Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2021

hipólito cabaço.jpg

Hipólito Cabaço, o segundo à esquerda (segunda fila), grande arqueólogo, legou parte da sua colecção ao Museu D.Lopo de Almeida e investigou a arqueologia local e boa parte do que tratou a sr drª Amélia Horta Pereira é tributário do seu trabalho.

Natural de Alenquer, foi largo tempo residente nesta terra.

Naturalmente a Isilda e o Dias e os outros  nunca homenageram o aristocrata, o investigador, o empresário e o cidadão exemplar que foi Hipólito Cabaço.

Ler mais 

http://outrosarqueologia.blogspot.com/2013/06/a-historia-das-investigacoes-do-povoado.html (artigo de André Texugo)

foto daqui com a devida vénia

legenda: 

''Em cima, da direita para a esquerda: O proprietário da quinta, Jorge da Cunha e Carmo; Hipólito de Cabaço; Arquitecto Baltazar; Pd. E. Jalhay; Dr. Leonel Ribeiro. Em baixo, Dr. Baltazar Saez; Prof. Santa Olalla; Gen. Afonso do Paço; Manuel da Costa Cabaço (Filho mais velho do Arqueólogo alenquerense).''

Afonso do Paço também investigou a arqueologia abrantina.



publicado por porabrantes às 22:18 | link do post | comentar

Um tipo à saída duma reunião da CMA dirigiu-se, na presença do  Luís Dias, ao Sr.Vereador Armindo Silveira, ''o que que você faz aqui?''.

O homem queria coagir o Vereador, para que deixasse de ir às sessões.

Para que a oligarquia continuasse a desgraçar esta terra, impunemente.

As ameaças dirigidas a um eleito do Povo, por parte de um exaltado membro da oligarquia, na presença de Luís Dias (como se mencionou ontem na reunião) a ArmindoSilveira,  podem constituir crime público e devem ser participadas ao MP, indicando o Dias e os presentes  (funcionarios da autarquia) como testemunhas.

A representação democrática na autarquia está em causa.

A acção do  mencionado é típica de arruaceiros populistas.

ma

(Fonte: Extracto da  gravação da sessão de ontem)     



publicado por porabrantes às 20:58 | link do post | comentar

A CMA deliberou ceder uma loja a uma associação a que preside o ex-Vereador Socialista José Alves Jana, casado com a ex-vereadora PS Isilda Alves Jana, actual Secretária da Mesa da Assembleia Municipal.

A loja  é de privados e a CMA nos termos do protocolo assinado, pagará 300 euros mensais e todas as despesas, para que o benemérito se dedique à ''caridadezinha''.

jana.jpg

Para justificar o favor ao homem, sustentam que o Vale das Rãs tem 11.622 habitantes.

11 622.png

Coisa que faria da Urbanização ( onde a comunidade cigana não tem por hábito pagar as módicas rendas dos equipamentos sociais que ocupa, segundo nos confidenciou um gestor duma IPSS centenária) , a segunda maior ''freguesia'' do concelho.

Segundo os dados da CMA, a União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede tem 17.176 habitantes.

Segundo este contrato, feito para favorecer esta associação mais de 60% dos habitantes abrantinos vive no bairro degradado e marginal do Vale das Rãs, coisa falsa.

Para fazer um contrato é preciso falsear dados demográficos?

Os tratamentos de favor a instituições onde anda metido José Alves Jana, são mais do que conhecidos, recorde-se que quando era director do pasquim da Media-ON (grupo Lena), que essa folha era a única que tinha contratos de publicidade com a autarquia, e ainda pingues subsídios pagavam a festança da Antena Livre.

Vale a pena continuar????

cresc.png

ma   



publicado por porabrantes às 16:09 | link do post | comentar

jd.png

O Bloco não votou favoravelmente a acta, pelas razões expostas. Diz o texto que os caciques, com o voto contra da Oposição, aprovaram que ''a reunião não era aberta ao público''.

Ora, nenhum cidadão, incluindo Jorge Dias,

maniff dias miuda.jpg

podia saber isso, uma vez que a convocatória da reunião dizia que o público podia falar (e portanto assistir)

conv.png

É portanto falso o que os caciques (e o neo-liberal domesticado) meteram na acta, acerca da reunião ser vedada ao público. 

Querem usá-la como documento para tramar Jorge Dias e metem lá factos inverídicos.

Como quando se serviram de meios que raiavam a má-fé processual para se tentarem apossar dum terreno alheio.

ma

 



publicado por porabrantes às 09:22 | link do post | comentar

Faleceu a reputada arqueóloga Srª Drª D.Maria Amélia Horta Pereira, duma família de raízes rossienses, que foi entre outras coisas Conservadora do MNA (Museu Nacional de Arqueologia), fundadora e criadora do Museu Calado Rodrigues no Mação, directora de importantes escavações arqueológicas, algumas no concelho do Mação e Abrantes.

Foi ainda autora de relevantes publicações académicas, das quais destacamos as referentes à nossa região, em especial o monumental livro,

md22086608690.jpg

(Ed da CM do Mação, 1970)

fb_1342.jpg

No blogue, há várias referências à sua actividade.

Devia ter sido homenageada em Abrantes e não foi.

Vergamo-nos à memória duma investigadora séria e escrupulosa, que ajudou a decifrar o passado da nossa região e a desmentir ''patranhas'', que alguns aficionados com doutoramentos da treta continuam a propalar, como aliás já sublinhou o Dr Álvaro Batista.

ma  



publicado por porabrantes às 08:59 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A Cacique Antunes pactua ...

Secretário- Geral do PCP ...

Ecos e registos da CADEIR...

Martins Júnior arrasa a B...

Japão festeja a chegada d...

Maria Justina Bairrão Ole...

Luiz Vilela, escritor abr...

O desemprego

Copofonia autárquica no C...

Bibliografia abrantina: A...

arquivos

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Março 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds