Quinta-feira, 6 de Junho de 2019

santa amaro 1971 faria de almeida

Imagem do filme de Faria de Almeida 1976

O Vereador Armindo Silveira voltou a protestar porque não lhe entregam os documentos pedidos sobre a Ermida de Santo Amaro, criminosamente destruída por uns pato-bravos.

Parece assim que os caciques querem ocultar as responsabilidades pela destruição dum imóvel classificado.

Sabemos que há outros documentos pedidos (Vale da Fontinha e Teatro S.Pedro) que não foram entregues no prazo legal.

Ou seja os caciques não respeitam a Oposição.

ma



publicado por porabrantes às 22:18 | link do post | comentar

Ler no EOL



publicado por porabrantes às 21:51 | link do post | comentar

''Depois da ressaca eleitoral, a vida continua, e cá estamos nós para fazer o nosso caminho na política local, em prol do concelho de Abrantes.

Sobre o Plano de desenvolvimento social de Abrantes:

Depois de tapar o sol com a peneira, durante décadas, o executivo municipal vem agora demonstrar a sua enorme preocupação com o envelhecimento da população e a quase impossível renovação da estrutura populacional do concelho.

Pois, apesar desta ser uma realidade transversal à grande maioria do concelhos do interior do país, não se começa a atacar um problema numa lógica paleativa, mas sim de prevenção. Trabalhando na antecipação desta problemática com políticas que contrariem uma tendência há muito conhecida.

Este executivo nunca poderá queixar-se de ter herdado uma batata quente assim, dado que foi apanágio do seu partido, esse que nos diz "governar" (ou talvez desgoverna) há quase 30 anos, priorizar investimentos e projeções de cidades do futuro, sem olhar ao que de facto acontecia à sua volta.

É fácil compreender que um concelho que se quer forte, desenvolvido, capaz de fazer frente às tendências socio-demográficas há muito conhecidas, terá sempre de trabalhar numa lógica piramidal, quase como a da pirâmide de necessidades de Maslow.

Na base da pirâmide nunca poderiam estar projetos megalómanos de Milhões de Euros. Idealizações de "smart cities". Planos com slogan "tudo incluído" - tudo incluído excepto o mais importante... As Pessoas do concelho. E são as pessoas que tinham de ter sido a base dessa pirâmide, não apenas agora quando a situação de torna irrespirável.

Políticas direcionadas para a fixação da população jovem, ao nível por exemplo de incentivos fiscais à fixação; à habitação; facilidades de acesso aos estabelecimento de ensino para que reside nas freguesias rurais; possibilidades de crescimento profissional que não à base do QI - "quem indica", mas de uma séria procura de pessoas com valor e competências, para diferentes setores profissionais que fossem competitivos, independentes e não obsoletos e manietaveis; sermos um concelho em que as taxas de IMI ou saneamento ou tarifas de água não fossem das mais altas do país, porque o são! - entre tantos outros factores e políticas de incentivo.

O PSD Abrantes tem vindo sempre a alertar para este cenário, tido agora como uma realidade alarmente mas que só choca os que andaram a assobiar para o lado durante décadas.

A grande maioria da população jovem do concelho foi embora - porque as oportunidades eram melhores "lá fora" (seja dentro ou fora do país), ou mesmo porque só existiam "lá fora".
Porque foram renegados pelos sucessivos executivos que a todos foi mostrando que em Abrantes não havia futuro.

Reitaramos - São as Pessoas a base desta pirâmide. Porque sem elas, o que nos interessa ser uma smart city, quando deambulamos por um centro histórico fantasma ou por aldeias quase inabitadas. O que nos interessa prémios internacionais de arquitetura, se As Pessoas não se identificam com os espaços criados e a cada projeto realizado vão retirando mais identidade a este concelho?

Espanta-nos o espanto de dizerem que em muitos conselhos municipais se sobrepõem os mesmos intervenientes - pois não há mais!

São aqueles e aquelas pessoas com sentido de responsabilidade que não deixam de querer ter um papel ativo no concelho e outros são os que tão bem conhecemos - aqueles que querem manter sob controlo e para proveito de um grupo restrito, a influência nas decisões tomadas.

Depois destes quem virá? Os filhos deles/delas, que por graça divina encontraram emprego no concelho assim que terminaram os estudos?

Temos agora um Sr. Presidente de Câmara com uma certa amnésia política, que diz ser hora de nos preocuparmos com as freguesias rurais, com as necessidades das pessoas, a defesa dos territórios fragilizados. Agora Sr. Presidente???
Pois como sabemos, fez parte dos diferentes executivos durante décadas seguidas e agora não há como pousar bem para a fotografia - as palavras bonitas de "cooperação", não ajudam a sacudir a água do capote de quem tem muita responsabilidade do estado a que chegámos.

É hora sim de mostrar a massa de que se é feito, assumir os erros e apresentar soluções.

Talvez este possa ser mais um plano de intervenção para se compreender e intervir a nível macro neste Plano de Desenvolvimento Social de Abrantes - identificar quem nos governou o que fez, Ou Nada Fez, para que aqui chegássemos.
Toda e qualquer medida ou acção que seja pensada de forma séria e com responsabilidade, sem demagogia e não para a fotografia, poderá contar com a colaboração, apoio e disponibilidade do PSD.

Iremos sempre trabalhar e colaborar em políticas que tenham como objetivo sermos um território COM população e PARA a população.

Abrantes, 27 de maio de 2019

PSD Abrantes

 
Este comunicado social-democrata deixou a D.Celeste muito amarga

celeste

e fiel à sua vocação de professora primária puxou as orelhas ao neo-liberal em sessão camarária. Este respondeu que '''foi eleito como vereador do PSD e não responde pelo que foi escrito na página do Facebook do PSD'. '' Diz a Paula Mourato no Médio Tejo

Ora o homem não foi eleito, quem foi eleito foi o Rui Silva......

rui mesquita pálio

Quanto às tricas laranjas, deixamos o assunto à consideração da CPC do PSD.

mn  

 

 


publicado por porabrantes às 21:44 | link do post | comentar

entrada cma

''Já nada surpreende por parte da nossa Câmara. Vejamos como os autarcas e funcionários valorizam o património.

 A entrada principal, suponho, pois tem o Brasão da cidade.
Como se pode ver,  uma secretária, e um porteiro a barrar a entrada uma entrada. Informação" colada" sobre cursos profissionais e " Saiba como votar".
 Será que não há meios para  placards  próprios para afixar este tipo de informação?''
 
Nota: Enviado por um leitor
 


publicado por porabrantes às 21:27 | link do post | comentar

manif caixao anbb

foto da ANBP -Associação Nacional dos Bombeiros Portugueses.

 



publicado por porabrantes às 15:26 | link do post | comentar

No Blasfémias, Cristina Miranda analisa o caso Jorge Dias

https://blasfemias.net/2019/06/03/quem-nos-defende-do-estado/?fbclid=IwAR0gQJ61ZC42sI7F8tgb100I7etb3M9M6V0dBC2ZIgoGlapccyc-g0MuVyY 



publicado por porabrantes às 14:16 | link do post | comentar

Uma cadeia de TV prepara um programa sobre o General Godinho.

Por enquanto o segredo é a alma do negócio.

Virão brevemente a Abrantes para falarem com os familiares do General.

generalgodinho 47

mn

 



publicado por porabrantes às 12:48 | link do post | comentar

 

 

Tinha-se dito aqui ,a 27 de Maio, que este caso iria dar muito que falar.

A profecia cumpriu-se.

A 30 de Maio o assunto passou a ter dimensão nacional.  

E já tínhamos falado muito dele. Por exemplo há um ano.

Tribunais arrasam Município (o caso Jorge Dias)

https://porabrantes.blogs.sapo.pt/credores-de-jorge-dias-processam-4001999

Por exemplo há cerca de 2 anos

https://porabrantes.blogs.sapo.pt/reentree-o-julgamento-do-senhor-jorge-3108324

Por exemplo  há 6 anos

https://porabrantes.blogs.sapo.pt/reentree-o-julgamento-do-senhor-jorge-3108324

Resta perguntar se forem condenados outra  vez, onde irão arranjar uns  milhões de euros para pagar a indemnização? .

 

mn

 

 

 



publicado por porabrantes às 12:26 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Presos políticos abrantin...

Presos Políticos Abrantin...

Presos Políticos Abrantin...

Uns acessos da treta à Lo...

Postal para saudosistas

Visitando o burlão

A bibliografia arqueológi...

A vergonhosa promiscuidad...

Nem os cisnes escaparam

Dia do Senhor: O retrato ...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds