Quinta-feira, 5 de Dezembro de 2019

A autarquia fez à Iniciativas de Abrantes uma proposta de compra do Teatro S.Pedro por 470.000 euros, com pagamento faseado a 6 anos.

O assunto será abordado na AG de 8 de Dezembro.

A proposta é substancialmente superior à  insultuosa da cacique (267.000 €),  que foi na época seguida pelos seus correligionários.

A cacique comprou imóveis a um preço superior ao da avaliação (Colégio de Fátima), pagou um preço astronómico pelo Edifício Milho aos amigalhaços da Lena e tentou ceder a piscina velha quase grátis a um falido.

E depois cedeu-a por 6.mil euros à sociedade que explora o hotel.

Sempre apoiada pelos apaniguados, cedeu a uma paróquia regida por um burlão outro terreno para fazer uma Igreja, sem que o Bispo a autorizasse.

De trás vinha a cedência do Casal Curtido a outros falidos, que contrataram Nelson Carvalho para moço de fretes.

O tipo que lhes vendera o Casal Curtido, sem cláusula a defender os interesses municipais.

Desatou uma perseguição contra as Iniciativas, não cumpriu o protocolo com esta empresa (nunca foram feitas obras de manutenção no exterior do Teatro), e ainda tentou que a Iniciativas  '' indemnizasse ''  a autarquia pelo dinheiro que  dizia que a CMA gastara no Teatro, quando o protocolo referia que as benfeitorias reverteriam para a empresa, em troca de quase duas décadas de exploração pela CMA.

Isto enquanto recebiam mais de 150.000 de rendas das antenas, autorizadas por um ''gerente'', Luís Fernandes, que não cuidou os interesses da Sociedade.

Conseguiu proibir a exibição de cinema no velho Teatro, para curiosamente favorecer privados, perseguiu o cine-clube de Abrantes, o ''Espalha-Fitas'', que hoje faz a programação no Sardoal.

Afirmou que ia comprar o Cine-Teatro em ruínas de Alferarrede, etc.

Em vez de agradecer à Iniciativas mais de meio século de obra ao serviço de Abrantes, desencadeou um conflito que privou a cidade dum equipamento cultural essencial.

A nova proposta da autarquia é assim uma bofetada na cara da cacique, dada pelos seus sucessores.

Saúda-se a inflexao de rumo, prova de sensatez, porque a colocação do Teatro de novo actividade, significará nova vida para o deserto centro histórico da cidade. 

Vamos ver agora  o que decide a AG desta empresa.

teatro s.pedro despejo 2017

ma

    



publicado por porabrantes às 19:09 | link do post | comentar

490

naturalmente notícias da guerra civil que assola o país por estes anos

os sapatos eram para equipar a soldadesca que apoiava a ''hidra da revolução''.

mn


tags:

publicado por porabrantes às 15:28 | link do post | comentar

plano ab

Os Planos Municipais contra Incêndios são obrigatórios. Durante o reinado da cacique (2012-2016) não havia plano em Abrantes. A floresta ao abandono, o órgão que devia planear a prevenção quase não se reunia e actores fundamentais na gestão da floresta ou da prevenção não estavam representados.

''Desde 2001 ardeu 54% da área florestal, 97% em apenas cinco anos'' e a cacique e os amigos políticos achavam que não era necessário plano e os recursos gastos na defesa da floresta quase só limitaram às transferências financeiras para a Associação de bombeiros.

Entretanto o eucalipto era implementado sem qualquer fiscalização, fosse em terras férteis, fosse noutros tipo de terras.

''Em sede de contraditório, a vereadora da Câmara Municipal Ricardina Lourenço, informou ter votado contra todos os pedidos de florestação com eucaliptos discutidos em reunião da Câmara, devido “(…) ao facto de haver falta de informação, quer quanto ao local, bem como à adequação da plantação desta espécie, temendo a existência de brutais áreas de eucaliptais podendo, em caso de incêndio, pôr em risco a vida e os bens das populações (…)”, considerando que “Tais alertas foram simplesmente ignorados pela maioria que governa o município (…)”.


A vereadora da Câmara Municipal Elza Vitório alegou não ter havido qualquer pedido de arborização com eucaliptos que fosse negado e que áreas agrícolas e de pinhal foram convertidas em eucaliptais, sem qualquer verificação ou fiscalização.''

fonte: Relatório do Tribunal de Contas



publicado por porabrantes às 11:19 | link do post | comentar

O Secretário de Estado do Planeamento diz que os projectos parados nos Fundos têm 30 dias para se porem a mexer ou vão à vida.

parados

 

Entre os parados está o da Tectânia (e mais alguns de investidores privados cá no concelho).

O brasileiro previa investir  15 milhões de euros e criar muitos postos de trabalho. Logo aqui se advertiu do perfil dos investidores. Também contava com a cedência dum terreno municipal avaliado em quase meio milhão e foi apresentado pela cacique como o ''motor'' da recuperação da metalomecânica abrantina.

Agora ou se põe a andar em 30 dias ou será mais uma miragem que os socialistas andaram a promover como a RPP Solar ou o Ofélia, para onde atrairam incautos.

mn

 



publicado por porabrantes às 06:52 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Caça à multa

Comunicado da CDU

Madalena Farinha

Crónica penitenciária

Crónica pandémica

Palma Carlos: Adriano Mo...

Sindicato denuncia Hospit...

A origem do virús

Os profissionais da saúde...

A Tifóide mata o Rei depo...

arquivos

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds