Quarta-feira, 25 de Setembro de 2019

Quando custou a etapa da Volta que parou em Abrantes?

14.600,00 €

ver aqui

mn



publicado por porabrantes às 20:23 | link do post | comentar

Entrada:
24/09/2019
Distribuição:
25/09/2019
Autor: 
Réu: Cria - Centro de Recuperação e Integração de Abrantes
Juízo do Trabalho de Tomar - Juiz 1 1248/19.0T8TMR

Valor:
79 880,35 €
Ação de Processo Comum
Entrega Electrónica - Refª 33482595

 

Tem andado o blogue de férias, meio adormecido pela mornice da campanha.

Mas a esta não se resiste, uma conceituada ex-trabalhadora do CRIA, das saneadas pela equipa carvalhista, demanda-os em quase 80.000 €.

E noutras acções deste imbroglio ganhou.

Já agora,  a Celeste deu ao neo-liberal um papel com a lista das dívidas dos  inquilinos que devem dinheiro à CMA, sem os nomes, alegando a protecção de dados. Ora a segurança social continua a divulgar o nome dos devedores e o nif, coisa que mostra que a desculpa da Celeste é esfarrapada.

mn 

  

 


tags:

publicado por porabrantes às 19:41 | link do post | comentar

Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

O conceituado José Campas, estimável pintor e professor da EICA (fundador) foi suficientemente miserável para denunciar a Salazar o pintor moçambicano Malangatana.

Na cartinha de 1-1-1963, disse a Salazar, segundo a descrição da Torre do Tombo:

  '' Contém a carta do Prof. José Campas, residente em Lisboa, dirigida ao Dr. Salazar, a denunciar a publicação da obra artística pintada por Malangatana Valente, no jornal "Diário de Notícias". O quadro da "Adoração dos Mortos", é considerado ofensivo por José Campas. Refere, é "doloroso verificar a proteção que hoje se dá às manifestações da loucura entre nós e que a 'Censura' permita a publicação de aberrações desta natureza (...) num país civilizado como o nosso". Inclui o recorte do jornal com o artigo intitulado "Artistas de Moçambique (I) - Magalatana [erro gráfico do nome] Valente - o Pintor Negro dos Santos e da Magia", da autoria de Mário de Oliveira. O artigo aborda o intercâmbio artístico entre Portugal e Moçambique, e o incentivo à produção artística de pintores moçambicanos, sob o patrocínio da Fundação Gulbenkian. Encontra-se incluso, o quadro mencionado, e a foto do pintor “Malagatana” ao lado da sua mulher. Na entrevista feita ao mesmo artista, e ao ser questionado sobre a sua técnica, revela que "tem muito amor pelas mulheres grávidas, porque para mim representam a esperança, e por isso pinto mulheres grávidas, negras e brancas". As cores das suas telas têm a ver com o colorido da paisagem moçambicana, explica: cores das rochas, montes, árvores, águas dos rios, lagoas, entre outros. ''

malangatana-site

imagem site: malangatana-devida vénia

mn



publicado por porabrantes às 09:23 | link do post | comentar

Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019

A Madre Leão era doroteia no Colégio de Fátima. Chamava-se no século: Maria Dulce Leão de Sousa Alves.

19954991_QiC1t

 

Em 1958 escreveu a Salazar e disse-lhe:   ''para nós e para esses Vossa Excelência é uma figura da envergadura de um Infante D. Henrique ou de um Nuno Álvares Pereira"

Diz que a Madre Almerinda acha o mesmo e manda-lhe (a Almerinda) uns santinhos.

Diz depois a M.Leão que o seu pai, o Dr. António Leão Ferreira Alves fora conhecido de Salazar em Coimbra e já agora pede-lhe um emprego para o mano.

Dedica um soneto ao tirano:

"Quem é esse que afronta a tempestade, sem tremores, sem ânsias e sem medo, como altivo, calado, ermo rochedo, dominando sózinho a imensidade? Sorriu-lhe a luz na Pátria da Saudade, dizendo-lhe de manso alto segredo. Chamou-o Portugal de manhã cedo; levou-o à História; mais: à Eternidade! Incarna augusto sonho em nós latente, o Passado, o Futuro e o Presente, da Terra-Mãe o solo, o céu e o mar! Forma branca pairando no Infinito, Trespassa a noite escura como um grito! Esse vulto sem mancha é Salazar!''

220px-Antonio_Salazar-1

 

Fonte: ANTT/Correspondência de Salazar

Texto entre aspas e informação de lá  

Se os versos são da Madre Leão foi a maior poetisa (épica e não só) de Abrantes.....

Bate aos pontos a Tia Mary Lucy

mn



publicado por porabrantes às 21:38 | link do post | comentar

A 20 de Agosto o neo-liberal pediu isto:

petoçao

O Valamatos não lhe respondeu sobre os documentos pedidos

A petição inicial está on-line desde Junho

pet 2

É o anexo nº 40 dos docs divulgados pelos caciques

Ou seja o homem nem sequer os foi ler

Agora já pode ,são mais 101 páginas arrasando a CMA, da autoria da Drª Alexandra Sapateiro.

Quem é que pede documentos desnecessários, somos nós ou o neo-liberal?

ma



publicado por porabrantes às 16:12 | link do post | comentar

tramagal romano 1

tramagal  romano 2 joaquim pereira mateus

documento pub no face pelo sr. Joaquim Pereira Mateus, com a devida vénia

redacção



publicado por porabrantes às 13:35 | link do post | comentar

plátanos 2 paula forte

Ramo de plátano caído junto do parque infantil (em devido tempo doado pela CUF à Freguesia de Alferrarede, e parece que nunca registado a favor dessa autarquia, segundo informação do Coronel Chaves, ao tempo Provedor do Munícipe.)

plátanos paula forte

Outra situação do género

As árvores precisam de manutenção, não precisam de destruição.

Quem gere um jardim tem de o cuidar e se os ramos caíram é porque quem gere o jardim não cuidou as árvores, cortando os ramos secos e pondo as crianças em perigo.

Já agora quem é a dona dos plátanos?

Na Conservatória de R.Predial quem figura como dona do espaço?

A CMA, a Lena ou a Freguesia?

Vamos perguntar.

Porque se os plátanos estão em terra da Lena, cabe-lhe a ela a manutenção e não à CMA.

Andar a gastar 9.000 euros para cortar árvores alheias é deitar dinheiro fora.

ma

imagens da srº D.Paula Forte no face 



publicado por porabrantes às 09:33 | link do post | comentar

Alfredo-da-Silva-e-Salazar

Foi Alfredo da Silva que mandou plantar os plátanos de Alferrarede que agora  a ignorância atrevida quer arrasar.

Entre a Alameda dos Plátanos terminava um dia de trabalho o capitão da indústria, fumando um havano.

Ficou conhecida pela Alameda do Charuto.

Depois chegaram os especuladores da Lena, os lacaios dela e o Júlio Bento.

Agora chegam os vândalos, aqueles que querem arrasar o Jardim do Alto de S.António para favorecer privados.

A ignorância atrevida.

Tropa que é capaz de retratar-se dando presentes a criancinhas pobres, como certamente faziam as damas caritativas do antigamente, mas com mais elegância e discrição.   

caridade

Mas transformar a caridadezinha em imagem institucional duma autarquia, só para fins da politicagem, nem sequer preservando a identidade dos menores no face, é fazer pior que as damas do chá-canasta.

ma

 



publicado por porabrantes às 09:21 | link do post | comentar

padre castanheira 2

A Reconquista noticia a homenagem e a despedida do P.Castanheira que vem assumir a pesada herança do burlão.

Povo e autarcas homenageiam sacerdote.

mn

 



publicado por porabrantes às 08:51 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019

esperança nascimento

Sobre a população mártir de S.Miguel já se falou.

Sobre a histórica gritaria do Valamatos lá, já se escreveu.

Depois tratam assim o povo, a Celeste Simão diz que vai fazer um conselho de saúde ou treta inútil, os neo-liberais encartados elogiam os caciques e atiram foguetes nas reuniões e a imprensa, demasiado dócil, noticia pouco.

E isto é o SNS numa aldeia abrantina.

Tem um SNS destes e um busto do neo-liberal Eduardo Catroga, a propósito a EDP acaba de apanhar uma multa do carago por manipular os mercados. 

O post é da Sr D.ª Esperança Nascimento, na página de S.Miguel. Com a devida vénia.

ma


tags: ,

publicado por porabrantes às 18:33 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Santa Greta no Vaticano

É a administraçao pública...

Conferência:As alterações...

A ignorante cacique nome...

Silicália: a causa das co...

Uma bofetada na cara da c...

Exército recupera 490 par...

Floresta : sem plano em v...

A Tectânia tem mais 30 di...

Cacique não respondeu ao ...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds