Terça-feira, 24 de Novembro de 2020

Sem convocatória na página oficial e sem convocatória no face, com o Presidente da AG  (o Miguel Borges) em estado grave e internado, graças ao Covid, os anacléticos (ou seja a seita do Anacleto, o que ousou dizer que o burlão era um homem honrado), vão fazer uma AG da   quase falida Santa Casa do Sardoal.

Fazemos nossas as observações de Sardoal Cultura e Progresso :

 
SANTA CASA: INCONGRUÊNCIA APÓS INCONGRUÊNCIA
Não é mais falta de nível e capacidade, pensamos que há má intenção por parte da direção da Santa Casa em sua tentativa desesperada de se manter a qualquer custo, quando as suspeitas são cada vez mais alarmantes:
- A Assembleia Geral é convocada no sábado, dia 28, às 14h00, quando é necessário o confinamento às 13h00.
- O Presidente da Assembleia é atualmente afetado pela Covid e não pode e não deve estar presente no evento.
- A Ordem de Trabalhos é calculadamente ambiguo é redigida de forma que reflita o controle absoluto para que certas questões possam ou não ser levantadas, sempre a critério da Mesa.
Tudo é mediado e nos parece vergonhoso essa atitude que põe cada vez mais em evidência o absurdo em que está mergulhada a direção da Santa Casa.
Nem mesmo a menor sombra de dignidade permanece.
Sardoal
Cultura&Progresso 

122143436_181740143520302_8141878123473189999_o.jp

 

  



publicado por porabrantes às 21:07 | link do post | comentar

pacheco-de-amorim.jpg

O Professor fascista José Bayolo Pacheco do Amorim, reuniu-se em Fátima, ''sob o manto da Nossa Senhora'', no II Congresso de Leigos para a Animação Cristã na Ordem Temporal'', 

fascista bayolo.png

Depois do Bayolo denunciar os comunistas, entre os quais se contava Fernando Catroga, a tropa neo-fascista animada pelos estudantes Júdice (cunhado preferido de D.António Castel-Branco)  e Vieira de Andrade (que depois foi cacique do CDS da Maia) apelaram para restaurar as tradições medievais e falou ainda outro neo-nazi, António Gonçalves Rodrigues, da revista ''Resistência'' , que defendia que Paulo VI e Marcello Caetano eram agentes de Moscovo.

Eis os amigos do Bayolo, que gritavam pela ''Ordem Nova'', ''sob o manto protector da Virgem''  da analfabeta de Fátima, uma tal Lúcia, a quem o Prof Salazar, chamava, caridoso, a ''estupidazinha''.

Heil Bayolo !!!!

ma

(a seguir Bayolo faz queixas dos manos a um fascista amigo)    

retirado da página dos integristas da Verbo



publicado por porabrantes às 18:15 | link do post | comentar

pacheco-de-amorim.jpg

O fascista José Bayolo Pacheco de Amorim atreveu-se a tentar censurar Mestre Almeida Negreiros

Num livro notável, Nuno Rosmaninho (1) analisa o papel da reacção universitária no desenho ideológico das  obras e decoração artística da Universidade de Coimbra.   A herança ideológica que segue P. do Amorim é claramente a de Speer, o Arquitecto de Hitler, condenado em Nuremberga.

Monochrome photograph of the upper body of Albert Speer, signed at the bottom

Era Pacheco um neo-nazi?

 Provavelmente.

bayolo 4.png

Depois de ter sido escolhido Mestre Almeida Negreiros para realizar este programa iconográfico nacional-salazarista, o obscuro Pacheco resolveu censurá-lo

almada.png

Quem era o ignorante para censurar Almada?

Se lhe dessem uma tesoura de podar provavelmente teria tentado censurar o manifesto nacionalista de Pessoa, 'A Mensagem''.

ma

 (1) O poder da arte: o Estado Novo e a cidade universitária de Coimbra, Universidade de Coimbra 2008



publicado por porabrantes às 16:55 | link do post | comentar

A história de Mariana Santos que inova cá no burgo

mariana.jpg

. No Observador

Foto do site da empresa Herbes Folles

 


tags:

publicado por porabrantes às 15:13 | link do post | comentar

No adorável processozinho que condenou o José da Graça, em 1ª instância, por burla e falsificação, constam uns depoimentos interessantes. Há uns a que o Tribunal deu crédito, caso da Noémia Alagoa, Pedro Moreira, André Vinagre, inspectores da Polícia Judiciária e da Segurança Social  e da Saúde e há outros que o Tribunal considerou sem crédito, caso de de João Mendes, responsável pela Comunidade 'Terapêutica'' e Tânia dos Santos, trabalhadora do CSIA. E ainda António Pratas, que estivera internado no Projecto Homem. 

1186143_696510037028448_1521796481_n.jpg

 

Quanto às mentiras do José da Graça, o Tribunal achou que '' o seu depoimento mostrou-se inverosímil, incoerente, ilógico, e contraditório com a prova produzida'', por isso mandou o referido depoimento para o caixote do lixo.

Quanto às declarações do Pedro Moreira '' mostraram-se coerentes, lógicas, credíveis e corrobadas quer pela prova documental, quer pela prova testemunhal'' .

Ou seja o Graça mentia como um safado e o Pedro dizia, clara e límpida, a verdade.

Esqueceu-se o reverendo da máxima evangélica ''Veritas vos liberabit.'' (s.João, 8, versículo 32 )

Em vez de optar pelo Evangelho, optou o Graça pelo direito que têm os arguidos de não dizer a verdade.

''Por seu turno o   depoimento das testemunhas José Gaspar, Tânia dos Santos, António Pratas e João Mendes mostrou-se parcial, inverosímil, incoerente e sem qualquer credibilidade. Com efeito, estas depuseram claramente instruídas, e com as respostas previamente preparadas''.

Uma testemunha num Tribunal jura dizer a verdade, treinar testemunhas seja feito por sicrano ou fulano, é próprio de miseráveis.

Viola todas as regras deontológicas, se feito por um Advogado.

Significa viciar todo o processo, impedir que o Tribunal profira uma decisão justa. 

A testemunha  Pratas insinuou que o Pedro Moreira o acossara, tal versão foi largamente propalada na Imprensa pelo cónego para justificar o afastamento do Pedro e encenar a fantasmagórica tese da ''vingança'', que nunca existiu.

Ora, o Tribunal não deu qualquer crédito ao que dizia o Pratas.

ma


tags: ,

publicado por porabrantes às 09:31 | link do post | comentar

Abrantes deve uma homenagem a este empresário

126129234_10225344001095799_649446569688056744_o.j

 

 

Cortesia ao sr dr. António Graça Pereira e ao Grupo de Genealogias do Concelho de Abrantes e limítrofes

VÍTOR ROMAGUERA CASTRO GUEDES JÚNIOR. Além das actividades industriais da Fábrica, que leva o seu nome, foi dos maiores exportadores lusos para o Brasil.

Desempenhou o cargo de  Procurador à Câmara Corporativa em 1935-38, e de Presidente de vários organismos profissionais do ramo das frutas e azeites e de associações comerciais relacionados com o mercado brasileiro.  Esteve assim ligado a múltiplas actividades de promoção do Comércio luso no Brasil, onde viveu e nasceu algum dos seus filhos.  Foi o maior industrial do ramo de azeites cá no burgo e em Portugal.

victor guedes 1958.png

 

Nasceu em  Póvoa de Santa Iria ou em Loures, e por ascendência materna teria origem catalã, duma velha família de empresários ligada ao comércio sul-americano de San Feliu de Guixols, em Gerona  .

Criou, como se sabe, o azeite Galo.

victor guedes expo.jpg

PS-Nos documentos consultados ( Emigração Brasileira e Arquivo da Assembleia da República há divergências  para os lugares e mês de nascimento)



publicado por porabrantes às 09:16 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Os grandes políticos riba...

CMA não ganhou ainda caso...

O aumento ilegal das tari...

O mercado

Quem dorme com quem?

Escavações abrantinas de ...

Para calarem os gajos

Tejo não é candidatável a...

Outro arqueólogo ''abrant...

A representação democráti...

arquivos

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Janeiro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds