Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010

 

 

A folha gratuita dirigida pelo ''esposo'' da Chefa é como se sabe um puro órgão de propaganda socialista.Sugerimos que mude de nome. Pode passar-se a chamar ''A Voz da Chefa''.

Entre os distintos membros do corpo redactorial da futura ''Voz da Chefa'' está o reputado jornalista Jerónimo Belo Jorge que também escreve num jornal chamado ''Ribatejo''.

O Ribatejo é um jornal. As pessoas pagam por ele e isso significa que têm uma opção de escolha. Podem comprá-lo ou comprar o Mirante. As informações disponíveis mostram que a tiragem do Mirante é bastante maior, coisa que significa que as pessoas do Ribatejo não compram gato por lebre.

No Ribatejo, o Sr. Jorge já deu uma amostra de piedade religiosa relevante quando escreveu que o  o Rev. Cónego Graça era um Prelado. Somos levados a supor dado que recolheu   declarações do sacerdote que foi o Rev. Graça que alegadamente terá declarado, segundo o texto,  que era Prelado.

Deve um jornalista acreditar em tudo o que lhe dizem?

Se o Rev.Graça tivesse declarado (coisa que a sua piedade e fidelidade a Roma o impede) que era o Papa, teria o Sr. Jorge escrito que o Rev.Cónego Graça era agora o Vigário de Cristo na Terra e lançava benções apostólicas ''Urbi et Orbi'' da Janela da Residência Paroquial de São Vicente????

Não deveria o Sr.Jorge ter confirmado a alegada ''declaração'' junto da Sé de Portalegre ou da Nunciatura Apostólica?

É o que manda a deontologia jornalística....

Porque não queremos acreditar  que inventou a promoção eclesiástica do sacerdote abrantino.

Porque se inventou o Ribatejo deixou de ser um Jornal credível para passar a ser um émulo do saudoso Jornal do Incrível.

Agora no texto assinado pelo Sr. Jorge na folha gratuita dá-se-nos a explicação da absurda ineficácia camarária em reparar um abatimento  de terras nas Barreiras do Tejo.

Começa-se por dizer que a reparação é fácil e que não se faz devido a culpa do proprietário do terreno límitrofe segundo ''fontes'' da CMA.

Portanto o Sr. Jorge resolveu ouvir várias pessoas da CMA, a maioria das quais não identificadas, naturalmente ao abrigo da Lei de Imprensa (que dá ao jornalista o direito de não divulgar as fontes) e uma identificada ,a Presidente da Câmara que conta naturalmente a versão oficial da

autarquia.

Segundo a Presidente o proprietário ''impediu'' a entrada de qualquer máquina no seu terreno.

Coisa perfeitamente legítima porque o terreno é particular, pertence a uma propriedade vedada e não se sabe que compensação económica ofereu a autarquia ao proprietário para avassalar os terrenos com máquinas.

De forma que a Câmara avançou para o tribunal, segundo o texto ''levou sopa'', e agora o ''processo segue para uma segunda fase''.

Não vou entrar no português e na sintaxe da declaração.

Será que o processo avança sózinho?

Ou é o (a) avençado (a) jurídico de serviço que lhe dá seguimento???

Tem a esperança a Presidente que dentro de pouco tempo tudo esteja dirimido.

A Presidente confia demais na rapidez dos nossos tribunais.

E regresso ao sr. Jorge e à deontologia.

Quem é o proprietário?

Não sabe?

A Presidente e as fontes também não sabem?

Foi excomungado como o demo e o seu nome não pode ser pronunciado?

Não tem direito a ser ouvido?

O nome do dono da Quinta de São João não consta na Conservatória de Registo Predial?

Mas consta na petição, que é um rol de abrantinos de bem!!!!

É o sr. eng. Fernando Osório Soares Mendes (Graciosa), nosso amigo, aristocrata, empresário e benfeitor.

É crime ser aristocrata e proprietário rural para a folha gratuita?

Cometeu um crime, o avô do Sr. Eng. Soares Mendes por usar o título de Marquês da Graciosa, concedido pelos Reis de Portugal, pelos bons serviços à Pátria e à Liberdade dos seus antepassados?

A folha gratuita só ouve plebeus?

Não acredito, outro dia ouviu a sogra da nossa querida Bé Sousa Macedo (Mesquitella), a pintora Lucília Moita que é uma aristocrata de espírito e não caíu o Carmo e a Trindade!!!!

Não tinha forma de localizar o Sr. Eng. Soares Mendes, o Belo da Folha Gratuita?

Bastava-lhe falar com uma colega, TE-444, para o seguinte contacto:

Telef: 241 331234 
Fax: 241 331 234 
E-mail: novalia@iol.pt ou novalianca@gmail.com

 

Ou no caso de querer poupar no telefone dada a crise dirigir-se à redacção da Nova Aliança e falar com a aristocrata Drª Ana Soares Mendes, mulher do Sr, Eng. Fernando Osório Soares Mendes (Graciosa), directora do Jornal Nova Aliança e que decerto o poria em contacto com o Sr.Eng. Soares Mendes

 

O sr. Belo não fez nada disto. Mas ainda não acabámos.

 

Ouviu o sr. Belo algum técnico independente, que desse a sua opinião sobre o abatimento da estrada?

Negativo, como diz um amigo meu da GNR, ou pelo menos não consta na notícia.

Ouviu o sr. Belo algum Vereador da Oposição, acerca da absurda ineficácia municipal em resolver o problema?

Negativo, como diz um amigo meu da PSP, ou pelo menos não consta na notícia.

É o sr. Belo, o responsável disto? Só parcialmente.

 

O responsável directo é um tal José Eduardo Alves Jana, director da folha.

 

E agora, esquecendo que sou um Noronha, vou ser plebeu e usar a linguagem preferida do 1º esposo do Concelho: isto é uma.....

 

Desculpem um Noronha não é um gajo desses, não consegue repetir as alarvidades ditas pelo 1º esposo ao Sr.Dr. Santana-Maia e ao Dr.Belém.

 

Finalmente, obviamente não sou imparcial. Defendo um peticionário vítima inocente da propaganda municipal.

 

Para terminar aqui fica a foto do Paço  dos Marqueses da Graciosa para elucidação da Folha Gratuita.

 

Se o quiserem invadir com máqinas municipais, parece-me que se arriscarão a outro processo.....

 

Marcello de Noronha



publicado por porabrantes às 10:11 | link do post | comentar

2 comentários:
De Sofia Figueiredo a 26 de Outubro de 2012 às 15:20
Boa tarde,
Sou neta do actual Marquês da Graciosa,
Engº Fernando Afonso de Mello Giraldes Sampaio Pereira de Figueiredo, 5º Marquês da Graciosa.
Encontrei este blogue por acaso ao fazer uma pesquisa na internet.
Alguém me pode fazer um pequeno resumo sobre do que se trata?
Muito obrigada,
cpts,
Sofia Figueiredo


De porabrantes a 26 de Outubro de 2012 às 19:12

Cara Sofia:
O Sr.Eng. Fernando Soares Mendes, neto, acho eu, de João Filipe de Melo Osório de Menezes Pita, 4º Marquês da Graciosa, é dono da Quinta de S.João em Abrantes. Caiu a estrada municipal para cima da sua Quinta e a edilidade embirrou que a responsabilidade tinha de ser do Engenheiro.
Ele recusou a responsabilidade e fez bem, porque a manutenção das estradas camarárias corresponde aos municípios.

Em vez de arranjarem a estrada, a edilidade meteu-o no Tribunal. A estrada permaneceu assim mais de um ano, prejudicando seriamente o trânsito, enquanto corria o processo que a edilidade perdeu.

Essa jornal que se cita, subsidiado regiamente pela edilidade, veio atirar as culpas para o Eng Soares Mendes.

O post foi para esclarecer a questão.

Resta acrescentar que o Sr.Eng. Soares Mendes tinha feito o favor de assinar esta petição para defender o Convento de São Domingos que uma edilidade ignara quer demolir .

Cumprimentos
Marcello de Noronha


Comentar post

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Como passar de negro a ra...

Do descaramento

Cacique declara clínica d...

A nova Conselheira da Igu...

O colega mulato de Salaza...

Preto prá degola

O Cemitério de Alvega

Carlos Matias arrasa Dire...

Como nos trópicos

Erico Veríssimo no Hotel ...

arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds