Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2019

O tenente-coronel de Aviação Adolfo Domínguez foi um dos militares espanhóis que em 1975 quis fazer um 25 de Abril em Castela.

 

A coisa correu mal e teve de se exilar, no caso em Portugal.

Escreveu um interessante livro de memórias,

51u0Yh8mdNL__SX332_BO1,204,203,200_

que nos conta coisas importantes sobre os seus amigos gonçalvistas (a quem censura as atitudes políticas) e sobre a família que o acolheu inicialmente, a família Moita

mary lucy fascista

 

Diz o então Capitão Dominguez : '' A sua mãe, uma idosa venerável, cheia de simpatia, tratava em vão de se se fazer entender comigo. Não sabia nada de português, mas nos meus primeiros contactos com o país não tinha tido especiais dificuldades para me fazer entender. A isso ajudavam os meus rudimentares conhecimentos de galego (...)

A Mãe do Moita, no entanto, falava muito depressa e entre dentes e era-me impossível seguir a sua conversa, que a sua filha, com grande trabalheira,se esforçava por me traduzir.

A casa tinha o sabor das velhas famílias de classe média-alta, talvez um pouco caídas em decadência. A senhora Moita tomou-me um grande carinho especial, que se manteria durante os nove meses que durou o meu exílio em Portugal.

Através da sua filha fez-me saber que antes era muito conservadora, que estava de acordo com Salazar e Caetano, mas que começou a mudar de ideias quando três dos seus filhos foram detidos pela polícia em 1974, pouco antes do golpe militar do 25 de Abril, que acabou com a ditadura do seu país.

Depos do 25 de Abril tinha-se convertido numa fervorosa democrata porque-dizia-graças à liberdade de imprensa tinha percebido muitas coisas, que antes não entendia muito bem.

(.....)

Um dos seus filhos -disse-me a senhora-era fascista. '' Que posso eu fazer? '' (.....)

Compreendemos a angústia da fervorosa democrata, vitíma dum processo de radicalização abrilista, que desgraça ter um filho fascista...

ma 

  



publicado por porabrantes às 19:00 | link do post | comentar

53020164_763805047332439_623000854714122240_n

 


tags: ,

publicado por porabrantes às 18:24 | link do post | comentar

alteraçao

Foi aprovado isto na reunião de 8-2-2019, que passou pela Imprensa sem comentários.

No entanto trata-se da continuação duma telenovela com protagonistas do calibre do Pina da Costa

pina

Sobre o assunto recomenda-se a leitura deste artigo da Margarida Trincão, no Mirante e deste post

 

(...) Mas os recorrentes têm razão, ao sustentar que durante o período de tempo (2002 a 2005) em que os actos originariamente praticados perduraram no ordenamento jurídico, se verificou uma situação de ilicitude e produção de danos morais, cuja dimensão não foi apurada em juízo. Ou seja, os actos de licenciamento originário até à sua substituição e pela sua ilegalidade, afectaram a esfera jurídica dos A.A., tendo estes invocado que entretanto perderam a vista que possuem para o rio Tejo e para o Aquapolis, e que haviam comprado aqueles lotes por terem uma localização privilegiada para o rio e se situarem numa zona tranquila e sem elementos perturbadores da paisagem. Perderam assim, ainda que temporariamente, a sua privacidade, particularmente nos lotes 13, 14, 15, 16, 17, 18, 26, 27, 28, 29, 30, 32, 33, 34 e 35. Tal circunstância ter-lhes-á provocado tristeza, nervosismo e angustia. Ainda antes de a construção estar concluída já os A.A. viram reduzida a sua tranquilidade, sossego e descanso, factos esses que trazem desgaste psicológico, como referem na petição inicial.(...) 

 http://www.dgsi.pt/jtca.nsf/170589492546a7fb802575c3004c6d7d/a006236847407f4180257c1200473637?OpenDocument&Highlight=0,municipio,abrantes

mn

 



publicado por porabrantes às 15:28 | link do post | comentar

estrutura nuclear

reunião de 8-2-2019

Os caciques resolveram regulamentar ''a estrutura nuclear''.

Não se sabe se o coronel Putin ou o Presidente Trump quando mandarem fazer novas ogivas nucleares vão consultar o regulamento abrantino para saber se as ogivas cumprem as especificações burocráticas. 

Há um antecedente  glorioso, por proposta de Manuel Lopes (PCP) foi proibida o estacionamento de armas nucleares no concelho.

ma 



publicado por porabrantes às 15:19 | link do post | comentar

MRPP_0009

Um idoso pronunciou-se contra as homenagens ao Arnaldo.

O ex-chefe do idoso, General  Ramalho Eanes, ex-PR  faz o elogio do líder dos radicais pequeno-burgueses. Aqui e no ''Expresso''.

ma

  

 



publicado por porabrantes às 15:10 | link do post | comentar

regulamento

 



publicado por porabrantes às 15:09 | link do post | comentar

Abrantes tem pouca gente e pouca actividade cultural

Helena Bandos



publicado por porabrantes às 10:50 | link do post | comentar

28379619_1979332372117432_3991551823139840339_n

 



publicado por porabrantes às 08:19 | link do post | comentar

Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2019

rrr

devida vénia ao sr dr. António José Carvalho, autarca dos Independentes do Tramagal naquela vila

quem viabilizou isto?

a Céu, o Valamatos, a professora primária Celeste Simão, o ex-vice (vamos ver se é reconduzido) e o Luís Dias

Não estou para ver se algum palerma da Oposição também viabilizou isto.

ma  



publicado por porabrantes às 22:09 | link do post | comentar

tectânia

 

Segundo a propaganda governamental a fábrica Tectânia já está a trabalhar nesta terra. Teria começado em 2018.

Os propagandistas são uns exagerados....

mn 

 


tags:

publicado por porabrantes às 08:05 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Cheias de 1855

Greve anunciada de missas...

Teatro S.Pedro vendido à ...

A tasca do burlão

Barão da Batalha protege ...

O homem que prendeu Nossa...

El Español destaca o plás...

A certidão de baptismo do...

O Papa Caldeira de Alvega...

Presos políticos abrantin...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds