...como a UEDS de Lopes Cardoso ou interferiram na vida interna do partido.

Um dos projectos para criar um PBX terceiro-mundista e ''verdadeiramente revolucionário'' foi este, que jaz na Torre do Tombo, junto com o espólio do militar.

"Tópicos sobre esquema de acção política a curto e a médio prazo". Texto de estratégia partidária defendendo, (entre outras teses) a criação de uma frente socialista democrática em torno de Maria de Lurdes Pintasilgo

 
PT/TT/EMA/J/004/0078/00016
 
1980 Date is certain to Date is certain
 
Ernesto Melo Antunes, caixa n.º 78, pasta 16
 
Ou seja a Maria de Lurdes, caudilha duma nova Frente terceiro-mundista, sob tutela da tropa

pacote da pintasilgo

Era um projecto directamente dirigido contra o PS, capitaneado pela abrantina.
 
Um projecto político que naturalmente retrata a ânsia pelo poder da senhora e os valores em que acreditava.
 
Tudo valores que tinham pouco a ver com a  Europa burguesa e civilizada que defendia Mário Soares.
 
Tudo valores que tinham muito a ver com o populismo barato (hoje tão de moda) e pouco com a democracia parlamentar.
 
ma   
 


publicado por porabrantes às 15:31 | link do post | comentar

A culpa diz a cacique do marasmo no Rossio ao Sul do Tejo é dos privados, quando duma associação cívica rossiense se queixaram da desatenção municipal para com a terra.

 

O representante da associação comeu e calou, em vez de responder à mulher.

 

De seguida a tipa disse que a CMA adquirira umas casas à CGD e que eram para habitação social.

 

Na acta anterior dissera que não ia lá meter ciganos, ou seja fizera uma distinção racista, porque se um cidadão dessa etnia concorrer a uma casa, não pode ser afastado do concurso....lá porque a cacique não deixa.

 

Há 7 anos já prometia as casas. Passaram 7 anos e está tudo na mesma.

 

Mentimos????

 

Transcreve-se, para calar a demagogia mal-educada, o pedido de esclarecimento dos vereadores dr.Santana-Maia e Belém Coelho de 2011 !

 

''

“Alguns munícipes residentes no Rossio ao Sul do Tejo mostraram-nos o seu desagrado pelo facto de terem sido informados por uma funcionária da Câmara Municipal, que os contactou por telefone e foi às suas casas, de que já não lhes iria ser atribuída uma habitação social, em virtude de já não irem ser construídas as casas no Rossio ao Sul do Tejo prometidas pela senhora presidente da câmara durante a campanha eleitoral.

 

Os vereadores do PSD sempre defenderam que, relativamente à habitação social, se deveria dar prioridade à recuperação de casas e prédios degradados, em vez de se construir bairros sociais de raiz, permitindo-se, desta forma, não só manter socialmente integradas as pessoas, evitando a criação de guetos, como também, e ao mesmo tempo, proceder à regeneração urbana.

 

Acontece que não foi o PSD que ganhou as eleições. Consequentemente, tratando-se de (mais) uma promessa eleitoral do Partido Socialista que não vai ser cumprida, consideramos que a população do Rossio deveria ser esclarecida directamente pela senhora presidente da câmara, em sessão de esclarecimento pública convocada expressamente para o efeito, e não por funcionários do município.

 

Gostaríamos, ainda, de saber: (I) Onde e quando pensa a senhora presidente realojar as pessoas do Rossio ao Sul do Tejo? (II) Quantas pessoas estão inscritas para habitação social naquela freguesia? (III) Qual a freguesia do concelho com mais inscrições em habitação social? (IV) Quais os indicadores, ao nível das listas de espera para habitação social, que justificaram a não construção de casas no Rossio ao Sul do Tejo, tendo em conta tratar-se da quebra de uma promessa eleitoral feita aos munícipes?”

 

A presidente da câmara disse que estava prevista a construção de 22 fogos de habitação social em Rossio ao Sul do Tejo, bem como o respectivo financiamento. Como se sabe, este projecto era visto com algumas preocupações por parte da população da freguesia. No entanto, verifica-se que, podendo o financiamento ser ajustável, não será necessária a construção de novos fogos, mas sim o aproveitamento e a recuperação de alguns imóveis já existentes no concelho.

 

Neste momento, está a ser feito um levantamento sobre os imóveis disponíveis para recuperação e para colocação ao serviço da comunidade. Este princípio foi já apresentado ao IHRU – Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana e foi bem acolhido.

 

O levantamento das famílias a instalar feito anteriormente está já em desconformidade com a realidade actual. As pessoas inscritas foram todas contactadas, não por telefone mas pessoalmente, uma vez que se verificam alterações nas suas condições, e que se pretende, tanto quanto possível que as pessoas permaneçam nas suas localidades.

 

Concluiu referindo que as expectativas não serão defraudadas e que logo que este trabalho, no qual as Juntas de Freguesia também participam, estiver concluído será trazido à Câmara Municipal.''

 

in Amar-Abrantes

 

Ou seja a CMA não construiu as casas e diz que a responsabilidade é dos rossienses!

 

Certamente uma parte é: votaram nela e no delegado da oligarquia!!!!

 

Mas a principal responsabilidade é da mulher que está ao leme da Câmara.

 

Há mais????

 

Certamente....

   

mn



publicado por porabrantes às 15:04 | link do post | comentar

Menina Pintasilgo conspira com Melo Antunes



publicado por porabrantes às 12:02 | link do post | comentar

26814877_2032768443419706_8911236467708629430_n.jp

Obra atrasadíssima de requalificação do Largo das Mouriscas, votada pelo povo em O.participativo graças ao sr.António Louro

 ''Antonio Louro :  Esta obra foi ganha pelo Orçamento Participativo de 2016, cuja proposta foi apresentada por mim.
É uma obra que a
está a ser executada a contra gosto de muita gente, por motivos óbvios.
O simples facto de lá ir tirar fotos para colocar aqui no fb e ir informando quem está ausente já mereceu comentários negativos da "tutela". Mas devo dizer que "estou-me nas tintas" para isso, quem não gostar ponha ao lado...''

 

Tem toda a razão o amigo Louro, devemos estar-nos nas tintas para a censura caciquista, já basta os jornalistas que lhes fazem os ''jeitos''.

mn

 

foto do sr.Louro

 

 


tags:

publicado por porabrantes às 11:55 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Perólas do machismo

O pesado fardo do homem n...

O caso do anti-terrorista...

A defesa da cultura no Pa...

Os asiáticos e os ciganos...

Alferrarede

O fim dos colaboradores ...

Barata nomeia Boca do Inf...

Agradecemos à China. 

Regresso à vida normal

arquivos

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9




31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds