Quarta-feira, 2 de Outubro de 2019

Já se evocou aqui a figura do dr. Baltazar de Almeida Teixeira, figura grada do republicanismo. Foi um colaborador assíduo do Jornal de Abrantes, actuando como doutrinário republicano. Faltavam estas fotos enviadas por um leitor, que se ocupa da História da Academia Coimbrã.

Baltazar de Almeida Teixeira como provável membro da Tuna da Universidade.

Baltasar%20de%20Almeida%20Teixeira_estudiante_de_Coimbra_1907

baltazar_teixeira_1908_f

Vai isto dedicado ao ''Marquês'', velho amigo.

O nosso agradecimento ao leitor atento.

mn

 



publicado por porabrantes às 20:44 | link do post | comentar

A candidata da Esquerda abrantina (Bloco) é a Lurdes Martins. Pena não estar em posição elegível.

lurdes

Tem atrás de si uma obra inestimável no plano da Cultura. Muitas vezes boicotada pelos caciques.

O seu CV é:

Lurdes Martins - 5ª candidata

Membro da direção da Tagus - Associação Para O Desenvolvimento Integrado Do Ribatejo Interior, desde 2010. De 1996 a 2019 exerceu vários cargos nos corpos sociais da Associação para o Desenvolvimento Cultural Palha de Abrantes, entre os quais a de presidente da direção. Nesta associação, onde também é colaboradora, é responsável por vários projetos como o de Ação Social; Residências Artísticas; Cineclube Espalhafitas; Estado do Homem - espaços de reflexão e leitura (grupo de debate mensal); “Há Cinema na Aldeia”, que tem como objetivo um arquivo de imagem em Abrantes e concelhos próximos.
Animadora, professora e coordenadora na Escola do Ócio. Orientadora de estágios na área do cinema e de educação.
Colaboradora do Jornal Primeira Linha e da Rádio e Antena Livre.

 

Na candidatura comunista, onde a figura principal é o Doutor António Filipe, está a ex-presidente de Constância, Júlia Amorim.

A cacique Albuquerque não merece o voto nem da Direita, nem da Esquerda.

Já agora, recordemos que António Filipe desmascarou através dum requerimento as pinturas ilegais no Convento de S.Domingos.

Da tropa do Creativ Camp.

mn  



publicado por porabrantes às 18:29 | link do post | comentar

71113127_2832774680067068_9021777361586094080_n

A ex-avençada municipal e candidata PS à Assembleia de Freguesia do Tramagal, Lígia Marques e o Luís Dias estiveram presentes na Croácia, neste evento.

Do programa a parte mais interessante era a visita turística

Apresentaram este texto sobre a MDF e o Museu.

Além de erros de inglês, como definir Eduardo Duarte Ferreira, como ''Commander''.......Comandante por ser Comendador, quando a tradução era Knight Commander (membro duma ordem honorífica) vieram explicar ao mundo que a MDF instituiu  o primeiro sistema de previdência social em Portugal, coisa que é falsa.

A MDF foi um claro exemplo de paternalismo social, mas essa preocupação é muito mais antiga em Portugal.

'' In the MDF museum we tell the stories of opportunities and conquests, such as the acquisition of the Enamel Crockery Factory in Oporto or the Auto Division that built the product that left the largest hallmark in our national history – the mythical military truck Berliet-Tramagal. It tells the story of its centennial brand, one we recognize and discover throughout the country and even beyond our country’s borders - the Butterfly. Through it we learn the story of more than 2600 workers and their families who had access to the country's first welfare system, health, education, culture, sport and housing, and who were free to celebrate the 1st of May since 1901, even during the dictatorial regime. ''

A MDF começa a trabalhar em finais do século XIX .

Ora já bastante antes muitas empresas lusas tinham instituído sistemas de protecção social.

Nesta tese  (1) onde se estudam os sistemas de protecção social das variadas companhias ferroviárias, demonstra-se para este ramo industrial esse facto.

Basta citar a criação em 1866 da Caixa de Socorros da Real Companhia Ferroviária. E a Companhia abrangia Abrantes, porque explorava a Linha de Leste.

É com base nessas experiências já amplamente testadas em Portugal e em Abrantes, terra de importante nó ferroviário, que Eduardo Duarte Ferreira vai montar o sistema patronal de assistência social tramagalense.

Portanto antes de informarem o Mundo, estudem História de Portugal, é o conselho que paternalmente damos ao Luís Dias e amigos.

mn

(1)- Rafael Pereira Gonçalves, Associativismo Social  Ferroviário em Portugal, tese de mestrado no ISCTE 

 



publicado por porabrantes às 15:30 | link do post | comentar

71922796_10215406132651322_791937569326628864_n

A Patrícia fez uma excelente intervenção no debate da Escola Manuel Fernandes.

Foi uma deputada interveniente em S.Bento, atenta à defesa do mundo rural e do Ribatejo.

Se a Direita ribatejana se quer ver representada na AR, o voto é nela.

mn

 

https://www.parlamento.pt/DeputadoGP/Paginas/Biografia.aspx?BID=6037

 


tags:

publicado por porabrantes às 15:25 | link do post | comentar

javardice 2

acta nº 14/2019

O nível de linguagem autárquica está cada vez mais elaborado. Um empresário diz que um autarca classificou um programa de TV como ''javardice''.

E que ''javardice'' foi o que lhe fizeram a ele.

Entretanto os javardos passeiam-se na cerca da Escola Manuel Fernandes e certos moradores dedicam-se a alimentar os leitões.

Não há pachorra para o palavreado cinegético.

mn



publicado por porabrantes às 09:42 | link do post | comentar

Um grupo de marginais, que não merecem outro nome que vândalos, introduziu-se no Teatro S.Pedro, forçando a porta e vandalizaram várias valências, deixando abertas as torneiras das instalações do Teatro, provocando uma inundação, que provocou prejuízos sérios no equipamento.

Os marginais não são naturalmente abrantinos, porque estes amam os monumentos da sua terra, nem naturalmente  merecem o nome de estudantes, nem frequentar qualquer instituição de ensino, mesmo que dita superior. 

Curiosamente uma instituição local tentou abafar a notícia da invasão.

A Iniciativas de Abrantes pondera uma queixa-crime, se outra solução não for encontrada.

teatro s.pedro

mn

créditos: já não nos lembramos do autor da foto

   



publicado por porabrantes às 09:12 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

De quem são as águas da R...

Fonte da Amieira é públic...

Vamos já comer umas morce...

Como a Abrantaqua encheu ...

Dez anos para responder a...

Há poetas que não gostam ...

Vagas no Supremo Tribunal

Comunicado dos Amigos do ...

Três anos para responder ...

CNA arrasa política agríc...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds