Quarta-feira, 25 de Março de 2020

O Dr.Samuel Nunes Ribeiro exercia clínica em Abrantes. Tinha estudado em Coimbra, Piacenza, Salamanca. Era da Idanha e de estirpe cristã-nova. Em 1699 demandou Lisboa e teve problemas com o Santo Ofício. Exilou-se em Londres e converteu-se à fé dos seus maiores.

A sua filha, Isabel da Veiga foi a mulher do médico abrantino, Rodrigo de Bívar.

Depois demandaria o Novo Mundo, na Georgia, em 1733 deteve a epidemia da febre-amarela (1)

Duma ilustre linhagem de médicos, o seu sobrinho foi o celebérrimo Ribeiro Sanches, o médico da czarina Catarina II

mn

 

(1)

The Sephardic Atlantic: Colonial Histories and Postcolonial Perspectives, editado por Sina Rauschenbach, Jonathan Schorsch

Pormenores biográficos e genealogia: Alex BUENO-EDWARDS, aqui com o nosso obrigado 



publicado por porabrantes às 21:33 | link do post | comentar

Voltou a desabar a tenda montada no Hospital de Tomar

Notícia do Tomar na Rede

Será ''obrigatório e mandatório'' (piedade dixit)  afirmar que são uns incompetentes????

ma



publicado por porabrantes às 13:26 | link do post | comentar

Segundo a enfermeira Piedade Pinto é ''obrigatório e mandatório''  fazer não sei o quê, segundo o Costa, entregaram todos os meios ao SNS, segundo o ''Expresso'', os médicos têm de se vestir com sacos de plástico, para se protegerem.

 

  • Portanto será ''obrigatório e mandatório'', dizer ao Costa que não minta.

    mn 



publicado por porabrantes às 13:02 | link do post | comentar

Segundo a Tomar TV faleceu a primeira vítima de coronavirús, no Hospital de Tomar. Tratava-se de um idoso nonagenário. RIP 

A útil página da CMT confirma o óbito.

ma



publicado por porabrantes às 12:48 | link do post | comentar


EM ABRANTES

''Abrantes, 21 — A Câmara Municipal deliberou prestar todos os auxílios e socorros que possa aos habitantes da povoação do Rocio, inundada pelo Tejo. E em cumprimento dessa deliberação mandou fornecer já camas, luz e casa a homens, mulheres e crianças, para quem o administrador do concelho pediu albergue..
A casa destinada para esse asylo é a antiga cadeia, hoje transformada
em espaçosas e confortáveis salas.
O administrador requisitou rancho do quartel de caçadores para aquella
pobre gente. Abrantes tem cortadas as comunicações com todas as freguezias do sul e quasi todas as do norte.
Requisitados pela administração do concelho, estão sendo distribuídos
perto de 300 ranchos por dia a inundados pobres do Rocio. São, como deixamos dito, fornecidos pelo quartel do batalhão de caçadores n. 1.
Na ribeira de Alferrarede morreu uma criança afogada.
As ribeiras de Valle de Rãs, Coalhos, Alferrarede e Rio Torto tomaram
um volume de  água extraordinário''

jornal brasileiro 1910



publicado por porabrantes às 12:33 | link do post | comentar

GOLEGÃ HOJE... "IMAGINE", PORQUE EU NUNCA IMAGINEI!!

É óbvio, que nunca imaginei ser a vida um paraíso! A Igreja, desde a minha catequese, sempre me disse que havia um Céu, acima de nós e abaixo de nós, o Inferno. A mesma Igreja, pelo menos em Portugal, que até hoje se fechou em "copas" e nada ou pouco fez para apoiar a catástrofe, que nos assola. Não disponibilizou, desde o início dos primeiros dias de Março, qualquer espaço, convento, casas de retiro e acolhimento, para situações de isolamento ou outras, que concorressem para apoiarem o País.
A Igreja tão só fechou as “celebrações" aos crentes e bem (!), porque foi mandada. Entre outras vantagens, foi a de interromper para muitos, o "social event" dos Domingos. Assim, escuso de ver à saída muitos dos "cretinos", que do "templo" saem para no primeiro minuto, logo, entre eles praticarem a maledicência. Talvez, muitos não imaginem que "Cretino", vem de (Chrétien), Cristão... os tais "simples e inocentes ou insensatos absortos na contemplação celestial”!
Muitos desses Cristãos e tantos outros, usam a maledicência como catarse! Desabafam, fervilham não compreendendo que as pessoas não são o que falam ou o que dizem mas sim, o que fazem. Pior que a doença do Covid-19 é o prazer doentio, em desconstruir a imagem do Governo de Portugal e da Direcção Geral de Saúde. Mal dizer é destruir!! Acusam sem fundamento e o seu mal dizer é tão só falta de humildade, já que os seus textos e “posts", não passam de auto-exaltação. É a imodéstia própria do leigo, perante quem tem conhecimento científico e capacidade para tomar decisões. Não compreendem, porque não tem talento para tal, a angústia dos Epidimiologistas, dos Médicos de Saúde Pública, na sua impossibilidade de logo terem compreendido que não se tratava de um modelo tipo Gripe pandémica mas, outrossim, mais tipo Ébola. Na verdade, há uma maioria atrevida, que apregoa o que deve e não deve ser feito, que não sabe do que fala.
Ontem, na TVI, Miguel Sousa Tavares e o comparsa do lado entrevistaram o Primeiro Ministro em tom e modo de inquérito policial, como se o Primeiro Ministro fosse o Réu, o culpado do Covid 19 estragar a vida às pessoas, além de O interromperem vezes sem conta, sem elevação!
Até agora, o Governo de Portugal fez o que pôde. Fechou as escolas, antes de muitos outros mas, atrasou-se no fecho das fronteiras e na aquisição do número de testes desejáveis, assim como, ainda não foi explícito na ajuda pecuniária aos Portugueses. Ninguém podia imaginar que a Holanda e a Suíça, países mais pequenos que nós, tenham o triplo de infectados e 8x mais mortos, assim como, a catástrofe de Itália e de Espanha! Nações, que diziam ter melhores sistemas de saúde do que o nosso, o qual não entrou em ruptura! O facto verdadeiro, é que de Domingo para Segunda estavam internados 161 doentes e nos cuidados intensivos 41. Ontem, estavam internados 201 e nos cuidados intensivos 47, aditando-se-lhes, hoje, só mais 2 internados e 1 em cuidados intensivos!!
Ao Cristão que não refreia a língua, digo-lhe então, que a sua religião é vã. Para esses, um conselho: rezem o terço e catem as pulgas ao cão... se o tiverem!

José Veiga Maltez*
 
*Presidente da CM da Golegã
 
publica-se com a devida vénia o texto difundido no face pelo dr. V.Maltez
 
E recorda-se que a Casa de Santa Zita, propriedade da Igreja está às moscas há anos e que a Igreja é uma das maiores proprietárias de casas vazias no centro de Abrantes 


publicado por porabrantes às 08:21 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Bunker no Festival de Ava...

O cavalo

A Bristish Hermitage at M...

A hemorragia demográfica ...

Despesas de propaganda

Queres ser ministra?

O Sacristão de Abrantes (...

Massacre em Reguengos

Abrantes 1810

D.Manuel I confisca as ca...

arquivos

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

jornal de abrantes

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds