Terça-feira, 4 de Agosto de 2020

La imagen puede contener: 2 personas, texto que dice "Tweet fcancio @fcancio Sócrates parece então q Uancaros andou anos a encher-se de dinheiro sujo e ninguém na família suspeitou. nem ninguém estranha. 10:08 04 ago 20 Twitter for iPhone"

 

 


tags:

publicado por porabrantes às 21:50 | link do post | comentar

O Venerando Ministério Público processa o CRIA, logo 3 processos.

Damos os nossos parabéns às forças vivas e ao Ministério Público, bastião da legalidade democrática, que aqui vem defender os interesses dos trabalhadores.

Quanto à imprensa veneradora pode desenvolver o tema, estragando as férias ao representante legal do CRIA

6990650 Entrada:
22/07/2020
Distribuição:
22/07/2020
Autor: Ministério Público
Réu: Cria - Centro de Recuperação e Integração da Abrantes
Juízo do Trabalho de Tomar - Juiz 1 984/20.2T8TMR Ação Reconhecimento Existência de Contrato de Trabalho
6990676 Entrada:
22/07/2020
Distribuição:
22/07/2020
Autor: Ministério Público
Réu: Cria - Centro de Recuperação e Integração da Abrantes
Juízo do Trabalho de Tomar - Juiz 2 985/20.0T8TMR Ação Reconhecimento Existência de Contrato de Trabalho
6990701 Entrada:
22/07/2020
Distribuição:
22/07/2020
Autor: Ministério Público
Réu: Cria - Centro de Recuperação e Integração da Abrantes
Juízo do Trabalho de Tomar - Juiz 1 986/20.9T8TMR Ação Reconhecimento Existência de Contrato de Trabalho

abrantesnelsoncarvalho


tags: ,

publicado por porabrantes às 16:30 | link do post | comentar

armindo silveira.jpg

Numa notável intervenção sobre o Teatro S.Pedro, perturbada pelos apartes do lulu neo-liberal do presidente, Armindo Silveira denunciou hoje a falta de informação dada aos Vereadores sobre o novo-projecto de destruição da obra de Jervis da Athouguia, da conceituada firma Modo, onde a adjudicação dada ao Serrano, chamou a atenção da Imprensa.

Numa declaração de voto frontal e corajosa, Silveira denunciou a política de abandono do Teatro e de confrontação com a Iniciativas, da cacique Antunes e dos seus sequazes, enquanto Luís Dias deitava as mãos à cabeça.

pindérica.png

 

Entretanto, nas redes sociais, um condenado de delito comum, o Ribeiro aplaudia o Presidente, com o mesmo fervor beato que o neo-liberal, cujo partido quer negociar com o Chega.

O saldo da política no S.Pedro foi abandonar o edifício, para ter pretexto de dar um contrato aos amigos.

E de delapidar 1.500.000 euros, quando manter o edificado teria sido muito mais barato e civilizado.

Excepto para qualquer neo-liberal, com vocação de lulu.



publicado por porabrantes às 13:35 | link do post | comentar

Fotos divulgados no face pela Srª D. Luísa Oliveira



publicado por porabrantes às 10:10 | link do post | comentar

 

 

No Bairro da Desgraça (Coruche) uns cadastrados (com várias condenações)  foram acusados de roubar electricidade, condenados em 1º Instância, ( ''nas penas de: 3 meses de prisão suspensa na sua execução por 1 ano; 8 meses de prisão efetiva; e 6 meses de prisão efetiva.'') recorreram e foram absolvidos....porque a EDP não apresentou queixa.

''I - Não se tendo apurado o valor da energia elétrica consumida por cada um dos arguidos terá de entender-se que o seu valor é diminuto.

II - Sabendo-se que a energia foi conduzida para o espaço doméstico e familiar dos arguidos é natural e contextualmente razoável admitir que o fossem para iluminação, conservação de alimentos, para cozinhar, aquecer e assegurar a higiene das pessoas ali residentes. Destinava-se, pois, à satisfação de necessidades imediatas (por elementares à sobrevivência e dignidade humanas) e permanentes dos arguidos e respetivas famílias. A indispensabilidade da coisa subtraída para a satisfação de uma necessidade conexiona-se com a natureza do bem em causa – energia elétrica - e o que sejam necessidades básicas para assegurar a dignidade de um ser humano.

III - A própria lei considera o fornecimento de energia elétrica um «bem essencial», sujeitando-o a regras especiais, destinadas justamente a proteger os seus consumidores, nomeadamente os economicamente mais frágeis, estando provado que qualquer dos arguidos integra extrato socioeconómico desfavorecido.

IV - Deste modo, o crime de furto cometido por cada um dos arguidos, enquadra-se na previsão dos artigos 203.º, n.º1 e 207.º, n.º1, alínea b) do Código Penal e depende de acusação particular, carecendo o Ministério Público de legitimidade processual para proceder criminalmente contra eles, o que determina a revogação da sentença e a absolvição dos arguidos recorrentes.''

mn


tags:

publicado por porabrantes às 09:16 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Editorial seminarístico

Deus não dorme ......

E se os da Barquinha se p...

O Vieira é sempre a mesm...

Adivinhe o leitor......

PCP quer estátua de Comen...

Rui André na Assembleia M...

PALESTRA SANTO SUDÁRIO DE...

As estranhas rasuras no c...

Sérgio Oliveira falta ao ...

arquivos

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

jornal de abrantes

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
19

20

28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds